Saudades Meu Filhão

Filho, eu quero lhe dizer que você está fazendo bastante falta aqui em casa, pois eu não tenho mais aquele garoto para me encher o saco aqui; para reclamar da toalha na cama; para reclamar do banheiro.

Não tenho mais aquele garoto para roubar uns beijinhos; para me fazer aquela massagem que eu amava; para elogiar as minhas comidas ou dar opinião sobre as minhas roupas.

Enfim, filho, você está fazendo bastante falta, viu? Mas eu sei que é por uma boa causa, mas saiba que estou na torcida para você voltar logo. Te amo, filhão!

Depoimentos Relacionados

Meu pai, antes de mais quero que saiba que é para mim um orgulho chamar você de pai. Toda a minha vida tenho olhado para você como a minha maior inspiração, e em momento algum você desiludiu.

Eu te amo, meu pai! Ser seu filho tem sido um privilégio. Você é o meu herói, um exemplo de homem e um pai carinhoso, atento e presente. Tudo o que eu mais desejo é honrar você com a minha vida, com o meu caminho, e que você se orgulhe tanto de mim como eu de você!

Você está longe, meu pai. Longe, mas perto do meu coração; no interior da minha cabeça. É você o foco do meu pensamento. E a saudade não para de crescer!

Tem momentos que preciso do seu abraço como de água para beber. É que você é o homem que mais admiro! Você é meu guerreiro, meu herói; meu rei, meu pai! Até breve!

Aquela que eu sei que posso contar em todos os momentos. Aquela que mesmo morando longe, eu sei que sempre vai estar presente, seja nos momentos bons ou até mesmo nos ruins.

Sei que é a pessoa que qualquer um desejaria ter por perto; apesar de não estar perto de mim, tia, queria que soubesse que sinto muito sua falta.

Minha saudade por você é cada dia maior. Obrigada por todos os conselhos, e por todos os carinhos. Te amo muito, Tia!

Meu querido filho, saiba que estou morrendo de saudades de você, e eu sei que esses meses irão passar voando. Obrigada por me fazer sentir a mãe mais querida do mundo, obrigada pelo carinho, e pelos melhores conselhos. Eu sei que tudo vai dar certo. Estou te esperando de braços abertos filho. Eu te amo muito, estou morrendo de saudades.

Dizem que o tempo cura tudo, mas eu todos os dias me questiono se algum dia o tempo curará esta melancólica saudade que por você eu sinto, minha mãe... Eu sei que não! Não totalmente, pois você partiu cedo demais, mas fosse qual fosse o momento, ontem, hoje ou daqui a cinquenta anos, seria sempre cedo demais.

Mas você se foi, minha mãe, e com você levou este pedaço de mim que jamais recuperarei, pedaço que agora preencho com saudades que serão eternas e imortais! Eu te amo, mãe querida...