Amigos de Fé

Nosso caminho está planejado
Para passos juntos seguir.

Somos perfeitos de compreensão,
E nossa virtude de fidelidade
Está guardada por nossa fé.

Estamos num mesmo segredo,
Em que nossa amizade
Não deixa em vão nossas alegrias.

Acatamos nossos defeitos,
E homenageamos nossas qualidades para vencermos.

Somos o porém da coragem,
O por quê da invencível força...
Somos as razões para continuar caminhando.

O companheirismo sagrado,
Que lá de cima
Recebe a benção de Deus...

Somos amigos fiéis,
Juntos a tristeza é desenganada,
E os sorrisos são os presentes da vida.

Somos assim,
A perfeita magia da amizade,
Que suporta vendavais e furacões,
E mesmo com tempestades
Continua seu trajeto de fidelidade.

Somos a benção dos Anjos,
Que estão a guardar o segredo da nossa felicidade.

Somos a luz da mais linda estrela,
Que transborda de sinceridade.

Somos o que todos no mundo sonham em ser
Somos, AMIGOS FIÉIS!

Mensagens Relacionadas

São tão amigos, que voltam.
São tão fraternos, que se unem.
São tão simples, que cativam.
São tão desprendidos, que doam.
São tão dignos, que amam,
compreendem e perdoam.

Os amigos
São tão necessários,
que sempre se fazem presentes.
São tão grandes, que se distinguem.
São tão dedicados, que edificam.
São tão preciosos, que se conservam.
São tão irmãos, que partilham.
São tão sábios, que ouvem, iluminam e calam.

Os amigos
São tão raros, que se consagram.
São tão frágeis, que fortalecem.
São tão importantes, que não se esquecem.
São tão fortes, que protegem.
São tão presentes, que participam.
São tão sagrados, que se perenizam.
São tão santos, que rezam.
São tão solidários, que esquecem de si mesmos.
São tão felizes, que fazem a festa.

Os amigos
São tão responsáveis, que vivem na verdade.
São tão livres, que crêem.
São tão fiéis, que esperam.
São tão unidos, que prosperam.
São tão amigos, que doam a vida.
São tão amigos, que se ETERNIZAM...

...Sabe aquela história de amizade eterna e forte
de ser amigo pra vida até a morte
Sabe aquele amigo na queda ou na ascensão
amigo assim eu conto aqui na minha mão...

Porque na nossa trajetória muitos amigos vão aparecer
mas na memória, só ficam os que vão prevalecer
amigo assim eu digo que é do peito
por que gostam de mim independente dos defeitos
Eu tenho amigo na dor ou na felicidade
os meus amigos são amigos de verdade
que tão comigo, que fazem parte da minha formação
que são amigos de alma e de coração
amigos que se importam; que tão pro resto da minha vida
curtindo a sorte, ou tão na recaída
Que tão distante, mas nunca perdem o contato
E na estante ele aparece em retratos

É amigo, é a família que te acolhe
Amigo planta amigo colhe, não escolhe,
Momento, hora ou lugar, amigo sempre vai tar lá
E não tem jeito, defeito, só tem respeito, é desse jeito
Se é amigo é do peito, sem preconceito
Não te trata com diferença, amigo sempre representa

Aqueles amigos que tão comigo de berçário
Aqueles amigos das festas de aniversário
Aqueles amigos que sempre ligam pra saber
Aqueles amigos que te ajudam a crescer

Me dão sentido, parece que iluminam minha estrada
Que tão por toda a caminhada, que fecham junto
Se eu precisei foi lá e fez (Essa daqui é pra vocês)

Amigos que eu já fiz em bar, em festa ou carnaval
Que não desejam o meu mal
Que me acompanham independente do que eu trago na carteira
Por que é amizade verdadeira
E essa amizade, eu te digo, é diferente!
Os meus amigos não, não quebram a corrente
Eu sei quem eles são e não é coisa pouca
Não troco de amigos como quem troca de roupa

(Taísa Mannon)

Pítias, condenado à morte pelo tirano Dionísio, passava na prisão os seus últimos dias. Dizia não temer a morte, mas, como explicar que seus olhos se enchessem de lágrimas ao ver o caminho que se abria diante das grades da prisão? Sim, era a dura lembrança dos velhos pais! Era ele o arrimo e o consolo deles. Não mais suportando, um dia Pítias disse ao tirano:

- Permita-me ir à casa abraçar meus pais e resolver meus negócios. Estarei de volta em quatro dias, sem acrescentar nem uma hora a mais.

- Como posso acreditar na sua promessa? Os caminhos são desertos. O que você quer mesmo é fugir - respondeu Dionísio, irônica e zombeteiramente.

- Senhor, é preciso que eu vá. Meus pais estão velhinhos e só contam comigo para se defenderem - insistiu Pítias com o olhar nublado de lágrimas.

Vendo que o tirano se mantinha irredutível, Damon, jovem e amigo de Pítias, interveio propondo:

- Conceda a licença que meu amigo pede; conheço seus pais e sei que carecem da ajuda do filho. Deixe-o partir e garanto sua volta dentro dos dias previstos, sem faltar uma hora, para lhe entregar a cabeça.

A resposta foi um não categórico. Compreendendo o sofrimento do amigo, Damon propôs ficar na prisão em lugar de Pítias e morreria no lugar dele se necessário fosse. O tirano, surpreendido, aceitou a proposta e depois de um prolongado abraço no amigo, Pítias partiu.

O dia marcado para sua execução amanheceu ensolarado. As horas passavam céleres e a guarda já se mostrava inquieta. Entretanto, Damon procurava restabelecer a calma, garantindo que o amigo chegaria em tempo.

Finalmente chegara a hora da execução. Os guardas tiraram os grilhões dos pés de Damon e o conduziram à praça, onde a multidão acompanhava em silêncio a cada um dos seus passos.

Subiu, então, ao cadafalso. Uma estranha agitação levou a multidão a prorromper em gritos. Era Pítias que chegava exausto e quase sem fôlego. Porém, rompendo a multidão, galgou os degraus do cadafalso, onde, abraçando o amigo, entregou-se ao carrasco sem o menor pavor.

Os soluços da multidão comovida chegaram aos ouvidos do tirano.

Este, pondo-se de pé em sua tribuna, para melhor se convencer da cena que acabava de acontecer na praça, levantou as mãos e bradou com firmeza:

- Parem imediatamente com a execução! Esses dois jovens são dignos do amor dos homens de bem, porque sabem o quanto significa uma amizade.

Andei por vários lugares...
Encontrei pessoas maravilhosas que me fizeram sorrir! Perdi e venci, errei e aprendi! Passei por várias coisas... decepções e alegrias, mas nada foi como Você.

Você sempre esteve presente, calado ou não, sempre esteve ao meu lado e o melhor de tudo é que encontrei em você uma eternidade e a certeza de uma grande amizade! Caminhando sempre juntos, eternamente amigos...

Pessoas entram na sua vida por uma Razão , uma Estação ou uma Vida Inteira .
Quando você percebe qual deles é, você vai saber o que fazer por cada pessoa.
Quando alguém está em sua vida por uma Razão é, geralmente, para suprir uma necessidade que você demonstrou.
Elas vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, te fornecer orientação e apoio, ajuda-lo física, emocional ou espiritualmente.
Elas poderão parecer como uma dádiva de Deus, e elas são!
Elas estão lá pela razão que você precisa que elas estejam lá.
Então, sem nenhuma atitude errada de sua parte, ou em uma hora inconveniente,esta pessoa vai dizer ou fazer alguma coisa para levar essa relação a um fim.
Ás vezes, essas pessoas morrem.
Ás vezes, elas simplesmente se vão.
Às vezes, elas agem e te forçam a tomar uma posição.
O que devemos entender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos preenchidos e o trabalho delas, feito.
As suas orações foram atendidas.
E agora é tempo de ir.
Quando pessoas entram em nossas vidas por uma Estação , é porque chegou sua vez de dividir, crescer e aprender.
Elas trazem para você a experiência da paz, ou fazem você rir.
Elas poderão ensiná-lo algo que você nunca fez.
Elas, geralmente, te dão uma quantidade enorme de prazer.
Acredite! É real!
Mas somente por uma Estação .
Relacionamentos de uma Vida Inteira te ensinam lições para a vida inteira: coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida.
Sua tarefa é aceitar a lição, amar a pessoa, e colocar o que você aprendeu em uso em todos os outros relacionamentos e áreas de sua vida.
É dito que o amor é cego, mas a amizade é clarividente.
Obrigado por ser parte da minha vida.
Pare aqui e simplesmente SORRIA.