Vai Lágrima!

Postar no Facebook

Há sempre uma lágrima escondida
Aquela que ficou por sair
Quando me vi partir
Dos sonhos de criança
E deixei atrás a esperança
Que em tempos guardei!
Aquela que não saiu
Quando me vi perdida
No meio da desilusão
Em que acordei!
Aquela que ficou retida
Quando me vi seguida
Pela realidade
Aquela que...jà nem sei...
Tantas vezes segurei
Em momentos de solidão
Em momentos de dor
Em momentos de amor
Agora digo: Vai, lágrima!
Deixa-me chorar a dor
Agora quero sentir o amor.