A Árvore das novas Relações

Oi! Tudo bem?
Saia de casa só pelo gosto
de caminhar. Sorria para todos. Faça um álbum
de família. Conte estrelas. Telefone para os seus amigos.
Diga : gosto muito de você! . Converse com Deus. Volte
a ser criança. Pule corda. Apague de vez a palavra rancor. Diga sim.
Dê uma boa risada! Leia um livro. Peça ajuda. Corra. Cumpra uma promessa.
Cante uma canção. Lembre o aniversário de seus amigos. Ajude algum doente.
Pule para se divertir. Mude de penteado. Seja disponível para escutar. Deixa seu
pensamento viajar. Retribua um favor. Termine aquele projeto. Quebre uma rotina.
Tome um banho de espuma. Escreva uma lista de coisas que lhe dão prazer. Faça uma
visita. Sonhe acordado. Desligue o televisor e converse. Permita-se errar. Retribua uma
gentileza. escute os grilos. Agradeça a deus pelo Sol. Aceite um elogio. Perdoe-se...
Deixe que alguém cuide de você. Demonstre que está feliz. Faça alguma coisa que
sempre desejou. Toque a ponta dos pés. Olhe com atenção uma flor. Só por hoje,
evite dizer não posso. Cante no chuveiro. Viva intensamente cada minuto de Deus.
Inicie uma tradição familiar. Faça um piquenique no quintal. Não se preocupe.
Tenha a coragem das pequenas coisas. Ajude um vizinho idoso.
Afague uma criança. Reveja fotos antigas. Escute um amigo.
Feche os olhos e imagine as ondas do mar.
Brinque com seu mascote.
Permita-se brilhar. Dê
uma palmadinha nas
suas próprias costas.
Torça pelo seu time.
Pinte um quadro.
Cumprimente um
novo vizinho.
Compre um presente
para você mesmo.
Mude alguma
coisa. Delegue
tarefas. Diga
bem vindo
a quem chegou.
Permita que
alguém o ajude.
A-gra-de-ça!
Saiba que não
está só. Decida-se
a viver
com ‘paixão’: sem ela
nada de grande se consegue
Conserve esta árvore diante de si durante os 365 dias do Ano Novo. Ela garante boa saúde,
excelentes relações pessoais, rápido crescimento pessoal e comunitário e uma eternidade feliz!

Mensagens Relacionadas

Nada há a perder, querida amiga. É o momento de deixar uma etapa para trás, mas outras melhores irão surgir. É a ocasião de partir de vez, mas nossa vida é mesmo assim, feita de caminhos.

Não precisa lamentar porque as mudanças fazem de nós pessoas melhores e acabam nos dando ótimas oportunidades. E não é pela distância que nossa amizade vai acabar. Eu gosto muito de você e nossa ligação será para toda a vida.

Infelizmente nem todos conseguimos fazer amizades facilmente. A maior parte das pessoas faz amigos de forma natural, pois são pessoas extrovertidas e faladoras.

Se você for uma pessoa mais tímida, aqui ficam algumas dicas para fazeres amizades.

Ter personalidade e auto-estima

Quanto melhor forem as tuas qualidades, mais fácil será para você arranjar amigos. Aprende a melhorar a auto-estima.

Olha à tua volta

Analisa os comportamentos das pessoas à tua volta, chega a alguma conclusão sobre a forma correta de fazer amizades.

Não tenhas pressa

É obvio que não te vais sentir logo à vontade nos primeiros dias. Fazer amigos leva um pouquinho de tempo. Tem paciência!

Coragem

É preciso arranjar alguma coragem para fazer convites a pessoas com quem gostarias de fazer amizade. Não é muito complicado e na maioria das vezes a resposta será positiva, porque todas as pessoas gostam de ser convidadas nem que seja apenas para beber café.

Faz perguntas

Começa a fazer perguntas sobre a escola... Como são os professores... Quais são os horários... Quais são os prós e contras da escola... Há quanto tempo estudam lá... Enfim, pergunta o que quiser, claro, sem abusar. É uma ótima forma de começar a comunicar.

Sê sempre simpática

Se fores respondona logo no primeiro encontro, a primeira impressão é a que fica. Jamais faças cara feia. Por mais que estejas de mau humor, procura tratá-las com simpatia e educação. Assim, as pessoa irão ir com a tua cara e ganharão a tua simpatia.

Elogia sempre

As pessoas adoram ser elogiadas. Sempre que puderes, elogia o cabelo, a caligrafia, a roupa ou outro aspecto da pessoa. Isso vai facilitar, e muito, as coisas, mas cuidado, não faças isso a toda a hora, se não tornas-te uma pessoa chata!

Sê carismática

Faz cara de satisfeita com a vida. Isso não é hipocrisia, pois poderás sempre convencer as pessoas disso. As pessoas carismáticas conquistam a admiração das pessoas pelo modo de ser, então, sê sempre agradável, comunicativa e sorridente.

Ri sempre!

Sempre que alguém contar uma piada, ri! As pessoas adoram quando alguém ri de alguma piada sua. Quando tropeçares, errares ou perderes o rumo, ria de você mesma, não vale a pena lamentações.

Aceita todos os convites

Se alguém te convidar para o que quer que seja, não recuses porque será uma grande oportunidade de passares mais tempo com essa pessoa e com outras pessoas. A menos que tenha fortes motivos, tenta ir, nem que seja só um pouquinho.

Por vezes até pode ser aborrecido e ser um sacrifício, mas também pode revelar ser uma óptima oportunidade para conhecer algumas pessoas que mais tarde poderão vir a ser teus amigos.

Como melhorar a tua vida social

Pega nas pessoas que já fazem parte da tua vida, mas ainda não são teus amigos, como por exemplo colegas da escola, que frequentam os mesmo lugares que você mas com os quais não ainda tens relações de amizade.

Procure passar mais tempo com estas pessoas, para que elas te conheçam melhor e vice-versa. Se apenas estás cinco minutos por dia com uma determinada pessoa, não podes esperar grandes amizades em pouco tempo. É fisicamente impossível, por isso tens que arranjar forma de estar mais tempo junto dessa pessoa. Vais aos mesmos lugares que as pessoas vão. Certifica-te que o fazes de forma natural e não perseguindo ou fazendo-te de convidado sem o seres, porque senão passas a ser daquelas pessoas que ninguém gosta

Interessa-te pelas pessoas

Se conheceres alguém novo, descobre coisas sobre a família dela e os seus interesses. Pergunta sobre os seus interesses e hobbies. Estes dois assuntos vão garantir uma conversa muito melhor do que ficar à conversa só sobre a escola. A maioria das pessoas não gosta de pensar nessas coisas em ocasiões sociais a não ser que sejam obrigadas.

Mostra o teu talento

Se sabes cantar... CANTA! Se sabes contar piadas, CONTA! Se sabes dar conselhos... DÁ!

Não te isoles!

Nunca te isoles em nenhum lugar por muito tempo. As pessoas vão pensar que és anti-social. Fica sempre cercada de pessoas.

Ignora as provocações

Se alguém fizer uma brincadeira de mal gosto ou inventar uma mentira ou até te ofender e te humilhar em público, jamais te rebaixes! É nessa horas que sentes mais vontade de te isolares e chorar. Mas não faças isso! Luta contra ti mesma e sê sempre forte! As pessoas verão que és forte e irão querer se aproximar de ti.

Se aplicares todos estes conselhos à risca, de certeza que terás novos amigos.

Seja você mesma

Se fingires ser o que não és, irás atrair falsas amizades. Sê tu mesma, sê sempre sincera e agradável.

Dicas:

Torna-te amigo de uma ou duas pessoas que têm redes sociais muito grandes. Aquelas pessoas que conhecem meio mundo.
Junte-se a associações e faz atividades de grupo, é ótimo para fazeres novas amizades.
Frequenta locais com muita gente e começa a conhecer novas pessoas diariamente.

(Catarina)
(Auto-adolescência)

A vida, como todos nós já sabemos, é repleta de vários caminhos e muitas vezes a escolha certa não é assim tão clara, muito menos intuitiva. Quanto mais alternativas tivermos, aumentamos nossas chances de ir pelo caminho errado, e isso nem sempre é um processo muito fácil de reverter.

Para muitas pessoas, errar não é algo que gera tanto desespero, mas para outras, um engano, por mínimo que seja, pode elevar a quantidade de maus sentimentos a um total exagero. Aqueles que não se sentem confortáveis com suas próprias falhas, precisam direcionar suas energias totalmente para que tal problema seja solucionado.

Por mais que muitas vezes os erros sejam semelhantes, cada equívoco tem sua peculiaridade e não deve ser tratado exatamente como os mais antigos. São novas situações que podem gerar as mesmas atitudes, e quando percebemos que a solução anterior não afastou o comportamento errado, é sinal que as medidas também devem ser reformuladas.

A cada novo erro, novas medidas precisam ser encontradas. Como poderia dar certo, numa vida tão dinâmica, o mesmo método para sempre?

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho.

Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro.

A todas elas chamamos de amigo.

Há muitos tipos de amigos.

Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.

O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.

Mostram o que é ter vida.

Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho.

Muitos desses denominados amigos do peito, do coração.

São sinceros, são verdadeiros.

Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado.

Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora.

Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes.

Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.

Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações.

Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.

Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.

Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade... Hoje e Sempre... simplesmente porque:

Cada pessoa que passa em nossa vida é única.

Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.
Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.

Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Toc, toc, toc...
Aqueles estampidos ecoavam por toda mata, como se fossem tiros de uma arma. O
machado rachava sua pele. Suas folhas tremiam, a cada pancada desferida contra seu
corpo.
Lentamente, feroz arma atinge sua alma. E ela, não mais podendo sustentar-se, cai
como um gigante. Deixa pequenos órfãos jogados pelo chão, tão pequenos e sozinhos
que o homem pisa-os sem dó ou piedade.
Eles são pequenos e fortes, sabem que sua vida não terminou. Aguardam, repousando
na terra, uma gota de água para que explodam em vida.
Natureza boa, perfeita, derrama lágrimas, num instante. Logo em seguida vem o sol
dar ânimo e coragem para aqueles pequeninos.
Começam a crescer, dar sombra, flores e frutos para homens e animais, nada pedindo
em troca.
São tão generosas, que até mesmo retiram as toxinas do ar, devolvendo-o puro e
fresco para todos.
E a vida continua... Elas são o que são. Fazem sua parte, sem querer nada em troca.
E o homem, injusto, só lhe dá uma coisa: toc, toc, toc...