Assim mesmo ...


Muitas vezes, as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as, assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e inimigos verdadeiros.
Vença, assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto e franco, assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja feliz, assim mesmo.

O bem que você faz hoje, pode ser esquecido amanhã.
Faça o bem, assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você, assim mesmo.

Veja você que, no final das contas,

É ENTRE VOCÊ E DEUS.

Mensagens Relacionadas

Embora tu não saibas quanto te amo...
Embora tu não saibas quanto te quero...
Embora tu não saibas o porque da sua existência...
Embora tu não saibas o porque vivo...
Sou muito grata apenas por você existir ...
Mesmo não podendo estar ao seu lado você faz muita diferença na minha vida ...apenas por lembrar de quão grande é meu amor por você...um dia muito em breve lhe direi o quanto te amo olhando nos seus olhos e quando este dia chegar eu estarei ao seu lado por toda á eternidade...
Obrigada por existir!!!!!!!

Uma amizade é como um jovem botão de rosa
Que se abre diante da carícia do sol
Revelando - lhe a intimidade que se encontrava adormecida
E desperta, suavemente, aspirando a vida
Surgindo em novas e maravilhosas experiências e expressões.

Pode ser boa ou ruim...
Verdadeira ou falsa...
Divertida ou parada...
Legal ou chata...
Mas a NOSSA AMIZADE...
é...
Boa, Verdadeira,
Divertida e legal...
Conte comigo para tudo tá???
Te adoro muito!!!!
Beijos de quem te adora...

É sentir o carinho
É ouvir o chamado
É saber o momento
de ficar calado
Amizade é somar alegrias,
dividir tristezas.
É respeitar o espaço
silenciar o segredo.
É a certeza
da mão estendida.
A cumplicidade que
não se explica,
apenas se vive.

Última flor do Lácio, inculta e bela,
És a um tempo, esplendor e sepultura:
ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela.

Amo-te assim, desconhecida e obscura,
Tuba de alto clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela
E o arrolo da saudade e da ternura!

Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te ó rude e doloroso idioma,

Em que da voz materna ouvi: meu filho!
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O gênio sem ventura e o amor sem brilho!

(Olavo Bilac)