Mensagens de Encorajamento

Encontradas mais de 101 Mensagens de Encorajamento:

Faça Hoje, Não Amanhã

Diz o preguiçoso: "Amanhã farei."
Exclama o fraco: "Amanhã terei forças."
Assevera o delinqüente: "Amanhã regenero-me."
É imperioso reconhecer, porém, que a criatura,
adiando o esforço pessoal, não alcançou, ainda,
a noção real do tempo. Quem não aproveita
a bênção do dia vive distante da glória do século.

A alma sem coragem de avançar cem passos
não caminhará vinte mil.
O lavrador que perde a hora de semear
não consegue prever as conseqüências da procrastinação
do serviço a que se devota, porque,
entre uma hora e outra,
podem surgir impedimentos e lutas de indefinível duração.

Muita gente aguarda a morte para entrar numa boa vida.
Contudo a lei é clara quanto à destinação de cada um de nós.
Alcançaremos sempre os resultados a que nos propomos.

Se todas as aves possuem asas, nem todas
se ajustam à mesma tarefa nem planam no mesmo nível.
A andorinha voa na direção do clima primaveril,
mas o corvo, de modo geral, se consagra,
em qualquer tempo, aos detritos do chão.
Aquilo que o homem procura agora surpreenderá amanhã,
à frente dos olhos e em torno do coração.

Cuida, pois, de fazer, sem delonga,
quanto deve ser feito em benefício de tua própria felicidade,
porque o Amanhã será muito agradável
e benéfico somente para aquele que trabalha no bem,
que cresce no ideal superior
e que aperfeiçoa nas abençoadas horas de Hoje.

Postar no Facebook
Pai

Quantas e quantas noites em claro acalentando meu choro...
Quantas vezes ajudou-me com os deveres da escola mesmo depois de um dia de trabalho exaustivo...
Ensinou-me que o mais importante na vida é o crescimento interior..
Cultivar amigos sempre...
Buscar sempre o que desejar, porque tudo se torna possível quando se tem vontade e coragem para lutar...
Quando achava que o mundo inteiro estava errado e contra mim, você, com a sabedoria de um mestre encontrava as mais belas palavras para me fazer entender a verdade...

Quando te deixei, jamais esquecerei das suas palavras dizendo: filha lembre-se sempre que você tem duas casas...
Para tudo, Pai, deu-me base e estrutura de conhecimento, sobretudo a como agradecer as pessoas por menor que fosse o seu gesto...

Mas você, meu pai, esqueceu de me ensinar como posso lhe agradecer por tudo isso! Entendo que agora estou crescida precisarei aprender sozinha. Portanto vou começar a aprender a agradecer você com as palavras fluidas do meu coração: PAI, obrigada pela vida, pela atenção, por me fazer enxergar a verdade, a aceitar o que sou e buscar meus objetivos. E principalmente OBRIGADA por ter me dado a oportunidade de ser um pedacinho de você e por ser um pedaço de mim. Amo-te mais do que possa imaginar, e saibas que também sempre terás duas casas, sendo uma delas em meu coração...

Postar no Facebook
Aprendendo a Fazer Novas Amizades

Infelizmente nem todos conseguimos fazer amizades facilmente. A maior parte das pessoas faz amigos de forma natural, pois são pessoas extrovertidas e faladoras.

Se você for uma pessoa mais tímida, aqui ficam algumas dicas para fazeres amizades.

Ter personalidade e auto-estima

Quanto melhor forem as tuas qualidades, mais fácil será para você arranjar amigos. Aprende a melhorar a auto-estima.

Olha à tua volta

Analisa os comportamentos das pessoas à tua volta, chega a alguma conclusão sobre a forma correta de fazer amizades.

Não tenhas pressa

É obvio que não te vais sentir logo à vontade nos primeiros dias. Fazer amigos leva um pouquinho de tempo. Tem paciência!

Coragem

É preciso arranjar alguma coragem para fazer convites a pessoas com quem gostarias de fazer amizade. Não é muito complicado e na maioria das vezes a resposta será positiva, porque todas as pessoas gostam de ser convidadas nem que seja apenas para beber café.

Faz perguntas

Começa a fazer perguntas sobre a escola... Como são os professores... Quais são os horários... Quais são os prós e contras da escola... Há quanto tempo estudam lá... Enfim, pergunta o que quiser, claro, sem abusar. É uma ótima forma de começar a comunicar.

Sê sempre simpática

Se fores respondona logo no primeiro encontro, a primeira impressão é a que fica. Jamais faças cara feia. Por mais que estejas de mau humor, procura tratá-las com simpatia e educação. Assim, as pessoa irão "ir com a tua cara" e ganharão a tua simpatia.

Elogia sempre

As pessoas adoram ser elogiadas. Sempre que puderes, elogia o cabelo, a caligrafia, a roupa ou outro aspecto da pessoa. Isso vai facilitar, e muito, as coisas, mas cuidado, não faças isso a toda a hora, se não tornas-te uma pessoa chata!

Sê carismática

Faz cara de satisfeita com a vida. Isso não é hipocrisia, pois poderás sempre convencer as pessoas disso. As pessoas carismáticas conquistam a admiração das pessoas pelo modo de ser, então, sê sempre agradável, comunicativa e sorridente.

Ri sempre!

Sempre que alguém contar uma piada, ri! As pessoas adoram quando alguém ri de alguma piada sua. Quando tropeçares, errares ou perderes o rumo, ria de você mesma, não vale a pena lamentações.

Aceita todos os convites

Se alguém te convidar para o que quer que seja, não recuses porque será uma grande oportunidade de passares mais tempo com essa pessoa e com outras pessoas. A menos que tenha fortes motivos, tenta ir, nem que seja só um pouquinho.

Por vezes até pode ser aborrecido e ser um sacrifício, mas também pode revelar ser uma óptima oportunidade para conhecer algumas pessoas que mais tarde poderão vir a ser teus amigos.

Como melhorar a tua vida social

Pega nas pessoas que já fazem parte da tua vida, mas ainda não são teus amigos, como por exemplo colegas da escola, que frequentam os mesmo lugares que você mas com os quais não ainda tens relações de amizade.

Procure passar mais tempo com estas pessoas, para que elas te conheçam melhor e vice-versa. Se apenas estás cinco minutos por dia com uma determinada pessoa, não podes esperar grandes amizades em pouco tempo. É fisicamente impossível, por isso tens que arranjar forma de estar mais tempo junto dessa pessoa. Vais aos mesmos lugares que as pessoas vão. Certifica-te que o fazes de forma natural e não perseguindo ou fazendo-te de convidado sem o seres, porque senão passas a ser daquelas pessoas que ninguém gosta…

Interessa-te pelas pessoas

Se conheceres alguém novo, descobre coisas sobre a família dela e os seus interesses. Pergunta sobre os seus interesses e hobbies. Estes dois assuntos vão garantir uma conversa muito melhor do que ficar à conversa só sobre a escola. A maioria das pessoas não gosta de pensar nessas coisas em ocasiões sociais a não ser que sejam obrigadas.

Mostra o teu talento

Se sabes cantar... CANTA! Se sabes contar piadas, CONTA! Se sabes dar conselhos... DÁ!

Não te isoles!

Nunca te isoles em nenhum lugar por muito tempo. As pessoas vão pensar que és anti-social. Fica sempre cercada de pessoas.

Ignora as provocações

Se alguém fizer uma brincadeira de mal gosto ou inventar uma mentira ou até te ofender e te humilhar em público, jamais te rebaixes! É nessa horas que sentes mais vontade de te isolares e chorar. Mas não faças isso! Luta contra ti mesma e sê sempre forte! As pessoas verão que és forte e irão querer se aproximar de ti.

Se aplicares todos estes conselhos à risca, de certeza que terás novos amigos.

Seja você mesma

Se fingires ser o que não és, irás atrair falsas amizades. Sê tu mesma, sê sempre sincera e agradável.

Dicas:

Torna-te amigo de uma ou duas pessoas que têm redes sociais muito grandes. Aquelas pessoas que conhecem meio mundo.
Junte-se a associações e faz atividades de grupo, é ótimo para fazeres novas amizades.
Frequenta locais com muita gente e começa a conhecer novas pessoas diariamente.

(Catarina)
(Auto-adolescência)

Postar no Facebook
Feliz Natal Virtual

Nós nos sentamos,
nós encaramos nossas telas e nós digitamos.

Todos nós temos curiosidades,
queremos descobrir por todos os meios.
Com nosso mouse nós vagueamos pelos rooms em um complexo quebra-cabeças.

Nós sentamos em uma ofuscação, procurando algo ou alguém.
Nós conversamos entre nós, nós digitamos todas nossas aflições.
Nós formamos pequenos grupos, como uma gang pra cima de nossos inimigos. Nós esperamos que alguém digite o nosso nome,
Nós queremos reconhecimento, mas sempre é o mesmo.
Nós damos beijos e abraços, e às vezes a paquera rola....

Em chats nós conversamos profundamente, e revelamo-nos.
Nós formamos amizades - mas porquê?
Nós não sabemos...

Mas algumas destas amizades, florescerão e crescerão.
Porque é isto em tela, nós podemos ser tão corajosos
Contando nossos segredos que nunca foram contados.

Porque é isto que nós compartilhamos, os pensamentos em nossa mente
Com esses não podemos nos ver, como se fossemos cegos.
A resposta é simples, está tão claro quanto um sino.

Todos nós temos nossos problemas, e precisamos de alguém para contar.
Nós não podemos falar para pessoas reais, mas devemos contar para alguém assim nós viramos o computador, e a esses nós podemos confiar.
Embora esteja louco, a verdade ainda permanece
Eles são os amigos
Sem faces, um nome um tanto estranho.

E com esses meus amigos sem face,quero compartilhar mais um momento especial,
O Natal, desejando que todos tenham muita paz e que o espírito do Natal esteja presente sempre em nossas vidas e não somente nesta noite,que com certeza dará tempo de dar um alô, mesmo que seja virtual.

Feliz Natal bem virtual....

Postar no Facebook
Vitória

Vencer os outros
não chega a ser
uma grande vitória.
Vitorioso
é aquele que consegue
vencer a si mesmo
combatendo seus vícios
e controlando suas paixões.
A vitória sobre nós mesmos
é muito mais difícil.
Ela requer mais coragem
mais disciplina e mais decisão.
Se você
não conseguir na primeira vez
tente de novo.
O simples fato de tentar de novo
já será sua primeira vitória.

Te desejo um Dia de Vitória !

Postar no Facebook
Importância do Trabalho em Equipe

Um conceito cada vez mais valorizado no ambiente profissional é o trabalho em equipe. Ter agilidade para desenvolver trabalhos em conjunto tem sido uma das qualidades mais exigidas nos processos de contratação. Trabalhar em equipe significa criar um esforço coletivo para resolver um problema, são pessoas que se dedicam a realizar uma tarefa visando concluir determinado trabalho, cada um desempenhando uma função específica, mas todos unidos por um só objetivo, alcançar o tão almejado sucesso.

A atividade em equipe deve ser entendida como resultado de um esforço conjunto e, portanto as vitórias e fracassos são responsabilidades de todos os membros envolvidos. Muitas pessoas, que atuam em diversas organizações, estão trabalhando em grupo e não em equipe , como se estivessem em uma linha de produção, onde o trabalho é individual e cada um se preocupa em realizar apenas sua tarefa e pronto.

No trabalho em equipe, cada membro sabe o que os outros estão fazendo e reconhecem sua importância para o sucesso da tarefa. Os objetivos são comuns e as metas coletivas são desenvolvidas para ir além daquilo que foi pré-determinado. O trabalho em equipe possibilita trocar conhecimentos e agilidade no cumprimento de metas e objetivos compartilhados. Na sociedade em que vivemos, o trabalho em equipe é muito importante, pois cada um precisa da ajuda do outro.

Pense numa vela acesa, ela é bonita, envolvente, ilumina tudo ao seu redor. Uma vela acesa simboliza esperança, harmonia, fé. Por si só é bonita, porque ela mesma tem a sua luz. Mas a vela por outro lado é muito frágil, e qualquer vento ou sopro pode apagá-la.

Transferindo isso para o trabalho em equipe podemos concluir, que por mais que tenhamos luz própria, que brilhemos e tenhamos talento, é preciso lembrar que sozinhos nós somos muito frágeis e é exatamente por isso que qualquer problema do dia-a-dia pode ofuscar o nosso brilho. Daí a importância de entendermos o poder da ajuda mútua, sempre lembrando de que líderes e equipes superam crises quando se unem.

Saiba que quando pegamos os nossos sonhos e juntamos com os sonhos de outras pessoas, tudo se torna mais forte, iluminado e por mais escuro que o mundo pareça ser, quando o ser humano se junta consegue milagres extraordinários. O ser humano trabalhando em equipe, colaborando uns com os outros, cooperando. Consegue com certeza, afastar a escuridão e todos os problemas que possam afligir a organização.

Na vida temos que enfrentar muitas adversidades, mas quando nos juntamos um ao outro a coragem aumenta, o nosso potencial se duplica e os nossos objetivos se tornam mais passíveis de realização.

(Jenifer Soares Romualdo)

Postar no Facebook
Simples Mortais

Nas sombras da dor e saudade
Vivo esperando uma luz
Que possa um dia talvez
Morar no meu cansado e triste coração
Que bate e sobrevive agarrado
A forças jão não existentes em terra firme
Que talvez jánão perceba a futilidade de não perceber
Onde começa um dia e termina o outro..
Ah! Se eu pudesse ser mais do que sou
Enxergar do mundo
Muito mais do que meus olhos podem ver
Se eu soubesse que a vida
Não é apenas uma viagem sombria
Que a cada passo termina deixando marcas
Que quem sabe em outras vidas,
Sejam exemplos de força e coragem...
O universo gira para que tudo mude
Para qu todos nós seres humanos
De inteligência extraordinária
Possamos mostrar uns pros outros
Que nossa existência faça algum sentido
Errando ou acertando
Mas qu apesar de tudo
Somos além da vida
Simples Mortais...

Postar no Facebook
Fórmula Para Semana Abençoada

Cumprimente as pessoas:
Isso se chama amizade.
Deseje a cada um o melhor:
Isso se chama sinceridade.
Programe o seu dia, a sua semana:
Isso se chama ação.
Acredite que tudo dará certo:
Isso se chama FÉ.
Faça tudo com alegria:
Isso se chama entusiasmo.
Dê o melhor de si.
Isso se chama perfeição
Ajude a quem precisa.
Isso se chama doação
Compreenda que nem todos são como você:
Isso se chama tolerância.
Receba as bênçãos com gratidão:
Isso se chama humildade.
Essa é uma fórmula infalível que vai ajudar a sua semana a ser mais feliz
Uma ótima semana pra você!!

Postar no Facebook
Humildade é Força

Humildade é a virtude que nos torna abertos a aprender e mudar. Ela só é possível quando temos auto-respeito, que só pode vir com autoconhecimento. Conhecer-se é entender que somos parte de um todo, como um raio de uma roda. Não somos tudo, também não somos nada. É a humildade que cria este entendimento e nos mantêm em equilíbrio.
Quando não somos apegados às nossas boas qualidades nem às nossas fraquezas, podemos lidar com ambas. Através de cultivo amoroso, nossas qualidades positivas crescem e servem outros. Através da atenção e honestidade, nossas fraquezas diminuem.

Humildade é nossa maior proteção. Ela nos mantém alerta para todas as possibilidades, desde sermos enganados até a de criarmos os mais surpreendentes milagres. Humildade é o fruto do auto-respeito: uma pessoa humilde nunca teme perder. Para isso precisamos sempre ir para dentro de nós mesmos. Nada e ninguém podem nos tirar esse recurso.

Humildade nasce da segurança interna, nos deixa prontos a comunicar, cooperar com novos pensamentos e idéias. É a prova da maestria de ter conquistado o “eu” e “meu” limitados que anulam o respeito e a amizade. Nós devemos ser tutores, não donos. A posse automaticamente cria o medo de perder. Ser um tutor nos dá entendimento que nada e ninguém é nosso. Paradoxalmente, ao renunciar tudo, recebemos tudo. O que precisarmos virá até nós, mais cedo ou mais tarde. Há o suficiente para todos.

A atitude de ser um tutor significa que economizamos uma grande quantidade de energia mental e emocional, uma vez que tempo não é desperdiçado em cálculos egoístas ou manipulações espertas. Com a atitude de ser um tutor nos tornamos mestres. Um mestre trabalha com os princípios eternos do universo. Ele é humilde e auto-suficiente, mantém equilíbrio e harmonia.

A maior humildade de todas é reconhecer e aceitar que existem leis além daquelas dos seres humanos e que não somos o padrão do universo. Os princípios eternos protegem e governam o bem-estar de todas as formas de vida. Quando nos alinhamos com as verdades eternas, encontramos a liberdade, nosso caminho. Alinhamento às leis divinas não nos limita ou anula. Ao contrário, as leis eternas são o meio que permitem a expressão completa do indivíduo. Não há transgressão, uma vez que respeito é sempre dado à individualidade dos outros. A harmonia é mantida.

Com humildade reconhecemos o direito que todas as coisas têm de existir; existir em liberdade e existir em felicidade. Este direito inato é uma lei imortal. Subserviência nos relacionamentos ou aos objetos materiais é resultado do medo; medo de sermos nós mesmos; a falta de coragem de enfrentar, de mudar, de mover numa outra direção. Auto-respeito nos libera do medo e da dependência. Quando não pensamos profundamente o suficiente por nós mesmos, nos tornamos subservientes às opiniões sociais e às pessoas com as quais interagimos.

Humildade traz introspecção, começamos a examinar as emoções que nos limitam. Abre a porta para o autoconhecimento. À medida que crescemos em autoconhecimento, crescemos em auto-estima. Com essa estabilidade interior não há medo do que é diferente. Não há desejo de controlar pessoas ou situações. Sabemos que as coisas certas irão acontecer da forma correta, no tempo certo. Humildade é a outra face do auto-respeito. Quanto maior a humildade, maior o auto-respeito. Nada e ninguém são uma ameaça. Nós somos livres.

(Brahma Kumaris)
(Somos Todos Um)

Postar no Facebook
Vitórias e Derrotas

Aquele que cede ante ao obstáculo, que desiste diante da dificuldade já perdeu a batalha sem a ter enfrentado. Não raro, o obstáculo e a dificuldade são mais aparentes que reais, mais ameaçadores do que impeditivos. Só se pode avaliar após o enfrentamento. Ademais, cada vitória conseguida se torna aprimoramento da forma de vencer e cada derrota ensina a maneira como não se deve tentar a luta. Essa conquista é proporcionada mediante o esforço de prosseguir sem desfalecimento e insistir após cada pequeno ou grande insucesso. O objetivo deve ser conquistado, e, para tanto, a coragem do esforço contínuo é indispensável.
Muitas vezes será necessário parar para refletir, recuar para renovar forças e avançar sempre. É uma salutar estratégia aquela que faculta perder agora o que é de pequena monta para ganhar resultados permanentes e de valor expressivo depois.

(Joanna De Ângelis)

Postar no Facebook
Experiência de Vida

A experiência é uma coisa muito interessante. É nos servindo dela que aprendemos grande parte daquilo que sabemos; por ela orientamos, muitas vezes, os nossos passos; com ela evitamos a repetição de dissabores e procuramos aquilo que já sabemos ser bom. A experiência poderia servir para que a nossa vida fosse muito mais previsível e controlável, mais cômoda e segura, livre de problemas. Uma chatice, enfim... Felizmente, a natureza possui aspetos desconcertantes que têm o condão de permitir que, apesar de existir a experiência, a nossa vida seja em cada um dos seus momentos uma aventura louca e sem destino previsível. Um deles é que a experiência que adquirimos numa fase da nossa vida não nos serve de nada quando chegamos à fase seguinte. Apesar da experiência que vamos adquirindo, chegamos, a cada uma das nossas épocas, inexperientes e inseguros como da primeira vez. A vida, na sua magnífica diversidade, vai nos oferecendo constantemente novas situações, para as quais nunca estamos verdadeiramente preparados. Algumas são duras: um fracasso grande, uma doença que veio para ficar, a morte de alguém que nos faz falta... Estas limitações da experiência nos forçam a crescer continuamente; nos mantêm tensos, esforçados. Permitem que tenhamos constantemente objetivos diferentes. Dão colorido à nossa vida. É assim que nos podemos manter de algum modo jovens em qualquer idade. Quem programou este jogo da vida o fez de forma a que ele tivesse sempre interesse.
Subimos de nível, saltamos do material para o espiritual, varia o grau de dificuldade, mudam os adversários e o ambiente - como nos jogos electrônicos... Não somos poupados a sofrimentos, mas nos é dada a possibilidade de reagir e continuar a avançar. Se temos saudade do que ficou atrás, também nos é permitido sonhar com o que está adiante. Se conservamos o sabor de derrotas que tivemos, também planeamos a vitória que se segue. No jogo da vida, as derrotas deixam marcas, as feridas fazem mesmo doer, muitas vezes não recuperamos aquilo que perdemos. Estamos ancorados à realidade e, por isso, para nos divertirmos, para nos sentirmos como aventureiros no meio de tudo isto, temos necessidade de coragem. E de não calarmos aquilo que dentro de nós nos chama a um sonho, clama por aventura, pede para fazermos com a vida qualquer coisa que seja grande. Poderíamos dar ouvidos ao medíocre que quer se instalar em nós. E evitar, por medo e preguiça, as dificuldades, as complicações, o sonho. Mas "evitar o perigo não é, a longo prazo, tão seguro quanto se expor ao perigo. A vida é uma aventura ousada ou, então, não é nada".

(Helen Keller)
(Shvoong)

Postar no Facebook
Estratégia do Confronto Direto e Indireto

Sun Tzu disse:
"Comandar muitos é o mesmo que comandar poucos. Tudo é uma questão de organização. Controlar muitos ou poucos é uma mesma e única coisa. É apenas uma questão de formação e sinalizações".

Lembre-se dos nomes de todos os oficiais e subalternos. Inscreva-os num catálogo, anotando-lhes o talento e suas capacidades individuais, a fim de aproveitar o potencial de cada um. Quando surgir oportunidade aja de tal forma que todos os que deves comandar estejam persuadidos que seu principal cuidado é preservá-los de toda desgraça.

As tropas que farás avançar contra o inimigo devem ser como pedras atiradas em ovos. De ti até o inimigo, não deve haver outra diferença senão a do forte ao fraco, do cheio ao vazio. São as operações chamadas "diretas" e "indiretas" que tornam um exército capaz de deter o ataque das forças inimigas e não ser derrotado.

Em batalha, use geralmente operações "diretas" para fazer o inimigo engajar-se na luta e as operações "indiretas" para conquistar a vitória.

Em poucas palavras, o que consiste a habilidade e a perfeição do comando das tropas é o conhecimento das luzes e das trevas, do aparente e o secreto. É nesse conhecimento hábil que habita toda a arte. Assim, o perito ao executar o ataque "indireto" assemelha-se ao céu e as terras, cujos movimentos nunca são aleatórios, são como os rios e mares inexauríveis. Assemelham-se ao sol e à lua, eles tem tempo para aparecer e tempo para desaparecer. Como as quatro estações, ele passa, mas apenas para voltar outra vez.

Não há mais que cinco notas fundamentais, mas, combinadas, produzem mais sons do que é possível ouvir; não há mais que cinco cores primárias, mas, combinadas, produzem mais sombras e matizes do que é possível ver; não há mais que cinco sabores, mas, combinados, produzem mais gostos do que é possível saborear.

Da mesma forma, para ganhar vantagem estratégica na batalha, não há mais que as operações "diretas" e "indiretas", mas suas combinações são ilimitadas dando origem a uma infindável série de manobras. Essas forças interagem, um método sempre conduz ao outro. Assemelham-se, na prática, a uma cadeia de operações interligadas, como anéis múltiplos, ou como a roda em movimento, que não se sabe onde começa e onde termina.

Na arte militar, cada operação tem partes que exigem a luz do dia, e outras que pedem as trevas do segredo. Não posso determiná-las de antemão. Só as circunstâncias podem ditá-las. Opomos grandes blocos de pedra às corredeiras que queremos represar, empregamos redes frágeis e miúdas para capturar pequenos pássaros, entretanto, o caudal rompe algumas vezes seus diques após tê-los minado aos poucos.

Quando uma ave de rapina se abate sobre sua vítima, partindo-a em pedaços, isso se deve à escolha do momento preciso. A qualidade da decisão é como a calculada arremetida de um falcão, que lhe possibilita atacar e destruir sua vítima. Portanto, o bom combatente deve ser brutal no ataque e rápido na decisão.

Embaralhada e turbulenta, a luta parece caótica. No tumulto de um combate pode parecer haver confusão, mas não é bem assim, entre a confusão e o caos uma formação de tropas pode parecer perdida e mesmo assim impenetrável, sua disposição é na verdade circular e não podem ser derrotadas. A confusão simulada requer uma disciplina perfeita, afinal, o caos estimulado se origina do controle, o medo fingido exige coragem, a fraqueza aparente se origina da força. Ordem e desordem é uma questão de número, de logística; coragem e medo é uma questão de configuração estratégica do poder, vantagem estratégica; força e fraqueza é uma questão de disposição das forças, posição estratégica.

O sábio comandante possui verdadeiramente a arte de liderar aqueles que souberam e sabem potencializar sua força, que adquiriram uma autoridade ilimitada, que não se deixam abater por nenhum acontecimento, por mais desagradável que seja. Aqueles que nunca agem com precipitação, que se conduzem, mesmo quando surpreendidos com o sangue-frio, que tem habitualmente nas ações meditadas e nos casos previstos antecipadamente. Aqueles que agem sempre com rapidez, fruto da habilidade, aliada a uma longa experiência. Assim, o ímpeto de quem é hábil na arte da guerra é irrefreável e seu ataque é regulado com precisão.

O primeiro imperador Han (256-195 a.C.), desejando esmagar seu oponente Hsiung-nu, enviou espiões para conhecer sua condição. Mas este, sabedor do fato, ocultou com cuidado todos os soldados fortes e todos os cavalos bem alimentados, deixando apenas homens doentes e gado magro à vista. O resultado foi que os espiões, por unanimidade, recomendaram ao imperador que atacasse.

(Sun Tzu - Trecho de "A Arte da Guerra")

Postar no Facebook
O Monge e o Samurai

A vida do samurai andava um inferno.

Dúvidas sobre o Bushido lhe atormentavam. Para ter paz, precisaria aprender mais sobre um dos princípios deste código dos samurais.

O guerreiro precisava aprender sobre compaixão. Ele nunca teria paz se vivesse apenas pela coragem e disciplina. A compaixão era um dos valores que norteavam o caminho do cavaleiro, o Bushido.

Aquele samurai se perguntava se não teria desviado do caminho ao cortar cabeças indefesas e não ajudar inimigos em dificuldades. Teria ele perdido o poder da compaixão? Teria ele perdido a honra? Por que sua vida estava um inferno e como seria alcançar o céu?

As dúvidas levaram o guerreiro em busca de um local sagrado – na esperança de encontrar um mestre que o tirasse de seu inferno e lhe ensinasse o que era o céu. Enquanto ia se aproximando do templo zen budista os lavradores se afastavam daquele homem. Chegando lá, o samurai exigiu ser levado à presença do monge chefe. Este ensinava na cozinha. O homem armado de espada ouviu os ensinamentos do outro, armado de uma colher. O mestre ensinava os aprendizes sobre a importância de transformarem em prática o pensamento zen. A importância de praticarem de fato o que quer que fossem ensinar. O mestre zen parou de falar e com sua colher remexeu cuidadosamente o cozido de legumes na panela. Voltou a falar do aspecto sagrado de cada ação cotidiana, que a prática da preparação diária do alimento é a mesma prática do caminho da iluminação.

“Pense que as panelas são você mesmo... Veja que a água é a sua própria vida...”

E voltou a mexer o cozido, borrifando temperos que ao caírem na panela exalaram vapores aromáticos...

Só que o samurai não queria saber de prática de “mestre cuca” coisa nenhuma! Ele não queria perder tempo da sua “busca espiritual” com futilidades diárias como culinária. Rompeu o silêncio dos vapores:

- Mestre: quero que me ensine sobre a compaixão. Quero que me ensine sobre o céu e o inferno.

O monge olhou longamente para o samurai. Reparou em seu calçado enlameado, em sua espada embainhada, em sua mente inquieta.

- Você não vai encontrar o que busca. Como posso ensinar a pureza e a beleza da compaixão a um homem com a bota, a espada e a mente completamente sujas? Sua presença deixa este templo feio e sujo. Seria melhor que saísse daqui agora!

O sangue do samurai se aqueceu mais rápido do que as panelas e em dois movimentos ele desembainhou a espada e preparou o ataque certeiro que faria rolar a cabeça daquele monge que desrespeitava a honra de um cavaleiro que, por sua vez, se afundaria ainda mais em seu inferno.

O monge permaneceu parado e quieto, mirando o outro com profundidade. Com a espada viajando pelo ar a poucos centímetros do seu pescoço, disse:

- Espere. Agora você já sabe o que é o inferno. Isto é o inferno!

O astuto espadachim fez parar sua katana antes dela atravessar a pele. Ficou espantado com a coragem e dedicação do mestre ao ensinar. O monge colocava suas palavras e sua própria vida à serviço do outro. Entendeu que a sua maior desonra não seria receber um insulto e sim praticar um ato violento.

O desejo de paz invadiu o guerreiro. Uma onda de compaixão o arrebatou.

O monge, enfim, enxergou o olhar iluminado e compassivo do samurai:

- Agora você já sabe o que é compaixão. Isto é o céu.

Postar no Facebook
Amigos de Fé

Nosso caminho está planejado
Para passos juntos seguir.

Somos perfeitos de compreensão,
E nossa virtude de fidelidade
Está guardada por nossa fé.

Estamos num mesmo segredo,
Em que nossa amizade
Não deixa em vão nossas alegrias.

Acatamos nossos defeitos,
E homenageamos nossas qualidades para vencermos.

Somos o porém da coragem,
O por quê da invencível força...
Somos as razões para continuar caminhando.

O companheirismo sagrado,
Que lá de cima
Recebe a benção de Deus...

Somos amigos fiéis,
Juntos a tristeza é desenganada,
E os sorrisos são os presentes da vida.

Somos assim,
A perfeita magia da amizade,
Que suporta vendavais e furacões,
E mesmo com tempestades
Continua seu trajeto de fidelidade.

Somos a benção dos Anjos,
Que estão a guardar o segredo da nossa felicidade.

Somos a luz da mais linda estrela,
Que transborda de sinceridade.

Somos o que todos no mundo sonham em ser
Somos, AMIGOS FIÉIS!

Postar no Facebook
Cântico da Esperança

Não peça eu nunca
para me ver livre de perigos,
mas coragem para afrontá-los.

Não queira eu
que se apaguem as minhas dores,
mas que saiba dominá-las
no meu coração.

Não procure eu amigos
no campo da batalha da vida,
mas ter forças dentro de mim.

Não deseje eu ansiosamente
ser salvo,
mas ter esperança
para conquistar pacientemente
a minha liberdade.

Não seja eu tão covarde, Senhor,
que deseje a tua misericórdia
no meu triunfo,
mas apertar a tua mão
no meu fracasso!

(Rabindranath Tagore)
(Citador)

Postar no Facebook