Mensagens Eróticas


Viajo
no teu corpo
caminhos
nunca imaginados.

Delírios
de náufrago à deriva
em noite de temporal.

Viajo em ti
sonhos de uma ternura
nunca sentida.

Sinto o gosto dos seus beijos delicados, saborear os meus lábios, o calor de sua pele, fazer o meu corpo se curvar ao prazer e a maciez de seu toque, envolver meu espírito, sinto você brincando de amar entortando o meu coração fazendo me perder em seus desejos, sem me deixar raciocinar.

Sinto seus movimentos carinhosos e ligeiros, enlouquecendo minha mente, fazendo-me morrer por alguns segundos, saboreio os delírios de meus pensamentos, mas...eu quero estar com você senti você, sua alma, seu corpo, sua boca.

Quero ouvir suas fantasias sussurradas na noite, acordando meus extintos, arrancando a minha pele, arranhando os meus sentimentos de paixão, quero seu corpo colado ao meu, fundindo-se, amando-se, acabando-se.

Quero modular suas curvas com as minhas próprias mãos, quero sugar todas as suas gotas de suor, com a ponta de minha língua, quero todos os seus gritos de loucura e prazer., quero sentir você, quero amar você, meu amor, minha paixão.

Venha e me acaricie todo
Venha e me esquente por inteiro
Venha e derreta todo seu amor
Venha me fazer explodir de tesão

Me lamba até chegar a hora
Me esquente até ferver
Me envolva no tesão eterno
Me faça rir de amor

Faça tudo que quiser...

Hoje pensei numa grande noite de prazer...
Você talvez não imagine o quanto eu quero te ter hoje.
Quero ser sedutora, ser fogo, ser desejo, quero fantasia, loucura, e olhar quente, estar insaciável para você, e mergulhar no seu íntimo como jamais imaginou.
Quero explorar suas partes mais sensíveis, de arrancar suspiros.
Hoje quero fazê-lo levitar de tanto prazer ao desvendar os mistérios de seu corpo.
Prometo ser paixão avassaladora, sorriso inocente e corpo ardente, ser segredo e descoberta, lábios ágeis, mãos inquietas.
Quero o encontro das carícias mais ousadas e o ritmo mais gostoso que possamos encontrar. Prometo ser carinhoso e te dar prazer total, e te fascinar como ninguém mais.
Te quero muito, te desejo...

Teus lábios são duas pétalas sedosas
encostados nos meus
Tua língua é uma enorme borboleta
bela e deliciosa pousando na flor de minha boca
a carne de teus lábios são duas asas sedosas
fazendo voar a imaginação do meu desejo.
A excitação provocada por tua boca é comparada
ao próprio orgasmo em seu ápice supremo.

Verte de ti em mim a água que mata a sede
de minha boca ressequida.
Eu não digo mais nada
apenas pelo prazer de sentir.
Eu sou quem recolhe o néctar de tua boca em flor.
O meu desejo durante o caminho,
Longo caminho em marcha;
O membro enrijecido da impaciência
e as mãos trêmulas e tensas do querer...
tudo isso tua boca provoca em mim,
tudo isso teus lábios sabem explicar
eu não explico nada,
Sinto o poder de sedução que vem de teus lábios
entreabertos,provocadores...
Que me desnorteiam em teus braços...

Teu corpo sedutor e lindo, é a porta de entrada para a admiração inicial.
Teu sorriso e olhar estabelecem o fascínio completo.
Tua expansividade torna a atração mais eloqüente.
Tua malícia e sensualidade são hipnotizantes.
Tua naturalidade chega a inibir, porém logo após estar à vontade.
Essas e outras qualidades naturais a essa bela, maravilhosa e esfuziante mulher....
Fazem de você essa pessoa especial, apaixonante e linda totalmente.
Obrigado por me fazer feliz pelo tempo que nos conhecemos.
Sempre seu fã, e algumas vezes namorado como agora, este admirador incondicional.

Pudesse eu ser manhã, dessas manhãs primaveras
Invadiria seu quarto, ainda coberto de sono
Pra tomar em minhas mãos o seu fruto em abandono
E levá-lo a meus lábios...Ai! meu Deus, como o quisera!

E meus lábios entreabertos, mordiscariam seu pomo
E a língua doce e morna, ao pincelar sua haste,
Convidaria sedenta pra habitar o meu domo
E nele deixar seu mel...Ai! meu Deus, que isso me baste!

Mas seu fruto, meu amor, já na minha boca cresce
Minha língua se contorce a sugar todo o volume
Minha flor, bem orvalhada, suplica que se apresse

Desce no canto da boca, um fio de sumo doce
No quarto sumo e orvalho exalam cio-perfume
Flor e fruto se encontram...Ai! meu Deus... verdade fosse...

Fico lembrando das inúmeras vezes em que fiz amor...
Na verdade, eu não amava...mas, mesmo assim buscava desesperadamente, sentir o prazer de um orgasmo...
Hoje, quando fazemos amor, é que eu sinto o quanto eu não tive...
Pois cada toque seu, me faz estremecer e delirar antes mesmo que esteja em mim...
è maravilhoso te sentir me tocando, me descobrindo, buscando em mim os sussurros e gemidos que nem um outro jamais ouviu...
E sem que eu possa esperar estou me contorcendo, gemendo alto, quase chorando de tanto prazer...
mas você ainda não está em mim...só está brincando com meu corpo, me deliciando...
Ahhh!!!como é bom essa sensação que sinto e que vai aumentando até que você como louco de desejo entra em mim e mais gritar...me faz estremecer de tanto tesão...desde em que me tocasse pela primeira vez...não houve um só dia em que eu não já estivesse completamente excitada só ao começar os seus toques...
Enfim...gozo...como nunca gozei em minha vida...
Te sentindo dentro de mim...mexendo e gemendo ao meu ouvido...um delírio!!!
adoro fazer amor com você...
Pois esse delírio...só tive e tenho com você.

Venha loba ferina...
recolha as suas garras
que para você não preciso
de chicote, nem de amarras.

Seja dócil para mim,
não fique indiferente,
que lhe trago como presente,
em sentido figurado,
gostoso pote de mel.

Vou servi-la às colheradas,
e elas vão representar
todo sentimento nobre,
que eu nutro por você.

Uma colher de atenção,
em outra vai meu carinho,
e a minha emoção.
Nesta vai o meu beijinho,
repleto de frenesi,
que sinto quando estou,
bem juntinho a você.

É assim, minha dócil loba,
que eu quero lhe conquistar
Dar-lhe mel do meu potinho,
dar-lhe beijos e carinhos,
assim eu vou lhe domar.

E quando estivermos juntos,
pode afiar suas garras,
me arranhar quanto quiser
que eu não vou gemer de dor.

Muito pelo contrário,
eu vou gritar de prazer,
com o prazer do seu amor.

Ah!
Você chegou
Tomou posse do meu coração
De todo o meu eu
Pensante...Vazante...
Irreal...Virtual

Vem...
Desvenda meus segredos
Faz meu amor um carinho...
Me toque devagarzinho
Do jeito que sabe me amar
Mas não opõe resistência
E deixa-me te abraçar!
Igual ao mar quando
Abraça a areia
Levando e trazendo
A espuma de sal
O sal do desejo
Com seu sabor
Seu cheiro de amor!
Do ir e vir
Tal qual o mar
Abraçando a areia
Beijando-a com amor
Assim como eu a ti

Vem meu amor!
Traz para mim os teus braços
Vem amor...
Tal qual o mar abraçando a areia...
No vai e vem do meu
Amor...

Por Vênus
Corpos imantados de prazer
Atraem-se pelo belo fato do amor
Enlouquece a carne de desejo.
Faz do sangue cálice espumante de fervor
Desvaira a alma
A sede aparentemente insana
Cessa no doce suor
Que de nós exala
Faz do corpo escravo.
Vai-vem enigmático
Que nos cela em paradoxo.
Corpo ou alma?
Gelo ou Brasa?
E mais tarde...
Quando a emoção é tanta
Os corpos explodem
E a gigante gana
Se desfaz em gozo.
E mesmo ainda sem entender nada
Continuamos colados
Calados. Saciados e presos na odisséia do amor que nos liberta do mundo!

Quando nos deparamos
tentamos ser bons amigos
pra nada rolar
apenas papear
mas basta um toque
que nossos corpos se unem
é inexplicável
depois de tapinhas e brincadeiras
uma chama
lá estamos
sem local , sem horas, sem pensar
um ato praticamente irresponsável
nosso guia : apenas o instinto
suas mãos apressadas e trêmulas
despindo meu corpo
respiração ofegantes
seus lábios molhados, colam aos meus
Que saudade!
Quanto tempo...
Ainda quero que me tire do sério
e seja minha insanidade
somos totalmente loucos
amantes e amados.

Sente, Sente, Sente.
Minha vulva chama-te.
Tua ausência ela reclama.

Mantra, mantra, mantra.
Meu corpo todo canta.
A esperar por tua dança.

Mentes, mentes, mentes.
Se dizes que não queres.
O que teu falo clama.

Tantra, tantra, tantra.
Não há espírito que agüente.
Tanta ausência de repente...

Doente, doente, doente.
Ficarei totalmente exposta.

Se para meus apelos.
Tu não deres respostas.

Sonha, Sonha, sonha.
Com meu corpo em minha cama.
Vem, sente, toca, toma.
meu corpo todo em chamas!

É como o brilho de cristal
Tua boca é tentadora
O teu corpo encantador
Suas palavras enganosas
Me fazem delirar
Se isso for pecado
Eternamente quero pecar!

O Chão é a cama para o amor urgente,
O amor não espera ir para a cama.
Sobre o tapete no duro piso,
a gente compõe de corpo a corpo a última trama.
E para repousar do amor, vamos para a cama!