Mensagens de Esperança

Encontradas mais de 295 Mensagens de Esperança:

Mãe é Amor

Mãe é amor, carinho e proteção... Mãe é tudo o que há de bom, dedico a todas as mães e futuras mães...

No tecido da história familiar,
as mãos de minha mãe reforçaram as costuras para nos protegerem de qualquer empurrão da vida …

As mãos de minha mãe
uniram com um alinhavo as partes do molde sem esquecer que cada uma é diferente da outra e que juntas fazem um todo
como a família …

As mãos de minha mãe
fizeram bainhas para que pudéssemos crescer para que não nos ficassem curtos os ideais …

As mãos de minha mãe
remendaram os estragos para voltarmos a usar o coração
sem fiapos de ressentimentos …

As mãos de minha mãe
juntaram retalhos para que tivéssemos uma manta única
que nos cobrisse …

As mãos de minha mãe
seguraram presilhas e botões para que estivéssemos unidos
e não perdêssemos a esperança …

As mãos de minha mãe
aplicaram elásticos para nos podermos adaptar
folgadamente às mudanças exigidas pelos anos …

As mãos de minha mãe
bordaram maravilhas para que a vida nos surpreendesse com as suas contínuas dádivas de beleza …

As mãos de minha
mãe coseram bolsos para guardar neles as moedas valiosas das melhores recordações
e da minha identidade …

As mãos de minha mãe,
quando estavam quietas, zelavam os meus sonhos para que alimentassem os meus ideais
com o pó das suas estrelas…

As mãos de minha mãe
seguraram-me com linhas mágicas,
quando entrava na vida …
para começar a vesti-la!

As mãos de minha mãe
nunca abandonaram o seu trabalho. E sei muito bem que hoje, onde estiverem,
fazem orações por mim…
E eu...
Eu beijo-as como se recebesse bênçãos...

Paginas da vida

As páginas da vida são cheias de
surpresas… Existem capítulos de
alegrias e também de tristezas…

Há mistérios e fantasias,
sofrimentos e decepções.
Por isso, não rasgue páginas e
nem solte capítulos…

Não se apresse a descobrir os
mistérios… E não perca as
esperanças. Pois muitos são os
finais felizes…

E nunca esqueça do principal:
No livro da sua vida, o autor é VOCÊ!!

Postar no Facebook
Quem não tem namorado

Namorado é a mais difícil das conquistas.
Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil, mas namorado mesmo é muito difícil.
Namorado que quando se chega ao lado dele, a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser forte, decidida ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de carinho
Quem não tem namorado não é quem não tem um amor: é quem não sabe o gosto de namorar,
Não tem um namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche dividido ou drible no trabalho.
Não tem namorado, quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa, e quem ama sem alegria.
Não tem namorado, quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pacto com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugida ou impossível de durar.
Não tem namorado, que não sabe o valor de mãos dadas, de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar, de ânsia enorme de viagens juntos para a Escócia, metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado, quem não gosta de dormir agarrado, ou passear de mãos dadas pela beira da praia.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério de dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez ou loucura do amor.
Não tem namorado, quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não troca bilhetinhos, ou quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado.
Não tem namorado quem ama sem gostar, quem gosta sem curtir, quem curte sem aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou no meio do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho em paz.
Não tem namorado quem não fala sozinho e não ri de si mesmo.
Então, enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperanças. De alma escovada e de coração perfumado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com o gosto de morango e sorria lírios para quem passar em baixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fadas.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons, de flores e do céu descesse uma pérola falante dizendo frases sutis e palavras de românticas.
Quem não tem namorado, é porque não enlouqueceu o necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que tem sentido, mesmo que a gente vire adolescente e nem tenha medo de parecer ridículo... deliciosamente ridículo....