Mensagens de Força


Minha mãe, dizer seu nome, pensar em você, saber que existe e que a qualquer momento posso chegar até você, são certezas que me enchem o coração de alegria e esperança.

É ter você na minha vida como mãe que faz de mim a filha mais afortunada e uma das pessoas mais felizes e seguras, pois conto com o seu apoio, a segurança de me saber amada e protegida pela melhor das mães!

Minha querida mãe, eu a amo! Você é um exemplo e uma inspiração, pois é uma grande mulher, forte, corajosa, determinada, e uma mãe carinhosa, presente, atenta. Você é perfeita em tudo, e eu apenas quero lhe prestar homenagem e como filha estar à altura de uma mãe tão maravilhosa.

Obrigada por tudo, mamãe! Quem tem uma mãe como você jamais se sentirá só ou desamparada, jamais sentirá as pernas ou a determinação fraquejarem, pois tem a força de mil universos em forma de amor materno, amparando e empurrando rumo à vitória!

A dúvida é uma realidade na vida de muitas pessoas: empreendedores, funcionários, pais de famílias e muito provavelmente, de todas as pessoas que estejam vivas nesse momento.

Muitas vezes nos sentimos como fraudes de nós mesmos, vivendo com o peso da incerteza e com isso temos uma (falsa) crença geral de que a chave para ser bem sucedido na vida exige a superação de todos os vestígios de dúvida.

Mas, essa não é uma crença verdadeira.

Ela é jogada sobre nós por palestrantes motivacionais que giram a roda do empreendedorismo como uma simples questão de sentir-se bem e autoestima, afim de vender seus produtos.

A grande maioria dos empreendedores nunca vai superar a sua dúvida

Na verdade, o dia em que superarmos todas as nossas dúvidas será provavelmente o dia em que iremos nos tornar cegos pelos nossos delírios de natureza e controle.

O que os empreendedores realmente precisam fazer é aprender a conviver com a dúvida. Aprender a viver com a dúvida, ser capaz de aceitar a dúvida é uma coisa muito poderosa pois permite que continuemos a questionar suposições e ainda avançar em face às incertezas.

Um dos efeitos colaterais negativos de esmagar a cultura que cada um tem em si é que, normalmente, isso vem acompanhado de uma forte dose de falsa confiança.

As pessoas que pensam assim vão dizer que você deveria acordar todos os dias como uma espécie de força da natureza pronto para enfrentar o mundo. Só que, muitas vezes, essas são as pessoas mais fracas.

Eles bravejam esse projeto como um disfarce e quando o mundo gira, o que acontece diariamente, eles são geralmente os primeiros a voltarem correndo pra casa, quando a sua falsa auto confiança é atingida por uma realidade de que o que eles fazem pode não dar certo.

Isso causa uma dissonância cognitiva em sua cabeça que só pode ser explicada por inventar falsas desculpas falsas ou abraçando uma auto imagem ilusória de sucesso que não é suportada na sociedade.

Por outro lado, aquelas pessoas que aprendem a conviver com a dúvida estão certas apenas de que o futuro virá. E que esse futuro é maleável.

Ninguém é 100% auto confiante

E é esta a capacidade de lidar com a dúvida que não só permite um empreendedor de experimentar, mas permite também que ele se adapte às novas circunstâncias.

Como empreendedor é bem lógico que a dúvida assole o seu comportamento. Você não sabe para onde está indo ou o que o futuro lhe reserva. Você optou por navegar em águas desconhecidas…

Mas, mesmo com essas incertezas batendo à sua porta você ainda está rumando para a frente, enquanto grande maioria das pessoas que parecem tão seguras de si estão de volta em terra firme.

Muitas pessoas pensam que a dúvida torna as pessoas fracas. Mas é o contrário, é a capacidade de viver com a dúvida que faz as pessoas serem fortes.

Aqueles que precisam da segurança de um futuro previsível, ou não podem deixar a sua auto imagem inflexível de quem são, ou o que supostamente acha que estão presos pela certeza daquilo que buscam.

Estas são as pessoas que você vê subindo escadas corporativas, ou sentadas em conferências procurando garantias e pílulas mágicas nos oradores dos palcos.

Estas são as pessoas que você vê colocando a palavra empreendedor, mas que sempre têm uma desculpa para isso de que não podem parar de trabalhar todos os dias e se arriscarem.

Pior de tudo, estas são as pessoas quem enganaram a si mesmas em acreditar que elas têm todas as respostas e as anunciam tão alto que os outros acabam sendo cegados por eles.
Não se engane, a dúvida sempre vai existir. Portanto, aprenda a dribá-la

Considere que o que Bruce Lee disse sobre artistas de segunda mão que cegamente seguem ou aceitam o outro como padrão.

Como resultado, a sua ação e, mais importante do que isso, o seu pensamento, se tornam mecânico.

Suas respostas se tornam automáticas, de acordo com os padrões estabelecidos, tornando as pessoas estreitas e limitadas.

Este é o destino daqueles que exigem a certeza de respostas claras e regras estabelecidas. Este é o destino daqueles que não querem ou não podem viver com a dúvida.

(Enrico Cardoso)
(Jornal do Empreendedor)

Meus queridos amigos, é com muita alegria que mais uma vez recebemos o Natal em nossas vidas. E o simples, e ao mesmo tempo maravilhoso fato de estarmos todos aqui para comemorar já é motivo suficiente para agradecer.

O ano que está acabando pode ter trazido desafios para a sua vida, pode ter colocado difíceis obstáculos em seu caminho, mas tenha certeza de que o espírito do Natal e as luzes e boas energias que essa época do ano nos traz, irão curar tudo de mal que possa ter acontecido, e vão lhe reenergizar para começar um novo ano com muita força e ânimo de viver.

Deixo o meu abraço muito forte e muita energia positiva para todos. Que o Natal de todos vocês seja maravilhoso e que o Ano Novo comece com o pé direito! Felicidades e boas festas aos meus queridos amigos!

Sun Tzu disse:
"Comandar muitos é o mesmo que comandar poucos. Tudo é uma questão de organização. Controlar muitos ou poucos é uma mesma e única coisa. É apenas uma questão de formação e sinalizações".

Lembre-se dos nomes de todos os oficiais e subalternos. Inscreva-os num catálogo, anotando-lhes o talento e suas capacidades individuais, a fim de aproveitar o potencial de cada um. Quando surgir oportunidade aja de tal forma que todos os que deves comandar estejam persuadidos que seu principal cuidado é preservá-los de toda desgraça.

As tropas que farás avançar contra o inimigo devem ser como pedras atiradas em ovos. De ti até o inimigo, não deve haver outra diferença senão a do forte ao fraco, do cheio ao vazio. São as operações chamadas "diretas" e "indiretas" que tornam um exército capaz de deter o ataque das forças inimigas e não ser derrotado.

Em batalha, use geralmente operações "diretas" para fazer o inimigo engajar-se na luta e as operações "indiretas" para conquistar a vitória.

Em poucas palavras, o que consiste a habilidade e a perfeição do comando das tropas é o conhecimento das luzes e das trevas, do aparente e o secreto. É nesse conhecimento hábil que habita toda a arte. Assim, o perito ao executar o ataque "indireto" assemelha-se ao céu e as terras, cujos movimentos nunca são aleatórios, são como os rios e mares inexauríveis. Assemelham-se ao sol e à lua, eles tem tempo para aparecer e tempo para desaparecer. Como as quatro estações, ele passa, mas apenas para voltar outra vez.

Não há mais que cinco notas fundamentais, mas, combinadas, produzem mais sons do que é possível ouvir; não há mais que cinco cores primárias, mas, combinadas, produzem mais sombras e matizes do que é possível ver; não há mais que cinco sabores, mas, combinados, produzem mais gostos do que é possível saborear.

Da mesma forma, para ganhar vantagem estratégica na batalha, não há mais que as operações "diretas" e "indiretas", mas suas combinações são ilimitadas dando origem a uma infindável série de manobras. Essas forças interagem, um método sempre conduz ao outro. Assemelham-se, na prática, a uma cadeia de operações interligadas, como anéis múltiplos, ou como a roda em movimento, que não se sabe onde começa e onde termina.

Na arte militar, cada operação tem partes que exigem a luz do dia, e outras que pedem as trevas do segredo. Não posso determiná-las de antemão. Só as circunstâncias podem ditá-las. Opomos grandes blocos de pedra às corredeiras que queremos represar, empregamos redes frágeis e miúdas para capturar pequenos pássaros, entretanto, o caudal rompe algumas vezes seus diques após tê-los minado aos poucos.

Quando uma ave de rapina se abate sobre sua vítima, partindo-a em pedaços, isso se deve à escolha do momento preciso. A qualidade da decisão é como a calculada arremetida de um falcão, que lhe possibilita atacar e destruir sua vítima. Portanto, o bom combatente deve ser brutal no ataque e rápido na decisão.

Embaralhada e turbulenta, a luta parece caótica. No tumulto de um combate pode parecer haver confusão, mas não é bem assim, entre a confusão e o caos uma formação de tropas pode parecer perdida e mesmo assim impenetrável, sua disposição é na verdade circular e não podem ser derrotadas. A confusão simulada requer uma disciplina perfeita, afinal, o caos estimulado se origina do controle, o medo fingido exige coragem, a fraqueza aparente se origina da força. Ordem e desordem é uma questão de número, de logística; coragem e medo é uma questão de configuração estratégica do poder, vantagem estratégica; força e fraqueza é uma questão de disposição das forças, posição estratégica.

O sábio comandante possui verdadeiramente a arte de liderar aqueles que souberam e sabem potencializar sua força, que adquiriram uma autoridade ilimitada, que não se deixam abater por nenhum acontecimento, por mais desagradável que seja. Aqueles que nunca agem com precipitação, que se conduzem, mesmo quando surpreendidos com o sangue-frio, que tem habitualmente nas ações meditadas e nos casos previstos antecipadamente. Aqueles que agem sempre com rapidez, fruto da habilidade, aliada a uma longa experiência. Assim, o ímpeto de quem é hábil na arte da guerra é irrefreável e seu ataque é regulado com precisão.

O primeiro imperador Han (256-195 a.C.), desejando esmagar seu oponente Hsiung-nu, enviou espiões para conhecer sua condição. Mas este, sabedor do fato, ocultou com cuidado todos os soldados fortes e todos os cavalos bem alimentados, deixando apenas homens doentes e gado magro à vista. O resultado foi que os espiões, por unanimidade, recomendaram ao imperador que atacasse.

(Sun Tzu - Trecho de "A Arte da Guerra")

Não sei fingir que já não sinto, que segui em frente e que isso é pouco perto da minha força interior. E com você isso só aumenta, desejei por 1 dia não te ver mais, não te ter mais aqui... E Deus só me ouve quando peço o que não deveria, pois é, cá estou eu pensando como irei viver sem ver seu sorriso, sem ouvir sua voz... Como vou ser feliz sem saber como você está, e com quem está?(...) Desejei tantas coisas que se um dia fossem realizadas não faria tanta diferença na minha vida, mas o sonho escolhido foi aquele que me ensinou o quanto dói perder alguém mesmo quando ele não me pertence completamente. Preciso pensar antes de pedir. Senhor, se eu lhe pedisse ele de volta, você traria? Me faria feliz esta noite?
Talvez a solução não seja se lamentar, o jeito é se conformar e ser forte. Esse foi mais um dos aprendizados do velho ano: nunca peça para ir embora a pessoa que carrega o ar que você respira! Meus pensamentos são de uma só pessoa(...) Não sei me conformar e aprender, eu quero de volta, ninguém vive sem amor e é por isso que eu não sei viver sem você.
Se o mundo me permitisse um único desejo eu esqueceria tudo, pensaria só em você e então responderia: Quero aquele que roubou meu coração, quebrou em pedaços, cortou, fez chorar, não consigo sorrir forçadamente, o coração já implorou tanto por ele que o sorriso só volta quando ELE VOLTAR!

(Letícia Pinho)

Observo a dinâmica desse nosso mundão atual. O que vejo é um espetáculo de sensações fortes, indicando um comportamento adoentado. Como alguém da senda mística, ligada à sensibilidade, entendo ser necessária uma reeducação de nossa época, um resgate da arte e do fervor de saborear as coisas e os seres em suas múltiplas dimensões.

Temo que muitos jovens e adultos se comportem no mundo como se fossem donos e senhores, sem estabelecer relações de doçura e receptividade. Fechados no casulo da eletrônica e demais progressos tecnológicos, afogados em devaneios virtuais, temos esquecido da vida interior, deixado de extrair todo o seu sumo e sabor.

Diante disso, o que fazer? Proponho três exercícios difíceis, mas não impossíveis, que se fazem necessários para escapar da banalidade circundante. Vejamos:

Passo 1: O primeiro ato a praticar para modificar a qualidade da relação com o mundo é dar tempo a si mesmo. Tornar mais lento os ritmos, estancar a sucessão trepidante de acontecimentos. É na tranquilidade que fruímos a densidade do presente e podemos elaborar as emoções profundas, aquelas que penetram fundo na alma e a convidam a crescer.

Passo 2: Assumir uma postura de disponibilidade. Desenvolver interesse pelas coisas, mesmo que pequenas e aparentemente insignificantes. Entender a força dos prazeres minúsculos é aprender a viver melhor as possibilidades do cotidiano. Uma paisagem, um filme, jogar com uma criança, o aroma do sabonete, uma canção, coisas que estão ao nosso alcance com facilidade. Não custam quase nada e revelam as gigantescas belezas e qualidades emocionais do mundo.

Passo 3: Aprimorar uma atitude de brandura. O século XX foi de espírito forte e violento, de desbravadores e empreendedores. Sua identidade era ligada a adiantamentos técnicos, conquistas práticas, desenvolvimentos materiais. Nossa missão é outra, diferente. Há, como ensina a sabedoria popular, tempo de plantar e tempo de colher. Estamos no segundo estágio. Herdeiros de tamanha agitação, precisamos trabalhar para frutificar a meiguice, a leveza, a delicadeza, o desprendimento, a ternura.

Perceba que são muitas as dádivas que recebemos. Vamos ser delas merecedoras. Construir uma vida melhor para nós e para as gerações depois da nossa. Vida com mais tempo, disponibilidade e brandura. Simples assim.

(Marina Gold)
(Vida e Estilo)

O poder de uma mulher não está no seu físico, na sua beleza ou encanto feminino. O poder de uma mulher está no seu caráter, no seu coração predisposto a sacrifícios e na sua alma de guerreira.

Uma mulher não é mais ou menos por ser mulher, e tem o poder de ser tudo aquilo que quiser, basta que lute para isso. E todos sabemos que quando uma mulher coloca uma ideia na cabeça sua força para concretizar é mais forte que todo poder do universo!

Parabéns, meu amor! São dez anos de casamento que ilustram nossa verdade, nosso empenho, nosso amor. Sou a pessoa mais feliz do mundo! Tenho em mim todas as esperanças que alguém pode ter, e o medo não faz parte de meus dias. Toda essa segurança se deve ao modo como a gente se trata. Com honestidade, com respeito.

Sinto que nossa paixão ainda arde, ainda fere qualquer obstáculo. Sinto até que vai sempre ser assim! Todo o casamento passa por crises, por momentos mais difíceis. O nosso não é exceção, temos nossas brigas como todo o mundo. Acontece que algo maior nos mantém unidos e sempre nos ligamos ao que é real, ao que é transparente. Isso se chama amor.

Desejo que muitos mais dez anos assaltem nosso lar. Nossa família é bem mais precioso que possuímos e quero continuar construindo uma união de pedra entre nós. Feliz Aniversário de Casamento, meu amor! Obrigado por tudo!

Adquira maior força mental. Desenvolva um poder mental tão grande que você possa permanecer inabalável. Se você ama a DEUS, deve ter fé e estar preparado para suportar as provações, quando vierem. Não tenha medo de sofrer. Mantenha a mente forte e positiva. O mais importante é a sua experiência interior.

Pela imaginação você amplia o sofrimento. Preocupações ou autopiedade não diminuirão seu sofrimento, ao contrário, vão aumentá-lo. Por exemplo, alguém lhe faz algo errado; você fica remoendo isso e seus amigos ou parentes ficam falando sobre o assunto e lhe dando apoio. Quanto mais você pensa no assunto, mais você aumenta a chaga e seu sofrimento.

A melhor maneira de dissociar-se do seu mal estar é permanecer mentalmente DESAPEGADO como se você fosse um mero espectador, enquanto, ao mesmo tempo, procura um remédio.

Cuide do corpo, mas eleve-se acima dele. Saiba que você é diferente de sua forma mortal. Levante uma barreira mental entre sua mente e seu corpo. Afirme: “ sou diferente do corpo. Nem calor, nem frio, nem doença podem me atingir. Sou livre.” Suas limitações serão cada vez menores.

O fato é que, se aprender a viver em seu corpo sem imaginar que ele é você, não sofrerá tanto. A sua conexão com a dor física e apenas mental.

(Yogananda)
(Fraternidade Ramatis)

Você é o melhor marido do mundo! Estarei sempre de seu lado todos os dias, todas as noites. Em todos os momentos. Sinto que você tem andado diferente, um pouco triste. Não posso permitir isso. Seu sorriso é valioso demais para mim. Então sua gargalhada nem se fala. Juntos, vamos combater essa ansiedade e receber de volta a felicidade em nosso lar para que você abrace a alegria em seus dias.

Não existe problema que a gente não resolva. Você é um homem tão bondoso. É um homem absolutamente lindo, por dentro e por fora. Tem um coração que faz até tremer qualquer beleza da vida. O segredo é relativizar! Tenho certeza que a gente vai dar a volta por cima. É só encontrar o problema, com muita calma, e depois é resolver ele. Tratar ele como uma pedra no sapato. Seja ele qual for. Nada vai impedir que a alegria regresse ao seu coração. Nada. Eu prometo isso a você, meu amor.

A felicidade está desejosa de receber você de volta.
Estou sempre com você. Te amo.

Todos os relacionamentos têm os seus altos e baixos e o seu não é diferente, querida amiga. Agora vocês estão em um momento mais difícil. As brigas são constantes e as incertezas vão surgindo no coração.

Acredite que as coisas podem mudar. O amor que vocês sentem um pelo outro continua sendo o mesmo. Só falta vocês encontrarem uma forma de conseguirem lutar para que tudo seja como antes.

Pode este mundo ter, em algum lugar, alguma mãe mais especial do que a minha? Eu digo que não, com todas as forças que moram em mim e defendo esta convicção com as inúmeras razões que me levam a acreditar nisso. Eu não abdicaria de você por nada que me pudessem dar em troca e todos os dias agradeço por ter nascido do ventre de uma mulher tão incrível.

Sua constante luta em busca do essencial para nossa família, sua preocupação sempre presente que nos mantém tão protegidos e seu amor incondicional, tornam você, minha mãe querida, em um verdadeiro exemplo, uma das razões de eu continuar vivendo. Eu quero que você seja eterna, que nunca tenha de um dia ir embora. Este universo pode conter mães fantásticas, com grandes diferenças e várias habilidades. Mas eu sei que minha mãe é única, nada a pode igualar.

Você é um herói, você é muito mais forte do que pensa. Só quem passa por obstáculos e desafios na vida é que sabe o peso de um sorriso. O riso leve, o riso solto, o riso gratuito, esse aparece no rosto de quem não sabe o que é sofrer.

Não que se deva fazer apologia ao sofrimento, mas há de se reconhecer a força e a coragem de quem, mesmo diante das adversidades, consegue esboçar na face um sorriso, consegue ter brilho nos olhos, consegue ter esperança. Estes é que são os verdadeiros heróis.

Nós só sabemos o quão forte somos quando a vida nos obriga a mostrarmos a nossa força. E nesses momentos, podemos nos surpreender com a nossa capacidade de superação. Por isso, nos momentos difíceis da vida, em vez de abaixar a cabeça e sentir-se uma vítima do mundo, sinta orgulho de você. Porque você é forte, você é o herói da sua vida, só você pode se salvar!

Smilinguido caminhava feliz, carregando uma pesada frutinha silvestre para o formigueiro. De repente apareceu no meio do caminho, uma "coisa" grande, que lhe fechava a passagem. Como todas as formigas, porém, Smilinguido poderia superar aquele obstáculo, apenas subindo e passando por cima dele. Mas quando ele começou a tentar "escalar" a pata da enorme anta, ela sentiu os seus passinhos de formiga, reagiu às cócegas e, sacudindo a pata com força, derrubou-o no chão.
- Ui! ah…Olá, dona Anta! Será que a senhora poderia fazer o favor de levantar a sua pata um instantinho ? Assim eu poderei levar esta frutinha para o formigueiro sem me cansar nem lhe fazer cócegas.
- Que audácia! Olha só o seu tamanho! Um minúsculo bichinho como você ainda tem coragem de me mandar sair do meu lugar?
- Eu estou vendo que a senhora é grande e forte, dona Anta. Mas também estou vendo que perto desta árvore, fica bem pequenininha.

A anta virou-se e viu que ali estava, de fato, uma enorme árvore. Perto dela, sentiu-se como uma formiguinha.
- Puxa, é mesmo…
Smilinguido, todo entusiasmado, falou:
- Eu posso chegar até lá em cima! E além disso, sou capaz de carregar uma frutinha que é 3 vezes mais pesada do que eu! Sabe, dona Anta, para o nosso Criador somos importantes da mesma forma! Ele não me deu tamanho, mas capacidade para fazer o que os grandes animais não podem! Ao ouvir essas palavras, a anta ficou muito pensativa, tirou sua pata do caminho e deixou Smilinguido passar. E lá se foi Smilinguido levar sua frutinha ao formigueiro, enquanto a anta olhava para a grande árvore e pensava no Criador.

Meu coração, minhas forças e minhas preces estão com você, querida amiga, neste momento em que está no hospital. Eu sei que você terá as forças necessárias para superar essa adversidade e em breve estará de volta a casa. Tudo não passará de uma amargura passageira.

Desejo as melhoras para você e envio um beijo com todo o carinho deste mundo.