Mensagens de Termino de Namoro

Encontradas mais de 32 Mensagens de Termino de Namoro:

Emoções

Ha coisas na vida da gente que nos deixam felizes...
Ha outras que com o tempo se revelam e só nos causam sofrimento.
Ha outras ainda que aos poucos nos decepcionam, ate o ponto que o entusiasmo morre e ai já não sentimos mais
emoção.
Os relacionamentos são assim (as vezes)...
No inicio nos transmitem tanta coisa boa, tudo é perfeito, o tratamento, o jeito de falar, de andar, de sorrir... o
coração bate mais forte, as pernas tremem...
Com o tempo, com a visão do dia-a-dia, com a intimidade, as pessoas já não parecem mais tão perfeitas para nos.

As amizades acabam, os namoros, os noivados, casamentos acabam, os encantos são quebrados, a magia é
descoberta e não conseguimos mais enxergar as coisas boas que a outra pessoa tem...
Analisamos tudo por um prisma implacável, que só nos diz a pura verdade, só no diz o que tem dentro da gente, o
sentimento mais profundo, a percepção e a intuição de que aquela pessoa não tem mais lugar nas nossas vidas.
A vida é assim... encantamentos e decepções, amores e ilusões, alegrias e tristezas, saudade e indiferença,
satisfações e frustrações...
A única coisa que fica, é a lembrança de momentos bons, de palavras de carinho, de um olhar, de um sorriso, do
toque da pele, do cheiro, do sentimento que se foi.
A única sobrevivente é a esperança de um dia encontrarmos tudo isso novamente e que dessa vez o
encantamento dure muito, muito tempo em nossas vidas.
Todos nos precisamos amar e ser amados, todos nos precisamos de alguém que nos de carinho, que goste de nos
verdadeiramente, sem querer nada em troca, sem interesses escusos ou conveniências momentâneas, nos ame
pelo o que nos somos, com todos os defeitos, com todas as virtudes...
Todos nos precisamos ser felizes!

Postar no Facebook
Ter ou Não Namorado

Quem não tem namorado é alguém que tirou férias de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil
porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva, de lágrima, nuvem,
quindim, brisa ou filosofia. Paquera, gabiriu, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas namorado
mesmo, é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a
gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção não precisa ser parruda, decidida, ou
bandoleira; basta um olhar de compreensão ou mesmo aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três
pretendentes, dois paqueras, um envolvimento, e dois amantes, mesmo assim não pode ter namorado.
Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche de
padaria ou drible no trabalho. Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de
virar sorvete ou largatixa e quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a
infelicidade. Namorar é fazer pactos de amor com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível
de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme;
de flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico
Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada; de ânsia enorme de
viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete
interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do
outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor. Não tem namorado quem não
redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira d'água, show do Milton
Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos,
quem não chateia com o fato de o seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gostntade de
virar sorvete ou largatixa e quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a
infelicidade. Namorar é fazer pactos de amor com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugidia ou impossível
de durar.
Não tem namorado quem não sabe o valor de mãos dadas; de carinho escondido na hora em que passa o filme;
de flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico
Buarque lida bem devagar; de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada; de ânsia enorme de
viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete
interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do
outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor. Não tem namorado quem não
redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira d'água, show do Milton
Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos,
quem não chateia com o fato de o seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta
sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de
repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado
quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem
esperar o outro ir junto com ele. Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem
namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de
grilo e medo, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com
margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado,
saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem
passe debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse
repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a
dizer frases sutis e palavras de galantearia. Se você não tem namorado porque ainda não enlouqueceu aquele
pouquinhoa
sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de
repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado
quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem
esperar o outro ir junto com ele. Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem
namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de
grilo e medo, ponha a saia mais leve, aquela de chita e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com
margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado,
saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem
passe debaixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse
repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a
dizer frases sutis e palavras de galantearia. Se você não tem namorado porque ainda não enlouqueceu aquele
pouquinho necessário a fazer a vida passar e de repente parecer que tudo faz sentido:
Enloucresça

Postar no Facebook
Entre Uma Decepção E Outra

Tem época na vida da gente que parece que os encontros 'amorosos' são mais uma provocação do que uma oportunidade de se sentir satisfeito e feliz... Assim, vamos contabilizando decepções e desacreditando na possibilidade de viver uma experiência positiva e motivadora.

Quando isso acontece, creio que o melhor seja parar. Uma pausa para aprender. Ou melhor, antes apreender. Perceber o que está acontecendo, quais são nossos verdadeiros desejos e quais têm sido nossas atitudes para torná-los concretos.

Muitas vezes, fazendo uma análise mais justa e desapegada, sem assumir nenhum papel, nem o de vítima das armadilhas da vida, nem da sacanagem dos outros e nem o de culpado, como se tudo o que fizéssemos estivesse definitivamente errado, terminamos descobrindo que há alguma incoerência nisso tudo.

Só que para isso precisamos de tempo... e principalmente de coragem para admitir limitações, assumir pensamentos negativos e confiar mais na sabedoria da vida e seu ritmo. O que acontece, no entanto, é que a maioria de nós não quer esperar, não quer refletir. Há somente um pensamento que alimentamos o tempo todo: quero namorar, quero ter alguém!!!

Será que estar com alguém é o mesmo que estar feliz? Pode ser que sim, mas pode ser que não... e se por qualquer motivo você não tem ficado com quem deseja, talvez seja o momento ideal para um intervalo, tão útil entre uma decepção e outra...

Tempo de se observar, de observar as pessoas e ouvir o que elas dizem. Tempo de aprender, crescer, ter uma nova conduta, desenvolver uma nova postura. Aguardar até que a vida lhe mostre qual é o melhor caminho a seguir... mas para ver, você precisa estar atento... sem tanta ansiedade, sem tanto desespero para tentar fazer com que as coisas aconteçam do jeito e na hora que você quer...

E se nenhuma resposta vier, talvez signifique que você precisa ver e ouvir com o coração. Respeitar o silêncio. Aceitar a ausência de quem você tanto deseja encontrar... Talvez não haja uma resposta e nem haja uma explicação.

Às vezes, simplesmente não existem respostas nem explicação. Apenas a vida. Apenas as pessoas. Apenas o mundo. Apenas a dor e o amor. Apenas...

E se insistirmos em não aceitar, em brigar, em nos rebelar, em nos revoltar... conseguiremos tão somente mais dor... e menos amor. Aceite que você não tem o controle, que você não pode decidir sozinho, que o universo tem seu próprio ritmo. Faça o que está ao seu alcance; faça a sua parte... e bem feito; da melhor maneira que puder...

E o que não puder, entregue e espere... porque embora diga sabiamente a música "quem sabe faz a hora, não espera acontecer", tem ocasiões nesta vida em que quem sabe, espera acontecer e respeita a hora de não fazer... até que um dia, o amor de repente acontece... porque seu coração estava exatamente onde deveria estar para ser encontrado!

(Rosana Braga)

Postar no Facebook
Tente Me Entender

Seria até poético se não fosse falso, seria engraçado se não fosse tão triste, nunca busquei muitas respostas, sempre vivi o que ia me sendo dado pelo destino.

Hoje me sinto em uma estrada solitária, sem bússola, sem chegada e sem partida, sem luz e sem ninguém que possa me salvar ou me socorrer, que possa me cuidar e me proteger das armadilhas do meu caminho.

Minha vida sempre foi clara para mim, minhas emoções sempre comandaram o meu destino.

Andei muito, caí e me machuquei, levantei, aventurei-me, despedacei-me, mas sempre tive a coragem suficiente de me reerguer, recomeçar, nunca do zero, nunca do nada, pois sempre mandei nas minhas vitórias ou nos meus fracassos.

Jamais culpei alguém pelos meus erros ou pelos meus acertos, eu sou a extensão do que penso e sinto.

Tente me entender, o fim do nosso namoro pode ser difícil para você pois está sendo para mim também. Sempre me senti julgada, criticada, mas não faltei a nenhuma de minhas responsabilidades mesmo que isso não me trouxesse alegrias. Na verdade até hoje não encontrei um alguém que pudesse me entender completamente, é como se eu fosse tão diferente só porque as convenções não me intimidam.

Eu sou autêntica, não minto para satisfazer a opinião alheia, acho que estou falando muito, será que estou dizendo alguma coisa?!

A escuridão me cerca, preciso me refletir no espelho e tentar me achar, a porta da saída parece inatingível, o labirinto não quer chegar ao fim, só sei que tudo que planejei, desejei, busquei, sonhei e tantos outros ei, estão formando agora a minha incompleta história.

Quero apenas a liberdade, voar alto nas alturas feito um sonho desvairado deste que a gente sonha até acordado.

Quero enxergar o infinito, um azul sem dimensão...

Resumindo isto sou eu!!!

Postar no Facebook
Meu Melhor Amigo

Semana passada liguei pro meu melhor amigo e convidei para um cinema. A gente não se falava desde o ano novo, quando tudo deu errado pro nosso lado. De tempos em tempos sumimos, falamos umas coisas horríveis de quem se conhece demais. Ele topou desde que fosse daqui pra frente, preguiça de conversar da briga e tal. E fomos. Cheguei antes, comprei. Ele chegou depois, comprou água. Porque eu comprei os ingressos, ele comprou também uns doces e disse que pagaria o estacionamento. Porque ele pagaria o estacionamento, eu disse que daria a carona da volta. E com meu coração tão calmo eu voltei a sentir o soninho de sofá de casa com manta que sinto ao lado dele. A gente não se beija nem nada, mas quando vai ver pegou na mão um do outro de tanto que se gosta e se cuida e se sabe. Já tivemos nossos tempos de transar e passar nervoso e aquela coisa toda de quem ama prematuramente. Mas evoluímos para esse amor que nem sei explicar. Ele me conta das meninas, eu conto dos caras. Eu acho engraçado quando ele fala: “ah, enjoei, ela era meio sem assunto” e olha pra mim com saudade. Ele também ri quando eu digo: “ah, ele não entendeu nada” e olho pra ele sabendo que ele também não entende, mas pelo menos não vai embora. Ou vai mas sempre volta. Não temos ciúmes e nem posse porque somos pra sempre. Ainda que ele case, more na Bósnia, são quase dez anos. Somos pra sempre. Ele conta do filme que tá fazendo, eu do livro. Os mesmos há mil anos. Contar é sem pressa de acabar. Se ele me corta é como se a frase que eu fosse falar fosse mesmo dele. É um exibicionismo orgânico, como se meu silêncio pudesse continuar me vendendo como uma boa pessoa. São dez anos. É isso. Ele me viu de cabelo amarelo enrolado. Eu lembro dele gordinho e mais baixo. Eu já fui bem bonita numa festa só porque ele queria me fazer de namorada peituda pra provocar a ex. Minha maior tristeza é que todo novo amor que eu arrumo vem sempre com algum velho amor tão longo e bonito. E eu sofro porque com pouco tempo não consigo ser melhor que o muito tempo. E de sofrer assim e enlouquecer assim, nunca dou tempo de ser muito para esses amores porque estrago antes. Mas meu melhor amigo é meu único amor. O único que consegui. Porque ele sempre volta. E meu coração fica calmo. E ele vai comigo na pizzaria e todos meus amigos novos morrem de rir porque ele é naturalmente engraçado e gente boa e sabe todos os assuntos do mundo. E todo mundo adora meu melhor amigo. E eu amo ele. E sempre acabamos suspirando aliviados "alguém é bobo como eu, alguém tem esse humor" e mais uma vez rimos da piada que inventamos, do pai que chega pro filho e fala: sua mãe não é sua mãe, eu transei com outra". E esse é meu presente dessa fase tão terrível de gente indo embora. Quem tem que ficar, fica.

(Tati Bernardi)

Postar no Facebook
Despedida do Amor

Tudo que fica, fica para sempre um amor, uma longa conversa e um abraço apertado... Essas memórias nunca serão esquecidas não importa quanto tempo passe.

Assim será a nossa história, uma memória que nunca desaparecerá, será uma marca eterna. Em meio a uma música e outra nossos pensamentos cruzaram a distância para nos conectamos um ao outro.

Você foi meu anjo, meu escudeiro meu amante, com você fui do céu ao inferno. Com você eu atravessei barreiras, enfrentei meus piores medos e venci alguns deles. Me reinventei de forma mais simples, mas não consigo ser tão doce, sabe, coisa de instinto, sou assim azedinha mesmo.

Você fez meu coração ficar mais leve, leve de desejos e sonhos e de histórias bonitas, ele ficou tão leve e acabou saindo do peito e voando para longe, tão longe que eu acabei perdendo-o nessa busca de tentar fazer as coisas certas.

Eu nunca fui boa em fazer as coisas certas, sempre gostei do que não está escrito, do que é irreal, do que está fora do padrão, e de nunca fazer as coisas certas. Escolhi me arriscar de cabeça nessa nossa história, mesmo sabendo que ela estava fadada a não funcionar, mesmo sabendo que tudo isso seria uma daquelas histórias com finais dramáticos e bem clichês.

Eu arrisquei, arrisquei meu coração, guardei meus sonhos e desejos mais devassos em um caixinha e tranquei com setes chaves para tentar ser a menos errada possível.

Mas eu não consegui deixar a minha vida de lado, não consegui deixar minha bagagem no caminho, as minhas pegadas continuaram comigo, todas as dores e mágoas que ganhei nessa minha vida de erros continuaram comigo, pois essa era eu, essa sou eu, um conjuntos de derrotas e acertos, de medos e incertezas.

E mesmo sabendo de tudo isso, você mostrou que daria conta, que suportaria cada peso, que curaria cada ferida. E juntos apostamos tudo que tínhamos.

Todas as moedas apostadas não valeram muito, acabaram jogadas em qualquer fonte dos desejos, porque esses desejos nunca se realizaram ou talvez nunca foram cultivados da forma certa.

Nos perdermos não por falta de amor, talvez por amar de forma errada, por não compreender a forma do outro de amar, por não acreditar na forma do outro de amar.

Por não aceitar as escolhas do outro, e a minha escolha é buscar meu coração que sair voando por aí, e a sua foi encontrar um coração sem tantos defeitos.

Tudo que vivemos foi verdade, pelo menos para um lado da história. E nunca será esquecido.

(Moni)

Postar no Facebook
Acordei pensando em nós dois.

Hoje acordei pensando em você,
acordei pensando em nós dois,
em tudo o que aconteceu e acontece entre nós.

Levantei-me e tive uma certeza,
cada dia tem um significado dentro da vida.

Não é porque o sol nasceu radiante,
nem tão pouco porque o vento sopra gostoso que o dia está lindo.
É porque tudo o que vejo e toco tem algo de você.

Hoje é o dia dos namorados
e acredito que já estava combinado no infinito que estaríamos juntos,
que nascemos mesmo para vivermos lado a lado compartilhando sonhos e alegrias.

Nem mesmo o por do sol, nem o sorriso desse dia lindo.
se iguala a grandeza desse sentimento que sinto por você.

Você é o meu tudo, sem a sua presença eu me perco,
meu tudo vira nada, só você me alimenta, me da prazer,
todos os meus mais belos sonhos você faz virar realidade.

Que seja assim enquanto existir,
farei de tudo para não deixar o que sinto por você acabar e seguirei assim.
Pois te querer bem e amar você é uma doce maravilha.


Feliz Dia dos Namorados!!!

Postar no Facebook
Erros no Início do Namoro

No início de namoro a gente sempre tenta impressionar a pessoa, mostrar todas as nossas qualidades e temos medo de errar, todos têm, mas erros são inevitáveis, mas alguns são piores, aí vai a lista de alguns dos principais erros cometidos no início do namoro:

Ciúme excessivo ou a ciúme exagerado do outro como uma coisa normal

Ciúme exagerado estraga uma relação, não tem jeito, pois você tira todo o espaço da pessoa, vigia tudo, uma relação assim não é nada saudável, por isso também na dá pra aceitar se o outro tem ciúme excessivo, pelo mesmo motivo, sua vida vai girar em torno dele/a, não terá liberdade e nem amigos do sexo oposto.

Ser possessivo

Ligar para pessoa a cada 5 min, dizendo que tá com saudade, perguntando o que ela está fazendo, se perceber que você está tirando todo o espaço dela, sendo que isso é chato e cansativo.

Usar máscara

Tentar fingir tentar ser uma coisa que não é, não adianta enganar a pessoa assim, uma hora você vai acabar se mostrando como é, e vai ser pior porque ela não vai te conhecer de verdade e também vai descobrir das suas mentiras, afinal não tem como inventar um personagem na sua vida sem mentir muito sobre você.

Não saber o que quer

Não sabe o que quer da vida, o que quer para o futuro está no “vou deixar a vida me levar”, isso não dá segurança.

Egocentrismo

A pior coisa que tem é conversar com uma pessoa egocêntrica, você não fala você só escuta, porque ela te interrompe e não presta atenção, afinal a única coisa que importa ali é ele/a.

(Doces Travessuras)

Postar no Facebook
O Caminho para o Sucesso Profissional

A gente lê muito adesivo em carro, em caminhão pelas ruas, né? Alguns são engraçados, outros trazem mensagens religiosas... Na maioria das vezes eu leio e esqueço.

Hoje eu estava vindo para cá e li no vidro de um carrão bonito, uma mensagem que me fez pensar e que eu queria dividir com vocês. A frase era assim:

"Nenhum sucesso profissional compensa um lar fracassado".

Eu acho que todo mundo tem que correr atrás do sonho, do sucesso profissional... A ambição, quando bem direcionada, é saudável, faz a gente feliz.

Mas tem gente que se envolve tanto com essa busca pelo sucesso, pela independência financeira, que acaba deixando coisas importantes de lado.

Então, não adianta nada a gente chegar lá em cima, no topo, se não tem base forte aqui embaixo pra nos sustentar. E a base de tudo é a casa da gente. E quando eu digo casa, eu quero dizer a família, os amigos e todas as pessoas envolvidas na nossa vida fora do trabalho.

Por isso, é importante ficar atento. No caminho em busca do sucesso, tenha o cuidado de plantar coisas boas. Faça amigos que lhe respeitem pelo que você é e não pelo que você tem. Cuide do seu amor com carinho.

E, mais importante de tudo: Esteja perto da família e torne-se indispensável dentro de casa. Faça de tudo para ter sucesso no trabalho. Mas lembre-se que, prestígio, poder, dinheiro... Tudo isso pode acabar um dia... Mas a casa da gente é pra sempre. Os filhos, os pais, os companheiros, os namorados, os amigos de verdade é que permanecem.

E quem tem isso, gente, tem todo o sucesso do mundo!

(Ana Maria Braga)

Postar no Facebook
Você Não Saiu do Meu Coração

Mesmo após muitas conversas que resultaram na decisão da nossa separação, hoje me arrependo completamente, pois você ainda não conseguir tirar você do meu coração.

Sei que durante nossa decisão final, inúmeras dificuldades nos colocaram nessa situação, mas hoje me sinto completamente pronto para superar a distância e continuar alimentando o nosso amor.

Você me fez o home mais feliz desse mundo, mas posso agir como um covarde e deixar a oportunidade de passar o resto da minha vida com você. Sei que não será fácil, mas tenha a certeza que estou disposto a pagar qualquer preço pela nossa felicidade.

Não consigo viver bem se não for ao seu lado, você é a mulher da minha vida e esteja ciente que farei o impossível para ficarmos juntos novamente. Não vejo a hora de poder te dar todo o carinho que você merece e demonstrar todo amor que ficou guardado durante o nosso período separado.

Te amo incondicionalmente e espero novamente poder ser seu namorado!

Postar no Facebook
A Folha e a Árvore

Um dia parei para olhar as folhas da árvore caindo. Elas saiam do galho e
flutuavam no ar até chegar ao chão. Aquilo me incomodava, não era o fato da
folha ter deixado a árvore, mas a distância que agora separava as duas.
Eu não culpo a folha por ter deixado a árvore. Pois era Outono e elas não
caem porque querem e sim porque é chegada a hora de partir. Com a partida da
folha, a árvore vai sentir falta de sua companheira.
Agora quem vai fazer a fotossíntese? Com certeza, a árvore não vai conseguir
viver sem a folha. A árvore vai ficando cada vez mais fraca. Pois a folha
ajuda na fabricação de seu alimento.
Mas se a árvore tivesse mãos? Ela iria tentar pegar a folha no chão. Mas
não iria conseguir, se a folha permanecesse imóvel. O vento tem que bater na
folha, para ela flutuar e poder chegar nas mãos da árvore. O destino as
vezes pode ser cruel com a árvore e a folha. Mas se houvesse amor, um
sentimento que só nós podemos sentir, a folha iria permanecer na árvore,
mesmo estando no chão.
Camila, mesmo com a distância que poderá nos separar. Você sempre
continuará no meu coração. E sempre estaremos juntos, se nosso amor
continuar como hoje.
EU TE AMO e nunca vou deixar que uma pequena distância acabe com nossos
sonhos. Neste dia em que comemoramos o 4ª mês de namoro, percebo que a
distância só vai trazer a saudade e nunca o esquecimento.

De seu eterno apaixonado...

Postar no Facebook
Quem me dera...

Que todo final de semana fosse carnaval
Que toda sexta-feira tivesse festa
Que todo ser humano fosse sincero
Que todo homem fosse digno
Que todo marido fosse fiel
Que todo namorado fosse carinhoso
Que toda amiga fosse verdadeira
Que todo mundo fosse feliz
Que toda chuva fosse de verão
Que todo livro tivesse final feliz
Que toda família fosse unida
Que todo problema tivesse solução
Que toda viagem fosse incrível
Que toda decisão fosse fácil
Que toda nuvem fosse de algodão doce
Que dinheiro nascesse em árvores
Que os adultos tivessem a pureza das crianças
Que toda praia fosse deserta
Que toda carta fosse de amor
Que todo pai fosse companheiro
Que toda mãe fosse compreensiva
Que cada estrela fosse um desejo a realizar
Que todo sonho fosse doce
Que a única escola fosse a vida
Que toda esperança fosse real
Que toda luta fosse justa
Que o único vício fosse a alegria
Que toda lua fosse cheia
Que todo amor fosse eterno...

Postar no Facebook
Paixão Efêmera

Conheço pessoas que afirmam que para ser feliz é preciso amar. Amar a família, os amigos, a terra, as árvores e até as alfaces. Sem esquecer, é claro, de um amor desses de tirar o fôlego e bater mais forte o coração.

Porém, já ouvi vários relatos de quem já amou muito, já teve seu coração saindo pela boca e mergulhou em abismo de paixões, de onde sempre demorava para emergir. Por isso mudaram o discurso e dizem que ser feliz é amar a si mesmo e proteger-se. Eles defendem que o melhor romance é aquele com data para terminar.

Num pensamento rápido, é interessante essa corrente. Todo mundo que tem medo de se envolver demais com alguém, poderia se atirar em paixões programadas para terminar antes que ultrapasse seu limite e comece a amar. Haveria apenas paixão entre os namorados, casais e amantes. Seriam todos ficantes, na verdade. A volta da poligamia. A extinção da traição. Mas fazendo uma reflexão maior, não sou adepto de paixão efêmera, que não possibilite o amor.

Talvez não seja tão pós-moderno ou nem moderno para entender esses amigos que pensam assim. Tampouco confiaria plenamente em alguém que não se entrega os próprios sentimentos e propusesse datar a minha paixão.

(Elder Nunes Corrêa Junior)
(Repórter de Bicicleta)

Postar no Facebook
Quem não tem namorado

Namorado é a mais difícil das conquistas.
Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil, mas namorado mesmo é muito difícil.
Namorado que quando se chega ao lado dele, a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser forte, decidida ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de carinho
Quem não tem namorado não é quem não tem um amor: é quem não sabe o gosto de namorar,
Não tem um namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema sessão das duas, medo do pai, sanduíche dividido ou drible no trabalho.
Não tem namorado, quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa, e quem ama sem alegria.
Não tem namorado, quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pacto com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugida ou impossível de durar.
Não tem namorado, que não sabe o valor de mãos dadas, de carinho escondido na hora em que passa o filme; de flor catada no muro e entregue de repente; de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar, de ânsia enorme de viagens juntos para a Escócia, metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado, quem não gosta de dormir agarrado, ou passear de mãos dadas pela beira da praia.
Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério de dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez ou loucura do amor.
Não tem namorado, quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não troca bilhetinhos, ou quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado.
Não tem namorado quem ama sem gostar, quem gosta sem curtir, quem curte sem aprofundar.
Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou no meio do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho em paz.
Não tem namorado quem não fala sozinho e não ri de si mesmo.
Então, enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperanças. De alma escovada e de coração perfumado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim.
Acorde com o gosto de morango e sorria lírios para quem passar em baixo de sua janela.
Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fadas.
Ande como se o chão estivesse repleto de sons, de flores e do céu descesse uma pérola falante dizendo frases sutis e palavras de românticas.
Quem não tem namorado, é porque não enlouqueceu o necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que tem sentido, mesmo que a gente vire adolescente e nem tenha medo de parecer ridículo... deliciosamente ridículo....

Postar no Facebook
O Que Dá Mais Raiva

A garota comia sardinha e arrotava caviar, adorava gabar-se entre amigas do Audi A3 Sportback vermelho que você comprou e não pagava uma caixa de fósforos. Essa vai ser fácil esquecer!

A gatinha tinha ciúme até da dona Silvina, sua vizinha que só se alimenta através de sonda, dá pra contar nos dedos do Lula quantas baladas na companhia dela não terminaram em auê e você vivia na iminência de ser o próximo ator principal do teste de fidelidade da Márcia Goldschmidt. Um beijo e adeus!

Sua ex-namorada dava pelota até para o Adamastor, o porteiro do seu prédio, contava mais homens que o Romário gols e a arquibancada geral do time da cidade já tinha cânticos personalizados com o nome da ninfa. Essa raiva vai passar!

Quando a gente ama, mas os defeitos são condenáveis, fica mais acessível esquecer. Perverso é omitir de nós mesmos, uma mulher que amamos por inteira, alguém cuja mistura de qualidades e defeitos resultava numa parceira irreparável. Assim, tentar esquecer é lembrar. E lembrar dá raiva.

O que dá raiva não é a capacidade que ela tinha de bisbilhotar a vida alheia. O que dá raiva é lembrar do instinto maternal que acordava nela toda vez que você contraía um resfriado. Não dá raiva lembrar da atração irremediável dela por utensílios da Dolce & Gabbana. O que dá raiva é lembrar dos beijos prolongados antes do sol raiar.

Não dá tanta raiva lembrar dela assassinando a voz da Adriana Calcanhoto debaixo do chuveiro, quanto dá raiva recordar dela trajada de vestido florido, calcinha de algodão, chinelo havaianas e cabelos soltos desafiando o vento. A raiva que você sente da insensatez da garota para tratar das doenças sociais mundanas nem se compara com a raiva daquele jeito sapeca que te fazia desejar uma garotinha com o xerox daquele sorriso correndo pela casa.

Não é que ela fez de errado, nem os muitos defeitos, nem o que você viveu colado naquela teia. A pior raiva é das lacunas vazias que adeus nenhum é capaz de apagar.

(Gabito Nunes - Caras Como Eu)

Postar no Facebook