Anuncio ao mundo que vou ser mãe

Chegou a hora de anunciar o que tenho guardado dentro de mim há algum tempo. É uma novidade, é algo que me engrandece e emociona. Amigos e amigas, familiares: eu vou ser mãe!

Tudo em mim é alegria, tudo em mim é folia, cor, amor, luz! Como é possível a vida estar sendo tão minha amiga? Sinto que nem mereço tanta felicidade.

Ser mãe sempre foi um sonho e agora que ele se realizou, estou de sorriso no rosto, aliás, o melhor sorriso da minha vida!

Mensagens Relacionadas

Eu vou ser a mãe mais dedicada e feliz do mundo. Aconteça o que acontecer, nada irá me separar deste ser maravilhoso que carrego dentro de mim.

Nada é tão gratificante como dar vida e amá-la incondicionalmente! Tenho uma dívida de gratidão ao mundo pelo privilégio que está me oferecendo, pela sorte que está me dando!

Só desejo que este neném nasça saudável, perfeito e traga no seu coração a luz mais brilhante que algum dia conheci.

Bebê, ainda não nasceste e eu já sou louca por ti!

Ser mãe sempre foi um sonho. Agora, é realidade. Estou feliz, mega feliz por ver crescer minha filha no meu ventre, por alimentá-la com meu alimento, por lhe dar amor e energia através do meu coração, da minha força.

Às vezes eu nem acredito que é verdade, que em breve estarei segurando minha bebê no colo. É que estou tão emocionada que penso até estar sonhando.

Cresça calmamente, filha.
Estarei aqui aguardando sua chegada.

Desde que eu descobri que vou ser mãe, tudo ganhou uma nova cor na minha vida. É como se tudo se transformasse em alegria, em gratidão, em beleza.

Estou torcendo para que este neném cresça feliz e saudável, não só no meu ventre, mas também quando sentir meu colo. Você ainda não nasceu e já o amor da minha vida.

De todas as coisas maravilhosas que a vida já me ofereceu, ser mãe vai ser a mais deslumbrante e especial! Estou radiante com a novidade, com este milagre que está crescendo no meu ventre!

Só desejo que este neném cresça saudável e em breve eu possa segurá-lo nos meus braços para amá-lo profundamente. Estou tão feliz, mas tão feliz que até tenho medo de sentir tanta felicidade!

Costuma dizer-se que quando uma criança nasce, com ela nasce uma mãe. É uma ideia bonita, mas nem sempre ela encontra correspondência na vida real. Às vezes a criança nasce, e só mais tarde na vida desse rebento de luz é que vai nascer a mãe que o vai amar.

Assim é com uma mãe adotiva, que nasce quando o seu olhar se cruza com o do filho que não gerou no ventre, mas que naquele momento, e daí em diante, se planta com firmeza no seu coração. Assim é, e assim foi comigo.

Ser mãe adotiva é amar tão completamente, e mais do que a própria, a vida daquele que chegou pelas mãos da divina providência, não da biologia. É olhar o corpinho do ser onde não corre o mesmo sangue e enxergar a alma do próprio filho. É ver nele a extensão daquilo que ela é.

Ser mãe adotiva é amar, sacrificar, sofrer em silêncio, chorar de alegria... Com um coração, lágrimas ou sorrisos semelhantes aos de qualquer outra mãe, pois ser mãe adotiva é ser Mãe, ponto!