Para Eternas Crianças

Hoje é o seu dia, criança,
E dos que jamais se esqueceram,
O que é viver de esperança,
De sonhos que nunca morreram.

Não espere que chegue o amanhã,
Se a infância lhe traz ilusões.
Viaje no tempo que há
Em histórias de heróis e vilões.

Sorria e seja feliz,
Não perca o olhar inocente,
Que um dia também eu já quis
Ser criança eternamente!

Mensagens Relacionadas

A infância é uma fase tão bela que uma parte de nós residirá sempre nela. Feliz Dia das Crianças!

Feliz dia das crianças! Hoje é dia de homenagear as crianças, as que ainda são, mas também as que já cresceram. Pois um dia também foram crianças, e basta um pequeno esforço para recordar toda a mágica desse tempo.

Aos que hoje abandonaram essa criança ao passado, e se recusam a deixá-la regressar, eu digo que estão cometendo um terrível erro. Pois crescer e amadurecer não deve significar ser sério, cínico e desapaixonado.

Além disso não há nada melhor que por uma vida inteira carregar no coração o sonho e a ilusão de uma criança.

Hoje eu quero desejar um dia maravilhoso para todas as crianças que são o futuro deste país, lembrando a sua importância e que as devemos cuidar, proteger e orientar.

Mas quero também homenagear todos aqueles que através do tempo souberam manter a sua criança interior viva, e também a criança que todos nós fomos um dia.

Para todas as crianças, pequenas ou grandes, desejo um dia muito feliz e que a alegria esteja sempre presente!

Todos sabemos identificar uma criança, e não apenas pelo tamanhinho. Mas pelo brilho do seu olhar, pela ilusão e pureza que vivem em seu coração, características que alguns conseguem manter vivas através da idade.

Então feliz dia das crianças, para as pequenas e para as grandes! Pois é maravilhoso nunca perder a vontade de sorrir, a ilusão de viver.

Que bom é sonhar, se deixar levar pela imaginação e nunca permitir que a vida nos roube a esperança e a sabedoria de viver o agora. Acordem a criança que um dia foram, e continuam sendo, e sejam felizes!

Ingredientes:

Dois guris arteiros
Meia dúzia de almofadas e/ou travesseiros
Um cachorro de tamanho médio

Modo de preparo:

Numa cama grande e resistente, coloque os dois guris ainda sonolentos e mexa-os bem, aplicando uma generosa pitada de cócegas. Faça isso até que eles se derretam em gargalhadas. Junte as almofadas e misture-se a eles aos gritos (de guerras de almofadas) ou qualquer chamamento a luta. Deixe-se atacar pelos dois netos, agora convertidos em guerreiros.

Após alguns minutos, inverta o jogo e amasse-os bem com abraços imobilizantes e golpes de travesseiros. Aproveite para descabelá-los com movimentos frenéticos. Complete a receita acrescentando o cachorro para engrossar a bagunça com lambidas e dentadas nos pijamas.

Quando a situação chegar ao ponto de fervura, alivie a pressão, polvilhandos-os com beijos e pedidos de trégua! Leve para a mesa e sirva o café, com delicioso bolo de chocolate, feito pela vovó. Parabéns crianças pelo seu dia. Um grande abraço para todas as crianças, que Deus as abençoe.

(Vanda del Rio)