Mensagens de Esperança


Conserve o calor
de um amor já vivido

Calcule o tempo
que não foi perdido

Reserve uma parte
do que a vida ensina

Coloque no canto
de tua lembrança

Viva os momentos
em plena alegria

Solte do teu intimo
uma nova esperança!


(Lúcia Biazetto )

Ouço o toque do telefone,
e corro para atender,
na esperança de ouvir a sua voz novamente.
Mas me enganei, não era você...
Em meus sonhos,
você sempre presente, como antes.
Mas como disse, são apenas sonhos,
você não está mais aqui para realizá-los.

Agora, neste momento, fico a indagar...
O que terá acontecido para todo este silêncio,
toda esta ausência, todo este esquecimento?
O que foi importante para nós um dia
foi esquecido tão depressa, que o seu coração
já não reclama mais a minha ausência ?
Será que conseguirá ler meus pensamentos?

Se você conseguir ler pelo menos, parte deles,
verá que em mim nada mudou,
e que a sua ausência e o seu silêncio,
me dói muito... isso sim, me magoa...
pois sinto que não fui tão importante para você,
quanto você é para mim...

Um amor verdadeiro é aquele que nos faz pessoas melhores, sem no entanto mudar a nossa essência. Um amor verdadeiro nos coloca para cima, nos faz amar mais ainda a nós mesmos.

Este amor nos faz ver o sol quando está chovendo, nos faz sorrir quando queremos chorar, nos faz ver beleza mesmo em paisagens feias. Um amor verdadeiro nos dá as mãos quando precisamos caminhar por caminhos árduos.

Um amor verdadeiro não morre, ele renasce constantemente, mais forte e muito mais bonito. Se você achou esse amor, cultive-o todos os dias e seja grato. Se você ainda não encontrou, tenha esperança e fé.

O seu amor verdadeiro estará esperando por você quando menos esperar.

A vida do samurai andava um inferno.

Dúvidas sobre o Bushido lhe atormentavam. Para ter paz, precisaria aprender mais sobre um dos princípios deste código dos samurais.

O guerreiro precisava aprender sobre compaixão. Ele nunca teria paz se vivesse apenas pela coragem e disciplina. A compaixão era um dos valores que norteavam o caminho do cavaleiro, o Bushido.

Aquele samurai se perguntava se não teria desviado do caminho ao cortar cabeças indefesas e não ajudar inimigos em dificuldades. Teria ele perdido o poder da compaixão? Teria ele perdido a honra? Por que sua vida estava um inferno e como seria alcançar o céu?

As dúvidas levaram o guerreiro em busca de um local sagrado – na esperança de encontrar um mestre que o tirasse de seu inferno e lhe ensinasse o que era o céu. Enquanto ia se aproximando do templo zen budista os lavradores se afastavam daquele homem. Chegando lá, o samurai exigiu ser levado à presença do monge chefe. Este ensinava na cozinha. O homem armado de espada ouviu os ensinamentos do outro, armado de uma colher. O mestre ensinava os aprendizes sobre a importância de transformarem em prática o pensamento zen. A importância de praticarem de fato o que quer que fossem ensinar. O mestre zen parou de falar e com sua colher remexeu cuidadosamente o cozido de legumes na panela. Voltou a falar do aspecto sagrado de cada ação cotidiana, que a prática da preparação diária do alimento é a mesma prática do caminho da iluminação.

“Pense que as panelas são você mesmo... Veja que a água é a sua própria vida...”

E voltou a mexer o cozido, borrifando temperos que ao caírem na panela exalaram vapores aromáticos...

Só que o samurai não queria saber de prática de “mestre cuca” coisa nenhuma! Ele não queria perder tempo da sua “busca espiritual” com futilidades diárias como culinária. Rompeu o silêncio dos vapores:

- Mestre: quero que me ensine sobre a compaixão. Quero que me ensine sobre o céu e o inferno.

O monge olhou longamente para o samurai. Reparou em seu calçado enlameado, em sua espada embainhada, em sua mente inquieta.

- Você não vai encontrar o que busca. Como posso ensinar a pureza e a beleza da compaixão a um homem com a bota, a espada e a mente completamente sujas? Sua presença deixa este templo feio e sujo. Seria melhor que saísse daqui agora!

O sangue do samurai se aqueceu mais rápido do que as panelas e em dois movimentos ele desembainhou a espada e preparou o ataque certeiro que faria rolar a cabeça daquele monge que desrespeitava a honra de um cavaleiro que, por sua vez, se afundaria ainda mais em seu inferno.

O monge permaneceu parado e quieto, mirando o outro com profundidade. Com a espada viajando pelo ar a poucos centímetros do seu pescoço, disse:

- Espere. Agora você já sabe o que é o inferno. Isto é o inferno!

O astuto espadachim fez parar sua katana antes dela atravessar a pele. Ficou espantado com a coragem e dedicação do mestre ao ensinar. O monge colocava suas palavras e sua própria vida à serviço do outro. Entendeu que a sua maior desonra não seria receber um insulto e sim praticar um ato violento.

O desejo de paz invadiu o guerreiro. Uma onda de compaixão o arrebatou.

O monge, enfim, enxergou o olhar iluminado e compassivo do samurai:

- Agora você já sabe o que é compaixão. Isto é o céu.

Ao iniciarmos mais uma semana ganhamos mais uma chance de retomar o que ficou inacabado e também de começar algo novo, que ainda não foi estrado.

Independentemente do que tenha planejado, siga positivamente, sempre com a esperança que no final tudo será devidamente alcançado.

Mas se ainda assim os sete dias não foram suficientes para conseguir que tudo fosse concretizado, fique tranquilo, pois daqui a pouco mais um ciclo semanal terá recomeçado.

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

(Fernando Pessoa)

Choro porque um dia tive você,
porque tenho esperanças que volte
Choro porque em meu peito
só há lugar para você,
e porque a saudade é imensa.
Choro porque não são mais
seus lábios que me beijam,
suas mãos que me acariciam.
Choro porque ainda te amo... Muito!

Dois horizontes fecham nossa vida:

Um horizonte, — a saudade
Do que não há de voltar;
Outro horizonte, — a esperança
Dos tempos que hão de chegar;
No presente, — sempre escuro, —
Vive a alma ambiciosa
Na ilusão voluptuosa
Do passado e do futuro.

Os doces brincos da infância
Sob as asas maternais,
O vôo das andorinhas,
A onda viva e os rosais.
O gozo do amor, sonhado
Num olhar profundo e ardente,
Tal é na hora presente
O horizonte do passado.

Ou ambição de grandeza
Que no espírito calou,
Desejo de amor sincero
Que o coração não gozou;
Ou um viver calmo e puro
À alma convalescente,
Tal é na hora presente
O horizonte do futuro.

No breve correr dos dias
Sob o azul do céu, — tais são
Limites no mar da vida:
Saudade ou aspiração;
Ao nosso espírito ardente,
Na avidez do bem sonhado,
Nunca o presente é passado,
Nunca o futuro é presente.

Que cismas, homem? — Perdido
No mar das recordações,
Escuto um eco sentido
Das passadas ilusões.
Que buscas, homem? — Procuro,
Através da imensidade,
Ler a doce realidade
Das ilusões do futuro.

Dois horizontes fecham nossa vida.

(Machado de Assis)

Talvez chegue o dia em que eu não sinta mais a dor da despedida, e apenas me alegre com a esperança do reencontro, mas hoje apenas sinto o peso desta saudade que me oprime o peito.

Essa saudade tem um nome, o seu, e fortes razões para existir, que é o muito que eu amo você, e a tremenda falta que você me faz... Eu te amo!

Seguir em frente nem sempre é fácil, mas às vezes é a única alternativa que nos resta. Há momentos em que simplesmente temos que ser fortes, enfrentar qualquer dificuldade e superar tudo que nos está entristecendo.

Somos mais capazes que aquilo que pensamos e não há limites quando estamos determinados e com o coração carregado de esperança. Acredite que o que ficou para trás será esquecido se continuar lutando todos os dias por um amanhã melhor.

Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança
e vive à sua luz.
Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.

(Mahatma Gandhi)

Nunca permita que algum obstáculo impeça você de voar, sua esperança de florir e seus sonhos de serem concretizados. Nunca desanime perante uma tentativa falhada, um erro no seu caminho, o medo perturbante.

Se isso estiver acontecendo, lembre-se que no seu coração existe a coragem e na sua mente a determinação que precisa. Use essas armas a seu favor e conquiste a vitória que deseja.

Meus lençóis estão frios, nesta noite gélida. Os ponteiros do relógio entoam em meus ouvidos, uma canção triste de amor e saudade. É você quem mais eu queria, meu amor, agora e sempre. Ter você do meu lado e ser feliz em seu abraço, sem mais motivos para temer.

Esta distância que nos separa, não tira você do meu pensamento. Dentro de mim, uma imagem do seu rosto e do seu corpo, que me preenche e ao mesmo tempo me deixa tão vazia. Quanto mais te recordo, mais aumenta esta saudade, esta tristeza de querer você e ter só dor de sua falta.

Por isso, me refugío em doce esperança e profundas expectativas. Em ver você chegar e entrar por esta casa, dizendo que me ama vezes sem fim. Sentir você, mais perto do que nunca, mais próximo do que antes. E na dança desses pensamentos, ser feliz em saber o quanto te quero amar.

A paz invadiu a minha casa
Contagiou o meu coração
Me fez sorrir
A paz entrou na minha vida
Contaminou a minha rotina
E me trouxe sossego

A paz chegou depois da tempestade
Trouxe esperança
Para que eu confinasse o meu caminhar
A paz removeu montanhas
Retirou as pedras do meu caminho
Acalmou meus pensamentos
Me trouxe sonhos bons e tranquilos

A paz me fez adormecer
E acordar sem sobressaltos
A paz me fez refletir sem pesar
Me fez recordar sem chorar
Me ajudou a me encontrar

A paz chegou quando eu decidi me perdoar
Quando eu decidi me amar
Apesar de todos os erros cometidos
Fiz as pazes comigo mesmo
E agora posso fazer as pazes com o mundo
Posso abraçar a vida e todos que amo

Quero viver para sempre em paz
Em paz comigo, mesmo quando errar
Em paz com o mundo,
Mesmo quando ele for cruel
Em paz com minha família
Mesmo quando ela me julgar

Quero viver paz, ser paz
Só assim posso ser livre
Livre para ser quem eu sou
E me aceitar como sou

Nunca desista de recomeçar, pois sempre que algo chega ao fim, uma nova estrada se abre à nossa frente. Viva na esperança de dias melhores e persista até algo de bom acontecer.

Às vezes perdemos a motivação de buscar o que nos faz mais felizes, ou simplesmente temos medo de falhar novamente. Mas um recomeço traz sempre algo positivo e nós nunca devemos parar de tentar.

A vida é superação. Todos os dias encontramos pedras no caminho e para remover as pedras temos que plantar flores; e para plantar flores é preciso ter fé e acreditar em dias melhores. É preciso acreditar que nós devemos e podemos evoluir!

Nós somos o nosso pior inimigo toda vez que nos deixamos consumir pelo pessimismo, pela falta de estima por nós mesmos e quando perdemos a esperança.

A superação é também perdão, perdão ao próximo, mas acima de tudo perdão a nós mesmos. Quando perdoamos de coração e alma os nossos erros é porque nos arrependemos e queremos fazer melhor.

E assim superamos nossas falhas e nos tornamos seres mais dignos de uma vida feliz, mais dignos de amor e de viver neste mundo e nele deixar a nossa contribuição.

A superação é com certeza uma maneira de fazer um mundo melhor, pois ao perdoar a si mesmo, estamos oferecendo o melhor que temos dentro dos nossos corações. Não desista nunca! O sol nasce todos os dias; o sol supera a escuridão para iluminar você. Supere-se e tenha uma vida iluminada!

Estava precisando fazer uma faxina em mim: jogar alguns pensamentos indesejados fora, lavar alguns tesouros que andavam meio que enferrujados.

Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais. Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões. Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei; joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que não li.

Olhei para meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas, e as coloquei em um cantinho, bem arrumadinhas.

Fiquei sem paciência! Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão: paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito, mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste... Mas lá também havia outras coisas, e belas!

Um passarinho cantando na minha janela. Aquela lua cor de prata, o pôr do sol... Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças.

Sentei no chão para poder fazer minhas escolhas. Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou. Peguei as palavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima, pois quase não as uso, e também joguei fora no mesmo instante! Outras coisas que ainda me magoam, coloquei num canto para depois ver o que farei com elas, se as esqueço lá mesmo ou se mando para o lixão.

Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta onde guardamos tudo o que é mais importante: o amor, a alegria, os sorrisos, um dedinho de fé para os momentos que mais precisamos... Como foi bom relembrar tudo aquilo! Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas, deixei-as à mostra, para não perdê-las de vista.

Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância, na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurado bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar, e de recomeçar.

Você é a razão de todos os meus suspiros! Meu respirar é seu e nada é mais importante do que seu bem-estar. Não aguento mais ficar longe de você.

Dói demais acordar sem seu toque e adormecer sem seu cheiro é a mais triste das minhas sensações. Você enche meu coração de alegria, meu olhar de vaidade, meu pensamento de esperança e minha vida de verdade. Aceita namorar comigo?

Chegou a estação mais bela e florida do ano, chegou a primavera! Cheia de aromas doces e cores que enchem nossos olhos de esplendor, a primavera traz esperança no ar também.

Pois não há inverno que lhe resista, nem frio que ela não conquista, assim como não há mal que dure eternamente.

Seja bem-vinda primavera! Traga sorrisos e muita alegria ao coração de todos, e prepare a chegada do verão com dias bem temperados por muita emoção.

Sentir que você pensa em mim,
Sentir que você me olha,
Mesmo a tantos quilômetros,
Poderia me fazer duvidar,
Mas mesmo sem compreender,
Acredito nessa paixão,
Mesmo que seja um amor
Como que escondido entre nós dois,
Porque entre gestos e palavras
Sentimos que para o coração.
E sem notar o ruído,
De toda a gente, ao redor,
Deixamos que se passem
Os minutos e os dias,
Tendo por companhia apenas
A lembrança.
Falo de mim, sem medo do que digo,
Sobre aquilo que em mim nasceu.
Lembro dos seus olhos,
E neles o brilho relata
A tristeza da distância
Que se põe entre nós dois.
Falo de palavras sempre belas,
De dias cheios de emoções.
Escuta-me, porque falo de sonhos,
Que surgiram desse amor.
Não queira nada quando o
Sentimento gritar,
Porque eu serei capaz
De tudo para atendê-lo.
Sairei em sua direção,
Mesmo sabendo que não deveria.
Sei disso, porque mesmo
Contra a minha vontade
A esperança está aqui,
Nessa minha vida que se tornou
Vazia desde que você foi embora.
Hoje nada mais responde
Às minhas perguntas,
Porque nada me importa sem você.
Percebi que se foi o mel dos seus lábios
E ficou só o veneno da saudade;
Que se foi seu perfume,
E já não posso respirar;
Que se foi seu sorriso,
E em lugar dele me vieram as lágrimas.
Meu amor se cobriu de medo,
Porque com tudo se foi também
A minha vida.
Estou presa a noites de loucura,
Porque sei que sem você
Toda uma vida não basta
Para eu ser feliz.

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro desta flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Jesus te ama com um amor incondicional. Essa é a verdade que pode mudar a tua vida.

Muitas pessoas podem te amar, mas ninguém será capaz de te amar como Jesus. É por isso que a tua vida tem que estar fundamentada nesse amor. O ser humano muda de opinião, mas o amor de Jesus por você nunca vai mudar.

A maior demonstração do amor de Jesus aconteceu na cruz, onde Ele entregou a Sua vida por todo aquele que acreditar nos Seus ensinamentos. Hoje Ele está vivo e por isso nós temos esperança!

As coisas nem sempre correm do jeito que nós gostamos ou planejamos, por vezes ficamos tristes e desanimados. Mas aconteça o que acontecer, nunca desista! Sabe por quê? Porque Jesus te ama!

Foi há 1 ano que você partiu, mas em meu coração é como se tivesse sido ontem. As feridas de sua perda ainda me ardem muito, como se estivessem em carne viva. Não parece haver um remédio, um antídoto que me consiga consolar verdadeiramente. Nem o tempo, que afirmam curar tudo, tem servido para eu conseguir seguir em frente.

Ainda há uma revolta silenciosa em mim. Um sentimento de injustiça de quem foi profundamente lesado, de quem foi roubado sem ter oportunidade de se defender. A morte é o maior de nossos inimigos e nunca podemos prever sua chegada. Por onde ela passa, as flores murcham, o céu escurece e a esperança se corrói.

Só restam em mim lindas memórias de você. E se no mundo real não te posso encontrar mais, é nessas recordações que continuamos nos revendo e matando saudades. Por tudo o que significa para mim, você me faz falta, hoje e sempre. Jamais eu te esquecerei.

Meu amigo, momentos difíceis arrastam desânimo e desespero para nossas almas, mas apesar de todas as dificuldades não podemos perder jamais a fé e a esperança.

Você não está sozinho, pois além das pessoas que gostam de você, Deus caminha sempre ao seu lado e jamais o desamparará. Confie n’Ele e peça para que lhe dê forças para enfrentar este momento menos bom.

Eu tenho confiança que tudo ficará bem, assim como confio na sua coragem e força para superar tudo isto. Tenha fé, amigo, pois tenho certeza que em breve um novo dia amanhecerá cheio de luz e alegria!

A noite cai e a graça de Deus
continua sendo revelada em
cada ponto no céu e em cada
luz na Terra, e em cada estrela
Sua bondade antecipa um mar
belo de descanso e renovação.
Instantes de harmonia são
ofertas do Senhor abençoadas
e iguais ao Seu coração.
Que o sono seja esperança para
um acordar glorioso e que esta
oração da noite seja paz para
a dádiva do novo dia de amanhã.

Há momentos em nossa vida
Em que o desânimo parece imperar
A luta se torna mais árdua
Os empecilhos maiores
E a esperança...
Chega mesmo a findar!

Há momentos em que a angústia
Se faz muito mais presente
Os sonhos desaparecem
As ilusões diminuem
E vemos nossa mundo desabar!

Há momentos em que a dor
Supera a própria alegria
Transformando o dia a dia
Em um eterno lamentar!

Será que isso é normal?
Nada podemos fazer?
Como vencer esse mal
Sem se deixar abater?

O primeiro passo é a oração
Que devemos cultivar
Do fundo do coração
E ao Nosso Mestre elevar!

Peçamos coragem e luz
Não vamos desanimar!
Confiemos em Jesus
Que está sempre nos guardando!

É válido cada momento
Para nossa evolução
E até mesmo o sofrimento
Tem em si, sua razão!

Prossiga em seu caminhar
Pois vale a pena viver!
Não se deixe derrotar
Por algo que um fim vai ter!

Não sei se você conhece algum Serviço de Atendimento ao Consumidor lá no céu, mas até onde eu sei, reclamar da vida não resolve nenhum problema, só cria mais. Nós sabemos que os tempos são difíceis e que a vida anda complicada, mas não é apenas para você.

Que tal em vez de tanto reclamar, começar a pensar no que não está bom na sua vida e no que precisa mudar? Que tal arregaçar as mangas e enfrentar para valer os desafios? E que tal, de vez em quando, só para variar, agradecer um pouco por estar viva, por ter saúde, por ter pessoas que te amam e tantas outras coisas positivas?

Você sabe muito bem que o mais importante você já tem: vida! Enquanto há vida há esperança, você pode tudo o que quiser, basta tentar e persistir. Acredita em você, na sua força e capacidade. Todo mundo quer ser feliz, mas é preciso aprender a ser feliz e parar de reclamar pode ser um começo.

Mesmo enfrentando as maiores
Dificuldades, experimente sorrir e
Responder com alegria, esperança
E otimismo aos contratempos que
A vida colocar no seu caminho.

Pois não há melhor forma de superar
Qualquer que seja o desafio do que
Com o espírito cheio de ânimo e o
Coração de energias positivas.

Por isso sorria, mesmo quando não
Sentir verdadeira vontade, pois
Esse sorriso atrairá coisas boas
E embelezará seu rosto!

Às vezes a vida nos faz tropeçar e cair, mas seja em que momento for jamais deve desistir. Tenha sempre fé que Deus vai ajudar você, e esperança que o amanhã vai nascer cheio de luz e alegria.

Aconteça o que acontecer nunca perca a vontade de lutar, pois se nunca desistir um dia acaba alcançando o que tanto deseja.

Que Deus abençoe sempre seu caminho e lhe conceda o sucesso no final. Mas nunca se esqueça: a melhor atitude é atirar-se à luta!

Nunca é tarde demais para mudar o que está mal na sua vida. Enquanto você puder sonhar, existirá sempre uma chance para alterar o rumo dos acontecimentos.

Se há algo que faz você infeliz, largue isso agora. Se existem obstáculos no seu caminho, siga noutra direção. O importante é não deixar morrer a esperança de que tudo pode ser diferente.