Mensagens de Decepção


Sobre ser Feliz

Ser feliz não é ter uma vida isenta de perdas e frustrações.
É ser alegre, mesmo se vier a chorar;
É viver intensamente, mesmo no leito de um hospital;
É nunca deixar de sonhar, mesmo se tiver pesadelos;
É dialogar consigo mesmo, ainda que a solidão o cerque;
É sempre ser jovem, mesmo se os cabelos embranquecerem. É contar histórias para os filhos, mesmo se o tempo for escasso;
É amar os pais, mesmo se eles não compreenderem;
É agradecer muito, mesmo se as coisas derem erradas;
É transformar erros em lições de vida;
Ser feliz é sentir o sabor da água, sentir o frescor de uma brisa a tocar-lhe o rosto, é sentir o cheiro de terra molhada;
É extrair das pequenas coisas, grandes emoções;
É encontrar todos os dias, motivos para sorrir, mesmo que não existam grandes fatos;
É rir de suas próprias tolices;
É não desistir de quem se ama, mesmo se houver decepções;
É ter amigos para pedir consolo e dividir alegrias;
É agradecer a Deus pelo espetáculo da vida... e perceber o quanto é facil e simples ser feliz...

O amor vale a pena, a alma e a pele

Quem é que disse que o amor não vale a pena?
Que faz doer o coração, que pode trazer decepção?
Pode até ser que o amor não traga felicidade plena!
E que com o fim da paixão, o amor pareça uma simples uma ilusão.
Ora, mas se o amor é mesmo forte,
Vale a pena, a alma e a pele arriscar!
Já dizia o poeta, quem entra na chuva é para se molhar!
Quando o coração acelera, não consegue mais frear.
E na pista molhada é ainda mais difícil parar!
Se foi para a chuva, agora é cantar e dançar.
E se no final, o amor não correr bem,
A água vai secar, e logo a dor vai passar
E para voltar a se alegrar, basta lembrar:
depois da tempestade, vem a sempre a bonança.
No fim do arco-íris, há sempre a esperança de um tesouro.
E o seu tesouro pode ser um amor que vale ouro.

A Vida é Muito para Ser Insignificante

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
Tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
Já dei risada quando não podia,
Já fiz amigos eternos,
Já amei e fui amado, mas também já fui rejeitado,
Já fui amado e não soube amar.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
Já vivi de amor e fiz juras eternas, mas "quebrei a cara" muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
Já liguei só pra escutar uma voz,
Já me apaixonei por um sorriso,

Já pensei que fosse morrer de tanta saudade e... tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). Mas sobrevivi!

E ainda vivo!
Não passo pela vida...
e você também não deveria passar. Viva!

Bom mesmo é ir a luta com determinação,
Abraçar a vida e viver com paixão,
Perder com classe e vencer com ousadia,
Porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito para ser insignificante.

(Charles Chaplin)

Confie Apenas no Inesperado

É muito difícil hoje em dia não conhecer uma pessoa que já se decepcionou pelo menos uma vez na vida. Por mais que tenhamos cuidado e limitemos nossas expectativas com as pessoas que nos rodeiam, vez ou outra nos frustamos com as atitudes que vemos.

É inevitável não imaginar a postura que será tomada pelos nossos conhecidos em determinados momentos, e quanto melhor os conhecemos, maior é a decepção e o descontentamento. Por isso que, conforme elevamos nossas expectativas naquilo que não depende da nossa definição, aumentamos também as chances de viver uma decepção.

Sendo assim, é bem provável que a melhor forma de direcionar suas expectativas no outro é confiando apenas no inesperado, sem desperdícios de infundados pensamentos e com uma grande diminuição de futuros sofrimentos.

Auto-estima é amor próprio

Quando você se aceita, você se liberta porque não precisa que ninguém te aceite. Aceitar-se é amar a si próprio com suas qualidades e defeitos. É não precisar que ninguém te digas o quão bela você é, o como você é inteligente e autêntica. Você deve ser a primeira pessoa a dizer isso. Acima de tudo, você deve ser a primeira pessoa a acreditar que é maravilhosa. Afinal, se você não acredita em você mesma, quem irá acreditar? Pense nisso! Não deixe que insegurança destruam a sua auto-estima.

Não deixe que pessoas inseguras e invejosas te coloquem para baixo. Procure sempre estar cercado de pessoas que te fazem bem. Se afaste de pessoas negativas, cínicas e invejosas. E pare de uma vez por todas de se odiar por aquilo que você não é, ama-se por tudo aquilo que você é. Seja gentil com você mesmo e perdoe-se quando for necessário.

E se alguém não te valorizou o quanto você merecia, lembre-se que isso não diminui suas virtudes. Talvez esta pessoa não foi capaz de conviver com alguém tão especial e virtuoso. Talvez essa pessoa seja fraca. Mas você, é forte, lembre-se! Todos os dias lute para manter acesso o seu amor próprio, esse amo deve ser eterno. Mesmo quando você estiver triste, desiludida e arrependida, o seu amor próprio deve falar mais alto! Ame-se hoje, amanhã e sempre.

Mágoa, o Cárcere da Alma

Nós sofremos mais por causa das pessoas do que por causa das circunstâncias. As pessoas nos fazem chorar mais do que as vicissitudes da vida. As pessoas nos decepcionam e nós decepcionamos as pessoas. Os relacionamentos dentro da família, no trabalho e até igreja, algumas vezes, se tornam tensos. Feridas são abertas na alma e mágoas profundas se instalam no coração. Amizades são rompidas, casamentos são abalados, relacionamentos sólidos entram em colapso. Nesse processo, a comunicação é rompida, o silêncio gelado substitui as palavras de amor e a desconstrução da imagem do outros se torna uma verdadeira ação de desmonte.

O resultado do adoecimento das relações humanas é a mágoa. Esse sentimento de amargura se instala no solo do coração e lança suas raízes trazendo perturbação para a alma e contaminação para os que vivem ao redor. A mágoa é a ira congelada. A mágoa é o armazenamento do ressentimento. A mágoa é entulhar o coração com rancor, é alimentar-se do absinto do ranço, é afogar-se no lodo do ódio, é viver prisioneiro da armadilha da vingança.

A mágoa é uma prisão. Ela é o cárcere da alma, o calabouço das emoções, a masmorra escura onde seus prisioneiros são atormentados pelos verdugos da consciência. Quem se alimenta da mágoa não tem paz. Não tem liberdade. Não tem alegria. Não conhece o amor. Não tem comunhão com Deus. Não pode adorar a Deus, nem trazer sua oferta ao altar. Quem retém o perdão não pode orar a Deus nem receber dele o perdão.

A mágoa é autodestrutiva. Ferimo-nos a nós mesmo quando nutrimos mágoa por alguém. Guardar mágoa no coração é como beber veneno pensando que o outro é quem vai morrer. Quem guarda mágoa no coração vive amarrado pelas grossas correntes da culpa. Quem vive nessa masmorra adoece emocional, física e espiritualmente. Há muitas pessoas doentes porque se recusaram a perdoar. Na igreja de Corinto havia pessoas fracas, outras doentes e algumas que já estavam mortas em virtude de relacionamentos adoecidos (“Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo.” 1Co 11.3). Tiago ordena os crentes a confessarem seus pecados uns aos outros para serem curados (“Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.” Tg 5.16). Há muitas pessoas vivendo cativas no calabouço do diabo, prisioneiras do ódio, acorrentadas pela mágoa, cuja vida espiritual está arruinada. Gente que precisa ser liberta dessa prisão existencial, desse cativeiro espiritual.

O Salmista Davi orou pedindo a Deus para tirar a sua alma do cárcere (“Tira a minha alma do cárcere, para que eu dê graças ao teu nome.” Sl 142.7) A chave que abre a porta dessa masmorra é o perdão. O perdão traz cura onde a mágoa gerou doença. O perdão traz reconciliação onde a mágoa gerou afastamento. O perdão traz alegria, onde a mágoa produziu tristeza e dor. O perdão restitui aquilo que a mágoa saqueou. O perdão é a faxina da mente, a assepsia da alma, a limpeza dos porões do coração. Perdoar é zerar a conta. É nunca mais lançar no rosto da pessoa a sua dívida. Perdoar é lembrar de sentir dor. Perdoar é não retaliar. É pagar o mal com o bem. É abençoar aqueles que nos amaldiçoaram. É fazer o bem àqueles que nos fizeram o mal. Perdoar é ser um vencedor, pois é vencer o inimigo não com a espada, mas com o amor. Perdoar é sair do cárcere da alma, é ser livre, é viver uma vida maiúscula, superlativa e abundante. Perdoar é viver como Jesus viveu, pois ele não retribuiu o mal com o mal, antes por seus algozes intercedeu. Perdoar é ter o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.

Chegou a hora de raiar a liberdade em sua vida. A Palavra de Deus liberta: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8.32). Jesus Cristo liberta: “Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (Jo 8.36). É hora de sair do cárcere que prende a sua alma com as grossas algemas da mágoa. É hora de experimentar a liberdade do perdão. É hora de tomar posse da vida abundante que Jesus lhe oferece!

(Rev. Hernandes Dias Lopes)
(Vivos)

Estou chorando de tristeza

Estou sentindo uma aterradora tristeza em mim! Dói tanto...tanto. Depositava em você toda a confiança do mundo e já viu no que deu? Me entreguei a você porque acreditava ter encontrado meu namorado para a vida. E agora aqui estou eu, cabisbaixa e com feridas no coração. Estou tão desiludida. Nunca julguei me decepcionar tanto em minha vida, muito menos com você.

Sinto que fui uma idiota, aliás, sinto que sou uma idiota porque ainda amo você. Mas porque o amor dói tanto para quem ama realmente? Porquê? Ninguém merece sofrer tanto na vida, ninguém! E logo eu, acabei por cair nas teias do desapontamento. Fico perguntando para o espelho o que fiz de errado para você cometer essa maldade comigo. Fui sempre uma namorada honesta e que tudo fez para a felicidade andar junto com a gente. Eu fiz tudo e tudo perdi, tudo me caiu das mãos como se de cinza se tratasse. Vou sempre lembrar você como o amor da minha vida. E nada mais...

Decepção no amor

O amor deve falar uma linguagem que eu não entendo. As pessoas falam em felicidade e exibem os seus sorrisos de cumplicidade. Os livros guardam histórias de paixões que mudaram a vida dos seus intervenientes. Mas a mim, o amor apenas trouxe tristeza e decepção.

Eu não acredito mais que a minha hora acabará por chegar e o meu coração fechou as portas a sentimentos românticos. Talvez o tempo prove que estou errada, mas por agora prefiro a paz da minha solidão.

Superar uma Decepção Amorosa

Superar uma decepção amorosa é muito difícil. O processo de recuperação é sempre bastante doloroso. Mas, deixar que esta frustração influencie os seus relacionamentos afetivos, pode fazer de você uma pessoa infeliz na vida sentimental. Com raras exceções, é bastante comum, em alguma vez na vida, passarmos por essa experiência. A diferença é que uns superam e outros não.

Para a psicóloga Luzia Pacheco, é importante que a pessoa que sofreu uma decepção amorosa dê a si mesma a chance de ser feliz. "Se frustrar, achando que todas as pessoas são iguais, só vai prejudicar ainda mais sua vida sentimental. É importante que a pessoa que está atravessando essa fase se dê uma oportunidade para ser feliz ao lado de alguém que valorize seu sentimento".

Muitas pessoas, que já passaram por uma desilusão amorosa, se trancam para o amor. Algumas ficam meses e até mesmo anos isoladas com medo de se envolver numa nova cilada. Elas criam uma barreira que impede qualquer aproximação afetiva.

"Com certeza haverá momentos tristes de lembranças, raiva e decepção. O que tem que ser feito é passar pela fase de dor e deixar que ela vá embora quando achar que o momento certo para renovação. Isso não ocorre de uma hora para outra, mas, também, não dura para sempre", orienta Luzia.

Tire lições, aprenda e siga em frente em busca de novas chances! Não vale a pena sofrer a vida inteira, ou parte dela, por alguém que não valorizou seus sentimentos.

(Yasmin)

Você era o amor da minha vida, agora é a minha decepção

Em você eu depositei toda a minha confiança, o meu amor e a você me entreguei sem qualquer condicionamento. Você era o meu namorado, o meu homem de sonho a quem eu confiei os meu sonhos. Eu amava você, eu acreditava em você, e por isso dói tanto, por isso pesa tanto esta tristeza.

É decepção o que eu sinto!

Estou profundamente decepcionada, triste e sem vontade de voltar a acreditar. É este o resultado das suas ações! Você me roubou a ilusão, a inocência de um sonho, a confiança que estava cega de amor. Meu estômago fica pequenino e apertado, em meu peito parece que se afunda um punhal e minha garganta fica seca quando agora penso em você. Você era o maior amor da minha vida, e agora é a maior decepção!

Evite A Decepção

Certamente não há quem goste de se sentir decepcionado, seja com alguma pessoa ou algum momento muito esperado, ninguém gosta de ter uma surpresa desagradável. Muitas vezes a decepção pode estar ligada a uma expectativa sempre muito positiva em relação às situações diárias.

Esperar todas as circunstâncias de uma forma negativa também não ajudará para excluirmos a decepção das nossas vidas, o mais importante de tudo é pensar tudo é imprevisível e depende de vários fatores para terminar de maneira positiva ou negativa.

Ao percebermos que tal fato não aconteceu como esperávamos, não podemos nos achar tão poderosos ao ponto de que o futuro ocorrerá perfeitamente como foi planejado. Apesar do planejamento ser um bom guia para evitar um transtorno ou uma engano, temos que contar com o acaso e os imprevistos que não podem ser controlados.

Basta

Neste momento estou sentindo uma enorme decepção. Quero deixar bem claro que é hora de você se ligar definitivamente, porque eu não estou para passar a vida ouvindo desaforos nem faltas de respeito de sua parte. Basta! Você tem de se comportar como marido de verdade e não como garoto. Porque é isso que você tem sido comigo. Me perdoe mas suas atitudes tem sido de uma idiotice de todo o tamanho. Nem que eu merecesse, mas ambos sabemos que não mereço.

Afinal o que você pretende de mim, sua mulher? Ridicularizar, zoar? É que é isso mesmo que seu jeito está me fazendo sentir. Chega! Acorda para a vida! Isto não é um ultimato mas é um alerta, um sinal da minha insatisfação, portanto muda seu tratamento comigo enquanto é tempo. De outra forma eu não vou conseguir passar nem mais um instante junto com você. Minha desilusão, meu desapontamento não é passivo. Me sinto determinada, por isso se liga rápido porque sua ingratidão tem limite comigo.

Medo de Decepcionar

A admiração não vem do nada e nem desaparece sem motivos substanciais: se o amor deriva da admiração, o mesmo acontece com esse sentimento!

O medo que tantas pessoas têm de que seus amados se desinteressem delas é infundado: quando o amor acontece, só uma grave decepção o ameaça.

O medo de decepcionar o amado costuma ser exagerado, pois isso só acontece quando o que ama comete uma falta grave, uma efetiva deslealdade.

O verdadeiro amor, numa fase, é sentido como gerador de grande exigência de perfeição justamente pelo medo exagerado de decepcionar o amado.

Em virtude do caráter exigente do relacionamento amoroso de boa qualidade, muitos são os que fogem dele, buscando alianças mais confortáveis.

Aos poucos, os que se amam se acalmam e esse medo vai se atenuando: percebem que encantam seus parceiros por serem exatamente aquilo que são!

(Júlio César)

Grande é a decepção que agora sinto

Você disse que gostava de mim, que cuidaria e ficaria do meu lado como meu namorado. Você disse e eu acreditei...
Acreditei em você, acreditei nos seus sentimentos e genuinamente a eles me entreguei e agora me arrependo, como nunca antes, pois tão grande é a decepção que agora sinto!
Pesa no peito a dor, a certeza de ter sido ingênua, a impossibilidade de recuperar o tempo que perdi acreditando no engano do seu amor, e desperdiçando o meu contigo.

Entre Uma Decepção E Outra

Tem época na vida da gente que parece que os encontros 'amorosos' são mais uma provocação do que uma oportunidade de se sentir satisfeito e feliz... Assim, vamos contabilizando decepções e desacreditando na possibilidade de viver uma experiência positiva e motivadora.

Quando isso acontece, creio que o melhor seja parar. Uma pausa para aprender. Ou melhor, antes apreender. Perceber o que está acontecendo, quais são nossos verdadeiros desejos e quais têm sido nossas atitudes para torná-los concretos.

Muitas vezes, fazendo uma análise mais justa e desapegada, sem assumir nenhum papel, nem o de vítima das armadilhas da vida, nem da sacanagem dos outros e nem o de culpado, como se tudo o que fizéssemos estivesse definitivamente errado, terminamos descobrindo que há alguma incoerência nisso tudo.

Só que para isso precisamos de tempo... e principalmente de coragem para admitir limitações, assumir pensamentos negativos e confiar mais na sabedoria da vida e seu ritmo. O que acontece, no entanto, é que a maioria de nós não quer esperar, não quer refletir. Há somente um pensamento que alimentamos o tempo todo: quero namorar, quero ter alguém!!!

Será que estar com alguém é o mesmo que estar feliz? Pode ser que sim, mas pode ser que não... e se por qualquer motivo você não tem ficado com quem deseja, talvez seja o momento ideal para um intervalo, tão útil entre uma decepção e outra...

Tempo de se observar, de observar as pessoas e ouvir o que elas dizem. Tempo de aprender, crescer, ter uma nova conduta, desenvolver uma nova postura. Aguardar até que a vida lhe mostre qual é o melhor caminho a seguir... mas para ver, você precisa estar atento... sem tanta ansiedade, sem tanto desespero para tentar fazer com que as coisas aconteçam do jeito e na hora que você quer...

E se nenhuma resposta vier, talvez signifique que você precisa ver e ouvir com o coração. Respeitar o silêncio. Aceitar a ausência de quem você tanto deseja encontrar... Talvez não haja uma resposta e nem haja uma explicação.

Às vezes, simplesmente não existem respostas nem explicação. Apenas a vida. Apenas as pessoas. Apenas o mundo. Apenas a dor e o amor. Apenas...

E se insistirmos em não aceitar, em brigar, em nos rebelar, em nos revoltar... conseguiremos tão somente mais dor... e menos amor. Aceite que você não tem o controle, que você não pode decidir sozinho, que o universo tem seu próprio ritmo. Faça o que está ao seu alcance; faça a sua parte... e bem feito; da melhor maneira que puder...

E o que não puder, entregue e espere... porque embora diga sabiamente a música "quem sabe faz a hora, não espera acontecer", tem ocasiões nesta vida em que quem sabe, espera acontecer e respeita a hora de não fazer... até que um dia, o amor de repente acontece... porque seu coração estava exatamente onde deveria estar para ser encontrado!

(Rosana Braga)