Mensagem de Egoismo

Encontradas mais de 27 Mensagem de Egoismo:

Fui Egoísta

Sei que fui insensível
Eu quis comandar meus sentimentos,
Quis ser forte
Mas fui egoísta...
E hoje descobri
Que agi errado
E que as estrelas não brilham
Da mesma maneira que brilhavam ao seu lado.
Me perdoe
Pois assim meu sorriso
Será novamente verdadeiro
E a dor que me envolve será insignificante,
Pois você mata a minha sede
E alimenta a minha alma.
Meu coração é seu.
Me perdoe
Pois sei que
Fui Egoísta.

Postar no Facebook
Gratidão a Deus

É você acordar e agradecer a Deus por existir e ter onde dormir.
É desejar a seu próximo tudo o que gostaria que acontecesse com você.
É fazer bondade sem querer receber outra em troca.
É amar a natureza e não querer destruí-la.
É ter carinho pelos idosos, porque eles um dia te passaram toda a sabedoria.
É não desejar o mal para as outras pessoas.
É agradecer a Deus pelos amigos que você tem.
É orar e pedir proteção e luz para sua familia e seus amigos.
É não ser egoísta, não ter rancor, porque não faz bem à saude e nem para sua energia.
É você querer estudar, trabalhar, para um dia conseguir tudo o que plantou.
É viver bem com todos, principalmente sua família.
É sentir o calor, a chuva, o vento, o ar, o sol, a sintonia das estrelas e dos planetas.

Postar no Facebook
A Importância da Família na Sociedade

É grande a importância da família para a construção de uma sociedade estruturada, saudável e equilibrada.
A família continua sendo sem dúvida a base. Se a base for desestruturada, automaticamente estaremos construindo uma sociedade doente e desequilibrada.

A influência exercida pela família determina o estilo de uma sociedade. Infelizmente podemos observar uma sociedade com visões distorcidas, e a consequência disto é uma geração que não conhece o que é o amor, que não acredita nas pessoas, que não respeita o ser humano, uma sociedade desonesta, egoísta, individualista, que passa em cima de tudo e de todos para alcançar seus objetivos, mesmo que tenha que matar, roubar, mentir, extorquir.

Vivemos em uma sociedade que se intitula livre, jovens que dizem estar desfrutando de uma liberdade conquistada. Falam-se muito em direitos, mas esquecem dos deveres. Quanta falsidade. Com muita tristeza, observamos nossos jovens presos em suas emoções, em busca de preencher seus vazios interiores enveredam pelas drogas, vícios, prostituições, violências, roubos, assassinatos. Existe um grito abafado de socorro em suas gargantas, que não estamos sabendo discernir, e deturpados seus pedidos e não conseguimos entendê-los. Culpamos o sistema, o governo, os outros, mas esquecemos de olhar para a nossa grande responsabilidade neste processo.

Pais que dão tudo em termos materiais, mas não sabem dar a si mesmo. Não se dialogam, não tem tempo de qualidade uns para com os outros. Falam-se muito de crianças abandonadas nas ruas, mas esquecem que as crianças estão sendo abandonadas dentro dos lares, entregues as babás eletrônicas que tem sido responsáveis pela educação dos filhos, estamos transferindo nossas responsabilidades de educarmos para a TV, internet, jogos eletrônicos, transferimos nossa responsabilidade de transmitirmos valores morais, éticos, sociais para a escola, para os professores. E depois não compreendemos o motivo que tem levado nossos jovens para o submundo dos vícios. Enchemos nossos filhos com atividades, para que eles não tenham tempo de perceber nossa falta. Depois não entendemos o motivo que eles se tornam indiferentes a nossa companhia quando estão na fase de adolescência ou adultas. Pessoas egoístas reproduzirão filhos egoístas, individualistas. Casais que desaparecem em função dos filhos, casa onde os filhos não tem limites, fazem o que querem, mandam e desmandam.

É realmente caótica a situação que estamos vivendo, nos causa um certo temor, mas não podemos entregar os pontos, precisamos tomarmos posições, e cada um fazer a sua parte, para juntos construirmos um mundo melhor. Depende de mim e de você construirmos um futuro melhor. O melhor instrumento começa com o seu exemplo.

Pois o tipo de treinamento que os nossos filhos obtiverem no lar, há de determinar o tipo de pessoas que eles serão no seio da comunidade, determinando o caráter deles. É no lar que se aprende o respeito pelo próximo, bons hábitos, amor, lealdade, honestidade. Se isto não existe dentro de sua casa, automaticamente não haverá na sociedade onde vivem.
O lar molda o caráter, pode dar o senso de segurança ou não, onde ajudará a criança desenvolver a sua personalidade.

Famílias que sabem o valor da fidelidade primeiro com Deus e depois com o seu próximo. Sabem o valor do respeito ao ser humano.

Cada um fazendo a sua parte como investimentos na construção de famílias equilibradas, lares felizes, casais realizados.

Temos uma grande responsabilidade, e uma grande missão a cumprir aqui na terra. Precisamos não somente pregar o evangelho, mais do que isto, precisamos viver o evangelho. Evangelho que não traz transformação e mudanças de atitudes é uma mentira, uma hipocrisia.

Família é um projeto de Deus. Ele foi o seu criador. E nós temos a obrigação de cooperar com Ele na sua preservação.

(Pr. Salmo Diomar e Prª Cássia Vilela )
(Catedral da Família)

Postar no Facebook
Antes de tudo, pense na sua felicidade!

Uma das características principais do ser humano está na união de particularidades, ainda que no final sejamos todos diferentes, sempre é possível encontrar pequenas similaridades. Há aqueles que são felizes em doar o que quer que seja sem nenhum proveito e também os que só fazem algum coisa a favor dos próprios interesses. Ter a certeza do que é realmente certo ou errado é muito relativo, pois dependerá sempre daquilo que cada um acredita. Pessoas egoístas geralmente são muito mal vistas pela sociedade, apontadas muitas vezes como gananciosas e ambiciosas, no entanto não percebemos que o empenho dessas pessoas está principalmente em lutar pelos próprios interesses, e se não houver desrespeito e sofrimento com outro individuo não deveria existir nenhum mal nisso. Do mesmo jeito que há felicidade naquele que faz tudo pelos outros sem nunca ter lucrado, também pode haver no que pense em si sempre em primeiro lugar. Mas independente da sua particularidade antes de tudo deve existir felicidade em todas as partes.

Postar no Facebook
Quisera Eu

Quisera eu...
Ter a sabedoria de uma criança,
Ter a humildade de uma criança,
Ter a força de uma criança,
Ter a garra de uma criança,
Ter a cosmovisão de uma criança,
Ter o amor de uma criança.

A sabedoria de uma criança é feita de simplicidade, não tenta complicar as coisas fáceis;
A humildade de uma criança é genuína, incorruptível, desprovida de interesse egoísta;
A força de uma criança é possante, é evolutiva, é motivadora;
A garra de uma criança é algo fascinante, sempre se põe de pé após cada queda sem preocupação se vai cair mais uma vez ou não;
A cosmovisão de uma criança é a visão ideal para um mundo ideal;
O amor de uma criança é o amor capaz de regenerar o mundo.

Quisera eu que todos nós fôssemos crianças; o mundo seria o paraíso e as pessoas seriam anjos. A paz seria realidade sempre presente e a felicidade seria plena.

(Tony Fraga)

Postar no Facebook
Aprender a ser Egoísta

Chegou a hora de aprendermos a ser egoístas, isso mesmo, isso não é papo de filha única não, mas de verdade aprendermos a fazer as coisas por nós mesmos.

O que acontece muitas vezes é que fazemos pelos outros, seja num relacionamento amoroso ou por amigos, fazemos o que gostaríamos que fizessem por nós, o que não está errado, mas quando fazemos isso por esse motivo, com certeza estamos esperando retorno, é aí que mora o perigo.

Quando eu digo ser egoísta, significa fazer apenas o que você quer fazer e não porque alguém pediu, porque alguém ficaria feliz, porque quando fazemos isso estamos fazendo de coração, sem esperar retorno algum.

O contrário, quando fazemos algo esperando a resposta ou reação de alguém, podemos nos frustrar, brigar, porque sempre esperamos uma resposta, e essa resposta deve sempre ser aquela que imaginávamos, caso contrário ficamos revoltados, ou pior, tempos depois ainda jogamos na cara de alguém que fizemos isso ou aquilo por essa pessoa.

Quando você aprende a ser egoísta saberá que tudo o que fizer será de coração e espontâneo, não digo que você não poderá abrir mão e ser flexível, claro que sim, mas mesmo assim faça isso por você mesmo e nunca por ninguém.

Quando passamos a pensar dessa maneira, as coisas ficam mais simples, não corremos riscos de esperar algo de ninguém a não ser que as pessoas sejam elas mesmas. Nem nunca ouvir depois de muito tempo que seu companheiro “fazia tudo por você”, que na verdade, ele nunca gostou de fazer isso ou aquilo, se formos honestos com nós mesmos aprendermos que todos os sentimentos e desejos devem sempre ser dosados, equilibrados, assim como o egoísmo, que o vemos apenas como um vilão na história. Apesar de o egoísmo, ao meu ver, ser o pior sentimento que alguém pode ter, neste caso acredito que ele seja apenas um mediador de seus outros sentimentos.

Sabendo fazer as coisas, satisfazer as pessoas de maneira que isso não agrida a você mesmo, é a melhor maneira de não agredir a quem está ao seu lado, porque você nunca cobrará a ninguém por isso e poderá sempre ser você mesmo, espontâneo e feliz. Não faça nada por mim, faça por você mesmo, e nós dois seremos felizes.

(Fernanda Klink)
(Moda Paralela)

Postar no Facebook
Há Quem Diga

Há quem diga que o amor é a base de tudo, porém eles se esquecem que:
Há os que se anulam em nome do amor e acabam abandonados.
Há os que investem tudo nos outros acreditando que serão correspondidos e vivem reclamando do egoísmo alheio.
Há os que sonham com um amor perfeito, pretendem encaixar o ser amado nesse modelo e acabam descobrindo que cada um é como é e não temos poder para mudar ninguém.
Há os que confundem paixão com amor. Não percebem que paixão é admirar no outro o que recalca em si. Quando a ilusão projetiva desaparece, percebemos o ridículo dos nossos atos apaixonados.
Há os que confundem apego com amor. São egoístas que esperam do outro exatamente o que não dão.
O amor verdadeiro nunca faz sofrer. Traz alegria, motivação e prazer, agindo sempre com seu poder de harmonizar as relações humanas.
Quando ser feliz passa a ser um objetivo sério nós logo percebemos que com o amor não se brinca.

(Zíbia Gasparetto)
(Pensador)

Postar no Facebook
Humildade é Força

Humildade é a virtude que nos torna abertos a aprender e mudar. Ela só é possível quando temos auto-respeito, que só pode vir com autoconhecimento. Conhecer-se é entender que somos parte de um todo, como um raio de uma roda. Não somos tudo, também não somos nada. É a humildade que cria este entendimento e nos mantêm em equilíbrio.
Quando não somos apegados às nossas boas qualidades nem às nossas fraquezas, podemos lidar com ambas. Através de cultivo amoroso, nossas qualidades positivas crescem e servem outros. Através da atenção e honestidade, nossas fraquezas diminuem.

Humildade é nossa maior proteção. Ela nos mantém alerta para todas as possibilidades, desde sermos enganados até a de criarmos os mais surpreendentes milagres. Humildade é o fruto do auto-respeito: uma pessoa humilde nunca teme perder. Para isso precisamos sempre ir para dentro de nós mesmos. Nada e ninguém podem nos tirar esse recurso.

Humildade nasce da segurança interna, nos deixa prontos a comunicar, cooperar com novos pensamentos e idéias. É a prova da maestria de ter conquistado o “eu” e “meu” limitados que anulam o respeito e a amizade. Nós devemos ser tutores, não donos. A posse automaticamente cria o medo de perder. Ser um tutor nos dá entendimento que nada e ninguém é nosso. Paradoxalmente, ao renunciar tudo, recebemos tudo. O que precisarmos virá até nós, mais cedo ou mais tarde. Há o suficiente para todos.

A atitude de ser um tutor significa que economizamos uma grande quantidade de energia mental e emocional, uma vez que tempo não é desperdiçado em cálculos egoístas ou manipulações espertas. Com a atitude de ser um tutor nos tornamos mestres. Um mestre trabalha com os princípios eternos do universo. Ele é humilde e auto-suficiente, mantém equilíbrio e harmonia.

A maior humildade de todas é reconhecer e aceitar que existem leis além daquelas dos seres humanos e que não somos o padrão do universo. Os princípios eternos protegem e governam o bem-estar de todas as formas de vida. Quando nos alinhamos com as verdades eternas, encontramos a liberdade, nosso caminho. Alinhamento às leis divinas não nos limita ou anula. Ao contrário, as leis eternas são o meio que permitem a expressão completa do indivíduo. Não há transgressão, uma vez que respeito é sempre dado à individualidade dos outros. A harmonia é mantida.

Com humildade reconhecemos o direito que todas as coisas têm de existir; existir em liberdade e existir em felicidade. Este direito inato é uma lei imortal. Subserviência nos relacionamentos ou aos objetos materiais é resultado do medo; medo de sermos nós mesmos; a falta de coragem de enfrentar, de mudar, de mover numa outra direção. Auto-respeito nos libera do medo e da dependência. Quando não pensamos profundamente o suficiente por nós mesmos, nos tornamos subservientes às opiniões sociais e às pessoas com as quais interagimos.

Humildade traz introspecção, começamos a examinar as emoções que nos limitam. Abre a porta para o autoconhecimento. À medida que crescemos em autoconhecimento, crescemos em auto-estima. Com essa estabilidade interior não há medo do que é diferente. Não há desejo de controlar pessoas ou situações. Sabemos que as coisas certas irão acontecer da forma correta, no tempo certo. Humildade é a outra face do auto-respeito. Quanto maior a humildade, maior o auto-respeito. Nada e ninguém são uma ameaça. Nós somos livres.

(Brahma Kumaris)
(Somos Todos Um)

Postar no Facebook
Falta de educação

É engraçado como algumas pessoas desconhecem o significado da palavra educação. Educação vem de berço, a gente tem ou não tem. Não há dinheiro que compre. Não está diretamente relacionada à classe social ou econômica do indivíduo. Até existem alguns cursinhos de etiqueta, mas são completamente ineficazes quando a educação não veio acoplada ao cordão umbilical do sujeito.

Me espanta ver a grosseria de alguns e a falta de delicadeza de outros. Deve ser por isso que o mundo está desse jeito e as pessoas, por sua vez, não têm mais confiança umas nas outras. Estão descrentes. Cansadas. De saco cheio. É óbvio que alguns fatos nos deixam "p" da vida, com vontade de mandar alguém (ou todo mundo) para beeeeeeeeeeem longe. Mas, mesmo assim, ainda acho que é possível manter a postura e a elegância. Sem gritos, sem perder a pose. O diálogo, esclarecimento e a exposição do argumento são muito mais eficazes do que o grito e o berro. Quando surge uma elevação da voz já vira baixaria. Barraco feio. Um quer falar mais alto que o outro, gritar mais alto, aí o troço vira bagunça, baderna geral.

Uma das coisas que mais prezo é a educação, seguidas da gentileza e humildade. Saber conversar, assumir seus erros, ouvir, sustentar um ponto de vista (sem alterar o tom de voz). Existem seres que escutam, mas não ouvem. Tu falas e a pessoa já tem uma resposta programada pra te dar. Não raciocina, não analisa, não reflete. Apenas responde de imediato. Não sabem ouvir, não têm condições psicológicas e emocionais de constituir e estabelecer uma conversa saudável e inteligente.

Pra mim quem não sabe ouvir é burro e mal educado. Fora o povo que se dá um valor que ninguém deu. Eu explico: gente que se acha perseguida, vítima, que pensa que é sempre o centro das atenções do universo e de qualquer assunto. Se dão o valor que não têm. Se dão a importância que ninguém dá. Se acham demais e só olham para o próprio umbigo. Em suma, mal educados e egoístas. Gente podre e pobre. Pobre de neurônios e de espírito.

Mas quer saber o melhor de tudo? Acho que se educação fosse vendida em supermercado, dentro de uma caixa...sei não. Creio que muitos nem se dariam ao trabalho de colocar a mão no bolso e comprá-la.

Tapados demais pra isso. E o mais esquisito é que os mal educados não percebem e nem se sentem dessa forma. Já notaram?

(Clarissa Corrêa)

Postar no Facebook
Perdi Você Mais Uma Vez

É sempre você!!! Sempre foi você!

Desde que te vi pela primeira vez na minha infância foi você!!!

O mais atentado, o mais engraçado, o sorriso mais lindo.... o seu, sempre você.

Alguns momentos são tão inesquecíveis que me surgem como pesadelos, e eu não consigo evitar, tento o tempo todo fingir que você não existiu, mas a vida insiste em esfregar na minha cara tudo que você significou que ainda é tudo meu.

Um dia ficamos presos num temporal na rua, você estava lá pra me proteger, quando meu avô morreu, você estava lá pra me consolar, quando fiquei doente você ficou do meu lado, segurou minha mão e disse que eu ia melhorar, quando senti medo você me protegeu, quando chorei secou minhas lágrimas, sempre me disse o quanto eu era inteligente, e como eu podia fazer qualquer coisa que eu quisesse, acreditou em mim mais do que eu mesma acreditava o tempo inteiro.

Eu não sabia amar, nem que você era o amor da minha vida eu tinha noção, e nunca imaginei que um dia você iria embora!

E tantas vezes eu já fiquei olhando pro portão esperando o momento em que você chamaria o meu nome, e quando eu atendesse, me pegaria no colo e abraçaria apertado como sempre!!

Você e seu cansaço, sua cara de sono, me olhando com saudade... não tinha muita energia pra conversar, mas ficava ali me ouvindo tagarelar, coisas bobas enquanto você já era homem feito, cheio de responsabilidades e cobranças em todos os lugares! Eu não sabia!

Eu não notei que você estava infeliz, porque sempre fui egoísta demais pra enxergar você ali do meu lado, ombro a ombro, amigo, companheiro...

Aceitei a vida sem você, me conformei, porque eu nunca pretendi fazer você infeliz, mesmo sabendo que quando tudo acabou você também sofreu muito!
E agora, tantos anos depois, consegui eliminar qualquer pensamento positivo que você poderia ter ao meu respeito.

Hoje você tem certeza que eu desisti de tudo que eu acreditava, de que eu não sou mais a pessoa que você conheceu, e que não valorizo absolutamente nada do que sonhamos juntos.

Você agora sabe, que além de vazia, eu sou vulgar e sem motivos.
Eu jamais pretendi te decepcionar, te machucar, te prejudicar... e queria muito que você não ficasse exposto a pessoa que eu sou de verdade.

E como já te perdi antes tantas vezes e de várias formas, agora tenho certeza de que até qualquer recordação boa que poderia existir, foi substituída, pela realidade da pessoa cheia de defeitos que me tornei.
Eu não queria isso, mas sempre acabo chegando em você de uma forma ou outra.
Espero que essa tenha sido a última vez.

E que essa cicatriz eterna que voltou a sangrar por minha culpa, apenas para me lembrar que eu tenho/tive sentimento simmmmmmm, volte a ser apenas uma cicatriz, e que pare de doer tanto assim... porque eu não suporto mais sentir a mesma dor, e preciso de redenção, mesmo sem merecer!

(Cler Moraes)

Postar no Facebook
Meditação

"Quanto mais você medita, mais pode ajudar os outros e mais profundamente estará em sintonia com Deus. As pessoas egoístas permanecem espiritualmente estagnadas, mas as altruístas expandem sua consciência. Quando encontrar a sua onipresença na meditação, você encontrará Deus. Se Ele estiver satisfeito, toda a natureza trabalhará em harmonia com você. Aprenda a falar com Ele com toda sua alma".

"Por que Deus Se revelaria facilmente a você? Você, que trabalha tão arduamente por dinheiro e tão pouco pela realização divina! Os santos hindus nos dizem que, se dedicássemos um período de 24 horas em contínua e ininterrupta oração, o Senhor apareceria diante de nós ou Se revelaria a nós de algum modo. Se devotarmos pelo menos uma hora diária em profunda meditação nEle, com o tempo Ele virá a nós".

"As coisas essenciais devem vir em primeiro lugar. Ao acordar de manhã, medite. Se não fizer assim, o mundo inteiro o absorverá e você esquecerá Deus. À noite, medite, antes que o sono o convide. Eu estou tão fortemente enraizado no hábito de meditar que, mesmo deitado, encontro-me meditando. Não posso dormir da forma usual. O hábito de estar com Deus tomou o primeiro lugar".

(Yogananda)
(APEU Umbanda)

Postar no Facebook
Mantendo a Alegria de Viver

A alegria é o primeiro passo para conquistar e manter a saúde. Viver em plenitude, apesar das dificuldades próprias de nossa condição humana, é investir no próprio equilíbrio e serenidade.

Mas o que é exatamente viver em plenitude? Como manter a alegria de viver diante de tantos e complexos desafios sociais e individuais que nos atingem diariamente?

Viver em plenitude seria ter e adquirir coisas, desfrutar de vantagens e confortos que o dinheiro pode comprar e ocupar posições privilegiadas na vida? Não, absolutamente.

Viver em plenitude é, antes de tudo, estar com a consciência em paz e compreender os altos significados da própria vida, tais como a permanente necessidade do autoaprimoramento intelecto-moral e a importância de lutar por uma consciência de paz interior. Ora, manter e viver com a consciência em paz conclama aos deveres perante si mesmo e perante o próximo. Isso inclui todos os deveres próprios da cidadania, do dever humanitário da solidariedade e do perdão e mesmo o dever individual de levantar a cabeça diante das adversidades.

Rápida análise desses itens enumerados no final do parágrafo anterior desdobram inúmeros outros deveres. Fala-se tanto em direitos, mas esquece-se dos deveres que equilibram a vida e garantem a harmonia na convivência.

Viver em plenitude é exatamente essa consciência de viver em paz, perante si mesmo e perante os que nos compartilham a vida. É sim desfrutar a vida, mas com respeito às diferenças todas que nos caracterizam e com a noção plena de que todos precisamos muito uns dos outros e que toda atitude de indiferença, omissão ou discriminação pode gerar violências e comprometer a harmonia que tanto necessitamos.

A postura da alegria de viver é atitude de respeito à vida, de confiança nos poderes maiores que nos dirigem o caminho evolutivo e da iniciativa de agir em favor da harmonia de todos.

Notem que os grandes problemas da humanidade são de ordem moral.

Sejamos, pois, aqueles que respeitam a vida e espalham esperança, com nossa espontânea alegria de viver. Viver sem medo, sem motivos que causem arrependimentos futuros e especialmente viver com dignidade na plena noção de nossos deveres: auxiliar o progresso, instruirmo-nos mutuamente e trabalhar pelo aprimoramento de nossas instituições políticas, religiosas, culturais, esportivas, educativas e sociais de todos os gêneros.

Só quando respeitarmos integralmente a vida é que sentiremos essa alegria de viver que nos garante saúde física, mental e espiritual. A decisão é nossa, só depende mesmo de nossas escolhas. O que estamos aguardando? Por que os ímpetos egoístas e agressivos?

Já é tempo de amadurecermos as próprias ideias e comportamentos.

(Orson Carrara)
(O Consolador)

Postar no Facebook
Amiga eterna

A solidão... Ela não tinha mais do que reclamar; possuía algo que era só seu, que ninguém iria jamais ter igual um dia... Tinha a solidão.
E não era uma posse qualquer! Era especial por ser somente sua e ser tão ampla, tão interior, tão autoritária. Nunca a deixava sozinha; não! Era extremamente companheira. Bastava estender o braço, e ela ali estaria. Para ser honesta, às vezes, a companheira afastava-se um pouco; no entanto, era fácil reencontrá-la perto da cama, quando ficava olhando a montanha pela janela.
Ela adorava esconder-se no quarto; assim, a menina tinha de ir até lá para ter sua companhia. Ia até ela, a fim de falar ou transmitir pensamentos à companheira. Ou mesmo para escrever para ela. Talvez porque sentisse sua falta... Talvez porque já estivesse acostumada à sua eterna presença...
O combinado, então, era este: ir ao quarto para procurá-la. Mas era importante ir sozinha. Se ligasse o rádio, em alto volume, e deixasse que o som penetrasse, aí já era tarde! A solidão amiga era, além de tudo, tímida! Nem aparecia; era inútil esperar. Não vinha, mesmo que a porta estivesse aberta. Não entrava mesmo e pronto!
Quase todas as tardes ou durante as noites, a menina esperava-a. Ela facilmente se aproximava; ouvia a amiga e fazia-lhe companhia. A menina, entretanto, ficava dividida, pois achava que deveria haver outro mundo... Talvez existissem outros amigos lá fora...
A solidão não gostou de saber desses pensamentos da menina. Queria que só a conhecesse; era realmente muito egoísta e egocêntrica a moça! Começou a se afastar, e a menina, desconhecedora de outro mundo, sentiu-se mais só. Por dias, a companheira fez greve e não apareceu no pequeno quarto. A menina, esperançosa, aguardou-a por muito tempo. Nada substituía a amiga. Como sentia sua falta!
Então, teve uma ideia e resolveu pegar a amiga de jeito. Esquematizou um plano. Imaginou-se outra e fantasiou acontecimentos bem reais. Levou o aparelho de som e a esperança para dentro do quarto. O sonho foi correndo atrás dela. A menina trancou a porta e escutou músicas por muitas horas.
Aí, de repente, a solidão - cabisbaixa - apareceu, mexendo na maçaneta. A menina já imaginava quem estava do outro lado da porta... E, ao abrir e rever a amiga antiga, ela sorriu. A solidão entrou e, num gesto rápido, a garota apagou a porta do cômodo. Com agilidade, apertava e esfregava a borracha. Sumiu todinha!
A amiga não entendeu direito aquele gesto, pois enxergava a janela... De que adiantava prendê-la por uma e deixar a outra aberta? Mas a menina sorria; sabia que não poderia apagar a janela. Esta não!
Aumentou o volume da música, continuou com sua imaginação real e levou suave-mente a amiga à janela. Mostrou-lhe a linda paisagem que as duas podiam contemplar dali. A janela ficaria ali, sempre aberta, para que, um dia, as duas pudessem alçar voo, como as gaivotas. Juntas.
Voariam juntas, com a mala recheada de amor, de esperança, de sonhos e de realizações. Iriam, pela primeira vez, voar realmente.

Postar no Facebook
Planeje Sua Vida

Ter objetivos, estabelecer metas e alvos para a vida, é tarefa para quem deseja vencer. Você é a sua própria empresa, então, administre-a partindo de um bom planejamento estratégico.

Escolha o caminho:

“Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte” (Provérbios 16:25).

Seja prudente:

“O escarnecedor procura a sabedoria e não a encontra, mas para o prudente o conhecimento é fácil” (Provérbios 14:6).

Tenha um plano para sua vida:

“Os planos do diligente tendem à abundância, mas a pressa excessiva, à pobreza” (Provérbios 21:5).

Tem gente que passa pela vida de qualquer jeito, elas são egoístas e não contribuem. Outras passam pela vida com responsabilidade e compromisso – estas sim, marcam a vida das pessoas com grandes contribuições.

Enfim, nunca se esqueça daquela que deve ser a sua principal meta (de seu planejamento pessoal): Manter sua vida ligada ao Criador.

Um abraço e lembre-se: Deus tem um plano para cada área de sua vida!

(Manassés Queiroz)
(Novo Tempo)

Postar no Facebook
O Valor dos Homens

Para mim, um homem é um homem, isto apenas!
Meço seu valor por seus atos, por seus sentimentos, nunca por sua posição social.
Pertença ele às mais altas camadas da sociedade, se age mal, se é egoísta e negligente de sua dignidade, é, a meus olhos, inferior ao trabalhador que procede corretamente, e eu aperto mais cordialmente a mão de um homem humilde, cujo coração estou a ouvir, do que a de um potentado cujo peito emudeceu.
A primeira me aquece, a segunda me enregela.

Allan Kardec

Postar no Facebook