Mensagens de Sentimentos

Encontradas mais de 1815 Mensagens de Sentimentos:

Amor por Computador

Desconhecidos, eram duas almas
Que agiam e pensavam iguais.
Destemidos, não havia como impedir o
Encontro entre esses tais.
Imaginativos, podiam ser os dois que viviam
Em lugares distantes.
Impulsivos, são para sempre um do outro
Como eternos amantes.

A história deles ainda será
Contada um belo dia,
De como havia sido encontrada
A grande alegria,
Através de uma tela de computador, acredite,
Aprenderam sobre como é o amor, não evite.

Todo o suspense em virtude de nossos atos.
Quando se encontrará,
A verdade que surgirá.
Tomo a primeira atitude, os primeiros passos.
Onde vamos nos encontrar,
O destino não pode tardar.

Alguém está andando?
Nosso tempo está passando.
O que estou falando?
Nosso tempo está passando.
Algo está faltando?

Nosso tempo está passando.
Tempo de amar,
Tempo de querer,
Tempo de alegrar,
Tempo de te ver.

Desconhecidos, não mais serão,
Tudo será lindo,
Amados, em todo o nosso bem,
A vida será linda.
Depois desse amor por computador
Nada mais será real e sim especial.

Postar no Facebook
Amar alguém é...

Amor possessivo não é amor, como todo mundo sabe e estão cansados de ouvir que...
“Ninguém é de ninguém nesse mundo”
Nem nossos filhos são nossos, o que dirá um homem ou uma mulher.
As pessoas são livres, livres para amar e escolher quem quer amar.
O amor que exige exclusão e posse não é amor.
O amor possessivo amarra, impede o crescimento, enquanto que o amor verdadeiro é a força, é o impulso que faz o outro crescer.
Amar alguém é comprometer-se...
O amor é uma soma para que cada um possa ser mais ele mesmo, ele não existe para aliviar a dor e nem tão pouco para resolver necessidades, carências e interesses do outro.
O amor verdadeiro, maduro, é livre, é incondicional, sabe ceder e perder com serenidade para o bem da pessoa amada; sabe viver quando tem o bem e também quando não tem; sabe dialogar e chegar a conclusões maduras e sensatas.
O amor não nasce pronto, de uma vez...
Tem que haver vibração tem que ser harmônico.
Amar alguém é comprometer-se...
Como um amigo, companheiro, nas horas felizes e tristes, è ser honesto, sincero, confiante, verdadeiro em palavras e atitudes.
Amar alguém é comprometer-se...
O amor é como uma rosa, mas para que essa rosa exista, é preciso que existam também espinhos.
Mas mesmo assim, o amor ainda é a maior força que existe em nós, é só o amor que nos transforma, que nos amadurece.
Se não se aceitarmos de coração aberto à dinâmica transformadora do amor estaremos definitivamente negando a crescer e permanecer sempre infantil
Amar alguém é comprometer-se...
Não importa quem você ama.
Como diz: HERMANN HESSE “NÃO É FELICIDADE SER AMADO”: TODOS AMAM A SI MESMOS AMAR AOS OUTROS, SIM, É QUE É FELICDADE.

Postar no Facebook
A Alegria na Tristeza

O título desse texto na verdade não é meu, e sim de um poema do uruguaio Mario Benedetti. No original, chama-se "Alegría de la tristeza" e está no livro "La vida ese paréntesis" que, até onde sei, permanece inédito no Brasil.

O poema diz que a gente pode entristecer-se por vários motivos ou por nenhum motivo aparente, a tristeza pode ser por nós mesmos ou pelas dores do mundo, pode advir de uma palavra ou de um gesto, mas que ela sempre aparece e devemos nos aprontar para recebê-la, porque existe uma alegria inesperada na tristeza, que vem do fato de ainda conseguirmos senti-la.

Pode parecer confuso mas é um alento. Olhe para o lado: estamos vivendo numa era em que pessoas matam em briga de trânsito, matam por um boné, matam para se divertir. Além disso, as pessoas estão sem dinheiro. Quem tem emprego, segura. Quem não tem, procura. Os que possuem um amor desconfiam até da própria sombra, já que há muita oferta de sexo no mercado. E a gente corre pra caramba, é escravo do relógio, não consegue mais ficar deitado numa rede, lendo um livro, ouvindo música. Há tanta coisa pra fazer que resta pouco tempo pra sentir.

Por isso, qualquer sentimento é bem-vindo, mesmo que não seja uma euforia, um gozo, um entusiasmo, mesmo que seja uma melancolia. Sentir é um verbo que se conjuga para dentro, ao contrário do fazer, que é conjugado pra fora.

Sentir alimenta, sentir ensina, sentir aquieta. Fazer é muito barulhento.

Sentir é um retiro, fazer é uma festa. O sentir não pode ser escutado, apenas auscultado. Sentir e fazer, ambos são necessários, mas só o fazer rende grana, contatos, diplomas, convites, aquisições. Até parece que sentir não serve para subir na vida.

Uma pessoa triste é evitada. Não cabe no mundo da propaganda dos cremes dentais, dos pagodes, dos carnavais. Tristeza parece praga, lepra, doença contagiosa, um estacionamento proibido. Ok, tristeza não faz realmente bem pra saúde, mas a introspecção é um recuo providencial, pois é quando silenciamos que melhor conversamos com nossos botões. E dessa conversa sai luz, lições, sinais, e a tristeza acaba saindo também, dando espaço para uma alegria nova e revitalizada. Triste é não sentir nada.

(Martha Medeiros)

Postar no Facebook
Crônica do Amor

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?

Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.


(Martha Medeiros)

Postar no Facebook
O fim do amor é ainda mais triste

Eu sei, eu sei, o eterno clichê “isso passa”. Passa sim e, quando passar, algo muito mais triste vai acontecer: eu não vou mais te amar.

É triste saber que um dia vou ver você passar e não sentir cada milímetro do meu corpo arder e enjoar. É triste saber que um dia vou ouvir sua voz ou olhar seu rosto e o resto do mundo não vai desaparecer.

O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto.

Eu me agarro à beiradinha do meu amor, eu imploro pra que ele fique, ainda que doa mais do que cabe em mim, eu imploro pra que pelo menos esse amor que eu sinto por você não me deixe, pelo menos ele, ainda que insuportável, não desista.

(Tati Bernardi)

Postar no Facebook
Lidando com um Amor Não Correspondido

Sofrimentos de amor acometem homens e mulheres. Quem já não sofreu a pungente dor de um amor não correspondido ou complicado? Quantas vezes ficou com os olhos fixos no telefone e ele não tocou? A pessoa amada não ligou. Quantas vezes você checou seus e-mails à espera de um e-mail do seu amor? A caixa lotada, mas nenhuma linha da pessoa amada. Amor sem beijos, sem carinhos e quase sem a presença da pessoa amada.

Algo em comum aumenta o sofrimento do amor não correspondido: a desilusão e a esperança. A dor é forte, mas um fiozinho de esperança acalenta seu coração. O que é proibido e complicado parece mais saboroso. Quando a pessoa amada liga, depois de semanas sem dar notícias, seu coração dispara. Ouvir a voz dele (a) é um consolo para suas noites insones. Na caixa de e-mails, lá está o e-mail esperado. Seu coração se aquece; a esperança retorna com mais força.

Se você vive um amor complicado ou não correspondido há algum tempo, pare e pense. Os minutos da sua vida estão passando. E o que você tem feito da sua vida a não ser esperar e esperar pela atenção da pessoa amada? Os amores impossíveis ou platônicos têm algo em comum: a inacessibilidade da pessoa amada. Ela nunca está presente. Fugidia, irreal e inconstante. Uma pessoa que não está “na sua". No entanto, é difícil acordar para a realidade.

A vida é feita de escolhas. Traçamos nossos destinos baseados (a) em nossas emoções e sentimentos. Atraímos as pessoas e os amores. Você quer ser feliz ou não? Gostaria de viver um amor correspondido? O destino está lhe preparando um grande amor. Basta sua decisão: parar de sofrer. Parar de roer as unhas de raiva, ciúme e desilusão. Ponha um ponto final neste amor doido em que você ama e a outra pessoa é sempre difícil e inacessível. Você pode dizer: “Meu amor basta para nós dois!" Será?

Para viver um amor complicado você precisa de uma certa dose de masoquismo. Sofrimento misturado à alegria, quando você recebe uma migalha de carinho. Algumas pessoas não sabem viver um amor correspondido. Atraem para si pessoas complicadas. Gostam do mistério e do irreal. Não deixa de ser um motivo para fugir à realidade sofrida.

O fortalecimento da sua auto-estima será muito promissor para sua felicidade amorosa. Invista em você mesmo (a). Renove sua esperança. Chega de masoquismo! As pessoas que sofrem muito por um amor não correspondido, não têm fé no futuro. Recarregue a bateria da sua fé. Você vai encontrar alguém que corresponda ao seu amor. Por que não? É difícil abandonar este alguém tão maravilhoso e difícil? Por que valoriza tanto esta pessoa? Mais uma vez, a imaginação lhe pregando peças. Saiba diferenciar o amor verdadeiro da fantasia e da ilusão. O amor verdadeiro é uma troca real de carinho, presença e comprometimento.

Faça as pazes com seu espelho. Afirme para si mesmo (a) que você merece amor, carinho e respeito. E se a outra pessoa não corresponde ao seu amor, azar o dela! Não sabe o que está perdendo! Aliás, você sim, está perdendo uma chance maravilhosa de encontrar outra pessoa e ser verdadeiramente feliz!

(Sandra Cecília)
(Fonte para Reflexão)

Postar no Facebook
Sei que é Amor

No meu amor sou feliz.
Com quem Amo sou feliz.
Carrego minha aliança, como símbolo do meu amor, quero gritar bem alto para que todos ouçam que eu amo.
Quero que todos saibam que meu sorriso é fruto do meu amor.
Guardo meu amor a sete chaves para ninguém rouba-lo, temo perde-lo para sempre, o amor que tanto cultivei, será que outro amor criaria raízes assim?
Tão fortes a ponto de quebrar o vaso se tentar arranca-las?
Sinto que seria impossível um outro amor assim.
Meu coração não se engana, sabe quem ama e segue uma nova luta de conquista, uma nova luta que quem já teve que passar por ela nunca mais quer tentar, pois sabe que na luta pelo esquecimento da pessoa amada a batalha já esta perdida.
Deixar nosso amor não é fácil, as lágrimas que agora percorrem a face que sempre sorridente não deixava as lágrimas caírem, a não ser de felicidade em estar com o amor, umedecem o rosto, cortam e queimam como gotas de fogo.

As dores, Ah, as dores...
Como explicar as dores que sinto em meu peito, como é possível, doer na carne um sentimento?
Mas acontece e muito forte e freqüentemente, dói tanto que levamos as mãos ao peito pressionando e nos curvando para tentar amenizar a dor, que insiste em ficar, e piorar.
Essas dores que parecem com agulhadas da morte, sinto que facas entram e saem do meu peito, facas sem corte e enferrujadas.
E a falta de ar que me consome, quanto dor e sofrimento, será que só eu sinto?
Meu coração não pode ser o único!
Será que ele é de brinquedo? Não... Não...
Sei que não brinco com ele há dezoito anos e nunca o despedacei assim, nunca quebrou de tal maneira.
Que sensação esquisita essa, o homem não só morre por armas e violência, morre por amar, seu corpo apesar de não padecer, fica sem vida sem cor.
Amo-te, para ser amado.
Fecho meus olhos e vejo sua face sorridente vindo em minha direção e me envolvendo em seus braços, me dando um conforto inimaginável.
Seu abraço... Como o seu não tem igual, um que conforte tanto, que seca as lágrimas num segundo, que aquece o frio do inverno...
Muitos braços já me envolveram, más só o seu tem todas as qualidades necessárias, sinto-me um bebê sendo embalado pela mãe e caindo num mundo de sonhos.
Como a amo, te amo de muitas formas e maneiras, umas até esquisitas outras extravagantes e outras ainda até invejadas.
Amo-te, com alegria e dor, te amo com confiança e preocupação, te amo com cabelo ou careca, te amo muito e de muitos outros jeitos.
Uma coisa eu sei, o que sinto não é costume nem adoração, isso só pode ser o verdadeiro amor, o amor máximo que alguém pode sentir.
Sei que é amor, pois, o verdadeiro amor é o único que suporta a tudo, se apóia na esperança que se perpetua até o fim da vida.
Muito foi perguntado sobre o amor, não tenho todas as respostas para esse fenômeno lindo e extraordinário.
Mas sei sentir o amor...
Como é bom sentir o amor, respirar o amor;
Poder toca-la novamente seria uma utopia, a realização dos meus sonhos de todas as noites.
Seu corpo maravilhoso esculpido por Deus e classificado como obra-prima, tão belo, tão simples, com curvas perfeitas e traços inigualáveis.
Às vezes o fim da vida parece o único jeito de acabar com todo esse sofrimento, é nessa hora que devemos tomar cuidado e lembrar que a vida nos da chances que a morte não nos dará.
E a esperança ainda existe.

Postar no Facebook
Um Amor Não Correspondido

Se é o sofrimento, que te traz alegria.
Se é o amor não correspondido, que te faz amar.
Tudo bem, vou acreditar…

Se quem é capaz de te fazer feliz, não serve pra você.
Tudo bem, vou entender…

Se você se sente feliz ao lado de quem só sabe te magoar,
Tudo bem, vou aceitar…

Se é essa pessoa que mais te faz mal, do que bem,
é a única que te convém.
Tudo bem…

Se é essa pessoa que vive te causando dor
é a única que merece o seu valor.
Tudo bem, amor…

Se é essa pessoa que só te enrola, te usa, e depois joga fora.
é a única que você guarda na memória.
Tudo bem, me ignora…

Se a pessoa que realmente se importa de verdade com você.
você finge não ver,
Tudo bem, vou esquecer…

Se você consegue ver um futuro, ao lado de quem não está presente.
Tudo bem, vá em frente…

Se os palpites e conselhos que te dei, você não usou.
Tudo bem, Acabou…

Talvez eu possa até estar errado,
Ou talvez é você que não está enxergando.
Que o tempo ta passando, e essa pessoa só te usando.

(Leonardo Pina)
(Pensador)

Postar no Facebook
Quero Viver Um Grande Amor

Não sou de baladas, músicas eletrônicas e bebidas
Não tenho inúmeros amigos e nem chego em casa nos finais de semana durante o dia
Não cultivo gargalhadas por piadas de coisas sem sentido
Não sou dessa era moderna
Desse tempo insano de não sermos queridos
Desse desgastante tempo de não poder, de fato, um grande amor ter vivido
O meu nome é calmaria, é poesia, é ler bons livros
Meu nome é arte, é cumplicidade, é vontade de viver um grande amor um dia
E viver um grande amor pra mim, não é papel, não é aliança material
Viver um grande amor pra mim é compartilhar dele de igual pra igual
É poder expressar o que sinto e sentir que é recíproco
Não quero pensar nessas regras da sociedade
Não quero viver um amor por vaidade
E a todos poder mostrar
Não penso na minha casa e nem se quer em ter filhos
Isso vem com o tempo, se por acaso o tempo quiser nos preparar
Eu quero viver um grande amor
Apenas isso
Daqueles de deitar na grama
De fazer amor sem medo, sem receio com alguém que também me ama
Quero provocar-lhe suspiros verdadeiros
Não só com palavras, mas com um amor sorrateiro
Manso, carinhoso, amigo
Quero ter alguém pra poder dizer como foi meu dia
Um amor pra poder dedicar-lhe minhas poesias
Pra poder não voltar pra casa num chato dia
Quero viver um grande amor
De forma simples e suave
Quero expressar-lhe minhas vontades
E satisfazer qualquer uma dele
Quero sair pra conhecer lugares
Marcar meu nome na árvore
Pra ficar registrado que passamos por ali
Quero viver um grande amor
Pra sair dessa chata rotina
Dessa triste vida
De não se ter alguém
Quero viver um grande amor
Para amar-lhe o seus mistérios
Suas brigas, seus momentos sérios
Quero viver um grande amor
Para poder pôr em prática tanta coisa bonita que tenho aqui dentro
Quero falar-lhe bem baixinho daquilo que sinto
Quero olhar-lhe de um jeito tímido
Compartilhar tantas e tantas brincadeiras
Quero viver um grande amor
Pra poder andar de mãos dadas
Sair pelas estradas, sem ter programado um destino
Quero viver um grande amor
Para dar-lhe carinho, enchê-lo de mimos
E, poder ficar feliz com tudo isso
Quero viver um grande amor
Que possa ser como uma história
Da realidade, da verdade em tempos difíceis
Quero viver um grande amor
Pra sentir a fidelidade, a reciprocidade de sermos mais que amigos
Quero viver um grande amor
Para levantar de manhã e ter um motivo
De sair cantando e de achar que tudo é lindo
Quero viver um grande amor
Até que a morte nos venha visitar
E pra não sentirmos dor alguma
Que juntos ela possa nos levar

(Juliana Sabbatini)

Postar no Facebook
Amar a Sí

Amar a si próprio é uma das artes mais complicadas que o ser humano tem que
enfrentar, mais é preciso. Este amor por si será o mesmo transmitido as
pessoas que estão do seu lado dia a dia.
Feche os olhos e viaje até chegar ao nada, respire fundo e solte o ar
lentamente, continue de olhos fechados, então abra cada porta que estiver
fechada. A porta do amor, da verdade, da alegria, e a porta mais cobiçada
pelos homens a da Paz Interior. Feche as portas que estão abertas e que
batem quando o vento forte chega, a porta da inveja, da insegurança e da
falta de vida. Não estou aqui para passar lição de vida para ninguém, mas
passo o que aprendi até o dia de hoje, talvez amanhã você tenha algo para
passar para alguém, algo que aprendeu ou descobriu em si mesmo ao olhar o
seu reflexo distorcido na água de um rio que nunca para, mesmo com a
correnteza fraca.

Postar no Facebook
Amor e Amizade

Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade
ele me disse essa verdade...
O amor é mais sensível
a amizade mais segura,
o amor nos dás asas,
a amizade o chão.
No amor há mais carinho,
na amizade compreensão.
O amor é plantado
e com carinho cultivado,
a amizade vem faceira
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida companheira.
Mas quando o amor é sincero,
e quando a amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo ou uma
grande paixão,
ambos sentimentos coexistem,
dentro de seu coração.

Postar no Facebook
Amar é

Amar é um jeito próprio de sentir....
É o jeitinho gostoso
de ter alguém que nos ouve
com paciência, e nunca dá
sinal de estar se cansando
com a conversa da gente

O amor surge quando a gente menos espera...
começa nas coisas mais pequenas
no dia em que, pela primeira vez,
fazemos confidências a alguém...
ou quando ajudamos a quem precisa da gente...
ou quando, mesmo sem palavras,
alguém sabe que sentimentos
está outro alguém sentindo.
É um sentimento feliz
que fica no coração por toda a vida.

Postar no Facebook
Anjo do Amor

Há aproximadamente 15 anos atrás quando eu era apenas uma criança, um anjo procurou-me e confiou a mim uma missão muito importante, ele me disse que o anjo mais lindo e mais especial do senhor avia sido enviado a terra, para levar alegria aos corações das pessoas que tenham o prazer e a sorte de conhecê-lo.

E que o meu dever é proteger, amar, dar alegrias e muito carinho a este anjo, aquela situação me deixou muito espantado e sem entender muito do que estava acontecendo eu perguntei a ele, como iria fazer isso sendo tão pequeno e fraco, ele me respondeu, que ia fazer com que eu crescesse e me tornasse uma pessoa com potencial para realizar tal tarefa.



Ele também me disse que eu iria ter que procurar por este anjo e que durante esta procura, eu iria encontrar varias dificuldades, entre as quais fogo e água, sol e chuva, calor e frio, tristezas e alegrias, e que algumas vezes eu iria até me enganar achando que avia encontrado o meu anjo, e que por estes erros eu iria pagar caro, pagar com solidão e sofrimento, mas que as duas maiores dificuldades mesmo iam ser, conquistar o meu anjo e o tempo.



O tempo por que ele ia fazer com que eu ficasse ansioso e em alguns momentos até pensasse em desistir, mas ele também disse que conquistar o meu anjo não iria ser nada fácil, mas eu deveria persisti, persisti até consegui. E antes que ele encerra-se a conversa eu perguntei como ia saber quem é o meu anjo e ele me respondeu que eu iria saber quando o encontra-se, e que ia ser recompensado por todos os sacrifícios pelos quais passei e que o meu anjo ia ter o que lê foi prometido quando fostes envia do a terra.

E agora tendo superado todas as dificuldades anteriores tenho certeza de que finalmente encontrei o meu anjo e é por isso que estou insistindo tanto, quero que saibas que gosto muito de você e que tenho certeza de que tu és o meu anjo, talvez esta seja uma das ultimas chances que tenho de conquistar você, por isso, mesmo correndo o risco de parecer bobo, chato e não ser perdoado pelo silencio eu te peço “fica comigo!!!”.

Postar no Facebook
Lei do Amor

Quando o amor ainda está mesclado com os inpulsos do instinto e do
desejo, nós o encontramos sob o nome de PAIXÃO.
Quando o amor traduz afiinidade, carinho e respeito mútuo,
nós o chamamos de
AMIZADE.
Quando o amor rsvala pelos caminhos áridos do ciúme e da posse, ele
aprisiona, e é quando encontramos o APEGO.
Quand o amor liberta,, nós o chamamos de renúcia.
Quando o amor ainda está fechado em si mesmo, como semente escura e
esnclausurada, nós o chamamos de EGOÍSMO.
Quando o amor se
expende como um
Sol ardente, em
benefício do
semelhante,
torna-se
divino, e o
chamamos de
CARIDADE.

O ÓDIO é apenas a ausência de amor, assim como a sombra é a
ausência de luz, ou então...

....é o amor traído e, por isso mesmo, tempestuoso
O amor é como o Sol...
....está por toda parte.
A diferença está na maneira refletimos
O amor é a força que une os mundos...
....até mundos tão diferentes como
eu e você...
.... está presente nos pequenos seres...
.... e até nos recantos mais escondidos do coração.
Quando nos afastamos desse AMOR, sentimos o frio e a infelicidade na
alma.
Se nos aproximamos dele, sentimos a paz e a alegria. Porém, esse amor
terá matizes diversos, segundo a nossa capacidade de percebê-le em
nós.
Essa é a LEI da vida...
Estamos imersos nesse AMOR.
E é para ele o destino de tods nós.
AMAI-VOS
Vós sois AMOR.

Postar no Facebook
Quando Seu Amor Não É Correspondido

Creio que não haja muitas outras situações na vida que nos machuquem tanto quanto a de não sermos correspondidos no amor! E apesar de ser uma das mais difíceis, também acredito que poucas pessoas tenham escapado dessa dor...

Sendo assim, concluo que há algo de muito importante, diria até essencial, para aprendermos quando isso acontece ao nosso coração. Mas as perguntas que mais gritam em nossa alma, justamente neste momento, são: POR QUÊ? Por que esse amor não pode ser? Por que a pessoa que eu tanto amo não me ama? O que eu posso fazer para mudar essa situação?

Sabe, muitas vezes, o amor não desabrocha por razões concretas. Talvez não justificáveis para nós, mas suficiente para fazer com que o outro simplesmente não nos ame. Podem ser questões religiosas, familiares, sociais, estéticas, de comportamento, enfim, algo como não gosto de fulano porque ele é mentiroso, ou porque ele bebe, ou porque ele é arrogante...

Enfim, razões que bastam para que o outro não se sinta atraído, apaixonado, conquistado... Mas, em outros casos, a pessoa que amamos pode simplesmente não nos amar, sem conseguir encontrar nenhuma justificativa para isso. A gente pode ser, para esta pessoa, bonita, inteligente, agradável, cheirosa, educada, trabalhadora, amiga, possuir diversas outras qualidades e, ainda assim, não despertar nele o mesmo amor que sentimos!

E ainda existem os casos em que somos correspondidas por um tempo, somos amadas, vivemos intensamente um relacionamento e, de repente, sem motivo aparente, sem razões convincentes, o outro nos deixa, vai embora, pára de nos amar...

Diante de situações como essas, sentimos nosso mundo desabar, nossa auto-estima minguar, nossa alegria derreter juntamente com nossas lágrimas... Tentamos, desesperadamente, encontrar uma razão, algo que tenhamos feito de errado, sejam atitudes, palavras, comportamentos, qualquer coisa que nos dê, pelo menos, a chance de reverter essa situação!

Porque sabemos que diante do nada, nada podemos fazer! Porque se não há motivos, então não há o que mudar, com o que lutar, o que justificar... Temos que nos conformar com a possibilidade de que o amor simplesmente tenha acabado... ou nunca tenha existido!

Sinceramente, não sei se acredito que amor acaba sem motivos! Não sei se aceito a idéia de que o amor simplesmente morre. Para mim, amor não morre, é eterno! E se morre, é porque não foi cuidado, não foi alimentado, não foi zelado com o respeito que merece...

No entanto, algumas vezes teremos de lidar com o fim do amor que chega sem explicações, sem motivos aparentes, nos deixando completamente perdidos, mortos na alma e no coração... O que fazer? Quem procurar? Parece que nada alivia: lágrimas, conselhos, consolos, presentes, cantadas, nada é capaz de nos fazer enxergar alguma luz, alguma esperança!

Mas o fato é que não podemos sucumbir, nos entregar. Precisamos aprender o que há para ser aprendido; superar o que há para ser superado e fazer como a Fênix – renascer das cinzas! E voar novamente, para alcançar um patamar acima de nossa existência!

E por mais batida que pareça essa afirmação, por mais doloroso que seja ter de aceitá-la como verdadeira, só há um remédio para tamanha dor: o tempo!!! Porque o tempo tudo cura, tudo revela e tudo faz renascer. O coração cicatriza, a alma se torna mais sábia e o amor ressurge... em busca de um outro coração, em busca de uma nova tentativa de ser feliz!

(Rosana Braga)
(Somos Todos Um)

Postar no Facebook