Mensagens Evangélicas de Otimismo


Só Deus pode restaurar o que se quebrou em sua vida, só o amor de Deus pode te da tristeza que sente agora e criar algo maravilhoso em sua vida. Deus é bom e misericordioso, e Ele não pede nada em troca, pede apenas que você confie Nele.

Só Deus pode trazer paz para aquilo que lhe aconteceu no passado, só Deus pode trazer um sentido para a sua vida no presente, e esperança no futuro. Os planos de Deus para nós são muito maiores do que os nossos sonhos. Nós, com a nossa pouca sabedoria humana, não sabemos dar o devido valor àquilo que realmente importa na vida, mas Deus, às vezes a duras pedras, nos mostra o que é importante de verdade.

Quando você estiver triste, feche os olhos, fique em silêncio e se aproxime de Deus. Quando oramos, nós falamos com Deus, mas quando meditamos, permitimos que Deus fale conosco, e é preciso saber sentir as palavras de Deus em nossa vida.

Se você confia em Deus, não há o que temer! Faça a sua fé ser maior do que o seu medo.

A confiança requer que você coloque sua agenda nas mãos de Deus, crendo que o tempo
dele é perfeito para todas as coisas em sua vida. Sua natureza humana quer que as boas coisas aconteçam imediatamente, não mais tarde. Mas você aprende a crer e a esperar que as coisas aconteçam no tempo perfeito de Deus à medida que amadurece na vida cristã. Confiar em Deus freqüentemente significa não saber como Ele irá realizar algo e quando Ele o fará. Mas não
saber “como e quando” fortalece sua fé e lhe ensina lições de confiança. Lembre-se: a confiança não é herdada, é aprendida. O tempo desempenha um papel importante para aprender a confiar em Deus. À medida que você experimentar a fidelidade do Senhor, vez após vez, desistirá de
confiar em si mesmo e colocará sua vida nas mãos habilidosas de Deus. Esse é um lugar maravilhoso para estar!


(Joyce Meyer)

Você diz: "Isso é impossível"
Deus diz: "Tudo é possível" (Lucas 18:27)

Você diz: "Eu já estou cansado"
Deus diz: "Eu te darei o repouso" (Mateus 11:28-30)

Você diz: "Ninguém me ama de verdade"
Deus diz: "Eu te amo" (João 3:16 & João 13:34)

Você diz: "Não tenho condições"
Deus diz: "Minha graça é suficiente" (II. Corintos 12:9)

Você diz: "Não vejo saída"
Deus diz: "Eu guiarei teus passos" (Provérbios 3:5-6)

Você diz: "Eu não posso fazer"
Deus diz: "Você pode fazer tudo" (Filipenses 4:13)

Você diz: "Estou angustiado"
Deus diz: "Eu te livrarei da angustia" (Salmos 90:15)

Você diz: "Não vale a pena"
Deus diz: "Tudo vale a pena" (Romanos 8:28)

Você diz: "Eu não mereço perdão"
Deus diz: "Eu te perdôo" (I Epistola de São João 1:9 & Romanos 8:1)

Você diz: "Não vou conseguir"
Deus diz: "Eu suprirei todas as suas necessidades" (Filipenses 4:19)

Você diz: "Estou com medo"
Deus diz: "Eu não te dei um espírito de medo" (II. Timóteo 1:7)

Você diz: "Estou sempre frustrado e preocupado"
Deus diz: "Confiai-me todas as suas preocupações" (I Pedro 5:7)

Você diz: "Eu não tenho talento suficiente"
Deus diz: "Eu te dou sabedoria" (I Corintos 1:30)

Você diz: "Não tenho fé"
Deus diz: "Eu dei a cada um uma medida de fé" (Romanos 12:3)

Você diz: "Eu me sinto só e desamparado"
Deus diz: "Eu nunca te deixarei nem desampararei"

Por que te confundes e te agitas diante dos problemas da vida?
Deixe que eu cuide de todas as tuas coisas e tudo será melhor.
Quando você se entregar a mim,
tudo se resolverá com tranqüilidade segundo meus designos.
Não te desespere, não me dirija uma oração agitada,
como se quisesse exigir o cumprimento dos teus desejos.
Feche os olhos da alma e diga-me com calma:

Jesus, eu confio em ti.

Evite preocupações e as angústias
e os pensamentos sobre o que pode acontecer depois.
Não bagunce os meus planos, querendo impor suas idéias.
Deixa-me ser Deus e atuar com liberdade.
Se abandone confiadamente em mim.
Repouse em mim e deixe em minhas mãos o teu futuro.
Diga-me freqüentemente:

Jesus, eu confio em ti.

O que mais danos te causa são sua razões,
sua próprias idéias e você querer resolver as coisas a tua maneira.
Quando me disser:
Jesus, eu confio em ti,
não seja como o paciente que pede ao médico que o cure,
porque lhe sugere o modo de fazer.
Deixe se levar em meus braços divinos, não tenha medo,

EU TE AMO.

Se acreditar que as coisas pioram
ou se complicam apesar de tua oração, siga confiando.
Feche os olhos da alma e confia.
Continue dizendo a toda hora:

Jesus, eu confio em ti.

Necessito das mãos livres para fazer a minha obra.
Mesmo que a dor seja tão forte,
a ponto de derramar lágrimas dos seus olhos.
Estarei com você e com a sua família em todos os momentos.
Diga:

Jesus, eu confio em ti.

Confia só em mim, abandona-se em mim,
jogue todas as suas angústias e durma tranqüilo.
Diga-me sempre:

Jesus, eu confio em ti,

e verás acontecer grandes milagres.
Eu te prometo por meu amor.
Pois, sempre confiarei em você, meu filho...

Aprendi com o Mestre dos Mestres que a arte de pensar é o tesouro dos sábios. Aprendi um pouco mais a pensar antes de reagir, a expor - e não impor - minhas idéias e a entender que cada pessoa é um ser único no palco da existência.

Aprendi com o Mestre da Sensibilidade a navegar nas águas da emoção, a não ter medo da dor, a procurar um profundo significado para a vida e a perceber que nas coisas mais simples e anônimas se escondem os segredos da felicidade.

Aprendi com o Mestre da Vida que viver é uma experiência única, belíssima, mas brevíssima. E, por saber que a vida passa tão rápido, sinto necessidade de compreender minhas limitações e aproveitar cada lágrima, sorriso, sucesso e fracasso como uma oportunidade preciosa de crescer.

Aprendi com o Mestre do Amor que a vida sem amor é um livro sem letras, uma primavera sem flores, uma pintura sem cores. Aprendi que o amor acalma a emoção, tranquiliza o pensamento, incendeia a motivação, rompe obstáculos intransponíveis e faz da vida uma agradável aventura, sem tédio, angústia ou solidão. Por tudo isso Jesus Cristo se tornou, para mim, um Mestre Inesquecível"

Augusto Cury

Quando o apóstolo Paulo, por exemplo, está dando um discurso para alguns presbíteros da igreja de Éfeso, ele diz em Atos 20 que eles devem cuidar do rebanho de Deus, a igreja de Deus em Éfeso, que Deus comprou com seu próprio sangue. Isso não é notável? Deus? Com seu próprio sangue? É claro, ele poderia esmiuçar isso, ele poderia explicar só um pouco mais. Isto é, ele poderia dizer, é claro, não é o Pai Celestial, mas o Filho de Deus, Jesus, que é o próprio Deus, e por ele ser Deus, ele dá sua vida e derrama seu sangue, portanto é apropriado dizer que Deus derramou sua vida. Se você tiver que desembrulhar foi isso que ele quis dizer.

Contudo, não deixe o choque da linguagem impedir você. Esta é a ação de Deus em Cristo Jesus, no Deus-Homem. Esta não é a morte de um indivíduo humano, e nada mais. É o indivíduo humano que também era o Deus Vivo que foi pendurado naquela cruz não por ser forçado a fazer pelas circunstâncias, mas porque ele está trazendo em si mesmo todos os fios do sistema sacrificial do Antigo Testamento, aquele sistema de templo, trazendo-o para de si mesmo, todos os fios da queda, a promessa da semente da mulher vindo para esmagar a cabeça da serpente através de sua própria morte.

Levando o pecado e rudemente zombado,
Ele permaneceu em meu lugar condenado
Com seu sangue, o meu perdão ele selou!
Aleluia! que grande Salvador!

É apropriado falar do Deus que morre.

No fim da Primeira Guerra Mundial, a mais sangrenta, disparatada e estúpida guerra, muitos poetas ingleses; Wilfred Owen, Rupert Brook, mais um ou dois; escreveram algumas poesias muito comoventes sobre a selvageria da guerra. Uma das menores obras, de Edward Shillito, era chamada de “Jesus das Cicatrizes”. E o poeta termina dizendo:

“Outros deuses eram fortes, mas tu eras fraco;
Eles cavalgaram, mas cambaleaste até teu trono;
E às nossas feridas, só as feridas de Deus podem falar.
E nenhum deus possui feridas, além de ti.”

Então quando encaramos as desolações da incerteza, quando há sofrimento e agonia em nossas vidas ou no mundo, e nos perguntamos o que Deus está fazendo e não temos respostas, e relemos o livro de Jó, essa literatura sapiencial, que vimos sessões atrás, e ouvimos Deus dizendo: “Você não entende tudo”. Nós podemos agora adicionar mais uma coisa: ”Somente Deus pode falar com as nossas feridas, E nenhum deus possui feridas, além de ti.” Você pode confiar em um Deus que não é apenas soberano, mas que sangra por você. E às vezes quando não há outras respostas para sua culpa, ou seus medos, ou suas certezas, ou sua angústia, há um lugar inalterável para você ficar de pé. É o solo diante da cruz.

(D.A. Carson)
(Voltemos ao Evangelho)

A vida, por vezes, é um local onde a sorte nos escapa dos dedos, onde a fé parece um bicho invisível. Seu pensamento, amiga, neste momento difícil, é de desanimo, é de amargura. Acontece que isso não ajuda a você jogar fora essa doença!

Você tem de descobrir a força que há em si, a garra que você nem imagina que possui, e eu tenho certeza que nesse dia tudo vai ser diferente, todas as suas angústias vão virar esperança e você vai melhorar em pouco tempo. Não espere mais! Se levante e encare a vida com coragem!

Muitos... creram no seu nome; mas o próprio Jesus não se confiava a eles... porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana. JOÃO 2.23-25

Jesus amou as pessoas, especialmente seus discípulos. Ele tinha um grande relacionamento com eles, viajava e comia com eles, bem como os ensinava. Mas Ele não colocava sua confiança neles, porque conhecia a natureza humana. Isso não significa que Ele não confiava em seu relacionamento com eles; mas simplesmente Ele não se abria a eles da mesma forma que Ele confiava e se abria a seu Pai celestial. É assim que você deve ser. Muitas vezes as pessoas formam relacionamentos íntimos e dependem demais dos seus amigos, em vez de buscar a Deus. Mas você não precisa fazer isso. Mesmo nos melhores relacionamentos, as pessoas o desapontarão porque as pessoas não são perfeitas. É certo amar e respeitar os outros, mas lembre-se sempre de que o único que nunca falhará com você é Deus.

(Joyce Meyer)
(joycemeyer.com.br)

Em alguns momentos da vida nos vemos revoltados, sem conseguir entender porque tantos males nos assolam. Questionamos o poder e a bondade de Deus, como pode Ele nos deixar sofrer, nós que somos os seus filhos, as suas criaturas. Em alguns momentos da vida, até chegamos a virar as costas para Deus. Mas a verdade é que apesar de Deus ser onisciente e onipresente, viver está em nossas mãos. Ele não controla as nossas vidas e nem todas as coisas que nos acontecem, mas nos guia e nos ilumina para sabermos lidar com elas.

Meu Deus, eu sei que não tenho sido o melhor dos teus filhos, sei que tenho questionado o teu amor por mim e a tua compaixão. Mas Senhor, quero que saibas que em momento algum perdi a fé em ti. Apesar da minha aparente rebeldia, o meu coração sempre foi fiel a ti, nunca deixei apagar o fogo da minha fé. Eu peço perdão Senhor, se em algum momento lhe ofendi. Eu sei que o Senhor só quer o melhor para mim.

Eu entrego o meu coração em tuas mãos, ó Deus, me ilumina e me traz paz! Amém!

Meu Deus, obrigada por esta conquista! Não há maior recompensa na vida que atingir qualquer meta através de nosso esforço. Então eu me sinto muito feliz e muito realizada. Acontece que nada disto seria possível sem seu apoio.

Se eu não sentisse sua presença junto a mim, oh Deus, eu sei que nunca teria alcançado esta grande vitória. Obrigado pela fé, pela força, pelos sinais de superação. Obrigado por existir, meu Deus.

A felicidade abraçou seu coração! Sinto uma alegria enorme por você ter finalmente saído desse hospital. Acredite que isso acontece porque você provou ser uma pessoa muito forte e batalhadora! Não foi nada fácil, bem pelo contrário, mas você deu a volta por cima.

Você superou esse obstáculo com muita fé e esperança e hoje, você é um exemplo para todo mundo! Sempre que seus olhos observam o reflexo no espelho, você vai encontrar uma pessoa muito orgulhosa devido a esse feito tão importante! Parabéns!

Seja muito bem-vindo! Toda a comunidade está recebendo você, querido Padre, com um abraço e com as maiores expectativas. A ansiedade de receber a palavra de Deus através de seus ensinamentos é alta. Fique sabendo que a fé é o caminho de todos que pertencem a esta linda paróquia!

O amor, a amizade, o respeito e o sacrifício são os alicerces de todos nós. Pode ter certeza que sua chegada causa furor entre todos, com a certeza de um futuro construído por todos. Até breve, Padre.

Os anjos guardiães são embaixadores de Deus, mantendo acesa a chama da fé nos corações e auxiliando os enfraquecidos na luta terrestre.
Quais estrelas formosas, iluminam as noites das almas e atendem-lhes as necessidades com unção e devotamento inigualáveis.

Perseveram ao lado dos seus tutelados em toda circunstância, jamais se impacientando ou os abandonando, mesmo quando eles, em desequilíbrio, vociferam e atiram-se aos despenhadeiros da alucinação.

Vigilantes, utilizam-se de cada ensejo para instruir e educar, orientando com segurança na marcha de ascensão.

Envolvem os pupilos em ternura incomum, mas não anuem com seus erros, admoestando com severidade quando necessário, a fim de lhes criarem hábitos saudáveis e conduta moral correta.

São sábios e evoluídos, encontrando-se em perfeita sintonia com o pensamento divino, que buscam transmitir, de modo que as criaturas se integrem psiquicamente na harmonia geral que vige no Cosmo.

Trabalham infatigavelmente pelo Bem, no qual confiam com absoluta fidelidade, infundindo coragem àqueles que protegem, mantendo a assistência em qualquer circunstância, na glória ou no fracasso, nos momentos de elevação moral e naqueloutros de perturbação e vulgaridade.

Nunca censuram, porque a sua é a missão de edificar as almas no amor, preservando o livre-arbítrio de cada uma, levantando-as após a queda, e permanecendo leais até que alcancem a meta da sua evolução.

Os anjos guardiães são lições vivas de amor, que nunca se cansam, porquanto aplicam milênios do tempo terrestre auxiliando aqueles que lhes são confiados, sem se imporem nem lhes entorpecerem a liberdade de escolha.

Constituem a casta dos Espíritos Nobres que cooperam para o progresso da humanidade e da Terra, trabalhando com afinco para alcançar as metas que anelam.

Cada criatura, no mundo, encontra-se vinculada a um anjo guardião, em quem pode e deve buscar inspiração, auscultando-o e deixando-se por ele conduzir em nome da Consciência Cósmica.

Tem cuidado para que te não afastes psiquicamente do teu anjo guardião.

Ele jamais se aparta do seu protegido, mas este, por presunção ou ignorância, rompe os laços de ligação emocional e mental, debandando da rota libertadora.

Quando erres e experimentes a solidão, refaze o passo e busca-o pelo pensamento em oração, partindo de imediato para a ação edificante.

Quando alcances as cumeadas do êxito, recorda-o, feliz com o teu sucesso, no entanto preservando-te do orgulho, dos perigos das facilidades terrestres.

Na enfermidade, procura ouvi-lo interiormente sugerindo-te bom ânimo e equilíbrio.

Na saúde, mantém o intercâmbio, canalizando tuas forças para as atividades enobrecedoras.

Muitas vezes sentirás a tentação de desvairar, mudando de rumo. Mantém-te atento e supera a maléfica inspiração.

O teu anjo guardião não poderá impedir que os Espíritos perturbadores se acerquem de ti, especialmente se atraídos pelos teus pensamentos e atos, em razão do teu passado, ou invejando as tuas realizações... Todavia te induzirão ao amor, a fim de que te eleves e os ajudes, afastando-os do mal em que se comprazem.

O teu anjo guardião é o teu mestre e amigo mais próximo.

Imana-te a ele.

Entre eles, os anjos guardiães e Deus, encontra-se Jesus, o Guia perfeito da humanidade.

Medita nas Suas lições e busca seguir-Lhe as diretrizes, a fim de que o teu anjo guardião te conduza ao aprisco que Jesus levará ao Pai Amoroso.

A fé vai muito além do sentimento, é uma convicção. Quando Jesus andava sobre as águas em meio a tempestade, Pedro ousou: “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas” (Mt 14.26). A confiança plena do apóstolo nas palavras de Cristo o fez literalmente pairar sobre a aguaceira…

Que cena! A fé nos dá a capacidade de transpormos a barreira do impossível, pois o alicerce da fé é a palavra de Deus, e não, as circunstâncias. Porém, quando deixamos o sentimento aflorar naufragamos: “mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: Senhor, salva-me” (v. 30).

O apóstolo submergiu porque deixou que seu sentimento, o medo, falasse mais alto do que a palavra do Messias.

Do mesmo modo, muitos crentes deixam a volatilidade dos sentimentos determinarem sua fé. A postura de Tomé é reproduzida na vida de milhões de cristãos: “se eu não vir as marcas dos pregos nas suas mãos, não colocar o meu dedo onde estavam os pregos, não puser a minha mão no seu lado, não crerei” (Jo 20.25).

A declaração de Tomé é o oposto da fé – convicção nos fatos que não se vêem (Hb 11.1) – ele deseja uma constatação, uma prova material, concreta.

Contudo, a fé não se apóia numa realidade física, mas no convencimento do Espírito Santo que a Palavra de Deus é real e não pode cair ao vento… Nas palavras do próprio Cristo a Tomé: “Por que me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram” (Jo 20.29).

O profeta Jeremias declarava: “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas” (Jr 17.9). É o coração que “bombeia” nossos sentimentos, logo, se deixarmos que os sentimentos ditem nossa fé estaremos constantemente afundando nas tempestades da vida ou clamando para “colocar o dedo” nos resultados.

A fé é um dom divino (Ef 2.8), vem pelo ouvir a Palavra de Deus (Rm 10.17), mas que pode e deve ser exercitada (Mt 17.20) assim como um grão de mostarda que se desenvolve até se tornar um ramo.

Quanto mais nos apoiarmos nas Sagradas Escrituras e orarmos mais intensa será a manifestação da glória de Deus, produzindo em nós experiência e convicção no poder e na fidelidade divina.

É verdade que a fé nos dá um sentimento de descanso e paz, mas no caso de Pedro, o impulso veio da fé. O apóstolo Paulo ensinava: “Seja a paz de Cristo o árbitro de vosso coração” (Cl 3.15). Assim, podemos ter notícias bombásticas que afetem nosso coração, não obstante, podemos crer e descansar nas promessas divinas, pois Deus nos dá a paz que excede todo entendimento.

Tenha fé!

(Pr. Hélder Rodrigues de Souza)
(Pregações Evangélicas)

Hoje, você está sofrendo muito por causa do fim do seu namoro ou noivado. A dor do amor é uma das piores dores que uma pessoa pode sentir na vida. Não se desespere. Essa dor, embora seja muito forte, embora ela lhe traga um sofrimento muito grande, não se esqueça: ela também vai passar. Tudo nessa vida passa. Respire fundo e Tenha calma. Procure Deus. Ore a Ele. Converse com Ele, pois somente o Senhor Jesus pode colocar nos corações humanos o único, fiel e verdadeiro Amor.

Ouça o que o Seu Deus de Amor tem para lhe falar:

Hoje você está assim:

Tem compaixão de mim, ó Senhor, porque estou angustiado; consumidos estão de tristeza os meus olhos, a minha alma e o meu corpo. (Salmos 31:9)

A minha alma se consome de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra. (Salmos 119:28)

Mantenha a calma e não se preocupe! Entregue toda dor e tristeza nas mãos do Senhor Jesus Cristo.

Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.
(Mateus 11:28-30)

Ainda que tudo e todos te abandonem o Nosso Deus Poderoso jamais te abandona. Confie em Deus. Acredite: Ele está aí ao seu lado. Chame por Ele. Converse com Ele.

Deus te ama!

(Deus Quer Falar Contigo)