Amar, Sorrir, Chorar

Já sorri e dei até risada; já me senti especial do nada ou do tudo que um dia o amor me ofereceu. Já amei sem preconceito e senti o amor junto ao meu peito. Mas hoje meu coração celebra tristeza com toda emoção.

Sinto que a infelicidade é o meu caminho e todos os atalhos me levarão a algo parecido com tristeza. Preciso de uma luz que me lembre que o amor não é a coisa mais importante do mundo, mas sim a razão de todas as coisas.

Mensagens Relacionadas

Tudo o que eu preciso é chorar,
pois só assim conseguirei
pôr toda a dor para fora.
Mas não tenho mais lágrimas...
Elas secaram.
Como vou lavar minha alma agora?
Ainda tem muita tristeza aqui dentro.
Não olhe nos meus olhos
Eles só expressam desespero
Acho que ninguém pode me ajudar
Ainda não encontrei alguém
Para dizer que se importa de verdade
Para dizer que vai ficar tudo bem
E que ainda vale a pena.

Quando surge aquela vontade de chorar eu deixo, mas logo me levanto para reencontrar a alegria de viver.

Ser homem é ser forte e é chorar sem esconder, mas também agradecer a chance de existir no coração de quem ama. Feliz Dia do Homem!

Você nunca estará sozinha, amiga. Eu sinto a sua dor, eu vejo o seu luto e eu espero que saiba que estou aqui. Sua perda dói, eu sei, mas Deus tem um plano maior para todos nós.

A fé vai guiar você e eu estarei ao seu lado garantindo que sua caminhada seja o mais leve possível. Agora é hora de dizer adeus a alguém muito especial para você e eu sei que é difícil.

Seja forte, mas saiba que tudo bem você ficar triste e chorar. A morte faz parte da vida, mas não quer dizer que seja fácil. Eu estarei aqui para tudo que precisar. Amo você!

Passei a maioria da minha vida tentando não chorar na frente das pessoas que me amavam, por isso eu sabia o que Augustus estava fazendo. Apertamos os dentes. Olhamos para cima.

Dizemos a nós mesmos que se nos virem chorar isso as fará sofrer, e passaremos a ser apenas uma tristeza na vida dessas pessoas, e então não choramos, e estaremos dizendo tudo isto para nós mesmos enquanto olhamos o teto, mas aí engolimos a dor, apesar da nossa garganta não querer se fechar, olhamos a pessoa que nos ama e sorrimos.

John Green, A Culpa é das Estrelas