O Laço e o Abraço

Meu Deus, como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado
como é curioso um laço...
Uma fita dando voltas? Se enrosca...
Mas não se embola, vira,
revira, circula e pronto:
Está dado o abraço.

É assim que é o abraço:
coração com coração,
tudo isso cercado de braço.
É assim que é o laço:
um abraço no presente,
no cabelo, no vestido,
em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta,
o que é que acontece?
Vai escorregando devagarinho
desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo,
fica solto no vestido.
E na fita, que curioso,
não faltou nem um pedaço.
Ah! Então é assim o amor,
a amizade, tudo que é sentimento,
como um pedaço de fita?
Enrosca, segura um pouquinho,
mas pode se desfazer a qualquer hora,
deixando livre as duas bandas do laço.

Por isso é que se diz:
laço afetivo, laço de amizade.
E quando alguém briga,
então se diz - romperam-se os laços.
E saem as duas partes,
igual meus pedaços de fita,
sem perder nenhum pedaço.

Então o amor é isso...
Não prende, não escraviza,
não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó,
já deixou de ser um laço.

(Maria Beatriz Marinho dos Anjos)

Mensagens Relacionadas

Há laços na vida que nascem com cada um de nós, que se formam à nascença, sendo que a esses a quem estamos unidos desde o berço chamamos de família. Depois há outro tipo de laço, por vezes muito mais forte, mais duradouro, mais necessário, sendo que a essas pessoas chamamos de amigos!

Quando verdadeira, quando sincera, uma amizade será eterna e um dos maiores confortos que terá em sua vida. Um laço de amizade forte o fará sentir seguro como nenhum outro, então se tiver amizades verdadeiras em sua vida, não esqueça nunca de as cuidar e lhe dar todo o amor e atenção!

O casamento é um de um laço de amor. Um laço que deve ser leve como um abraço, não apertado como um nó, mas firme o suficiente para não se desfazer com o vento.

O casamento deve ser feito de amor, de respeito e admiração. Deve sobreviver ao fim da paixão, a tormentas e qualquer tipo de tentação. Num casamento deve haver diálogo, não discussão. O importante não é saber quem tem razão, mas encontrar um consenso.

Num casamento, as duas partes devem aprender a ceder. Se apenas um cede, sem nada em troca receber, a frustração se instala e a amargura pode começar a crescer.

As mágoas e tristezas que surgem não devem ser guardadas, devem virar palavras, que sejam escritas ou faladas. As palavras emudecidas, viram rancor. E não há nada melhor para acabar com o amor do que um baú de memórias cheio de rancor.

O casamento deve ser um compromisso feliz e espontâneo. Não um encargo pesado, uma obrigação. No casamento deve haver união, porque quando duas pessoas se juntam é para remar na mesma direção.

O casamento é apenas o começo! Um laço de amor que pode guardar um presente maravilhoso para o futuro.

O noivado é um passo importante, um passo adiante num relacionamento, e mostra que há um horizonte de felicidade e luz em comum vislumbrado por duas pessoas que se amam e que acreditam numa vida feliz. É uma decisão que prepara um projeto de vida.

Quando duas pessoas se amam e resolvem passar o resto de suas vidas juntas, começam a tecer os laços que abraçarão a união num momento único de louvor ao amor. O noivado é o sonho que se prepara para se tornar realidade. O noivado é a preparação de uma aliança de amor. É sinal de compromisso e responsabilidade com uma vida a dois, com a constituição de uma nova família, que une outras duas, a do noivo e a da noiva.

O noivado é um momento de preparação e amadurecimento, de consolidação de expectativas. O noivado acaba no caminho que leva a noiva em direção ao altar, e que conduz uma vida à outra. No momento do sim, os noivos passam a ser marido e mulher, a pertencer um ao outro, e com respeito, amor e responsabilidade mútua, dizer sim é aceitar o desafio de andar de mãos dadas pela vida construindo a felicidade diariamente.

Se você não está bem, eu não ando bem também. Amizade é isso! Sei que você anda em baixo, anda preocupado, estressado. Então isso me deixa preocupado, porque eu conheço seu jeito e você é uma pessoa cheia de vida para dar e vender, no entanto anda sem ânimo, sabe? A gente tem de dar um jeito nisso. Um jeito para tocar você para a frente, para o caminho certo e merecido: o caminho para a felicidade e o bem-estar. Não vou descansar enquanto você estiver metido nesse poço injusto.

A vida é um momento pequeno onde a gente busca o que de melhor está à disposição. Acontece que diversas vezes, o melhor da vida anda meio escondido, anda fugindo de nossos braços. A gente não pode parar nunca de procurar o sumo da vida. Na verdade, o melhor da vida é sempre o agora, o tempo. Tudo o resto são coisas triviais! Então se levanta e parta em busca do seu espaço de satisfação. Não se permita desistir. Sim, porque sempre que você caminha cabisbaixo e sempre que você não oferece um sorriso aberto ao mundo e às pessoas você está desistindo. Abrace o mundo a toda a hora porque a vida é um momento só e que não para nunca. Você não está sozinho.
Conte comigo para tudo!

Dizem os orientais que, quando abraçarmos uma pessoa querida a quem amamos, devemos fazer da seguinte forma: inspirando e expirando três vezes, e aí sua felicidade se multiplicará pelo menos dez vezes.

O efeito terapêutico do abraço é inegável. Diante disso não podemos esperar para abraçarmos a quem queremos bem. Se você estiver sentindo um vazio interior, tente abraçar o seu amigo, deslizando delicadamente a mão sobre as costas dele, para que o possa sentir junto a você.

Nos momentos de dor ou de alegria é que vemos o bem que um grande e demorado abraço nos causa. Pelo abraço, transmitimos emoções, recebemos carinho, trocamos afeto, compartilhamos alegria, amenizamos dores, demonstramos amizade, doamos amor, expressamos nossa humanidade.

É tempo de enlaçarmos nossos braços num terno, profundo e afetuoso abraço!