Saber Acreditar

Saber Acreditar

Acredite no tempo, na sabedoria e principalmente no amor.
Aí com certeza, um dia a felicidade há de bater à sua porta!
Tenha tempo para os sonhos, eles conduzirão sua carruagem paras as estrelas.

Mensagens Relacionadas

Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

Paulo Coelho

Você é forte, mãe! Não baixe os braços; não desista. Lute! Lute hoje mais que ontem, amanhã mais que hoje. E vença. O segredo está no acreditar, na fé, no empenho. Tenho certeza que você vai sair vitoriosa.

Essa batalha é sua, mãe! Enfrente todos os instantes difíceis com a energia que lhe é caraterística. É que tudo em você é garra, é força, é conquista! E nenhum desafio é maior que sua alma. Força, mãe!

Às vezes estamos na iminência de dar um passo importante na nossa vida, mas o medo de fracassar acaba por nos paralisar. O negativismo só nos faz perder grandes oportunidades, por isso seja otimista para que haja mais luz no seu horizonte.

Acredite nas suas capacidades, mesmo perante os maiores desafios. Ir em frente será sempre o melhor plano para vencer.

Não sei se a vida é curta
ou longa para nós,
mas sei que nada do que
vivemos tem sentido,
se não tocarmos
o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove.
E isso não é coisa
de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
pura enquanto durar.
Feliz aquele que
transfere o que sabe
e aprende o que ensina.

(Cora Coralina)

Lembro-me muito bem das palavras de meus pais, ainda criança, ao término de qualquer campeonato em que eu era participante, quando de lá saía com uma medalha pendurada no pescoço, de qualquer outra cor diferente da dourada: O importante é participar.

Uma ova, eu pensava. Participar é coisa para perdedor, se estou no campeonato é para ganhar! Se não for dessa forma, por que estar lá? Sempre perfeccionista, como se isso fosse uma grande virtude.
O perfeccionismo, e não me refiro ao distúrbio neurótico, mas o normal, pode ser um triunfo, quando visto pelos esforços para se atingir a excelência, mas se tornar maléfico, quanto à reação defensiva às críticas, e desastroso, quanto às exigências de padrões inatingíveis.

Ouvi algumas vezes um ditado popular, que utilizo sempre que preciso tomar decisões: O ótimo é inimigo do bom. Outro ditado, que agora está na moda, traz uma mensagem próxima: Menos é mais. Isso significa que estamos em constante mudança e evolução. Para tanto, é possível dizer que o tempo que se gasta com o propósito da perfeição pode ser mais bem aproveitado.

Até que se atinja a perfeição, oportunidades podem ser desperdiçadas em função do olhar centrado. Estatisticamente, um ponto fora da curva é chamado de especial e desconsiderado na análise de um processo.

Concomitantemente, é possível afirmar que no jogo do dinheiro não existe quem acerte todas as análises. É preciso saber perder. E estudos de finanças comportamentais apontam que a aversão à perda é um dos fatores que prejudicam a tomada de decisão mais coerente.

Com o passar do tempo, experiência, maturidade e educação financeira é que percebi a importância de se buscar a excelência, mas sem o medo do arrependimento por uma decisão equivocada. Aprendi que perder faz parte do jogo e é melhor assumir a perda, a sustentar, com orgulho, uma teoria que se mostra ineficaz.

As palavras do velho Lou, dirigidas ao aprendiz Bud Fox, chamaram a minha atenção em um dos mais famosos filmes sobre o mercado acionário, Wall Street, poder e cobiça, no momento em que o ambicioso jovem o procurou para tratar de um investimento, que, de acordo com ele, era garantido: ...ambiciosos entram e saem no mercado em alta. Os responsáveis sobrevivem ao mercado em baixa. Sábio Lou!

Sinto-me confortável em afirmar que devemos buscar uma medalha de ouro, ainda que, ao término da competição, não ocupemos o lugar mais alto do pódio. Competindo, ao menos corremos o risco de ganhar.

Perder não é nada bom, mas saber perder é, no mínimo, inteligente.

(Prof. Boro)
(Win Trade)