Aflição Vazia

Ante as dificuldades do cotidiano, exerçamos a paciência, não apenas em auxílio aos outros, mas igualmente a favor de nós mesmos.
Desejamos referir-nos, sobretudo, ao sofrimento inútil da tensão mental que nos inclina à enfermidade e nos aniquila valiosas oportunidades de serviço.

No passado e no presente, instrutores do espírito e médicos do corpo combatem a ansiedade como sendo um dos piores corrosivos da alma. De nossa parte, é justo colaboremos com eles, a benefício próprio, imunizando-nos contra essa nuvem da imaginação que nos atormenta sem proveito, ameaçando-nos a organização emotiva.

Aceitemos a hora difícil com a paz do aluno honesto, que deu o melhor de si, no estudo da lição, de modo a comparecer diante da prova, evidenciando consciência tranqüila.

Se o nosso caminho tem as marcas do dever cumprido, a inquietação nos visita a casa íntima na condição do malfeitor decidido a subvertê-la ou dilapidá-la; e assim como é forçoso defender a atmosfera do lar contra a invasão de agentes destrutivos, é indispensável policiar o âmbito de nossos pensamentos, assegurando-lhes a serenidade necessária...

Tensão à face de possíveis acontecimentos lamentáveis é facilitar-lhes a eclosão, de vez que a idéia voltada para o mal é contribuição para que o mal aconteça; e tensão à frente de sucessos menos felizes é dificultar a ação regenerativa do bem, necessário ao reajuste das energias que desastres ou erros hajam desperdiçado.

Analisemos desapaixonadamente os prejuízos que as nossas preocupações injustificáveis causam aos outros e a nós mesmos, e evitemos semelhante desgaste empregando em trabalho nobilitante os minutos ou as horas que, muita vez, inadvertidamente, reservamos à aflição vazia.

Lembremo-nos de que as Leis Divinas, através dos processos de ação visível e invisível da natureza, a todos nos tratam em bases de equilíbrio, entregando-nos a elas, entre as necessidade do aperfeiçoamento e os desafios do progresso, com a lógica de quem sabe que tensão não substitui esforço construtivo, ante os problemas naturais do caminho. E façamos isso, não apenas por amor aos que nos cercam, mas também a fim de proteger-nos contra a hora da ansiedade que nasce e cresce de nossa invigilância para asfixiar-nos a alma ou arrasar-nos o tempo sem qualquer razão de ser.

Mensagens Relacionadas

Está se aproximando o dia mais especial da sua vida. Fico alegre em ver você dar esse passo tão importante, mas triste por sentir como esta casa ficará vazia e imaginar como serão as coisas com você mais longe de mim.

Ser sua irmã é um orgulho que me preenche a alma e nunca terei vergonha de o dizer. Desejo acima de tudo que você seja muito feliz e que muitas bênçãos preencham o caminho que escolheu.

Certa manhã, meu pai convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai. É uma carroça vazia ...

Perguntei ao meu pai:
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça está vazia, por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, inoportuna, interrompendo a conversa de todo mundo, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: - Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...

Antes, com o sentimento adormecido,
Sentia-me tranquila, porém, sozinha.
Ao te reencontrar, a paz mascarada,
Que em mim havia, caiu vazia.

Despertando saudades
Do pouco que tivemos e desejos
De vivermos o que antes não vivemos.

É difícil admitir, mas o nosso reencontro
foi marcante, e muito especial para mim.
Sei que sem querer e sem perceber,
Deste-me um novo fôlego de vida,
Uma pequena esperança até então perdida.

Ah!... Se ao menos soubesse se faço parte
Dos desejos do teu coração,
Tomaria com certeza uma decisão.

Agora, depois que te reencontrei,
Difícil mesmo será prosseguir a vida,
Da mesma forma que seguia,
Na mesma direção e vazia!

A justiça de quem procura vingança é como a vitória de quem trapaceia: vazia.

Na vida já tive várias desilusões e meu caminho continua sendo feito com muitos desafios, mas eu sei que aconteça o que acontecer não estarei sozinha, pois Deus está sempre do meu lado.

É através da força diária que Ele me dá que vou persistindo e lutando. E mesmo quando meu coração está em aflição, Deus me estende sua mão e eu perco a vontade de desistir.