Consolo na Praia

Vamos, não chores...
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis casa, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o "humour"?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

(Carlos Drummond de Andrade)

Mensagens Relacionadas

Hoje ergo as mãos em sinal de louvor, e curvo minha cabeça de tanta veneração. Quero te agradecer, meu Deus, por me dares a possibilidade de estar vivo e poder dedicar meu tempo te servindo de coração.

Tantas vezes eu estava fraca e Tu foste meu consolo. Tantas vezes eu caí e Tu me levantaste com todo amor. Se hoje estou aqui perante a tua majestosa presença, não o devo a mim. Obrigada, meu Deus, por seres tudo para mim.

Peço um sorriso, amigo,
pois para mim custa muito
vê-lo triste e chorando.
Talvez eu não tenha
a solução para todos
os seus problemas, mas
amizade e carinho por você
eu tenho sobrando.
Tenha coragem,
lute mais um pouco
e lembre-se que sempre
estarei aqui ao seu lado
para ajudar e apoiar você.
Força, meu amigo!

Ó Tu, Provedor! Ajuda esses nobres amigos a conquistarem Teu beneplácito. Torna-os igualmente benévolos para com estranhos e amigos. Faze-os entrarem no mundo que perdura para todo o sempre; concede-lhes um quinhão da graça celestial; faze com que sejam verdadeiros baháis, sinceramente de Deus; protege-os de aparências exteriores e estabelece-os firmemente na verdade. Torna-os sinais e emblemas do Reino, estrelas luminosas acima dos horizontes desta vida inferior. Que sejam conforto e consolo para a humanidade e promotores da paz do mundo. Extasia-os com o vinho de Teu desígnio e permite que todos eles trilhem o caminho de Teus mandamentos.

(Abdul-Bahá)

Sinto muito! Eu nem imagino a dor que vocês estão passando. Nenhuma família merece conhecer uma tristeza assim, mas as leis da vida não perdoam.

Chega uma hora em que a despedida tem de ser concretizada, em que a saudade começa a ganhar forma. Desejo que todas as energias positivas estejam com vocês e que a paz nunca desapareça. Meus sentimentos!

Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia junto de uma colônia de pescadores. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, joga-las novamente de volta ao oceano.

Por que está fazendo isso? - Perguntou o escritor.
Você não vê, - explicou o jovem - a maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia. O escritor espantou-se.

Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praia por este mundo fora, e centenas de estrelas-do-mar espalhadas por elas. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta do oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma.

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano, olhou para o escritor e disse: Para essa eu fiz a diferença!

Naquela noite o escritor não conseguiu escrever, sequer dormir. Pela manhã procurou o jovem, uniu-se a ele e juntos começaram a jogar estrelas-do-mar de volta ao oceano. Sejamos, portanto, mais um dos que querem fazer do mundo um lugar melhor!