Mensagens de Encorajamento


Nunca deixei as oportunidades passarem, porque nunca soube se a minha vida seria longa ou breve.

Quando eu quero alguma coisa, eu vou à luta, e arrisco! Quando quero me divertir, eu me divirto, saio, danço, dou muitas risadas. Quando quero ficar em casa sem ver ninguém, eu fico e curto a minha companhia.

Mas se as pessoas criticam, sabe o que eu faço?

Eu faço tudo de novo! Não me importo com o que os outros vão pensar. Pois sei que muitas pessoas não vivem, apenas sobrevivem, e eu não finjo que estou vivendo.

Sempre estarei muito ocupada em viver!

Porque eu só tenho uma vida e coragem nunca me faltou.

Ousadia tenho de sobra. Aprendi a ter ousadia com meu próprio coração, é ele quem manda na minha coragem.

Só preciso manter minha paz interna. A vida me ensinou que a paz está dentro de mim mesma!

(Blog da Madame)

Se eu quero aventura, eu já sei com quem posso contar. Se eu quero uma boa noite maluca, são vocês que tenho que encontrar. O tempo passa e não importa com quantos anos vamos estar, sempre que quisermos uma boa noite não dormida, é a nossa turma que precisamos despertar.

Vocês são amigos especiais, amigos para tudo e para toda hora. Com vocês, me sinto sempre jovem e entusiasmado, corajoso e bem aventurado. Por mais que vocês estejam longe agora, eu nunca me sinto só, pois sei que quando precisar, eu tenho com quem contar.

Quando não estou com vocês a minha maior diversão é dormir, porque nos sonhos nos encontramos e podemos nos divertir à vontade. Hoje não estou com vocês, e só me resta desejar uma boa noite, e que nos encontremos nas esquinas dos nossos sonhos!

Para quem tem medo de um recomeço, deixe a covardia de lado e lembre-se que a transição é algo próprio à vida e certamente já foi atravessado por você diversas vezes.

Se algum dia não se sentir confortável em começar tudo de novo, ou achar que é muito difícil, lembre todas as transformações que já passou desde seu nascimento. Chegamos ao mundo tão indefesos e dependentes, mas com o passar do tempo aprendemos como ser independente e vivemos eternamente vários recomeços.

Mudamos de escola, fazemos novos amigos, a complexidade vai aumento conforme o momento, mas proporcionalmente com o tamanho do nosso atrevimento.

Arrisque, tenha coragem e se não estiver satisfeito com o momento que está vivendo, comece tudo novamente até ao dia em que a felicidade se fizer presente!

Parece que ainda ontem você engatinhava pela casa, ria de todos os nadas e dependia de nós para tudo. De repente já falava, de repente já sabia escrever, e de repente já está fazendo dezoito anos. Feliz aniversário, filha!

Não vou mentir, custa um pouco ver nossa menina, bebezinha celestial, se transformando em uma mulher que em breve caminhará pelo mundo sem os pais, independente. Custa, mas também provoca um orgulho indescritível saber que criamos e educamos uma mulher forte, linda e corajosa.

Filha linda, tudo que desejamos para você é felicidade, seja como e onde for. Que Deus abençoe você e ilumine sempre o seu caminho. Que n’Ele você encontre o amparo e a orientação que falte na nossa ausência.

Parabéns, filha! Você é o orgulho e a alegria do papai e da mamãe!

Aquele que cede ante ao obstáculo, que desiste diante da dificuldade já perdeu a batalha sem a ter enfrentado. Não raro, o obstáculo e a dificuldade são mais aparentes que reais, mais ameaçadores do que impeditivos. Só se pode avaliar após o enfrentamento. Ademais, cada vitória conseguida se torna aprimoramento da forma de vencer e cada derrota ensina a maneira como não se deve tentar a luta. Essa conquista é proporcionada mediante o esforço de prosseguir sem desfalecimento e insistir após cada pequeno ou grande insucesso. O objetivo deve ser conquistado, e, para tanto, a coragem do esforço contínuo é indispensável.
Muitas vezes será necessário parar para refletir, recuar para renovar forças e avançar sempre. É uma salutar estratégia aquela que faculta perder agora o que é de pequena monta para ganhar resultados permanentes e de valor expressivo depois.

(Joanna De Ângelis)

Humildade é a virtude que nos torna abertos a aprender e mudar. Ela só é possível quando temos auto-respeito, que só pode vir com autoconhecimento. Conhecer-se é entender que somos parte de um todo, como um raio de uma roda. Não somos tudo, também não somos nada. É a humildade que cria este entendimento e nos mantêm em equilíbrio.
Quando não somos apegados às nossas boas qualidades nem às nossas fraquezas, podemos lidar com ambas. Através de cultivo amoroso, nossas qualidades positivas crescem e servem outros. Através da atenção e honestidade, nossas fraquezas diminuem.

Humildade é nossa maior proteção. Ela nos mantém alerta para todas as possibilidades, desde sermos enganados até a de criarmos os mais surpreendentes milagres. Humildade é o fruto do auto-respeito: uma pessoa humilde nunca teme perder. Para isso precisamos sempre ir para dentro de nós mesmos. Nada e ninguém podem nos tirar esse recurso.

Humildade nasce da segurança interna, nos deixa prontos a comunicar, cooperar com novos pensamentos e idéias. É a prova da maestria de ter conquistado o “eu” e “meu” limitados que anulam o respeito e a amizade. Nós devemos ser tutores, não donos. A posse automaticamente cria o medo de perder. Ser um tutor nos dá entendimento que nada e ninguém é nosso. Paradoxalmente, ao renunciar tudo, recebemos tudo. O que precisarmos virá até nós, mais cedo ou mais tarde. Há o suficiente para todos.

A atitude de ser um tutor significa que economizamos uma grande quantidade de energia mental e emocional, uma vez que tempo não é desperdiçado em cálculos egoístas ou manipulações espertas. Com a atitude de ser um tutor nos tornamos mestres. Um mestre trabalha com os princípios eternos do universo. Ele é humilde e auto-suficiente, mantém equilíbrio e harmonia.

A maior humildade de todas é reconhecer e aceitar que existem leis além daquelas dos seres humanos e que não somos o padrão do universo. Os princípios eternos protegem e governam o bem-estar de todas as formas de vida. Quando nos alinhamos com as verdades eternas, encontramos a liberdade, nosso caminho. Alinhamento às leis divinas não nos limita ou anula. Ao contrário, as leis eternas são o meio que permitem a expressão completa do indivíduo. Não há transgressão, uma vez que respeito é sempre dado à individualidade dos outros. A harmonia é mantida.

Com humildade reconhecemos o direito que todas as coisas têm de existir; existir em liberdade e existir em felicidade. Este direito inato é uma lei imortal. Subserviência nos relacionamentos ou aos objetos materiais é resultado do medo; medo de sermos nós mesmos; a falta de coragem de enfrentar, de mudar, de mover numa outra direção. Auto-respeito nos libera do medo e da dependência. Quando não pensamos profundamente o suficiente por nós mesmos, nos tornamos subservientes às opiniões sociais e às pessoas com as quais interagimos.

Humildade traz introspecção, começamos a examinar as emoções que nos limitam. Abre a porta para o autoconhecimento. À medida que crescemos em autoconhecimento, crescemos em auto-estima. Com essa estabilidade interior não há medo do que é diferente. Não há desejo de controlar pessoas ou situações. Sabemos que as coisas certas irão acontecer da forma correta, no tempo certo. Humildade é a outra face do auto-respeito. Quanto maior a humildade, maior o auto-respeito. Nada e ninguém são uma ameaça. Nós somos livres.

(Brahma Kumaris)
(Somos Todos Um)

Mulher é obra divina da criação. É força suprema da natureza, é sublime beleza. Há mulher para tudo no mundo, mas todas carregam um mundo no coração.

Porque ser mulher de verdade é ser guerreira e batalhadora. É amar com toda a alma e lutar pela felicidade de quem se ama com toda a garra.

Mulheres seguras, fortes e corajosas embelezam nossas vidas. E a todas que fazem parte da minha vida eu agradeço e deixo um beijo carregado de orgulho!

Nunca perca a oportunidade de aprender com uma dificuldade. Aprender geralmente é destruir uma visão e construir uma nova perspectiva

Quando alguém pára e se questiona sobre os motivos de estar enfrentando um problema, infelizmente, a maioria encontra a resposta do modo errado: culpando o outro. A culpa é do chefe, do companheiro, dos pais, do empregado.

O outro nunca é a resposta para os seus problemas. Se você não aprender com a dificuldade, vai repeti-la ao infinito. Vai trocar de emprego, de companheiro, de empregados... mas, quando perceber, trocou as pessoas e o problema continua o mesmo, e se repete.

As dificuldades são oportunidades de aprendizado, e quando perdemos essa lição a dor se torna inútil.

Para todo problema existe solução. Aliás, essa é uma definição: problema é um acontecimento sempre acompanhado de solução. Quando você não tiver uma solução, será necessário definir qual é o problema.

Você descobre que não tem dinheiro para pagar as contas. Está bem, não ter dinheiro é um problema, principalmente se os credores estão lhe cobrando e os juros aumentando. A solução certamente se inicia pelo corte de gastos, continua com uma negociação com os credores e alguma ação para ganhar mais dinheiro. No final, houve aprendizado nessa situação que parecia ter apenas um lado negativo. Você:

- Aprendeu a gastar de acordo com os seus rendimentos
- Aprendeu a ser humilde para negociar com os credores
- Aprendeu a ganhar mais

A solução sempre existe! E, na maior parte das vezes, a pessoa sabe qual é. O difícil é ter a coragem de realizá-la. Nunca perca a oportunidade de aprender com uma dificuldade. Aprender geralmente é destruir uma visão e construir uma nova perspectiva.
E, principalmente, tenha certeza de que o problema será resolvido. Se você tiver alguma dúvida, pense desta maneira: se morresse agora, qual seria a evolução do problema? Percebeu? Ele será resolvido de alguma maneira.

A única coisa que não funciona é jogar no outro a responsabilidade de suas dificuldades. O ódio bloqueia a criatividade e só piora as coisas. As pessoas que alguém chama de inimigos são os melhores mestres que a vida nos oferta por ajudar-nos a aprender as lições de crescimento. Eles nos mantêm acordados para poder evoluir. Depois que você resolve uma dificuldade, agradece a essa pessoa por ensinar-lhe uma lição. Por isso, Luís Gasparetto já falou: "Perdoar é descobrir que você não tem razão nenhuma para perdoar; é apenas viver o aprendizado. Isso só acontece quando você aproveita a oportunidade para crescer". Se carrega ódio de alguém, pense na lição que você tem a aprender e sua vida será muito melhor.

(Roberto Shinyashiki)
(UOL)

Minha linda menina, minha filha querida. Como é viva e presente a memória do mágico momento em que pela primeira vez segurei você nos meus braços, tão pequena e frágil, há quinze anos. Com o tempo você se transformou nessa linda jovem, forte, corajosa, de quem todos os dias eu me orgulho tanto.

Minha querida filha, tem sido um privilégio inexplicável ser sua mãe durante esses quinze anos, poder compartilhar dos meus dias com você e assistir ao seu maravilhoso desabrochar para a vida.

Eu te amo muito, minha filha! Por você meu coração se enche diariamente de uma felicidade extrema. Aproveite estes doces anos de juventude em plenitude.

Eu lhe desejo toda a felicidade do mundo, e no que depender de mim, tudo farei sempre para que a alcance, pois ver você feliz é o meu maior e mais nobre objetivo de vida. Parabéns pelo seu aniversário, e desfrute do seu dia em plenitude!

Não há mal que dure para sempre, não há tristeza que não acabe. Quando a vida lhe parecer complicada, pense que as coisas em breve podem melhorar. Basta você acreditar e não se entregar.

Faça de seus insucessos desafios estimulantes, sinta-se motivado a superar os obstáculos que lhe aparecem à frente. Anime-se!

Faça dos contratempos alimento para a sua coragem. Não se entregue ao sofrimento. Se for preciso chore; chorar às vezes nos ajuda a livrar da dor, da mesma forma como é preciso chover para que o céu fique novamente limpo.

É somente depois de uma tempestade que o arco-íris surge no céu, depois das lágrimas os sorrisos podem transbordar na sua vida.

Aconteça o que acontecer na sua vida, nunca perca o ânimo de viver. Seja forte, pense positivo e siga em frente!

Quem nunca passou por um momento difícil? Achar que a felicidade é plena ou que pode existir alegria em 100% da vida, é tentar viver uma mentira. Por mais feliz que uma pessoa seja, alguma dificuldade sempre aparecerá, o que muda na verdade é apenas a forma de olhar para tentar solucionar o problema.

Tentar enxergar os momentos mais difíceis como algo passageiro pode ajudar bastante, pois achar alguma solução para algo impossível, certamente é bem mais difícil. O velho conselho de parar e pensar, nessas horas pode ser muito apropriado, se questionar sobre as diversas possibilidades para ultrapassar as dificuldades é um bom começo para mais na frente conseguir superá-los.

É preciso viver o momento, conhecer os motivos que o levaram até ele, entender profundamente o que pode ser feito. Fingir que nada está acontecendo não fará o problema desaparecer, muito menos se for transformado em um grande tormento. Nessas ocasiões, ter calma e paciência são os melhores sentimentos, unidos à coragem e confiança que tudo passará, com certeza são os melhores conselhos.

Esse dia é somente seu!!
Aproveito essa data especial para dar os parabéns a todos que se dedicam aos estudos.
O estudante, além de estar constantemente exercitando seus neurônios para expandir seus conhecimentos, está igualmente sujeito a uma série de responsabilidade. Nós somos, além de tudo, a base intelectual e admirável na qual irá depender do progresso de uma estrutura que diariamente necessita de socorro, a que chamamos sociedade.
É certo, então, que está na mão de vocês, estudantes, o destino de uma sociedade, de um país, de um mundo! E é por essa causa que inicia uma luta, uma luta que vem a ser o estímulo e o alerta que todos nós deveríamos repensar nesta data.
Será que agimos realmente como cidadãos? Será que estamos atuando corretamente para produzirmos e mostrarmos do que somos capazes? Será que procuramos analisar antes de criticar e criticamos com bons argumentos? Será que temos a cara e a coragem para fazer, reivindicar, protestar e criticar sem nos ocultar?

Às vezes a vida nos joga em uma roda-viva que mal nos permite pensar se aquilo que estamos fazendo realmente nos traz alguma satisfação. Apenas ligamos o automático e seguimos como robôs cumprindo as nossas funções e prazos. Até que de repente nos sentirmos completamente desanimados.

A falta de motivação é um sintoma de que algo em nossa vida não está bem, é sintoma de que precisamos de mudanças. E muitas vezes essas mudanças não precisam ser drásticas, não precisamos, por exemplo, mudar de cidade ou emprego para encontrarmos satisfação e alegria no nosso dia a dia. Basta repensar a nossa rotina, mudar pequenos hábitos e vícios do cotidiano que tornam a nossa vida mais pobre.

Fugir da zona de conforto, sair da rotina, renovar as expectativas. Tudo isso pode nos fazer ganhar um novo estímulo para trabalhar e viver. É muito importante fazermos alguma coisa que realmente gostamos, e também fazermos do jeito que gostamos. O problema da sua falta de motivação pode não estar propriamente no seu trabalho, mas na maneira como você trabalha.

Mude aquilo que precisa e pode ser mudado! Coragem, força, ânimo e determinação. E nunca deixe de sonhar, pois são os sonhos que nos movem.

Na Índia antiga, havia um vilarejo situado às margens de um rio largo e muito fundo.

Nesse vilarejo havia cerca de quinhentas casas. Seus habitantes nunca tinham ouvido falar do budismo ou de outras religiões e viviam como bárbaros, brigando e trapaceando uns aos outros.

Com o desejo de despertá-los para a Lei, certo dia Sakyamuni dirigiu-se até lá, sentou-se sob uma árvore e meditou profundamente.

Impressionados com o Buda, algumas pessoas reverenciaram-no, enquanto outras, agitadas, não paravam de perguntar quem era aquele homem.

Ciente do que acontecia no coração de cada um deles, Sakyamuni disse-lhes:

- Por favor, sentem-se e me escutem com atenção.

A multidão se calou e o Buda ensinou-lhes sobre a Lei e o modo correto de viver. Porém, as pessoas não conseguiam crer em suas palavras, pois durante muito tempo viveram em meio ao egoísmo e à falsidade.

Então, para levá-las à compreensão, o Buda fez surgir do outro lado do rio um homem que conseguia atravessá-lo caminhando sobre a água, deixando todos admirados.

Quando ele chegou à margem onde a multidão estava reunida, algumas pessoas lhe disseram:

— Nosso povo vive aqui há centenas de anos e nunca vimos ninguém andar sobre a água. Que truque é esse? Ensine-nos!

E o homem lhe respondeu:

— Sou uma pessoa comum que mora ao sul do rio. Soube que o Buda estava aqui e vim vê-lo a todo custo. Quando cheguei à margem do outro lado, fiquei perdido, pois não tinha como chegar até aqui. Então, ouvi alguém dizer que o rio era raso e o suficiente para atravessá-lo a pé, e não duvidei.

O Buda o elogiou, dizendo:

— Aquele que crê, consegue atravessar com facilidade até mesmo o rio vida e da morte Assim, não é de se admirar que alguém consiga atravessar um rio de poucas milhas de extensão.

O Buda ensinou que a fé é como um barco para atravessar um rio. Aquele que ouve atentamente reúne conhecimento e aquele que acredita e segue os preceitos é um homem corajoso capaz de atingir a iluminação.

Após ouvir as palavras do Buda, os habitantes do vilarejo decidiram crer e praticar seus ensinos. Nunca mais cometeram más ações e passaram a viver como homens e mulheres de bem.

(Mais Belas Histórias Budistas)

Embora nem todas as mudanças da vida sejam desejadas, fáceis e positivas, devemos sempre nos preparar para recebê-las com força e ânimo. Independentemente da situação, as mudanças exigem sempre muita coragem.

Quando algo muda em nossa vida, sem que nós estivéssemos à espera, devemos tentar ver o lado bom, mesmo que seja pensar que a mudança é um desafio que pode despertar em nós uma força que desconhecíamos.

Devemos ver a mudança como uma oportunidade de recomeço, como uma renovação. As mudanças sempre provocam em nós a necessidade de adaptação, e esta pode ser um aspecto muito positivo de crescimento e aprendizado.

Também não podemos ter medo das mudanças. Muitas vezes, para que algo que não está bem em nossa vida mude, precisamos tomar uma atitude, por mais duro que seja. A vida é muito curta para nos conformarmos com a infelicidade. Se a vida pede mudanças, muda-se o que precisa ser mudado.