Mensagens de Traição

Encontradas mais de 67 Mensagens de Traição:

Mentira e Traição

Tem coisas que a gente acha que só acontece em filme. Algumas maldades eu achava que só podiam existir na cabeça de escritores, autores de novela ou de cinema. Por exemplo, gente que mente por compulsão, que tem coragem de enganar e trair com a cara mais lavada do mundo, que faz isso e ainda acredita que está certo. Talvez eu tenha tido a sorte de não ter vivenciado sofrimentos terríveis durante praticamente a minha vida toda, só algumas situações difíceis que não fogem ao padrão. Tudo bem, já me disseram que eu fui muito protegida, por isso acredito que todo mundo é legal até prova em contrário. Deve ser isso mesmo.

Mas não é que esta semana descobri que gente maluca existe na vida real mesmo? Gente que sabe que está fazendo o outro sofrer e mesmo assim continua causando mal, de forma consciente? Insiste no erro? Impressionante! Gente capaz de achar que foi legal com uma pessoa que enganou de forma covarde, que fez sofrer além de qualquer limite? Gente que diz que não mentiu apesar de sempre ter inventado mil histórias para justificar todas as suas traições? Gente que afirma que vai continuar mentindo até o final, mesmo sabendo que essa é a causa do sofrimento da pessoa com quem divide o teto? Pois é...

Ainda assim, continuo dando o benefício da dúvida a essa criatura. Recuso-me a acreditar na existência da maldade pura e simples. Na minha opinião, só uma pessoa doente, mas muito doente mesmo, pode fazer tudo isso e achar que não está fazendo nada de errado. Mas há um lado bom nessa história sórdida: como não existe luz sem escuridão, as pessoas boas, de verdade, ganham ainda mais valor quando nos deparamos com esse tipo de gente louca. Otimista que sou, ver e sentir a loucura de tão perto me faz ser ainda mais grata pelas pessoas maravilhosas que tenho ao meu redor.

Pobres coitados não somos nós, os enganados e traídos. Pobre coitada é essa criatura louca, que vai continuar infeliz a vida toda, porque não sabe fazer outra coisa a não ser causar sofrimento justamente àquelas pessoas que se dispõem a dar a ela o melhor de si.

(Carmen Nascimento)
(Coisas da Vida)

Postar no Facebook
Dar um Tempo

Não conheço algo mais irritante do que dar um tempo, para quem pede e para quem recebe. O casal lembra um amontoado de papéis colados. Papéis presos. Tentar desdobrar uma carta molhada é difícil. Ela rasga nos vincos. Tentar sair de um passado sem arranhar é tão difícil quanto. Vai rasgar de qualquer jeito, porque envolve expectativa e uma boa dose de suspense. Os pratos vão quebrar, haverá choro, dor de cotovelo, ciúme, inveja, ódio. É natural explodir.

Não é possível arrumar a gravata ou pintar o rosto quando se briga. Não se fica bonito, o rosto incha com ou sem lágrimas. Dar um tempo é se reprimir, supor que se sai e se entra em uma vida com indiferença, sem levar ou deixar algo. Dar um tempo é uma invenção fácil para não sofrer. Mas dar um tempo faz sofrer pois não se diz a verdade.

Dar um tempo é igual a praguejar “desapareça da minha frente”. É despejar, escorraçar, dispensar. Não há delicadeza. Aspira ao cinismo. É um jeito educado de faltar com a educação. Dar um tempo não deveria existir porque não se deu a eternidade antes. Quando se dá um tempo é que não há mais tempo para dar, já se gastou o tempo com a possibilidade de um novo romance. Só se dá o tempo para avisar que o tempo acabou. E amor não é consulta, não é terapia, para se controlar o tempo. Quem conta beijos e olha o relógio insistentemente não estava vivo para dar tempo. Deveria dar distância, tempo não.

Tempo se consome, se acaba, não é mercadoria, não é corpo. Tempo se esgota, como um pássaro lambe as asas e bebe o ar que sobrou de seu voo. Qualquer um odeia eufemismo, compaixão, piedade tola. Odeia ser enganado com sinônimos e atenuantes. Odeia ser abafado, sonegado, traído por um termo. Que seja a mais dura palavra, nunca dar um tempo.

Dar um tempo é uma ilusão que não será promovida a esperança. Dar um tempo é tirar o tempo. Dar um tempo é fingido. Melhor a clareza do que os modos. Dar um tempo é covardia, para quem não tem coragem de se despedir. Dar um tempo é um tchau que não teve a convicção de um adeus. Dar um tempo não significa nada e é justamente o nada que dói.

Resumir a relação a um ato mecânico dói. Todos dão um tempo e ninguém pretende ser igual a todos nessa hora. Espera-se algo que escape do lugar-comum. Uma frase honesta, autêntica, sublime, ainda que triste. Não se pode dar um tempo, não existe mais coincidência de tempos entre os dois. Dar um tempo é roubar o tempo que foi. Convencionou-se como forma de sair da relação limpo e de banho lavado, sem sinais de violência. Ora, não há maior violência do que dar o tempo. É mandar matar e acreditar que não se sujou as mãos. É compatível em maldade com “quero continuar sendo teu amigo”. O que se adia não será cumprido depois.

Postar no Facebook
Um dia você aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença,
a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que
companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos e
presentes não são promessas. E começa a aceitar suas
derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a
graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno amanhã é incerto demais para os
planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar
exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto
você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam...

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai
feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas
segundos para destrui-la, e que você pode fazer coisas em um
instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo
a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida,
mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que
nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos
que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você
podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que devemos deixar as pessoas que amamos com
palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência
sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não se deve comparar com os outros,
mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo
para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo,
mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão,
e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade,
pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação,
sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era
necessário fazer, enfrentando as consequências.

Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera
que o chute, quando você cai é uma das poucas que o ajudam
a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de
experiências que se teve, e o que você aprendeu com elas,
do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos
são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes, e seria uma
tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com
raiva, mas isso não lhe dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você
quer que ame, não significa que esse alguém não sabe amar,
contudo, o ama como pode, pois existem pessoas que nos amam,
mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém,
algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será
em algum momento condenado. Aprende que não importa em
quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para para
que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás,
portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar
que alguém lhe traga flores...

E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é
forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não
se pode mais.

E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos
conquistar, se não fosse o medo de tentar.

(Willian Shakespeare)

Postar no Facebook
A Pior Traição

Esse tema sobre traição, realmente deixa qualquer conversa ainda mais polêmica, uma vez que as pessoas possuem diferentes conceitos sobre o que chega a ser uma traição e seu nível de intervenção em suas vidas. Ser traído por um parceiro amoroso, tem sido muito frequente entre as relações, motivados por uma série de razões ou mesmo pela falta da mesma. Entretanto, existem diversos tipos de traições, cada qual representa um nível de gravidade para cada pessoa, podendo proporcionar sentimentos de descontamento e mágoa.

Muitos dos casais que experimentaram a dor de uma traição, têm a consciência sobre a culpa de ambos dentro do relacionamento. A falta de companheirismo, e principalmente a intensa rotina vivenciada acabou encaminhando os desejos e vontades em busca de novas experiências, acometendo tanto os homens, quanto as mulheres. Nenhum ser humano resiste ficar estagnado a vida inteira, quando está condicionado por muito tempo, pode ser atraído fortemente pelas novidades.

Embora seja clássico existir a traição entre casais, justamente pelas diferentes tentações e motivos sucedidos, também há quem admita que a pior traição parte daquela pessoa em que tanto confia, como o melhor amigo, por exemplo. São vários os casos em que a pessoa se sente enganada e ludibriada pelos amigos, situação essa em que muitas não sabem verdadeiramente qual o real sentido dessa atitude e tão pouco esperava que um dia acontecesse.

Em todos os casos de traição a pessoa observa a desvalorização dos sentimentos íntimos, desde a infidelidade física, a deslealdade de atitudes e/ou dos pensamentos. Embora exista a possibilidade de perdoar uma traição, a mente nunca irá se esquecer daquele episódio.

A confiança, o amor e apreço construídos, são encobertos pela vontade de seguir em frente, mas a qualquer momento podem fugir do controle e toda a revolta e tristeza já sentida anteriormente toma forma, fazendo com que o passado incomode a relação. É importante ter plena certeza de aceitar essas situações, pois nem há casos em que a relação precisa mesmo ser salva e continuar existindo.

Por fim, acredita-se que a pior traição é aquela em que se insiste em manter contra si mesmo. Enganar seus desejos e os seus sentimentos é limitar-se a viver a vida adiante, pois sempre haverá algo capaz de prender a atitude, o desabafo, e proveito de tantas outras oportunidades. Os tipos de traição do próprio eu, estão presentes no próprio cotidiano, seja na família, no trabalho, ou com os amigos, quando se resiste em dizer não a uma situação, para não magoar alguém ou por querer preservar a própria imagem.

(FC Notícias)

Postar no Facebook
Lidando com a Traição

Traição é sinônimo de quebra de um pacto. Um pacto de amor entre duas pessoas, que por algum motivo, se rompeu por tentações carnais ou sentimentais. E não há uma regra sobre o que é "muita traição" e do que é "pouca".

Ou seja, um beijo é menos grave do que um envolvimento maior, como o sexo? Ou ainda uma escapadinha sexual é mais fácil de perdoar do que um envolvimento em que rola amor? As respostas variam de acordo com as expectativas e valores de cada casal.

Traição é sinônimo de quebra de um pacto

Mas, ser vítima de uma traição não implica necessariamente o fim de um relacionamento. Especialistas recomendam que a pessoa que enfrenta uma infidelidade, espere passar a raiva, que é a primeira reação das vítimas desse problema, antes de decidir sobre qualquer coisa. É preciso conversar depois que a cabeça estiver fria. Em muitas traições, o problema acontece devido a uma insatisfação na relação e pode servir como um incentivo e um começo para melhorias no relacionamento amoroso. Se ambos os parceiros resolverem continuar juntos, o momento é para reavaliar o que está bom e o que precisa melhorar na relação. Muitas vezes, uma traição até ajuda a levantar a rotina do casal, já que a pessoa traída repensa sobre as suas atitudes e investe em seu parceiro(a).

Se você decidir contar sobre a traição, saiba que adiar não é uma boa ideia. Confessar sobre a infidelidade cometida deve ser uma atitude que deve ser informada o quanto antes, pois é como se a pessoa prejudicada estivesse sido enganada desde a traição até o momento da confissão. Explique as suas razões e não relate com detalhes. Os homens possuem mais dificuldade em perdoar uma infidelidade do que as mulheres, portanto, esteja preparada para tudo!

(Layal Antanios)
(Diário Feminino)

Postar no Facebook