O Fazendeiro e seus Filhos

Um rico e já idoso fazendeiro, que sabia não ter mais tantos de anos de vida pela frente, chamou seus filhos à beira da cama e lhes disse:

"Meus filhos, escutem com atenção o que tenho para lhes dizer. Não façam partilha da fazenda que por muitas gerações tem pertencido a nossa família. Em algum lugar dela, no campo, enterrado, há um valioso tesouro escondido. Não sei o ponto exato, mas ele está lá, e com certeza o encontrarão. Se esforcem, e em sua busca, não deixem nenhum ponto daquele vasto terreno intocado."

Dito isso o velho homem morreu, e tão logo ele foi enterrado, seus filhos começaram seu trabalho de busca. Cavaram com vontade e força, revirando cada pedaço de terra da fazenda com suas pás e seus fortes braços.

E continuaram por muitos dias, removendo e revirando tudo que encontravam pela frente. E depois de feito todo trabalho, o fizeram outra vez, e mais outra, duas, três vezes.

Nenhum tesouro foi encontrado. Mas, ao final da colheita, quando eles se sentaram para conferir seus ganhos, descobriram que haviam lucrado mais que todos seus vizinhos. Isso ocorreu porque ao revirarem a terra, o terreno se tornara mais fértil, mais favorável ao plantio, e consequentemente, a generosa safra.

Só então eles compreenderam que a fortuna da qual seu pai lhes falara, era a abundante colheita, e que, com seus méritos e esforços haviam encontrado o verdadeiro tesouro.

Moral da História: O Trabalho diligente é em si um tesouro.

Mensagens Relacionadas

Quando ainda era criança, sonhava um dia ter meus filhos e poder constituir minha própria família. Ficava me imaginando com um bebê nos braços, lhe dando de comer ou lhe concedendo todo o meu carinho.

No entanto, por mais cenários que eu idealizasse, por mais imagens que eu criasse na minha mente, nada chegou perto do verdadeiro sentimento, a maravilhosa felicidade que senti e sinto por ter filhos como vocês.

Um filho é uma bênção que não se consegue explicar, é o maior privilégio que podemos ter neste mundo. Só quando somos pais é que nos sentimos verdadeiramente preenchidos e a nossa existência ganha todo sentido.

Gostaria de definir o amor que sinto por vocês, mas palavras não chegariam para descrever a sua força e profundidade. Eu era capaz de dar minha vida pela de vocês e o meu bem-estar depende inteiramente do seu. Acima de tudo, só quero que vocês sejam felizes, meus filhos, hoje e sempre!

Um bebê mora no ventre da sua mãe durante meses e meses. Ele cresce, os órgãos nascem e evoluem; eles batem seus pezinhos contra barriga e manifestam sua alegria. Que o Senhor continue a abençoar todas as mães e seus filhos.

Hoje, vocês merecem todos os louvores, todas as homenagens. Deus escolheu cada uma de vocês para este grande desafio: dar vida e fazer crescer seus filhos com amor. Nunca se esqueçam que o mais importante é amar, simplesmente amar. Feliz Dia das Mães!

A todos os pais que enfrentam o dia a dia com o coração cheio de amor pelos seus filhos eu deixo minha homenagem. Aquele pai que luta para conseguir um futuro melhor. A quem tudo faz pela felicidade dos seus filhos.

Todas as homenagens são merecidas para quem através do amor educa e cuida dos seus filhos. Não há missão mais bela e ao mesmo tempo tão difícil com essa: educar um filho. E é por isso que a quem o faz eu deixo meu agradecimento e palavra de consideração!

Hoje você completa 18 anos e sei que muitos vão falar que este é um momento de assumir novas responsabilidades e amadurecer. Claro que isso é verdade, mas eu quero dizer que você aproveite muito!

Celebre esta data e aproveite o ano para descobrir o que você realmente quer fazer.

Não tenha tanta pressa, pois você ainda é jovem, então é hora de experimentar. Realize um sonho, faça uma viagem incrível, se apaixone mais!

Aproveite cada segundo, pois você merece!

Feliz aniversário!

Vossos filhos não são vossos filhos,
são os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor,
mas não vossos pensamentos.
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles,
mas não podem fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás
e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos
são arremessados como flechas vivas.
O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito
e vos estica com toda a sua força
para que suas flechas se projetem rápido e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria;
Pois assim como Ele ama a flecha que voa,
ama também o arco que permanece estável.


(Khalil Gibran)