Valorize

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

"Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece. Poderá redigir o anúncio para o jornal?" Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

'Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranquila das tardes, na varanda'.

Meses depois, topa o poeta com o homem e lhe pergunta se havia vendido o sítio:

"Nem pense nisso," disse o homem. "Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!"

Às vezes não percebemos as coisas boas que temos conosco, e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros. Valorize o que tem, as pessoas, os momentos!

Mensagens Relacionadas

Não descuide o amor. Ele é o poderoso medicamento na cura das dores da alma. Entenda isso. Sendo Deus amor, sempre há amor no nosso coração. Pela energia positiva, Deus anula a energia negativa causada pelo sofrimento, e aí vem o alívio.

Se você sofre, não se revolte. Procure amar os outros, e eles lhe devolverão também esse amor. Esse amor que sai e que entra, dará paz a você.

Ninguém pode suprimir a ânsia do coração a não ser com amor. Não lute contra o coração, siga as sua leis. Valorizar o amor é aprender a viver!

Todos somos diferentes e por isso mesmo tão especiais. Cada um tem algo único que mais ninguém tem. Valorizar-se a si mesmo é o princípio básico segundo o qual todos deveríamos conduzir nossa vida.

Aprenda a conhecer-se, orgulhe-se do que você é, assuma-se como você é, e principalmente ame-se todos os dias da sua vida!

Antes de conhecer o mundo e a humanidade, aprenda a conhecer-se a si mesmo. Antes de amar a outro, aprenda a amar-se a si mesmo. Você deve ser a pessoa mais importante da sua vida, pois você é único e é o que de maior valor existe na sua vida.

Se você não se respeitar, se não se amar e se valorizar, os outros também não vão fazer, pois neles você estará projetando sentimentos contrários. Ame-se, respeite-se, valorize-se!

Pensando mais intimamente, ninguém gosta de perder, seja uma competição, um amor ou até um lápis qualquer. Mas às vezes o velho ditado entra em ação e só começamos a dar valor àquilo que se perde. O problema é que não dá para voltar atrás e ter de volta o que já foi perdido, principalmente quando se trata de um ente querido. É preciso dar importância às pessoas a nossa volta enquanto ainda fazem parte das nossas vidas. O fato de a vida terminar a qualquer momento muitas vezes é completamente esquecido, passando a ser lembrado no dia do acontecido. É preciso ter sempre em mente que tudo que passa fica pra trás e nunca mais voltará da mesma forma, portanto aproveitar o presente da melhor maneira possível é a o melhor jeito de mais na frente não ficar arrependido. Se quiser abraçar, abrace. Se der vontade conversar, converse. Pois pode ser a última oportunidade viver algum sentimento e certamente não gostaria de mais tarde dá-lo como perdido.

Com cada vez mais estímulos e possibilidades de encontrar a felicidade, ainda existem muitas pessoas que engrandecem a solidão, mesmo quando momentos de alegria estão longe se ser uma realidade.

A tecnologia está nos deixando cada vez mais independente, o problema é que esta autonomia nos ensinou que a solidão já não é algo optativo e sim naturalmente estabelecido. O contato físico com outras pessoas deixou de ser relevante, computadores, tablets e smartphones viraram intermediários obrigatórios para os mais diversos tipos de diálogos.

Passamos a apreciar a solidão e nos permitimos cada vez mais a continuar vivendo em um mundo individualista e solitário. Não podemos excluir das nossas vidas os benefícios trazidos pela interação entre pessoas, que jamais serão completamente substituídos.

Precisamos abraçar a solidão um pouco menos, e valorizar mais as boas sensações que o contato humano nos permite, curtindo as mais verdadeiras relações e todos os conflitos que não deixam nosso aprendizado tão restrito.