Superar a perda do bebê

Não posso dizer que sei o que é perder um bebê, tampouco que imagino o que é estar na sua posição. Ninguém merece partir ainda antes de sequer existir, e também é uma grande injustiça você ter que enfrentar essa difícil experiência.

Seja muito forte, não se deixe ir abaixo por mais que custe seguir em frente. Mulheres como você são verdadeiras guerreiras, e as coisas lindas que viveu durante a gravidez jamais sairão da sua memória.

Mensagens Relacionadas

Você está prestes a embarcar na maior aventura da sua vida. Você já é mãe desde o primeiro momento que soube que estava grávida, e agora, cada dia mais está próxima do grande dia.

Tenho certeza que você se sairá muito bem, porque tem um coração bom. Sei que seu bebê terá uma sorte imensa de nascer com uma mãe como você.

Não se preocupe com nada, porque tudo irá ficar bem e você poderá aproveitar todas as delícias de ser mãe pela primeira vez. Curta cada momento, pois passa voando.

Você será uma ótima mãe!

Nossos Pais descobrem que um ser está para nascer e trazer às suas vidas um brilho de luz. A cada sorriso, palavra, olhar ou suspiro, uma cachoeira de lágrimas parece inundar seus olhos de alegria e paz.

Nos tornamos adolescentes e a busca pela independência é cada vez mais clara. A nossa vontade de conquistar espaço nos distancia de quem sempre nos amará, e esquecemos a família. Esquecemos de dizer o quanto os amamos.

Mas um dia nossos entes queridos se vão. Quando menos esperamos e sem nenhum aviso, Deus tira de nós o que mais amamos. Em nosso peito apenas a dor de um punhal que a cada meus pêsames parece afundar.

Nossos pensamentos difundem para cada gota de sangue em nosso corpo a culpa de nunca termos dito: te amo, preciso de você, estou sempre aqui, me preocupo; e como se não bastasse, vem a frase mais forte a culpa foi minha!

Nossos sonhos caem por terra, nossa independência parece perder a importância. E a resposta para essa dor? O tempo e uma certeza: Quando amamos transmitimos em pequenos atos e gestos, e as palavras não importam mais. Quando precisamos de alguém, sentimos sua presença, e as palavras não têm mais sentido. Quando nos sentimos sós e abandonados, surge uma palavra ou um gesto e descobrimos que nunca estaremos sós.

E a culpa? A culpa é da vida que tem início, meio e fim. A nossa culpa está apenas em amar tanto e sentir tanto perder alguém. Mas o tempo é remédio e nele conquistamos o consolo, com ele pensamos nos bons momentos. E com um pouco mais de tempo, transformamos nossos entes queridos em eternos companheiros.

Nossos sonhos ganham aliados, nossa independência ganha acompanhantes, nossa vida conquista anjos. E no fim apenas a saudade e uma certeza: Não importa onde estejam, pois estarão sempre conosco!

Lamento muito a sua perda e peço para que Deus alivie a dor do seu coração.

Eu já perdi tempo demais com pessoas que nada me deram e me preocupei em vão com quem nunca se importou comigo. Na verdade, deveria ter enxergado mais cedo que nem tudo que damos é devolvido com a mesma generosidade.

A partir de hoje, vou gostar mais de mim e lutar apenas por aquilo que me traz felicidade. Aprendi que em vez de valorizar os outros, devemos estimar nosso coração e não permitir que nada se atravesse no caminho para nossos sonhos.

Podemos perder tudo na vida mas se mantivermos nossa integridade cairemos sempre de pé.