Mensagens de Oportunidades


Mesmo sabendo que é um pouco clichê, sempre achei que os verdadeiros amigos são presentes que a vida nos dá na melhor hora, no melhor momento, aqueles que sempre se encaixam perfeitamente com tudo que está acontecendo. Vem sempre em pouca quantidade, mas ao mesmo tempo, o fato de tê-los por perto traz tanta coisa boa, que equilibra perfeitamente esta primeira incoerência.

É engraçado como nos conhecemos tão bem, como pelo olhar, pela voz, ou até pela forma como escreve um e-mail, por exemplo, automaticamente já sabemos tudo que se passa do outro lado.

São aqueles que nos fazem mostrar sempre o nosso melhor, que mesmo por algum tempo longe um do outro, ao se encontrar, é como se todo esse tempo não passasse de alguns segundos.

Aos que nunca tiveram a oportunidade de conhecer uma verdadeira amizade, não vale a pena procurar, pois é a vida que detém o poder de os encontrar.

Pense no que vai dizer antes de abrir a boca. Seja breve e preciso, já que cada vez que deixa sair uma palavra, deixa sair uma parte do seu Chi (energia). Assim, aprenderá a desenvolver a arte de falar sem perder energia. Nunca faça promessas que não possa cumprir.

Não se queixe, nem utilize palavras que projetem imagens negativas, porque se reproduzirá ao seu redor tudo o que tenha fabricado com as suas palavras carregadas de Chi. Se não tem nada de bom, verdadeiro e útil a dizer, é melhor não dizer nada.

Aprenda a ser como um espelho: observe e reflita a energia. O Universo é o melhor exemplo de um espelho que a natureza nos deu, porque aceita, sem condições, os nossos pensamentos, emoções, palavras e ações, e envia-nos o reflexo da nossa própria energia através das diferentes circunstâncias que se apresentam nas nossas vidas.

Se se identifica com o êxito, terá êxito. Se se identifica com o fracasso, terá fracasso. Assim, podemos observar que as circunstâncias que vivemos são simplesmente manifestações externas do conteúdo da nossa conversa interna.

Aprenda a ser como o universo, escutando e refletindo a energia sem emoções densas e sem preconceitos. Porque, sendo como um espelho, com o poder mental tranquilo e em silêncio, sem lhe dar oportunidade de se impor com as suas opiniões pessoais, e evitando reações emocionais excessivas, tem oportunidade de uma comunicação sincera e fluida.

Não se dê demasiada importância, e seja humilde, pois quanto mais se mostra superior, inteligente e prepotente, mais se torna prisioneiro da sua própria imagem e vive num mundo de tensão e ilusões. Seja discreto, preserve a sua vida íntima. Desta forma libertar-se-á da opinião dos outros e terá uma vida tranquila e benevolente, invisível, misteriosa, indefinível, insondável como o TAO.

Não entre em competição com os demais, a terra que nos nutre e dá o necessário. Ajude o próximo a perceber as suas próprias virtudes e qualidades, a brilhar. O espírito competitivo faz com que o ego cresça e, inevitavelmente, crie conflitos. Tenha confiança em si mesmo. Preserve a sua paz interior, evitando entrar na provação e nas trapaças dos outros. Não se comprometa facilmente, agindo de maneira precipitada, sem ter consciência profunda da situação.

Tenha um momento de silêncio interno para considerar tudo que se apresenta e só então tome uma decisão. Assim desenvolverá a confiança em si mesmo e a Sabedoria. Se realmente há algo que não sabe, ou para que não tenha resposta, aceite o fato. Não saber é muito incômodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, ter sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal. Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe.

Evite julgar ou criticar. O Tao é imparcial nos seus juízos: não critica ninguém, tem uma compaixão infinita e não conhece a dualidade. Cada vez que julga alguém, a única coisa que faz é expressar a sua opinião pessoal, e isso é uma perda de energia, é puro ruído. Julgar é uma maneira de esconder as nossas próprias fraquezas. O Sábio tolera tudo sem dizer uma palavra.

Tudo o que o incomoda nos outros é uma projeção do que não venceu em si mesmo. Deixe que cada um resolva os seus problemas e concentre a sua energia na sua própria vida. Ocupe-se de si mesmo, não se defenda. Quando tenta se defender, está dando importância demais às palavras dos outros, a dar mais força à agressão deles. Se aceita não se defender, mostra que as opiniões dos demais não o afetam, que são simplesmente opiniões, e que não necessita de os convencer para ser feliz.

O seu silêncio interno torna-o impassível. Faça uso regular do silêncio para educar o seu ego, que tem o mau costume de falar o tempo todo. Pratique a arte de não falar. Tome algumas horas para se abster de falar. Este é um exercício excelente para conhecer e aprender o universo do Tao ilimitado, em vez de tentar explicar o que é o Tao. Progressivamente desenvolverá a arte de falar sem falar, e a sua verdadeira natureza interna substituirá a sua personalidade artificial, deixando aparecer a luz do seu coração e o poder da sabedoria do silêncio.

Graças a essa força, atrairá para você tudo o que necessita para a sua própria realização e completa libertação. Porém, tem que ter cuidado para que o ego não se infiltre… O Poder permanece quando o ego se mantém tranquilo e em silêncio. Se o ego se impõe e abusa desse Poder, este se converterá em um veneno, que o envenenará rapidamente. Fique em silêncio, cultive o seu próprio poder interno.

Respeite a vida de tudo o que existe no mundo. Não force, manipule ou controle o próximo. Converta-se no seu próprio Mestre e deixe os demais serem o que têm a capacidade de ser. Por outras palavras, viva seguindo a via sagrada do Tao.

(O Sol Interno)

Cada dia é uma dádiva, uma oportunidade de transformar sonhos em realidade, e por mais este dia de vida eu Te agradeço, meu Deus!

Se prepare para receber de braços abertos a transformação mais plena que pode acontecer na vida de uma mulher: você vai ser mãe! O seu foco de atenção vai mudar, os seus interesses vão mudar, o seu corpo vai mudar, o seu coração vai sair do seu peito, e você vai amar e agradecer a Deus.

Você vai se sentir uma borboleta, nascida de um casulo. Você vai se sentir mais viva do que nunca. Tudo aquilo que você achava que dava sentido à sua vida, de repente, vai parecer muito simples e sem importância. Você vai entender o que é prioridade.

Minha amiga, coisas maravilhosas vão acontecer em sua vida e você vai ter a oportunidade de aprender e crescer muito, e reaprender coisas que já tinha esquecido. Você vai sentir um amor que nunca imaginou que seria capaz de caber em um só peito. Você vai ser muito feliz!

Parabéns por esse presente que você recebeu em sua vida. Parabéns pelo bebê, parabéns por ser abençoada com a beleza e o milagre da vida e da maternidade. Eu desejo tudo de bom para você nesta nova e maravilhosa fase da sua vida!

Tem época na vida da gente que parece que os encontros 'amorosos' são mais uma provocação do que uma oportunidade de se sentir satisfeito e feliz... Assim, vamos contabilizando decepções e desacreditando na possibilidade de viver uma experiência positiva e motivadora.

Quando isso acontece, creio que o melhor seja parar. Uma pausa para aprender. Ou melhor, antes apreender. Perceber o que está acontecendo, quais são nossos verdadeiros desejos e quais têm sido nossas atitudes para torná-los concretos.

Muitas vezes, fazendo uma análise mais justa e desapegada, sem assumir nenhum papel, nem o de vítima das armadilhas da vida, nem da sacanagem dos outros e nem o de culpado, como se tudo o que fizéssemos estivesse definitivamente errado, terminamos descobrindo que há alguma incoerência nisso tudo.

Só que para isso precisamos de tempo... e principalmente de coragem para admitir limitações, assumir pensamentos negativos e confiar mais na sabedoria da vida e seu ritmo. O que acontece, no entanto, é que a maioria de nós não quer esperar, não quer refletir. Há somente um pensamento que alimentamos o tempo todo: quero namorar, quero ter alguém!!!

Será que estar com alguém é o mesmo que estar feliz? Pode ser que sim, mas pode ser que não... e se por qualquer motivo você não tem ficado com quem deseja, talvez seja o momento ideal para um intervalo, tão útil entre uma decepção e outra...

Tempo de se observar, de observar as pessoas e ouvir o que elas dizem. Tempo de aprender, crescer, ter uma nova conduta, desenvolver uma nova postura. Aguardar até que a vida lhe mostre qual é o melhor caminho a seguir... mas para ver, você precisa estar atento... sem tanta ansiedade, sem tanto desespero para tentar fazer com que as coisas aconteçam do jeito e na hora que você quer...

E se nenhuma resposta vier, talvez signifique que você precisa ver e ouvir com o coração. Respeitar o silêncio. Aceitar a ausência de quem você tanto deseja encontrar... Talvez não haja uma resposta e nem haja uma explicação.

Às vezes, simplesmente não existem respostas nem explicação. Apenas a vida. Apenas as pessoas. Apenas o mundo. Apenas a dor e o amor. Apenas...

E se insistirmos em não aceitar, em brigar, em nos rebelar, em nos revoltar... conseguiremos tão somente mais dor... e menos amor. Aceite que você não tem o controle, que você não pode decidir sozinho, que o universo tem seu próprio ritmo. Faça o que está ao seu alcance; faça a sua parte... e bem feito; da melhor maneira que puder...

E o que não puder, entregue e espere... porque embora diga sabiamente a música "quem sabe faz a hora, não espera acontecer", tem ocasiões nesta vida em que quem sabe, espera acontecer e respeita a hora de não fazer... até que um dia, o amor de repente acontece... porque seu coração estava exatamente onde deveria estar para ser encontrado!

(Rosana Braga)

Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe: - Que tamanho tem o universo? Acariciando a cabeça da criança, ele olhou para o infinito e respondeu: - O universo tem o tamanho do seu mundo.

Perturbada, ela novamente indagou: - Que tamanho tem meu mundo?

O pensador respondeu:

- Tem o tamanho dos seus sonhos. Se seus sonhos são pequenos, sua visão será pequena, suas metas serão limitadas, seus alvos serão diminutos, sua estrada será estreita, sua capacidade de suportar as tormentas será frágil. Os sonhos regam a existência com sentido. Se seus sonhos são frágeis, sua comida não terá sabor, suas primaveras não terão flores, suas manhãs não terão orvalho, sua emoção não terá romances. A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis, faz dos idosos, jovens, e a ausência deles transforma milionários em mendigos, faz dos jovens idosos. Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história, fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades. Sonhe!

(Augusto Cury)

Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.
Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

(Clarice Lispector)

Porque será tão difícil perdoar? Desculpar alguém que cometeu um erro grave, quando o primeiro sentimento que chega é a raiva? Esta é a principal razão do perdão estar relacionado com tanta dificuldade, assim que percebemos a mentira, engano ou deslize, nossa primeira atitude certamente não é o perdão, mas sim a raiva, a revolta e principalmente o ressentimento.

Por ser algo tão complexo e contraditório é que o perdão é um sentimento puro e direcionado aos que tem um bom coração. Para perdoar é preciso transformar tudo que surge de negativo em desculpa, tolerância e generosidade.

Mesmo com todas as dificuldades, sem dúvida, quem sai com um saldo positivo é aquele que perdoa, pois a mente fica mais leve, rodeada de boas energias e principalmente com uma consciência ainda mais tranquila.

Se a pessoa que necessita do perdão o recebe de bom coração também recebe benefícios, uma alma mais leve para seguir o seu caminho, além de mais uma oportunidade para nunca mais repetir o mesmo desatino.

Os amantes se arrependem do bem que fizeram, quando o seu desejo já se extinguiu, enquanto que aqueles que não têm amor nunca tiveram a oportunidade de se arrepender; pois não é sob o jugo da paixão, mas voluntariamente, e conduzindo bem os seus interesses, sem ultrapassar os limites dos seus próprios recursos, que eles fazem bem ao amigo. Além disso, os amantes repassam na mente os danos que o amor lhes causou nos negócios e as liberalidades que eles fizeram, e, acrescentando a isso a dor que sentiram, julgam que há muito tempo que têm vindo a pagar o preço dos favores obtidos. Já aqueles que não estão apaixonados não podem nem usar como pretexto os seus negócios negligenciados por causa do amor, nem alegar as intrigas dos familiares, de modo que, isentos de todos esses aborrecimentos, eles só têm que se empenhar em fazer tudo o que acham que deve agradar ao seu bem-amado.

(Platão)

Que o sol esteja sempre presente em seus dias, mas quando ele não estiver, não tema a chuva, porque a vida é feita de momentos e em cada um deles não nos encontramos desamparados.

Que o seu caminho seja repleto de flores, mas quando os espinhos se apresentarem, não chore eternamente diante da dor, busque novos horizontes e quando perceber, a ferida terá cicatrizado.

Quando a solidão se recusar a partir, não se dê por vencido, rogue auxílio da providência divina e perceberá que não se encontra sozinho nessa batalha. Se os seus passos se enfraquecem e a ideia de desisitir se aproxima, tenha fé, logo adiante, o desânimo cederá lugar a esperança, que renovará suas forças.

Que a cada manhã a alegria possa despertar ao seu lado, mas quando for a tristeza a sua companheira, não se aflija, ela jamais será eterna e com perseverança e confiança, reencontraremos a alegria de viver.

Quando a oportunidade de auxiliar alguém surgir, não a ignore, faça o bem que puder, sem nada exigir, assim quando necessitar de socorro, muitas mãos se estenderão em sua direção, não por obrigação, mas por carinho a sua pessoa.

Se a Verdade já bateu à sua porta, não a tranque dentro do seu coração, espalhe-a por onde passar, compartilhe conhecimentos, não se esquecendo da humildade e semeando o Amor de Jesus por onde estiveres.

Que nenhum sofrimento possa deter a sua marcha, mas quando um acontecimento lhe machucar, não desanime, nem pense em desistir, mantenha a confiança, o Pai sabe o que faz e sempre estará ao nosso lado nos consolando e nos mostrando um novo caminho.

Na alegria ou na tristeza, jamais desista de continuar a jornada. Faça uso da perseverança. Encontre a coragem dentro de você.

Tenha fé e siga em frente...

(Sonia Carvalho)

Ante as dificuldades do cotidiano, exerçamos a paciência, não apenas em auxílio aos outros, mas igualmente a favor de nós mesmos.
Desejamos referir-nos, sobretudo, ao sofrimento inútil da tensão mental que nos inclina à enfermidade e nos aniquila valiosas oportunidades de serviço.

No passado e no presente, instrutores do espírito e médicos do corpo combatem a ansiedade como sendo um dos piores corrosivos da alma. De nossa parte, é justo colaboremos com eles, a benefício próprio, imunizando-nos contra essa nuvem da imaginação que nos atormenta sem proveito, ameaçando-nos a organização emotiva.

Aceitemos a hora difícil com a paz do aluno honesto, que deu o melhor de si, no estudo da lição, de modo a comparecer diante da prova, evidenciando consciência tranqüila.

Se o nosso caminho tem as marcas do dever cumprido, a inquietação nos visita a casa íntima na condição do malfeitor decidido a subvertê-la ou dilapidá-la; e assim como é forçoso defender a atmosfera do lar contra a invasão de agentes destrutivos, é indispensável policiar o âmbito de nossos pensamentos, assegurando-lhes a serenidade necessária...

Tensão à face de possíveis acontecimentos lamentáveis é facilitar-lhes a eclosão, de vez que a idéia voltada para o mal é contribuição para que o mal aconteça; e tensão à frente de sucessos menos felizes é dificultar a ação regenerativa do bem, necessário ao reajuste das energias que desastres ou erros hajam desperdiçado.

Analisemos desapaixonadamente os prejuízos que as nossas preocupações injustificáveis causam aos outros e a nós mesmos, e evitemos semelhante desgaste empregando em trabalho nobilitante os minutos ou as horas que, muita vez, inadvertidamente, reservamos à aflição vazia.

Lembremo-nos de que as Leis Divinas, através dos processos de ação visível e invisível da natureza, a todos nos tratam em bases de equilíbrio, entregando-nos a elas, entre as necessidade do aperfeiçoamento e os desafios do progresso, com a lógica de quem sabe que tensão não substitui esforço construtivo, ante os problemas naturais do caminho. E façamos isso, não apenas por amor aos que nos cercam, mas também a fim de proteger-nos contra a hora da ansiedade que nasce e cresce de nossa invigilância para asfixiar-nos a alma ou arrasar-nos o tempo sem qualquer razão de ser.

Que você seja um grande empreendedor. Quando empreender, não tenha medo de falhar. Quando falhar, não tenha receio de chorar. Quando chorar, repense a sua vida, mas não recue. Dê sempre uma nova chance para si mesmo.

Encontre um oásis em seu deserto. Os perdedores vêem os raios. Os vencedores vêem a chuva e a oportunidade de cultivar. Os perdedores paralisam-se diante das perdas e dos fracassos. Os vencedores começam tudo de novo.

Saiba que o maior carrasco do ser humano é ele mesmo. Não seja escravo dos seus pensamentos negativos. Liberte-se da pior prisão do mundo: o cárcere da emoção. O destino raramente é inevitável, mas sim uma escolha. Escolha ser um ser humano consciente, livre e inteligente.

Sua vida é mais importante do que todo o ouro do mundo. Mais bela que as estrelas: obra-prima do Autor da vida. Apesar dos seus defeitos, você não é um número na multidão. Ninguém é igual a você no palco da vida. Você é um ser humano insubstituível.

Jamais desista das pessoas que ama. Jamais desista de ser feliz. Lute sempre pelos seus sonhos. Seja profundamente apaixonado pela vida. Pois a vida é um espetáculo imperdível.

(Augusto Cury)

Sempre que você sentir necessidade de agradecer, agradeça a você também. Egoísmo? Não. É gratidão e reconhecimento com a única pessoa responsável por tudo que acontece com você. Nada de bom ou ruim acontece se você não permitir.

Achar culpados e heróis é perca de tempo, pense que você é o responsável. Ah! E Deus? Não é Ele quem decide tudo? Sim, mas você decide de que forma Ele vai agir em sua vida.

É você quem decide se Ele orienta ou pune você. Se você parar um pouco e analisar, você entenderá. Pode me dizer não tenho sorte. Eu lhe pergunto, você joga? Você arrisca? Se me disser "eu não progrido no trabalho". Pergunto, você já procurou outro?

Assim é tudo na vida, você é o responsável. Portanto, quando der um "muito obrigado", dirija-se a você também, pois se alguém o ajudou, foi você que deu oportunidade a ele.

E tenha também a mesma conduta ao procurar culpados para fatos que ocorreram, pois foi também você quem deu a oportunidade. Se pensarmos assim teremos um mundo mais justo e feliz, pois cada um irá se preocupar com seus atos e procurar fazer o melhor, para ter o melhor.

Às vezes a vida se torna pesada, dura, áspera. Mas por muito difícil que seja o tempo que você está vivendo, por terrível que seja o fardo, nunca se esqueça que esses são também momentos de oportunidade, de mudança, de transformação e superação. Aqui podemos provar a nossa força, a nossa tenacidade. E nunca se desespere, pois dias melhores vão chegar!

A inveja provoca a cegueira e desperta a ganância. Conta-se que um dia a inveja e a ganância passeavam de mãos dadas. De repente, tropeçaram numa lâmpada maravilhosa e de lá saiu um gênio. Ele foi logo perguntando:
- Quem são vocês?
A inveja bateu no peito e disse:
- Sou a inveja. Estou caminhando com minha amiga ganância.
E o gênio pergunta?
- Quem é a mais velha, você ou a ganância?
- Eu, disse a inveja, eu nasci primeiro.
E o gênio virou-se para a inveja e disse:
- Você pode pedir tudo o que você quiser. Entendeu? Tudo. Só que eu darei em dobro para a ganância aquilo que você pedir.
A inveja pensou, pensou, pensou e disse: - Fura um olho meu.
Muita gente perde ótimas oportunidades pela vida afora, porque ficou o tempo todo contabilizando o que o outro tem. Fica imaginando um jeito de prejudicar, explorar, de tomar, de se comparar.
O invejoso não é só invejoso! É fingido também.
Para não despertar tanta inveja nos outros, evite contar suas vitórias retumbantes, conte suas lutas diárias! O invejoso ficará mais aliviado com suas dores na sobrevivência. Há um ditado popular que diz: "Não grite sua felicidade tão alto, a inveja tem sono leve.”
Não dê relatório do seu patrimônio financeiro nem cultural, seja simples. Inveja de rico talvez seja pior do que inveja de pobre. O rico finge que não viu e sofre, porque você conseguiu o seu charme. Aí começa a esnobar, contar vantagem. Fantasia-se para o carnaval social e vai cheio de brilhos e paetês na comissão de frente! O pobre não disfarça, vê e sofre, empina o nariz, cultiva complexos. Ambos perturbam, desgastam, estressam.
Comece agora mesmo um novo jeito de viver! Nunca compare o que você tem hoje com o que o outro tem. Compare o que você tem hoje com o que você não tinha ontem.
Nunca olhe para as conquistas alheias e se esqueça das suas. Nunca finja que não viu os talentos, dons e virtudes do outro. Comece agora a treinar para elogiar o próximo vitorioso. Planeje sua vida para melhorar, pelo menos, 1% todo dia!
Tire a lupa de cima dos defeitos e erros do seu vizinho, do amigo, do colega de trabalho. Faça um balanço diário, com avaliação de suas atitudes por onde você caminha e influencia.

(Ivone Boechat)