O mistério do abraço

Dizem os orientais que, quando abraçarmos uma pessoa querida a quem amamos, devemos fazer da seguinte forma: inspirando e expirando três vezes, e aí sua felicidade se multiplicará pelo menos dez vezes.

O efeito terapêutico do abraço é inegável. Diante disso não podemos esperar para abraçarmos a quem queremos bem. Se você estiver sentindo um vazio interior, tente abraçar o seu amigo, deslizando delicadamente a mão sobre as costas dele, para que o possa sentir junto a você.

Nos momentos de dor ou de alegria é que vemos o bem que um grande e demorado abraço nos causa. Pelo abraço, transmitimos emoções, recebemos carinho, trocamos afeto, compartilhamos alegria, amenizamos dores, demonstramos amizade, doamos amor, expressamos nossa humanidade.

É tempo de enlaçarmos nossos braços num terno, profundo e afetuoso abraço!

Mensagens Relacionadas

Mistérios de uma vida, duas almas...
Loucuras de paradigmas, sonhos, desejos...
Estou perdida sem chão sem razão
Meu corpo conduz minha alma...
Leva-me longe... Longe de tudo que um dia já existiu perto.
E, hoje é só mistérios... Lacunas e muitas indagações...
Mistério... Que não me permite entender pra onde estou indo...
Pra onde estou indo?
Tem volta? Será que quero voltar?
Não... Por favor, não quero voltar... Não quero me encontrar quero permanecer perdida... vivendo cada dia como se fosse o único...
A única coisa que ainda quero é o mapa que envolve teu corpo... Para assim seduzir-te de amor... prazer... desejos
Sei que estou perdida nesse misterioso encontro de almas... de medos... descobertas... mas tenho certeza que preciso ficar submersa nessa brisa de anseios...

Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais.

Mas aí, daqui uns dias, você vai me ligar. Querendo tomar aquele café de sempre, querendo me esconder como sempre, querendo me amar só enquanto você pode vulgarizar esse amor. Me querendo no escuro. E eu vou topar. Não porque seja uma idiota, não me dê valor ou não tenha nada melhor pra fazer. Apenas porque você me lembra o mistério da vida. Simplesmente porque é assim que a gente faz com a nossa própria existência: não entendemos nada, mas continuamos insistindo.

(Tati Bernardi)

Se você não está bem, eu não ando bem também. Amizade é isso! Sei que você anda em baixo, anda preocupado, estressado. Então isso me deixa preocupado, porque eu conheço seu jeito e você é uma pessoa cheia de vida para dar e vender, no entanto anda sem ânimo, sabe? A gente tem de dar um jeito nisso. Um jeito para tocar você para a frente, para o caminho certo e merecido: o caminho para a felicidade e o bem-estar. Não vou descansar enquanto você estiver metido nesse poço injusto.

A vida é um momento pequeno onde a gente busca o que de melhor está à disposição. Acontece que diversas vezes, o melhor da vida anda meio escondido, anda fugindo de nossos braços. A gente não pode parar nunca de procurar o sumo da vida. Na verdade, o melhor da vida é sempre o agora, o tempo. Tudo o resto são coisas triviais! Então se levanta e parta em busca do seu espaço de satisfação. Não se permita desistir. Sim, porque sempre que você caminha cabisbaixo e sempre que você não oferece um sorriso aberto ao mundo e às pessoas você está desistindo. Abrace o mundo a toda a hora porque a vida é um momento só e que não para nunca. Você não está sozinho.
Conte comigo para tudo!

Meu Deus, como é engraçado!
Eu nunca tinha reparado
como é curioso um laço...
Uma fita dando voltas? Se enrosca...
Mas não se embola, vira,
revira, circula e pronto:
Está dado o abraço.

É assim que é o abraço:
coração com coração,
tudo isso cercado de braço.
É assim que é o laço:
um abraço no presente,
no cabelo, no vestido,
em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta,
o que é que acontece?
Vai escorregando devagarinho
desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo,
fica solto no vestido.
E na fita, que curioso,
não faltou nem um pedaço.
Ah! Então é assim o amor,
a amizade, tudo que é sentimento,
como um pedaço de fita?
Enrosca, segura um pouquinho,
mas pode se desfazer a qualquer hora,
deixando livre as duas bandas do laço.

Por isso é que se diz:
laço afetivo, laço de amizade.
E quando alguém briga,
então se diz - romperam-se os laços.
E saem as duas partes,
igual meus pedaços de fita,
sem perder nenhum pedaço.

Então o amor é isso...
Não prende, não escraviza,
não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó,
já deixou de ser um laço.

(Maria Beatriz Marinho dos Anjos)

O abraço é um gesto perfeito. É um simples carinho que traduz muitas coisas que poderíamos dizer. Quem nunca sentiu um abraço, não sabe o que é o calor reconfortante, pois se dois corpos se encostam, durante o tempo que o coração pede, o nosso mundo para e só a felicidade permanece nos embalando.

Não importa também se o dia foi mau, nem tampouco se a tristeza invadiu nossa vida. Quando os braços de alguém que gostamos nos seguram com toda a ternura, esquecemos os nossos problemas e desfrutamos apenas desse doce momento.

Seja abraço de amor, abraço de saudade ou até de despedida, quanto sentimento existe nesse instante que jamais deveria terminar! E por isso, hoje preciso receber o seu e não deixar você ir embora sem provar do meu. Este abraço que eu tenho guardado, quer agarrar sua alma e ouvir todos os segredos que ela tem para contar.