Lutar após luto

Quando algo em nós morre, quando alguém que amamos morre, ou quando morre um amor, é preciso viver o luto. É preciso elaborar a dor. Não podemos simplesmente fazer de conta que aquilo não aconteceu e seguir com a vida, com a dor escondida em um lugar qualquer do peito.

É preciso encarar a dor da perda de frente. Por mais que isso doa, massacre. É preciso ser forte, mas também podemos nos permitir sofrer. A força é justamente reconhecer o tamanho da dor, vivê-la, tentar sobreviver a ela, e um dia transformar essa dor em saudade, sabedoria, maturidade.

Depois do luto, é preciso lutar. Lutar para seguir com a vida, abrir-se para o que de novo a vida tem a nos oferecer. Enquanto a morte vem nos arrancar um pedaço da vida, um pedaço de nós, a vida segue. E temos que nos agarrar àquilo que sobra da vida. Vale a pena viver, apesar de tudo, apesar do sofrimento.

Em honra e memória da vida daqueles que se foram, em respeito a nós e à nossa vida, é preciso viver e buscar alegria e sentido em tudo o que fazemos. Em muitos momentos não será fácil, em muitos momentos será mais fácil querer desistir. Mas é nessas horas que se separam os fortes dos fracos. Tenha fé em você!

Mensagens Relacionadas

Faria qualquer coisa para ter você de volta e poder matar esta saudade que me atormenta.

Há um ano, você se foi. Muitas vezes, ainda me pego surpresa pela sua ausência, quando lhe chamo e você não responde. Muitas vezes ainda procuro o seu rosto no travesseiro, ainda espero o seu abraço no meio da noite.

Nada nunca será capaz de me fazer esquecer a falta que você faz na minha vida. A sua morte ficou marcada na minha alma como uma tatuagem profunda. A saudade que sinto ainda é imensurável.

Eu rezo todas as noites para que Deus possa aliviar essa dor, livrar-me da revolta que frequentemente sinto por já não ter você ao meu lado, e deixar em mim apenas as memórias boas dos tempos de nós dois.

Eu sei que o meu sofrimento não lhe dá paz, por isso rezo para que Deus ilumine a minha vida, conforte-me e console-me, devolvendo-me a alegria sincera de viver. Quero que você tenha paz, meu amor.

Quero que você tenha o descanso que merece, e que a minha alma também descanse de tanta dor. Mas ainda é impossível seguir em frente com a vida. Você está muito presente em meu coração.

Como eu posso dizer ao meu coração que você partiu? Não posso acreditar que você se foi. Sinto-me triste, sinto-me só. Todos me dizem que eu preciso ficar forte, que eu preciso lhe libertar para que você encontre a paz. Eu sei que o meu sofrimento não lhe faz bem, mas ninguém entende o que estou sentindo.

Há pouco tempo, eu era feliz. De repente o meu mundo partiu-se ao meio. Eu preciso viver este luto, e preciso fazer isto do meu jeito. Preciso ficar só, preciso chorar e preciso pensar em você. Agora, a única forma que tenho para sentir o seu amor é ficando só e em silêncio para escutar as batidas do meu coração.

Eu sei que serão dias difíceis, sei que sofrerei por um longo tempo, e sempre que eu me lembrar de você, vou sentir novamente o meu coração lacrimejar sangue. Mas sei que um dia essa dor vai passar. Eu não quero prender a dor. Quando sentir que é o momento de voltar a viver, deixarei a dor e a tristeza irem embora e guardarei apenas a saudade.

Este é o meu jeito de viver o meu luto e de reaprender a viver sem você aqui. E não importa o que os outros vêem por fora, importa o que sinto em meu peito.

Meu coração chora sua despedida e viverá um luto para sempre e sem medida.

Como uma sentença, todos vivemos nossas vidas na sombra do inevitável e terrível desfecho que é a morte. Uma certeza que mesmo assim, sempre nos consegue pegar de surpresa quando nos atinge através dos que mais amamos.

Foi assim que me senti quando você se foi, minha querida mãe. Quando abro os olhos a cada nova manhã, ainda penso estar vivendo um pesadelo, pois ainda passou pouco tempo e custa a acreditar que tudo isto é real.

Desde então minha alma vive em um luto carregado, em uma melancolia incurável, em uma saudade insustentável. Talvez a sabedoria popular prove ter razão e o tempo tudo melhore, talvez. Mas por enquanto saber que está para sempre longe, para sempre inalcançável, é a mais insuportável das ideias.

Minha querida mãe, não importa onde esteja agora, não importa quanto tempo tenho de esperar para a poder reencontrar além da vida. Esta saudade vai ser eterna, pois para sempre eu vou amar você!