Mensagens de Viver a Vida


Uma das decisões mais corajosas que podemos tomar na vida é sermos felizes! Muitas vezes, é dos piores finais que vêm os melhores recomeços. Quando você achar que não é mais capaz de seguir caminhando, coloque-se de pé e siga em frente. É esta força e capacidade que fazem de você uma pessoa especial.

Por maior que seja a tempestade, o sol, grande astro rei, sempre volta a brilhar! Deixe que todos os seus medos saiam de dentro do seu coração, assim você terá mais espaço para viver os seus sonhos. Seja sempre forte e resistente, não se renda. E lembre-se: lute sempre pelo que quer, valorize ao máximo o que possui, conserve o que você tem de melhor, esquece tudo aquilo que lhe magoa, e aproveite a vida e o que ela tem de bom!

Acreditar que a nossa vida não é melhor ou pior do que a de ninguém. Nunca sentir-se maior ou menor, mas igual. Fazer o bem sem olhar à quem e não esperar nada em troca, é uma maneira de encontrar a felicidade.

Procurar sorrir sempre, mesmo diante das dificuldades e não se envergonhar das lágrimas, diante da necessidade, é outra maneira de irmos ao encontro dela. Ser humilde, prestar favores sem recompensas, abrir as mãos e oferecer ajuda, é uma maneira de buscar a felicidade.

Chorar e sofrer, mas lutar e procurar vencer, sem deixar o cansaço te derrotar, nem o desânimo ou o preconceito te dominar, é uma maneira de ganhar a felicidade. Aprender à defender seus ideais e a amar seus semelhantes, à conquistar seus amigos pelo que é e não pelo que queiram que seja, é mais uma maneira de abraçar a felicidade.

Saber ganhar e saber perder, é uma rara conquista, mas você consegue. Tenha fé, acredite em Deus!!! Viva cada momento de sua vida como se fosse o último. Faça de sua vida uma conquista de vitórias, uma virtude e aproveite tudo o que ela te der como oportunidade. Mesmo sofrendo, sofra amando. Pois é através do amor que você encontrará as chaves para abrir as portas da felicidade...

Compreendi que viver é ser livre… Que ter amigos é necessário… Que lutar é manter-se vivo… Que pra ser feliz basta querer… Aprendi que o tempo cura… Que mágoa passa… Que decepção não mata… Que hoje é reflexo de ontem… Compreendi que podemos chorar sem derramar lágrimas… Que um verdadeiro amigo permanece… Que dor fortalece… Que vencer engrandece… Aprendi que sonhar não é fantasiar… Que pra sorrir tem que fazer alguém sorrir…Que a beleza não está no que vemos, e sim no que sentimos… Que o valor está na força da conquista… Compreendi que as palavras têm força… Que fazer é melhor que falar… Que o olhar não mente… Que viver é aprender com os erros… Aprendi que tudo depende da vontade… Que o melhor é ser nós mesmos… Que o SEGREDO da vida é VIVER !!!

E umas das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi criadora de minha própria vida.

(Clarice Lispector)

Tenho um instinto só meu. Gosto de viver assim, sem limites, fazendo a vida se moldar em mim. Brinco com o tempo, contrariando sua exatidão. Nada pode ser sério demais. Sigo os ponteiros do meu coração. Sou de um jeito exagerado, sou o espanto por não ter na fala a pausa precisa. Sou borboleta arisca, que arrisca, à espera da flor mais bela. Sou a cada minuto, a sugestão de um momento. Sou sentimento, apego, carinho, a falta. Por quanto tempo eu viver, seguirei achando que ainda não amei o suficiente. Sou só eu mesma a todo instante.

(Patty Vicensotti)

De que vale a vida se nada fizermos para a viver? De que valem os sonhos se nada fizermos para os concretizar? Pouco ou nada!

Então é simples, não se deixe dominar pelo medo, nunca, seja ele o medo do fracasso, medo de sofrer, medo de perder, seja ele qual for, confronte esse medo que tudo e a todos paralisa e vá à luta.

No final tudo se resume ao que foi feito, tenha dado certo ou não, o que realmente importa é tentar, nunca desistir e ter a paz de uma consciência limpa. O que importa é viver a vida, cada um a sua vida!

Aproveitar a vida é muito simples, as pessoas é que complicam e perdem tempo com problemas muitas vezes fáceis de resolver.

Aproveitar a vida é só fazer o que se deseja, o que sente vontade, mas é claro que dentro de seus limites, respeitando os outros também.

É fazer o que quer, mesmo que depois, só depois, se aperceba que estava errado. Pois aproveitar é também errar e aprender com isso. Se preocupe menos e aproveite mais!

Mais um ano se passou em minha vida. Mais uma vez é chegado o dia do meu aniversário, dia de reflexão, de silêncio, gratidão e comemoração.

Nem sempre as coisas são como desejamos, nem acontecem como sonhamos. Mas tudo tem uma razão de ser. Na vida não adianta apenas sonhar e desejar. É preciso lutar, batalhar, e estar pronto para quando a sorte passar por nós.

Este ano que passou em minha vida não foi um ano especial, mas foi um ano que me fez perceber que não tenho tempo a perder. Pois o tempo é o que de mais valioso temos na vida.

Eu agradeço por tudo o que vivi, pois o que não deixou uma boa recordação, deixou uma lição. E as lições, assim como as recordações, levo comigo para o resto da vida, e farão parte de mim sempre.

Obrigado por mais um ano vivido, obrigado pela oportunidade de viver mais um ano para fazer tudo aquilo que não fiz até agora! E que este ano seja cheio de realizações e muita felicidade.

Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro. Não sejam aprisionados pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário.

(Steve Jobs)

Todos buscam a felicidade, e esperam bons sentimentos, mas o que é que cada um faz para consegui-los? Quando esperamos por gentileza, será que diariamente somos gentis com os outros? Queremos estar perto de pessoas positivas e alegres, mas será que somos assim para os outros?

Deparamo-nos com tantas pessoas durante o dia que muitas vezes não percebemos o quanto podemos ser indiferentes com quem passa ao nosso lado.

É muito fácil querer que todo mundo nos transmita os melhores sentimentos, achar que o relacionamento interpessoal pode mudar sem você fazer nada. O difícil é lembrar que tudo pode começar a partir de cada um, que você tem o poder de mudar as coisas positivamente.

Se achar que as pessoas do seu bairro não demonstram gentileza, comece a ser gentil insistentemente. Certamente vai melhorar o dia de alguém que pode passar o sentimento como através de uma corrente. Comece logo pela manhã distribuindo vários “bons dias” e veja o que acontece.

Entretanto as pessoas são diferentes e nem todas estão interessadas em absolver bons sentimentos, e se você encontrar pessoas assum siga em frente e não desista de aproveitar sua vida de um jeito diferente. Retribua todo o bem que já lhe foi feito. Quem sabe continuando com essa corrente espalhamos mais felicidade e reduzimos os índices de mau humor pelo mundo.

A vida é mais breve que aquilo que pensamos, e por isso muitas vezes acabamos perdendo tempo com coisas fúteis que apenas nos roubam energia e não nos trazem verdadeira satisfação.

Aprenda a aproveitar as grandes oportunidades que surgem dia após dia. Siga seu coração, pois ele levará você ao que é importante e, acima de tudo, seja muito feliz.

Hoje tenho um pedido para lhe fazer: que aproveite cada segundo do seu dia ao máximo; e tenha um bom dia! Não importa se é terça-feira, quarta-feira ou sexta-feira, o que importa mesmo é que estamos vivos, e é nosso dever aproveitar a vida em pleno.

Esqueça o que já foi e o que ainda virá e viva cada instante como se fosse o mais importante, pois na verdade é. O momento mais importante da sua existência é sempre aquele que você está vivendo, por isso não deixe que esses momentos se escapem entre hesitações ou lamentos.

Agarre a vida com garra, determinação e sem medos, e seja feliz!

Na verdade eu queria estar escrevendo aqui um assunto polêmico, ou qualquer outra coisa, mas decidi que quero falar sobre esse assunto que para uns é simplório demais, mas no meu entender é sempre importante e que está relacionado ao nosso comportamento.

Quero dizer que passamos a maior parte do tempo olhando os erros dos outros e nunca queremos mudar os nossos. Entendo que somos responsáveis por cada ato que praticamos. E mesmo assim às vezes saímos atropelando a vida sem tirar um tempo para pensar no que podemos melhorar.

Eu decidi que o próximo amanhecer eu vou mudar, começando por corrigir os meus erros, só então eu vou poder fazer deles um novo aprendizado para o meu hoje. Ainda vou poder avaliar os meus acertos e olhar para trás sem culpa e me tornar um ser humano melhor.

Sei que não posso mudar as pessoas, mas eu posso mudar, acho que já é um bom começo. A partir do próximo amanhecer vou respeitar as pessoas que estão próximas de mim como elas são. Aceitar os acontecimentos da vida como se fossem parte de uma caminhada que tenho que percorrer.

Só não posso desistir de poder amanhecer todos os dias com esperança que um novo dia recomeça e que eu vou estar melhor que ontem, não quero exigir nem de mim nem de ninguém um modelo de perfeição. Quero sim, viver minha vida sem medo, sem culpa, eu só quero ser feliz e viver a vida sem exigência, pois cada dia já é suficiente para minha renovação.

Desejo a todos que ao acordar possam refletir que ainda há tempo para recomeçar e mudar tudo aquilo que te incomoda, sem culpa.

(Lucimar Santana)
(A vida simplesmente como ela se apresenta)

Entre tantos problemas e dificuldades que surgem no decorrer das nossas vidas, nos deparamos com duas opções, deixar que tudo isso seja absorvido de forma negativa arrasando sua vida, ou ultrapassar mesmo que seja com muito esforço e coragem.

Independentemente da situação a nossa forma de olhar para ela é que define como seremos atingidos, negativamente ou positivamente. Apesar de parece muito difícil, encarar uma dificuldade de maneira positiva pode ser menos complexo do que imagina, na verdade se trata muito mais de vontade e treinamento do que simplesmente já ter nascido com tal sentimento.

Logicamente a primeira vez será muito mais complicado, os pensamentos negativos virão com muita frequência, mas devem ser sempre rebatidos com muita positividade. Com o passar do tempo, verá os benefícios do entusiasmo e o problema seguinte com certeza será resolvido com muito mais facilidade.

Tenha amor pela sua vida, não gaste nenhuma porção do seu tempo com maus sentimentos, deixe todos eles fora da sua vida e verá as maravilhas dos pensamentos positivos. Se apaixone pela sua vida e deixe-se viver com muito entusiasmo!

Observo a dinâmica desse nosso mundão atual. O que vejo é um espetáculo de sensações fortes, indicando um comportamento adoentado. Como alguém da senda mística, ligada à sensibilidade, entendo ser necessária uma reeducação de nossa época, um resgate da arte e do fervor de saborear as coisas e os seres em suas múltiplas dimensões.

Temo que muitos jovens e adultos se comportem no mundo como se fossem donos e senhores, sem estabelecer relações de doçura e receptividade. Fechados no casulo da eletrônica e demais progressos tecnológicos, afogados em devaneios virtuais, temos esquecido da vida interior, deixado de extrair todo o seu sumo e sabor.

Diante disso, o que fazer? Proponho três exercícios difíceis, mas não impossíveis, que se fazem necessários para escapar da banalidade circundante. Vejamos:

Passo 1: O primeiro ato a praticar para modificar a qualidade da relação com o mundo é dar tempo a si mesmo. Tornar mais lento os ritmos, estancar a sucessão trepidante de acontecimentos. É na tranquilidade que fruímos a densidade do presente e podemos elaborar as emoções profundas, aquelas que penetram fundo na alma e a convidam a crescer.

Passo 2: Assumir uma postura de disponibilidade. Desenvolver interesse pelas coisas, mesmo que pequenas e aparentemente insignificantes. Entender a força dos prazeres minúsculos é aprender a viver melhor as possibilidades do cotidiano. Uma paisagem, um filme, jogar com uma criança, o aroma do sabonete, uma canção, coisas que estão ao nosso alcance com facilidade. Não custam quase nada e revelam as gigantescas belezas e qualidades emocionais do mundo.

Passo 3: Aprimorar uma atitude de brandura. O século XX foi de espírito forte e violento, de desbravadores e empreendedores. Sua identidade era ligada a adiantamentos técnicos, conquistas práticas, desenvolvimentos materiais. Nossa missão é outra, diferente. Há, como ensina a sabedoria popular, tempo de plantar e tempo de colher. Estamos no segundo estágio. Herdeiros de tamanha agitação, precisamos trabalhar para frutificar a meiguice, a leveza, a delicadeza, o desprendimento, a ternura.

Perceba que são muitas as dádivas que recebemos. Vamos ser delas merecedoras. Construir uma vida melhor para nós e para as gerações depois da nossa. Vida com mais tempo, disponibilidade e brandura. Simples assim.

(Marina Gold)
(Vida e Estilo)

Sempre é interessante observar a vida, analisando erros e acertos por outros cometidos, principalmente daqueles que por sua vivência, podem nos transmitir sua experiência de vida, algo que jamais deverá ser desprezado.
A melhor experiência que existe, é você saber aproveitar e analisar os erros que os mais velhos cometem ou cometeram, para não repeti-los.
Costumam os jovens dizer que "a sua experiência não serve para mim", o que indiscutivelmente é um grande engano, pois se as experiências vividas tiveram bons resultados, por que não aproveitar a fórmula usada, claro que adequando a fórmula antiga aos tempos modernos? Se, pelo contrário, as experiências foram más, já se pode saber, ao menos, o que NÃO se deve fazer.
Por exemplo, na minha infância, pude observar os efeitos altamente nocivos que o cigarro produzia para a saúde de meu pai. Ele tinha homéricos acessos de tosse, além de problemas cardíacos, e uma série de outros efeitos que todo fumante conhece de sobejo.
Vendo isso na minha frente, a atitude mais lógica foi aquela que tomei. Decidi NUNCA fumar. Ainda mais que meu pai, em suas longas conversas comigo, sempre costumava dizer que, se alguém o houvesse alertado na juventude sobre os efeitos do cigarro no organismo, jamais teria fumado. Claro, se o cigarro era o responsável direto por todos os problemas de saúde que ele enfrentava, por que não aproveitar sua experiência infeliz, e tomar a decisão mais acertada de minha vida?
Claro que tive que defender minha decisão com bravura, pois naquela época, eu fazia parte de uma "turminha da pesada" , e para defender meu ponto de vista, fui obrigado muitas vezes a "sair no braço" com os outros moleques, que queriam me obrigar a fumar.
Eis aí um bom exemplo de que as experiências dos mais velhos sempre podem ser extremamente úteis, desde que devidamente analisadas.
Fica aqui um alerta para todos, jovens e não tão jovens. Uns, que procurem dar bons exemplos, e que procurem o caminho do diálogo, e outros, que saibam aproveitar, tanto os bons quanto os maus exemplos, para melhor direcionar seu caminho, podendo assim, fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA.

(Marcial Salaverry)
(Recanto das Letras)