Quando já não há amor

Quando já não há amor

O carinho pode permanecer o mesmo, mas quando já não há amor não tem porque insistir.

Mensagens Relacionadas

Nem sempre os amores dependem do esforço e da dedicação de cada um. Se isso acontecesse, você estaria agora em meus braços, porque foi pelo seu amor que de forma incansável lutei.

Fica comigo a lição de que não me devo cansar mais por quem não merece. Eu esperei ansiosamente um sinal da sua parte, mas em retorno tive apenas um silêncio indiferente.

Agora eu sei que há paixões que nunca poderão acontecer!

Quando há amor, a morte não consegue separar totalmente duas pessoas e quem parte continua vivendo na memória de quem fica.

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida. Se os olhares se cruzarem e, nesse momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água nesse momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus lhe mandou um presente divino - o amor.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um para o outro. Se por algum motivo você estiver triste, se a vida lhe deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e as enxugar com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado. Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijama velho, chinelos de dedo e cabelos emaranhados. Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite.

Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado. Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecer e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela. Se você preferir morrer, antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida. É uma dádiva!

Muitas pessoas se apaixonam muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio.

Por isso, preste atenção aos sinais, não deixe que as loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o amor!

Quando somos jovens sonhamos muitos sonhos impossíveis e fantasiamos uma realidade que nunca chega a existir. Com o tempo percebemos que a vida quase nunca é aquilo que esperávamos dela, e às vezes ficamos tristes e desapontados por isso.

Mas apesar dela não ser o que sonhamos um dia, aquilo que devemos pensar é que talvez ela seja precisamente aquilo que deve ser. Muitas vezes quando algo não acontece como queríamos é para nosso bem.

Olhe com atenção para sua vida e veja tudo de bom que existe nela, pois o problema é que muitas vezes só focamos no negativo ou no que nunca aconteceu. Agradeça por tudo que tem, por tudo que já conquistou e superou e verá como se sentirá mais feliz.

Quando sinto que está anoitecendo, há uma amarga nostalgia que cresce dentro de mim. São as recordações de tempos passados, dos momentos inesquecíveis que passamos juntos.

O dia chega ao fim e então me deixo embalar pelos sonhos. É a manifestação da saudade no meu coração. Assim sendo, de alguma forma você está perto de mim e eu sorrio e sou, por momentos, feliz.

Boa noite, meu amor!