Ser Mãe é ser vida

Ser mãe é a maior dádiva da vida. Agora que você vai conhecer a realidade da maternidade na pele, peço que se lembre sempre de uma coisa: dar vida é a maior demonstração de amor que qualquer ser possui em toda a sua vida. É isso que espero que nunca saia de sua cabeça, minha filha. Em breve, esse neném que anda aí viajando em sua barriga estará cá fora, junto da gente para alegrar nossos dias. Tenho muito orgulho na mãe que eu sei que você vai ser!

Sua vida vai mudar para melhor, aliás, ela está já bem diferente. Um bebê muda nosso modo de pensar, altera nosso jeito de sentir e torna a gente mais real e preocupada. Mas isso é bom. Tudo, na maternidade, é delicioso. Desde a bela novidade da gravidez até à fase adulta, passando pelos primeiros passos e pela amamentação. O vestir as roupinhas, o dar banho e essencialmente o cuidar. Ser mãe é ser grande. É ajudar seu bebê a fazer do mundo, um local bem mais agradável para viver. Que ansiedade, meu amor. Que ansiedade!

Mensagens Relacionadas

Meu amor, minha amada esposa, mulher forte e corajosa, mãe carinhosa e dedicada. Em você se concentra o verdadeiro e mais profundo significado do que é ser mãe! Pois ser mãe é ser como você, e ter no corpo todo o encanto da criação, no ventre gerar vida, no coração amor infinito.

Ser mãe é ter como você, um coração tão grande quanto todos os oceanos multiplicados até ao infinito, uma paciência do tamanho do universo, e um sorriso permanente que acalma e conforta. Ser mãe é ser como você, sublime essência de proteção, amor incondicional e carinho que nunca esgotam.

Você está sempre presente, incansável, constante. Você sabe se impor quando é necessário, dar sem nunca exigir de volta. Você é mulher de infinitos encantos e fortalezas; esposa carinhosa e dedicada; mãe maravilhosa, protetora, atenta, exemplar. Você é aquela que melhor sabe honrar todos os nomes onde cabe o seu!

Todo o ser humano é genial. Todo o ser humano dispõe de capacidades infinitas para o bem. É só uma questão de se conhecer a fundo e praticar a bondade a toda a hora. Todo mundo é capaz de realizar as maiores proezas e desafiar quaisquer dias cinzentos para virar eles um mundo de cor. Todos somos fortes o suficiente para embarcar numa vida de beleza. Mas há um ser que se distingue dos outros devido à sua natureza inata de amor e carinho: a mãe.

Ser mãe é conhecer toda a luz que faz da vida um local bom para viver. Ser mãe é permitir sonhar com futuros maiores, mais bondosos, mais verdadeiros. Ser mãe é dar vida, e é dar a vida a quem deu vida se necessário. Não há qualidade maior que viva na mãe, todas elas são deslumbrantes e carecem nunca da energia dos outros. O mundo e vida agradecem a existência de todas as mães na terra porque sem elas tudo seria menos gracioso, tudo seria apagado e toda a verdade perderia consciência.

Ser mãe é ser presença constante, carinho incansável, proteção e segurança que me garantem que jamais ficarei só na vida.

Ser mãe é ser o que você sempre foi para mim, querida mãe. Um sorriso que conforta e anima na hora mais aflita, uma palavra que acalma e orienta.

O seu coração é tão grande e generoso quanto a imensidão do universo, e o seu colo uma certeza de paz. Eu te amo, melhor mãe do mundo!

Costuma dizer-se que quando uma criança nasce, com ela nasce uma mãe. É uma ideia bonita, mas nem sempre ela encontra correspondência na vida real. Às vezes a criança nasce, e só mais tarde na vida desse rebento de luz é que vai nascer a mãe que o vai amar.

Assim é com uma mãe adotiva, que nasce quando o seu olhar se cruza com o do filho que não gerou no ventre, mas que naquele momento, e daí em diante, se planta com firmeza no seu coração. Assim é, e assim foi comigo.

Ser mãe adotiva é amar tão completamente, e mais do que a própria, a vida daquele que chegou pelas mãos da divina providência, não da biologia. É olhar o corpinho do ser onde não corre o mesmo sangue e enxergar a alma do próprio filho. É ver nele a extensão daquilo que ela é.

Ser mãe adotiva é amar, sacrificar, sofrer em silêncio, chorar de alegria... Com um coração, lágrimas ou sorrisos semelhantes aos de qualquer outra mãe, pois ser mãe adotiva é ser Mãe, ponto!

Ser mãe é estar sempre preocupada
e ao mesmo tempo emocionada
pensando em seus filhos.

É um trabalho duro
de pegar alguém pelos braços
e educar sem ser muito dura
e amar sem ser muito frouxa.

Ser mãe é nunca mais ser a mesma
depois que seus filhos nascem.
É se transformar em uma nova pessoa,
mais forte, mais sábia.

Ser mãe é amar seus filhos
e fazer de tudo para eles
serem muito felizes.