Mensagens Católicas


“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.”
João 15:13

Amigos são o verdadeiro tesouro da vida, uma bênção maior de Deus, e em Jesus temos o maior exemplo de um verdadeiro amigo. Sigamos seu exemplo e ensinamentos, meus amigos, pois ele morreu e ressuscitou por amor a todos nós, por amizade, para nos livrar dos nossos pecados.

Vamos ser mais justos, mais compreensíveis, mais pacientes. Vamos perdoar e amar com o coração, e em todas as horas estendamos nossas mãos aos nossos amigos.

Amigos são uma expressão do amor de Jesus e através da amizade verdadeira prestamos homenagem à paixão e sacrifício de Cristo.

Meditar é um dos caminhos para a comunhão com Deus. Crie o hábito de silenciar a mente e entrar em contato com Deus. Observará que um novo ser nascerá. Qualquer momento é o correto para iniciar uma mudança positiva.

Falamos várias vezes ao dia em Deus, desejamos aos outros que fiquem com Ele,
que Ele os abençoe; damos graças por diversas situações que se nos apresentam, mas com consciência quase nunca nos sentimos em Sua presença.

Deixe tudo de lado por alguns instantes durante o dia, quantas vezes puder, e pense em Deus com todo o fervor do seu coração. Esteja, de fato, com Deus!

Todos os sonhos são possíveis, todas as barreiras são superáveis e todas as batalhas podem ser vencidas por quem escolhe ter Deus do seu lado. Ele é a força que não podemos encontrar em outro lugar e o consolo que nos dá ânimo nos piores momentos. Só quem vive para fazer sua vontade consegue perceber o quão próximo Ele pode estar de cada um de nós.

Com Deus podemos tudo, pois tudo é pouco comparado com seu poder. Por isso, Lhe darei glória todos os dias com o amor e a reverência que sinto no coração.

O amor de Jesus é incondicional e chega a todos que o queiram receber!

Jesus é entrega, sacrifício e bondade, e graças a Ele vivo em paz e felicidade.

Deus está presente na minha vida e por isso nada temo e tudo enfrento com fé e esperança.

Enquanto Deus me guiar eu jamais sentirei solidão.

Não foi fácil, mas valeu a pena. Eu Te agradeço, meu Deus, por mais uma vitória alcançada!

Em alguns momentos da vida nos vemos revoltados, sem conseguir entender porque tantos males nos assolam. Questionamos o poder e a bondade de Deus, como pode Ele nos deixar sofrer, nós que somos os Seus filhos, as Suas criaturas.

Em alguns momentos da vida até chegamos a virar as costas para Deus. Mas a verdade é que apesar de Deus ser onisciente e onipresente, viver está em nossas mãos. Ele não controla as nossas vidas e nem todas as coisas que nos acontecem, mas nos guia e nos ilumina para sabermos lidar com elas.

Meu Deus, eu sei que não tenho sido o melhor dos Teus filhos, sei que tenho questionado o Teu amor por mim e a Tua compaixão. Mas Senhor, quero que saibas que em momento algum perdi a fé em Ti!

Apesar da minha aparente rebeldia, o meu coração sempre foi fiel a Ti, nunca deixei apagar o fogo da minha fé. Eu peço perdão Senhor, se em algum momento Te ofendi. Eu sei que o Senhor só quer o melhor para mim.

Eu entrego o meu coração em Tuas mãos, ó Deus, me ilumina e me traz paz! Amém!

Deus é glorioso, Jesus é glorioso. Eles salvaram a minha vida. Eles me fizeram feliz! Jesus lavou todos os pecados que estavam em mim, e Deus me perdoou e me abençoou.

Com Deus no meu coração, eu tenho a vida eterna, eu mudei para sempre e nunca mais serei o mesmo. Os meus dias serão felizes e leves, eu agora vivo em estado de graça infinita.

Os sofrimentos e as tristezas da terra já não me afetam tanto, porque eu sei que a paz de Cristo vai me trazer alegria eterna.

A Deus eu confio a minha alma, a Deus eu confio a minha vida, e em Deus eu vivo dias felizes e gloriosos. Deus está aqui, Deus está em minha vida, Ele faz parte de mim!

Cada dia que posso viver é uma nova oportunidade para mim, uma possibilidade de desfrutar das coisas belas que este mundo tem. Mas se acordo e posso usufruir de tudo isso, é porque tenho um Deus que sabe cuidar de mim como ninguém.

Nem cabe no meu coração toda gratidão que sinto e pensar nas dádivas do Criador me leva a demonstrar ainda mais veneração. Eu Te agradeço muito, meu Deus, por mais este dia!

Comecemos por esta afirmativa fundamental: avivar-se significa despertar-se do sono e frieza espiritual. O profeta pediu avivamento porque Israel precisava acordar. Seus líderes estavam dormindo o sono do comodismo e da inércia espiritual. Ele sabia que o povo havia pecado e, consequentemente, seria julgado e condenado. E, por isso, pede para que Deus apareça entre o povo com uma nova manifestação de poder, por meio de sua graça e de seu Espírito. Somente assim eles seriam perdoados e salvos.

O apóstolo Paulo, escrevendo aos crentes de Roma, exorta-os dizendo: “...é hora de despertamos do sono, porque a nossa salvação está, agora, mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”, Rm 13: 11. Quer dizer: ele apela aos cristãos e os desafia a uma vida cristã ativa e de trabalho cristão. No verso 12, quando diz que “a noite é passada e o dia é chegado”, cria na volta iminente de Jesus um fator motivador para permanecermos acordados na vida cristã: Jesus está vivo e vai voltar para buscar a igreja.

À semelhança do profeta Jonas que, em razão de sua desobediência a Deus, dormia um profundo sono no porão do navio, Jn 1: 5, muitos estão fugindo da presença do Senhor e estão dormindo espiritualmente nos porões da tristeza, da frieza espiritual, da negligência, do comodismo e da desobediência. A estes, a Palavra de Deus está dizendo todos os dias: “Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá”, Ef 5: 14.

(Pr. Anairton de Souza Pereira)

O que é, e o que não é avivamento

Avivamento não é emocionalismo momentâneo produzido pelos evangelistas, onde a duração é até a saída do mesmo para anunciar as Boas Novas em outra cidade.

Avivamento é o estado constante da igreja, abrasada pelo glorioso fogo do Espírito Santo (Lev.6:13).

Avivamento não é grandes movimentos e festas de confraternizações, embora épocas como essas sejam propícias para despertamentos espirituais (Jo.7:37).

Avivamento é o constante mover do Espírito na igreja, produzindo vida e energia espiritual (At.4:31).

Avivamento não é animação fantasiosa, promovida por grandes líderes, visando maior arrecadação financeira da igreja.

Avivamento é a busca incessante da igreja, aos dons espirituais e, o anelante desejo de gerar o fruto do Espírito (I Cor.12,Gal.5:22).

Buscamos um avivamento...

...Que traga de volta o Espírito Santo às nossas igrejas, afastado que foi pelo formalismo, hipocrisia e vaidade do povo de Deus (Gen.6:3,I Ts.5:19,Ef.4:30).

...Que traga de volta os crentes aos nossos templos, para voltarem à prática da oração e adoração a Deus (Sal.27:4,84:10,At.1:13;14).

...Que dê à igreja o padrão bíblico de Atos dos Apóstolos, onde em toda a alma havia temor e, e muitos sinais e maravilhas se faziam pelas mãos dos apóstolos (At.2:43).

...Que tome a igreja das mãos de obreiros néscios, insinceros, profanos, caluniadores, divisores, iracundos, vaidosos, infiéis, orgulhosos, sem amor, senhores de si, e que não aceitam a operação de Deus para esse tempo do fim, entregando-a nas mãos de quem de fato e de direito é o Senhor dela: O Espírito de Deus.

...Que faça-nos voltar ao antigo critério de escolha dos obreiros para apascentar o rebanho, onde o próprio Deus fazia a escolha, sem nenhum apadrinhamento e preferência pessoal (At.13:2,9e15).

...Que faça os crentes saírem de quatro paredes, para um evangelismo amplo e irrestrito, antes da volta gloriosa de Jesus (Mat.24:14).

...Que tire os crentes da frente da maléfica programação televisiva, levando-os para uma vida de temor e santidade ao Senhor (Sal.131:3).

...Que traga arrependimento e confissões de pecados, motivando os crentes a temerem a Deus e evitarem a iniquidade, causa maior da falta de curas e milagres no meio do povo de Deus (Tg.4:9,5:16).

...Que traga de volta os crentes ao primeiro amor e a prática das antigas primeiras obras, negligenciadas e deixadas de lado pela chamada evolução (Ap.2:4e5).

...Que devolva aos obreiros do Senhor, a santa ousadia no falar, apontando e nomeando os pecados, sem rodeios e precauções de perder membros da igreja (At.4:29,13:10,11eMat.3:7a10).

...Que traga de volta os dons espirituais e a divina sabedoria para usá-los corretamente, segundo a sábia revelação e orientação do Espírito de Deus (II Cor.12:31,Rom.12:6a8).

...Que devolva aos nossos jovens aquela força apregoada por João, e que foi perdida pelos desejos sensuais da carne, que ocupou mentes e corações da mocidade (I Jo.2:14,I Sam.16:11).

...Que infunda vida poderosa nos institutos bíblicos e teológicos, mostrando que o poder de Deus não está apenas no papel, mas na vida real dos servos e servas de Deus (At.26:24).

...Que tire da U.T.I. muitas vidas cristãs que agonizam, por faltar alimento sólido, consistente da Palavra de Deus, e por padecerem vitimadas por intoxição alimentar com doutrinas falsas e errôneas (I Tim.4:1).

...Que devolva a nossa Escola Dominical a mesma graça e beleza que tinha nos primórdios da obra pentecostal no Brasil, dando a todos a oportunidade de crescerem e robustecerem-se na fé (Prov.22:28).

...Que devolva aquele santo desejo de tudo ter em comum, repartindo com todos, segundo cada um havia de mister (At.2:44a46).

...Que reacenda o pavio fumegante, tornando a igreja numa grande e gigantesca obra amada por Deus, respeitada por satanás e temida pelos adversários.

(Josias Gomes de Almeida)
(Produzindo Vencedores)

Meu filhote querido, a sua mamãe coruja que durante tantos anos se acostumou a guardá-lo e protegê-lo debaixo das asas, agora vai ver você voar. O meu coração fica apertado só de imaginar você longe de mim, mas ao mesmo tempo sinto orgulho de saber que você é capaz de levantar voo e desbravar o céu.

Meu filho, você embarca agora em uma grande aventura, em uma experiência que certamente será inesquecível. Eu vou ficar aqui torcendo por você, acompanhando de longe e com muito amor e carinho a sua viagem.

Poucas coisas na vida trazem tanto crescimento como estar fora do nosso ninho, fora da nossa zona de conforto. E você, como eu sei, já gosta de alçar voos, agora sim é que vai tomar gosto. Nem o céu é o seu limite! E eu só posso me orgulhar.

Vai com Deus, meu filho! Se cuida, e saiba que estarei aqui lhe esperando para cuidar da suas asas cansadas, para o acarinhar quando você voltar e deixá-lo preparado para continuar voando. Voa longe, voa alto meu filhote. Eu te amo!

Aconteça o que acontecer, esteja em paz com você mesmo. Aconteça o que acontecer, medite sobre a sua postura perante a vida, diante do seu próximo.

Aconteça o que acontecer, esteja alerta aos seus sentimentos em relação a si e aos outros. Aconteça o que acontecer, esteja em paz com Deus que criou você e lhe quer bem.

Aconteça o que acontecer, esteja feliz, porque a vida é a melhor escola para que você cresça. Aconteça o que acontecer, esteja em todos os corações com sua bondade, sua generosidade e sua doação.

Aconteça o que acontecer, esteja ativa na vida, pois passiva e trancada, nada lucrará a não ser a estagnação. Aconteça o que acontecer, ame, apoie, agasalhe, ajude ao próximo.

Aconteça o que acontecer, esteja em paz!

Só Deus pode restaurar o que se quebrou em sua vida, só o amor de Deus pode te tirar da tristeza que sente agora e criar algo maravilhoso em sua vida. Deus é bom e misericordioso, e Ele não pede nada em troca, pede apenas que O você ame e confie n'Ele.

Só Deus pode trazer paz para aquilo que lhe aconteceu no passado, só Deus pode trazer um sentido para a sua vida no presente, e esperança no futuro. Os planos de Deus para nós são muito maiores do que os nossos sonhos. Nós, com a nossa pouca sabedoria humana, não sabemos dar o devido valor àquilo que realmente importa na vida, mas Deus, às vezes a duras pedras, nos mostra o que é importante de verdade.

Quando você estiver triste, feche os olhos, fique em silêncio e se aproxime de Deus. Quando oramos, nós falamos com Deus, mas quando meditamos, permitimos que Deus fale conosco, e é preciso saber sentir as palavras de Deus em nossa vida.

Se você confia em Deus, não há o que temer! Faça a sua fé ser maior do que o seu medo.

"Se podes?", disse Jesus. "Tudo é possível àquele que crê."
Marcos 9:23

Enquanto tiver Deus em seu coração, tudo é possível, assim disse Jesus, Seu filho e nosso Salvador. Assim, e perante as tribulações da vida, jamais se desespere ou desista, pois elas apenas servem para testar a sua fé, demonstrando ao Senhor o seu compromisso e o seu amor.

Mesmo quando sentir que caminha só, Deus continua ao seu lado, e se cair, Ele amparará sua queda e ajudará você a levantar. Acredite sempre e confie em Deus, pois para Ele não existem impossíveis, e Ele apenas dá a cada um de nós aquilo que Ele sabe que conseguimos suportar.

Faça da sua fé a arma principal nas batalhas que travar em sua vida, mantendo sempre o otimismo, pois a felicidade na eternidade pertence apenas a quem crê! Fique com Deus!

Há uma luz que todos os dias guia meus passos, uma força que me faz continuar firme no meu caminho. É algo único e especial que provém de Alguém superior a tudo que existe. Falo de Deus, um Pai amoroso que se tornou um verdadeiro alicerce na minha vida.

Não importa as dificuldades que surjam, ou os obstáculos que se atravessem no meu caminho. Com Deus do meu lado sinto que nada me fará desistir.

"Quanto mais você medita, mais pode ajudar os outros e mais profundamente estará em sintonia com Deus. As pessoas egoístas permanecem espiritualmente estagnadas, mas as altruístas expandem sua consciência. Quando encontrar a sua onipresença na meditação, você encontrará Deus. Se Ele estiver satisfeito, toda a natureza trabalhará em harmonia com você. Aprenda a falar com Ele com toda sua alma".

"Por que Deus Se revelaria facilmente a você? Você, que trabalha tão arduamente por dinheiro e tão pouco pela realização divina! Os santos hindus nos dizem que, se dedicássemos um período de 24 horas em contínua e ininterrupta oração, o Senhor apareceria diante de nós ou Se revelaria a nós de algum modo. Se devotarmos pelo menos uma hora diária em profunda meditação nEle, com o tempo Ele virá a nós".

"As coisas essenciais devem vir em primeiro lugar. Ao acordar de manhã, medite. Se não fizer assim, o mundo inteiro o absorverá e você esquecerá Deus. À noite, medite, antes que o sono o convide. Eu estou tão fortemente enraizado no hábito de meditar que, mesmo deitado, encontro-me meditando. Não posso dormir da forma usual. O hábito de estar com Deus tomou o primeiro lugar".

(Yogananda)
(APEU Umbanda)

Nós sofremos mais por causa das pessoas do que por causa das circunstâncias. As pessoas nos fazem chorar mais do que as vicissitudes da vida. As pessoas nos decepcionam e nós decepcionamos as pessoas. Os relacionamentos dentro da família, no trabalho e até igreja, algumas vezes, se tornam tensos.

Feridas são abertas na alma e mágoas profundas se instalam no coração. Amizades são rompidas, casamentos são abalados, relacionamentos sólidos entram em colapso. Nesse processo, a comunicação é rompida, o silêncio gelado substitui as palavras de amor e a desconstrução da imagem do outro se torna uma verdadeira ação de desmonte.

O resultado do adoecimento das relações humanas é a mágoa. Esse sentimento de amargura se instala no solo do coração e lança suas raízes trazendo perturbação para a alma e contaminação para os que vivem ao redor. A mágoa é a ira congelada. A mágoa é o armazenamento do ressentimento. A mágoa é entulhar o coração com rancor, é alimentar-se do absinto do ranço, é afogar-se no lodo do ódio, é viver prisioneiro da armadilha da vingança.

A mágoa é uma prisão. Ela é o cárcere da alma, o calabouço das emoções, a masmorra escura onde seus prisioneiros são atormentados pelos verdugos da consciência. Quem se alimenta da mágoa não tem paz. Não tem liberdade. Não tem alegria. Não conhece o amor. Não tem comunhão com Deus. Não pode adorar a Deus, nem trazer sua oferta ao altar. Quem retém o perdão não pode orar a Deus nem receber dele o perdão.

A mágoa é autodestrutiva. Ferimo-nos a nós mesmo quando nutrimos mágoa por alguém. Guardar mágoa no coração é como beber veneno pensando que o outro é quem vai morrer. Quem guarda mágoa no coração vive amarrado pelas grossas correntes da culpa. Quem vive nessa masmorra adoece emocional, física e espiritualmente. Há muitas pessoas doentes porque se recusaram a perdoar.

Na igreja de Corinto havia pessoas fracas, outras doentes e algumas que já estavam mortas em virtude de relacionamentos adoecidos (“Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o cabeça de todo homem, e o homem, o cabeça da mulher, e Deus, o cabeça de Cristo.” 1Co 11.3). Tiago ordena os crentes a confessarem seus pecados uns aos outros para serem curados (“Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.” Tg 5.16). Há muitas pessoas vivendo cativas no calabouço do diabo, prisioneiras do ódio, acorrentadas pela mágoa, cuja vida espiritual está arruinada. Gente que precisa ser liberta dessa prisão existencial, desse cativeiro espiritual.

O Salmista Davi orou pedindo a Deus para tirar a sua alma do cárcere (“Tira a minha alma do cárcere, para que eu dê graças ao teu nome.” Sl 142.7) A chave que abre a porta dessa masmorra é o perdão. O perdão traz cura onde a mágoa gerou doença. O perdão traz reconciliação onde a mágoa gerou afastamento. O perdão traz alegria, onde a mágoa produziu tristeza e dor. O perdão restitui àquilo que a mágoa saqueou. O perdão é a faxina da mente, a assepsia da alma, a limpeza dos porões do coração.

Perdoar é zerar a conta. É nunca mais lançar no rosto da pessoa a sua dívida. Perdoar é lembrar de sentir dor. Perdoar é não retaliar. É pagar o mal com o bem. É abençoar aqueles que nos amaldiçoaram. É fazer o bem àqueles que nos fizeram o mal. Perdoar é ser um vencedor, pois é vencer o inimigo não com a espada, mas com o amor. Perdoar é sair do cárcere da alma, é ser livre, é viver uma vida maiúscula, superlativa e abundante. Perdoar é viver como Jesus viveu, pois ele não retribuiu o mal com o mal, antes por seus algozes intercedeu. Perdoar é ter o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.

Chegou a hora de raiar a liberdade em sua vida. A Palavra de Deus liberta: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8.32). Jesus Cristo liberta: “Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (Jo 8.36). É hora de sair do cárcere que prende a sua alma com as grossas algemas da mágoa. É hora de experimentar a liberdade do perdão. É hora de tomar posse da vida abundante que Jesus lhe oferece!

(Rev. Hernandes Dias Lopes)

Um jovem que trabalhava no exército era humilhado por ser cristão. Um dia, seu superior, querendo humilhá-lo na frente do pelotão, chamou o soldado e disse:

- Jovem, pegue esta chave, vá até aquele jipe e estacione ali na frente. O jovem disse:

- Não sei dirigir.

Então disse o superior: Peça ajuda a seu Deus. Mostre que Ele existe.

O soldado pegou a chave e começou a orar, depois ligou o veículo, manobrou e estacionou perfeitamente. Ao sair do jipe o soldado viu todos de joelhos, chorando e dizendo: Nós queremos conhecer o teu Deus.

O jovem soldado espantado, perguntou o que estava acontecendo. O superior chorando abriu o capô do jipe e mostrou para o jovem que o carro estava sem motor.

O jovem então disse: Estão vendo? Esse é o Deus que sirvo. O Deus do impossível. O Deus que traz à existência aquilo que não existe!

João 1.14 “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”.

Graça é uma palavra interessante. É uma palavra atraente, convidativa, graciosa… Entender a graça de Deus e vivê-la é ainda mais arrebatador…

Mas é interessante saber que haverá sempre aqueles que vão querer tirar a sua alegria de provar da graça libertadora em sua vida.

No livro de Gálatas, temos exemplos de pessoas que não entendiam a graça de Deus. Por não entenderem a graça de Deus que produz no homem força espiritual, habilidade Divina e capacidade sobrenatural, era fácil ver a infelicidade de alguns que queria tirar a liberdade e alegria que a graça proporciona.

Práticas da velha aliança, o velho jeito de pensar, o tradicionalismo e a religiosidade misturada com uma falsa piedade, um padrão artificial de viver, um legalismo operando em sincronia com o medo, vergonha e culpa.

Era assim que as pessoas que se apoiavam na lei viviam. Uma vida tediosa, frustrada. Não é tão agradável viver assim, mas é mais fácil…

É delicado dizer isso, mas é a verdade. Há pessoas assim no meio cristão. Há pessoas assim não nascidas de novo.

Se você ler com um pouco mais de cuidado o livro de Gálatas, vai perceber que Paulo não estava disposto a deixar a sua liberdade em Cristo, assim como a dos seus irmãos na fé perderem a virilidade do Cristianismo pelo velho estilo de vida que nunca produziu resultado algum.

Em João 1.16,17 a Bíblia diz que todos nós temos recebido da sua plenitude e graça sobre graça. Também diz que a lei veio por intermédio de Moisés, mas a Graça e a verdade vieram por meio de Cristo.

Jesus veio inaugurar um novo tempo. Ele veio manifestar um novo estilo de vida. As palavras dele eram graciosas. Sua fisionomia era graciosa, suas ações provaram que a Graça devia ser vivida!

Quando os fariseus perguntaram a ele se era lícito no Sábado fazer o bem, “pois para eles era melhor ver alguém morrer do que trabalhar em favor do próximo em um dia de Sábado”, Jesus simplesmente fez o que Ele foi chamado para fazer: Manifestar a Graça e a verdade!

Quando os fariseus pegaram a mulher adúltera para condená-la, pronta para apedrejá-la, pois assim a lei ordenara. Jesus simplesmente demonstrou a Graça de Deus, não a condenando e sim a perdoando.

Leia os Evangelhos e você verá mais exemplos da vida Graciosa de Jesus.
A religião é ridícula. Ela valoriza mais as leis do que as pessoas. Jesus não veio trazer mais uma religião, e sim um relacionamento entre Deus e o homem.

Jesus extravasou graça por meio das suas palavras. Ele viveu uma vida de alegria, paz, prazer, satisfação, liberdade e amor. Ele veio trazer essa vida graciosa para qualquer um que a desejasse.

Uma vida sem a graça de Deus é uma vida desgraçada. Coisa sem graça é um crente sem graça! Não me vejo mais vivendo sem a graça de Deus ao meu dispor.

Eu já vivi sem a graça de Deus. Era uma vida muito chata. Não valia a pena continuar daquela forma. Mas graças a Deus pela Graça de Deus! Ela me alcançou!

Se você não conseguia ser uma pessoa animada, disposta, criativa, amorosa, cheia de força e expectativa, saiba que a graça de Deus nos educa para que possamos viver no presente século uma vida sensata, justa e piedosa.

Você pode viver uma vida sem pecado, medo e condenação.

A graça de Deus pode te ensinar a ser quem você sempre quis ser, mas nunca conseguiu por suas próprias forças. Lembre-se que a graça é a habilidade, suficiência, capacidade Divina, a bondade de Deus em ação ao teu favor!

Prove-a e nunca mais seja o mesmo!

(André Martins)
(Estudos Cristãos)

Se todos vivessem o amor
Como Deus o criou
O amor que não guarda rancor
Tudo espera e suporta a dor

Se não houver amor
Não vale a pena viver
O verdadeiro amor
Só vive quem anda com Deus

O amor de Deus
Para sempre eu quero viver
Perfeito amor
Eterna essência de Deus.

"Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte." (IICo 12. 10)

"Aqui está o segredo para experimentar a suficiência de Deus: chegar ao fim de nós mesmos e dos nossos recursos. Quando chegamos a esse ponto paramos de pedir a compaixão dos outros pela nossa situação ou pelo tratamento que recebemos; pois reconhecemos nas circunstâncias as próprias condições de benção, e nos voltamos delas para Deus. Vemos nelas uma oportunidade para lançar mão das suas promessas."
- A.B. Simpson

George Matheson, o bem conhecido pregador cego da Escócia, disse certa vez:

"Meu Deus, eu nunca te agradeci por meu espinho. Muitas vezes te agradeci por minhas rosas, mas nem uma vez por meu espinho. Sempre sonhei com um mundo onde obterei uma compensação pela minha cruz; mas nunca pensei em minha cruz como sendo, ela mesma, uma glória presente."

Que a cada dia Deus possa nos ensinar a grandeza desse versículo. É nas tribulações que nós devemos sorrir, por que assim como as pessoas do mundo, nós podemos passar por qualquer coisa mais com uma única e maravilhosa diferença, com Deus ao nosso lado. A cada passo que damos Ele está a frente, nos mostrando o caminho.

"Ensina-me a glória da minha cruz; ensina-me o valor do meu espinho. Mostra-me que é pela vereda da dor que tenho subido a Ti. Mostra-me que as lágrimas formam na minha vida um arco-íris."

Que Deus abençoe seu dia, seja o que for que você esteja passando, lembre-se que Ele está aí com você. "Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte."

(Bruna Graciela)
(De Joelhos Devocionais)

Manter a fé é preservar a paz, pois com Deus no coração haverá sempre harmonia na vida.

Era uma vez um anjinho, muito distraído, chamado Amorel. Ele recebeu uma incumbência de Deus:

- Amorel, acabo de inventar os humanos, eles estão classificados como homem e mulher. Cada um tem seu par e já estão todos alinhados de par em par. Pegue esta bandeja de humanos e leve para que eles habitem a Terra.

Amorel, ficou contente, pois há muito tempo o Senhor não o chamava para tão nobre trabalho. O anjinho pegou a bandeja e ao virar uma esquina lá no céu, trombou com uma anjinha chamada Amanda.

A bandeja voou para longe e todos os casais de humanos se misturaram. Amorel e Amanda ficaram desesperados e foram contar para Deus o ocorrido. O Senhor falou:

- Vocês derrubaram, vocês juntarão!

Porém, parece que Deus se esqueceu que os anjinhos eram distraídos. E é por isso que a cada dia os casais se juntam e se separam. Os dois anjinhos trabalham incessantemente para que os casais originais se encontrem.

O trabalho é muito difícil, tanto é que por muitas vezes eles juntam casais errados, pois os humanos espalhados ficam inquietos e cobram o serviço dos anjinhos o tempo todo.

Quando os humanos se mostram muito desesperados, os anjinhos unem dois desesperados, mas logo depois percebem o engano e os separaram. E, por muitas vezes, esta separação é brusca, pois não se tem tempo a perder.

Recebi um bilhete dos dois anjinhos e vou mandar para você agora: "Se você é um humano, queremos pedir desculpas pela nossa distração, pois errar não é só humano!

Estamos trabalhando com empenho, porém, sempre contando com a ajuda de vocês. Não se desesperem, mas também não se isolem, tentem se mostrar como realmente são, pois à medida que cada um mostrar o que é de verdade, vai tornar o nosso trabalho mais fácil.

Aproveitamos a oportunidade, para nos desculparmos pelas separações abruptas, sabemos que elas geram muito transtorno, mas se nós separamos você de alguém é por que em algum canto vimos alguém bem mais parecido e por isso precisamos isolá-los para facilitar o encontro. Fiquem com Deus."

Jesus te ama com um amor incondicional. Essa é a verdade que pode mudar a tua vida.

Muitas pessoas podem te amar, mas ninguém será capaz de te amar como Jesus. É por isso que a tua vida tem que estar fundamentada nesse amor. O ser humano muda de opinião, mas o amor de Jesus por você nunca vai mudar.

A maior demonstração do amor de Jesus aconteceu na cruz, onde Ele entregou a Sua vida por todo aquele que acreditar nos Seus ensinamentos. Hoje Ele está vivo e por isso nós temos esperança!

As coisas nem sempre correm do jeito que nós gostamos ou planejamos, por vezes ficamos tristes e desanimados. Mas aconteça o que acontecer, nunca desista! Sabe por quê? Porque Jesus te ama!

Teólogos eminentes, tentando harmonizar interesses temporais e espirituais, obscureceram o problema da morte, impondo sombrias perspectivas à simples solução que lhe é própria.
Muitos deles situaram as almas em determinadas zonas de punição ou de expurgo, como se fossem absolutos senhores dos elementos indispensáveis à análise definitiva. Declararam outros que, no instante da grande transição, submerge-se o homem num sono indefinível até o dia derradeiro consagrado ao Juízo Final.

Hoje, no entanto, reconhece a inteligência humana que a lógica evolveu com todas as possibilidades de observação e raciocínio.

Ressurreição é vida infinita. Vida é trabalho, júbilo e criação na eternidade.

Como qualificar a pretensão daqueles que designam vizinhos e conhecidos para o inferno ilimitado no tempo? como acreditar permaneçam adormecidos milhões de criaturas, aguardando o minuto decisivo de julgamento, quando o próprio Jesus se afirma em atividade incessante?

Os argumentos teológicos são respeitáveis; no entanto, não deveremos desprezar a simplicidade da lógica humana.

Comentando o assunto, portas a dentro do esforço cristão, somos compelidos a reconhecer que os negadores do processo evolutivo do homem espiritual, depois do sepulcro, definem-se contra o próprio Evangelho. O Mestre dos Mestres ressuscitou em trabalho edificante. Quem, desse modo, atravessará o portal da morte para cair em ociosidade incompreensível? Somos almas, em função de aperfeiçoamento, e, além do túmulo, encontramos a continuação do esforço e da vida.

"E, se não há ressurreição de
mortos, também o Cristo não
ressuscitou."
Paulo. (1 CORINTIOS, 15:13.)

A primeira eucaristia abre o caminho do coração para uma vida abençoada e dá início a um lindo elo com Deus.

A verdadeira humildade é fator importante na vida de todo bom cristão, pois é a antítese do orgulho. Entretanto, é bom convir que humildade, nada tem a ver com humilhação. Podemos e devemos evitar que nos humilhem. O homem humilde, que não pensa em se sobressair sobre os demais, está imune a sofrer humilhações. Se contudo, souber ser humilde, entenderá perfeitamente seu ofensor e assim não sofrerá tanto. Ao invés de julgar quem o humilhou, é melhor pensar que pode ter havido justiça, pois nada não nos acontece por acaso.

Se houver a humilhação, aceitemo-nas calados, considerando que também erramos muito.

É certo também que não devemos procurar ser masoquistas ou humilhados com a finalidade de demonstrar que já somos bons e imunes às humilhações, pois isto talvez revele pretensão e orgulho disfarçado.

O homem evangelizado tem sempre viva em mente as palavras de Jesus: “Pois todo o que se exalta será humilhado e o que se humilha será exaltado” (Lc. 14:11). Essa sentença deve ser quase uma lei para todos que aspiram à libertação espiritual.

Há quem entenda por homem humilde, o pobre ou o pedinte. Puro engano. Homens ricos há, que até o ar que respiram, estão repletos de humildade. A humildade está no espírito e não nos poderes e nos bens temporais. A humildade é uma posição interior, não pode ser avaliada pelo ponto de vista econômico. Ser humilde é reconhecer nossa pequenez diante do universo e ter a consciência plena de que tudo pertence a Deus. Por tudo isto nos ensinou Jesus: “Quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva, e quem quiser ser o primeiro entre vós, será vosso servo.” (Mt 20:26-27)

Portanto, diríamos que o homem verdadeiramente humilde, é aquele que tem como norma de vida, o Evangelho de Jesus. Ser humilde é reconhecer nossa pequenez diante do universo e ter a consciência plena de que tudo pertence a Deus.

Humildade é doçura, afabilidade e benevolência. É o oposto do egoísmo.

As pilhas de uma lanterna serão um bom exemplo de trabalho humilde, pois fazem luz sem que apareçam, o mesmo acontece com as raízes de uma árvore que a alimenta e a sustenta e no entanto estão bem escondidas debaixo da terra.

Os grandes no mundo dos espíritos serão os pequenos na Terra. Quem nasceu “o maior”, pois seja “o menor” de todos porque, quem se exalta será humilhado e quem se humilhar será exaltado. Assim nos ensinou Jesus de Nazaré.

(Sergito de Souza Cavalcanti)
(Portal do Espírito)