Mensagens de Justiça

Querida amiga, às vezes o amor é o mais injusto dos sentimentos, pois jamais coração algum deveria sentir amor por um que é incapaz de retribuir esse sentimento.

Às vezes parece que o mundo enlouqueceu e que nada dará certo, pois sofrer por amor é ver a vida de forma distorcida por tempo indeterminado. Mas tudo passa, um dia a dor desaparece e você volta a ter a capacidade de enxergar o mundo como ele é.

Não se desespere, minha amiga, pois só quem ainda não viveu um amor não correspondido não sabe o quanto dói, mas eu sei. Mas também sei que é dor que eventualmente termina, pois sem alimento e retribuição, esse amor acabará por morrer e mesmo o seu rasto desaparecerá.

Tenha esperança no amanhã, pois em breve seu coração estará sarado e poderá se abrir novamente para outro que por você também sinta amor, e verá como então será muito feliz!

Minha mãe, queria eu que existissem mais e melhores palavras para que pudesse com maior justiça lhe agradecer e prestar a devida homenagem. Mãe, você não me trouxe ao mundo, mas a você eu devo tudo, e julgo que até a própria vida. Pois se não tivesse sido resgatado pelo seu coração de tamanho e generosidade infinitas, talvez eu não estivesse aqui, e se estivesse noutro lugar, certamente não seria tão feliz.

Minha mãe, diariamente você faz com que eu esqueça que é minha mãe adotiva, e esse é o seu maior ato de amor. Obrigado! Eu te amo!

Sr. Raul, homem probo, que sempre lutara contra uma enfermidade incurável, estava no quintal da sua casa em cidade litorânea, fazendo um buraco no solo a fim de plantar uma muda de mangueira, quando uma vizinha que o observava por cima do muro perguntou:

Sr. Raul, o senhor já está em idade avançada e não ignora que a enfermidade pode levá-lo a qualquer momento.

Assim sendo, sabe que não comerá mangas dessa mangueira. Por que tanto esforço em plantá-la?

Aquele homem simples pensou um instante, olhou para a vizinha e respondeu com sabedoria:

Até hoje como mangas que nunca plantei.

A resposta curta traz em si mesma grande conteúdo que vale a pena ser meditado.

Se todos agíssemos como o Sr. Raul, certamente o mundo teria outra feição em pouquíssimo tempo.

Quantas coisas nos beneficiam sem que tenhamos tomado parte nelas.

Quantas frutas saborosas temos comido sem que tenhamos plantado as árvores que as produzem.

Quanta sombra temos aproveitado de árvores frondosas que jamais plantamos.

Quantos acidentes são evitados porque alguém passa, percebe o buraco na estrada, e trata de sinalizá-lo para os que virão em seguida.

Quantos medicamentos aliviam nossas dores sem que sequer saibamos quem os elaborou.

Quantas atitudes louváveis de criaturas que pensam mais nos outros que em si mesmas.

Ghandi sabia que não desfrutaria de uma Índia livre do jugo da Inglaterra, mas lutou por libertá-la pensando nos seus irmãos.

Martin Luther King Junior sabia que seu sonho estava distante da realização, mas deu a vida para que suas ideias pudessem beneficiar brancos e negros.

Albert Schweitzer não pensou em si mesmo quando abandonou a vida de conforto e opulência para se embrenhar na selva africana e ajudar os nativos, desinteressadamente.

Madre Teresa de Calcutá não hesitou em abandonar a vida confortável do convento para auxiliar seus irmãos a sorver as gotas de sofrimento, em nome do amor.

Marie Curie foi vítima da radioatividade, mas contribuiu grandemente com a Humanidade nas pesquisas que empreendeu sobre o elemento rádio.

Em momento algum essas criaturas pensaram em si mesmas, mas tão somente no benefício que seu esforço poderia trazer para os demais.

Como Madame Curie, outros tantos cientistas passam anos enclausurados em seus laboratórios em busca de novas fórmulas para aliviar as dores da Humanidade inteira.

Agir dessa forma é agir com altruísmo. É não ser egoísta. É pensar no bem comum ao invés de pensar somente em si.

Quando todos nós pensarmos assim, estaremos preparados para contemplar um mundo melhor. Um mundo construído por todos e para todos, como verdadeiros irmãos.

A Justiça Divina conduz aos nossos lábios a taça que nós próprios envenenamos e igualmente leva aos nossos olhos as maravilhas que houvermos semeado em nossa estrada evolutiva.

Na esteira do progresso e através da reencarnação receberemos de conformidade com as nossas obras.

Meu Deus, me perdoe por todas as vezes que me faltou fé. Algumas vezes me deixo cair, me deixo abater pela fraqueza, me deixo chorar. Eu sei, Meu Deus, que eu deveria sempre colocar a minha vida em suas mãos e confiar sempre no Senhor, mas algumas vezes não tenho forças para crer.

Meu Deus, por favor, me ajude a ter mais confiança no Seu poder e na Sua palavra. Eu quero crer, eu preciso ter fé no Seu amor, eu preciso ter fé na vida. Eu rezo para que consiga confiar plenamente em Suas mãos a minha família, a saúde e a vida dos meus filhos, a minha vida financeira, o meu trabalho, e a minha felicidade.

Eu lhe peço que o Seu poder toque o meu coração e me dê a serenidade de saber que há um ser maior que do eu e maior do que tudo que olha por mim.

Meu Deus, obrigada por tudo que o Senhor fez e faz por mim, por tudo e por todos que o Senhor coloca em minha vida! Humildemente eu Lhe agradeço pelas coisas boas e más, pois tenho certeza que sempre hei de tirar respostas e lições de todas elas e me tornar, assim, uma pessoa melhor e mais forte, pois eu sei que o Senhor me ama e jamais causaria um mal em minha vida.

Meu Deus, obrigada pela Sua justiça, pelas Suas graças e Suas glórias em minha vida! Obrigada pela Sua paciência e generosidade! Que em minha vida seja sempre feita a Sua vontade. Amén!

Este adeus é de tristeza, saudade e pesar. Este adeus é amargo, revoltante e cruel. É uma despedida que me destroça o coração, pois não é todos os dias que se encontra uma amiga assim tão especial.

A vida é injusta e levou você cedo demais. Nunca esquecerei todos os momentos que vivemos e sua força de viver será minha eterna inspiração. Descanse em paz!

Além de deixar claro que não devemos ter medo, Moisés transmitiu outra ordem de Deus ao povo: “Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje!” Ex 14:13. O povo de Deus devia permanecer sempre firme na fé, sem se preocupar com o que ocorria ao redor deles. A essência da salvação é que “O justo viverá pela fé” Gl 3:11. Essa mesma fé deve caracterizar nossa vida diária em Cristo. A fé traz estabilidade em tempos de incertezas, ao passo que a falta de fé gera hesitação. As palavras escritas pelo apóstolo Paulo aos cristãos de Corinto também se aplicam a nós: “Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, tenham coragem e sejam fortes.” 1 Co 16:13.

Essas palavras se assemelham à conversa de vestiário antes de um jogo de futebol importante. Na verdade, a ordem de Deus para cada dia de nossa vida é: caminhar sempre pela fé no Senhor.

Não de vez em quando ou na maioria das vezes, o importante é SEMPRE ter fé e coragem no Senhor. Os cristãos cuja fé vacila em períodos de estresse e dificuldades precisam lembrar que “é pela fé que vocês permanecem firmes” 2Co 1:24. Não é necessário “empregar o máximo de esforço” para fazer o certo, mas, sim, ter fé no que Deus pode fazer e fará por nós.

Quando os israelitas se viram encurralados entre o mar Vermelho e o exército egípcio, Deus disse: “Permaneçam firmes na fé”. Os carros de guerra de faraó ameaçavam atacar um povo que não tinha experiência militar alguma, mas Deus disse: “Confiem em mim. EU resolverei a situação”.

A ordem de sempre permanecer firmes Nele foi escrita com o intuito de nos instruir e incentivar, ainda hoje, a enfrentar os problemas e impossibilidades com coragem sabendo QUEM batalha por nós.

Se você duvida da importância de permanecer firme na fé, pense nesta alternativa: “Se vocês não ficarem firmes na fé, com certeza não resistirão!” Is 7:9. Se sua confiança em Deus vacila, você está brincando com o perigo e com a derrota. As palavras a seguir não são melodramáticas, mas uma advertência Bíblica:

“Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm, ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que Ele prometeu; pois em breve, muito em breve Aquele que vem virá, e não demorará. Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que crêem e são salvos.” Hb 10:35-39

Sejam quais forem as ameaças e problemas, obstáculos e dificuldades, devemos buscar a face de Deus e esperar n'Ele com fé.

(Jim Cymbala)
(blog Salmo 37)

Minha amiga, é com grande pesar que hoje lhe dirijo estas palavras, agora que seu marido partiu desta vida, tão de repente.

E perante tão grande injustiça, eu sei que não há palavras que lhe venham a servir de consolo, ou lhe consigam amenizar tão terrível dor. Apenas quero que saiba que estarei aqui, do seu lado, para o choro, para o silêncio, para o que precisar.

Todos os dias sinto uma grande saudade percorrendo o meu coração. Talvez seja porque durante anos vivemos juntas e compartilhamos as maiores alegrias. Nós tivemos um teto em comum onde fomos felizes e a distância que nos separa agora destruiu tudo isso.

Quero-lhe dizer que você me faz muita falta e que constantemente desejo voltar atrás no tempo só para tê-la do meu lado. A vida nem sempre é justa com as pessoas que se amam, mas eu lutarei sempre para que, apesar de tudo, permaneçamos unidas.

"O mais altruísta dos amigos que um homem pode ter neste mundo egoísta, aquele que nunca o abandona e nunca mostra ingratidão ou deslealdade, é o cão.

- Senhores Jurados, o cão permanece com o seu dono na prosperidade e na pobreza, na saúde e na doença. Ele dormirá no chão frio, onde os ventos invernais sopram e a neve se lança impetuosamente. Quando só ele estiver ao lado de seu dono, ele beijará a mão que não tem alimento a oferecer, ele lamberá as feridas e as dores que aparecem nos encontros com a violência do mundo. Ele guarda o sono de seu pobre dono como se fosse um príncipe. Quando todos os amigos o abandonarem, o cão permanecerá. Quando a riqueza desaparece e a reputação se despedaça, ele é constante em seu amor como o Sol na sua jornada através do firmamento. Se a fortuna arrasta o dono para o exílio, o desamparo e o desabrigo, o cão fiel pede o privilégio maior de acompanhá-lo, para protegê-lo contra o perigo, para lutar contra seus inimigos. E quando a última cena se apresenta, a morte o leva em seus braços e seu corpo é deixado na laje fria, não importa que todos os seus amigos sigam seu caminho: lá, ao lado de sua sepultura se encontrará seu nobre cão, a cabeça entre as patas, os olhos tristes, mas em atenta observação, fé e confiança mesmo à morte."

Este tributo foi apresentado ao júri pelo ex-senador George G. Vest (então advogado), que representou o proprietário de um cão morto a tiros, propositalmente, pelo vizinho. O fato ocorreu há um século na cidade de Warrensburg, Missouri, nos Estados Unidos. O senador ganhou o caso e hoje existe uma estátua do cão na cidade e seu discurso está inscrito na entrada do tribunal de justiça da cidade.

Eu gosto tanto de você como gosto de mim! Eu amo você de um jeito que não tem explicação. É um sentimento que não precisa de justificação. Eu amo e pronto! E essa será sempre minha prova de honestidade.

Você é uma pessoa delicada, exemplar e com um coração maior do que o mundo em que vivemos. Só desejo que nunca nos separemos, até porque sem você ao meu lado eu seria uma sombra de quem sou. Te amo para sempre, meu bem!

Todas as mulheres são únicas e merecem ser homenageadas todos os dias e em qualquer situação. Mas especialmente neste mês sua existência deve ser recordada e admirada por todos. Feliz mês de março – o mês de todas as mulheres.

É preciso reconhecer a coragem, a força e a sensibilidade com que uma mulher vive. Os problemas que enfrenta; os desafios que supera. Ninguém imagina as dores que uma mulher conhece ao longo da vida.

E é por isso e ainda mais que elas merecem o cuidado, o carinho e a atenção de tudo e de todos. Sem elas o mundo seria cinzento, sem graça e mais injusto. Um mundo sem mulheres seria um mundo sem paixão.

Chegou o dia de me despedir de todo a gente desta empresa. Acaba sendo um momento de tristeza também, visto que todos vocês foram marcantes nesta minha passagem por cá. Sei que saio desta casa mais rico, de tantas experiências vividas e levarei cada um de vocês em meu coração.

A meu incrível chefe, um agradecimento em particular. Não é fácil trabalhar em uma posição de tanta responsabilidade. Mas você sempre exerceu sua autoridade de forma justa, me respeitando como pessoa e funcionário. Seu lado humano se sobressai em todas as alturas e eu pude sentir isso diversas vezes.

A meus colegas que me proporcionaram um ambiente de trabalho fantástico, um genuíno e sincero obrigado por tudo. Nada foi impossível para nossa equipe, tal era a cooperação entre todos. O apoio e o companheirismo de vocês são únicos, algo que terei dificuldade em reencontrar em outro lugar.

A admiração não vem do nada e nem desaparece sem motivos substanciais: se o amor deriva da admiração, o mesmo acontece com esse sentimento!

O medo que tantas pessoas têm de que seus amados se desinteressem delas é infundado: quando o amor acontece, só uma grave decepção o ameaça.

O medo de decepcionar o amado costuma ser exagerado, pois isso só acontece quando o que ama comete uma falta grave, uma efetiva deslealdade.

O verdadeiro amor, numa fase, é sentido como gerador de grande exigência de perfeição justamente pelo medo exagerado de decepcionar o amado.

Em virtude do caráter exigente do relacionamento amoroso de boa qualidade, muitos são os que fogem dele, buscando alianças mais confortáveis.

Aos poucos, os que se amam se acalmam e esse medo vai se atenuando: percebem que encantam seus parceiros por serem exatamente aquilo que são!

(Júlio César)

Em todas as pessoas sábias, a humildade está presente. Poucos são os valores tão importantes como esse. É que ser humilde é saber viver de acordo com os maiores princípios do humanismo.

Independentemente de tudo que você anseia, de todos seus sonhos, a batalha e a vontade não são nunca suficientes. Saber ser modesto, justo e, acima de tudo, humilde é conhecer o caminho para seus objetivos. Não me refiro a ser humilde à força. Por obrigação soa sempre mal, soa a falsidade. É muito importante conhecer a humildade verdadeira, e aí meu caro, você encontrará a sabedoria porque ambas caminham juntas e nunca se anulam.

A modéstia e a simplicidade são irmãs da humildade, e quando ligadas, elas são essenciais para a gente tratar o próximo com a dignidade que ele merece. Quem vive dessa forma é um sabedor da vida e do Homem. É um sábio porque nunca vai passar por cima de valores como o respeito e atenção para ele mesmo e para com seu semelhante.

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro desta flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Quando algo em nós morre, quando alguém que amamos morre, ou quando morre um amor, é preciso viver o luto. É preciso elaborar a dor. Não podemos simplesmente fazer de conta que aquilo não aconteceu e seguir com a vida, com a dor escondida em um lugar qualquer do peito.

É preciso encarar a dor da perda de frente. Por mais que isso doa, massacre. É preciso ser forte, mas também podemos nos permitir sofrer. A força é justamente reconhecer o tamanho da dor, vivê-la, tentar sobreviver a ela, e um dia transformar essa dor em saudade, sabedoria, maturidade.

Depois do luto, é preciso lutar. Lutar para seguir com a vida, abrir-se para o que de novo a vida tem a nos oferecer. Enquanto a morte vem nos arrancar um pedaço da vida, um pedaço de nós, a vida segue. E temos que nos agarrar àquilo que sobra da vida. Vale a pena viver, apesar de tudo, apesar do sofrimento.

Em honra e memória da vida daqueles que se foram, em respeito a nós e à nossa vida, é preciso viver e buscar alegria e sentido em tudo o que fazemos. Em muitos momentos não será fácil, em muitos momentos será mais fácil querer desistir. Mas é nessas horas que se separam os fortes dos fracos. Tenha fé em você!

Dê um clique duplo neste Natal!
Arraste Jesus para seu diretório
principal, salve-O em todos seus
arquivos pessoais, selecione-O
como seu documento mestre.

Que Ele seja seu modelo para
formatar sua vida: justifique-a e
alinhe-a à direita e à esquerda,
sem quebras na sua caminhada.

Que Jesus não seja apenas um
ícone, um acessório, uma
ferramenta, um rodapé, um periférico,
um arquivo temporário,
mas o cabeçalho, a letra capitular,
a barra de rolagem do seu caminhar.

Que Ele seja a fonte de energia
para sua área de trabalho,
o paintbrush para colorir seu sorriso,
a configuração da sua simpatia,
a nova janela para visualizar o
tamanho do seu amor.

No seu dia a dia, seja Ele o painel
de controle para desfragmentar sua
vida, fazer download de seus sonhos
e optimizar suas realizações.

Desative seu egoísmo, compacte
suas liberdades, cancele seus recuos,
e delete seus erros.

Compartilhe seus recursos, acesse
ao coração de seus amigos e escaneie
para eles o que você tem de bom.

Não deixe à margem ninguém,
abra as bordas de seu coração
e remova dele o vírus do desamor.

Antes de sair, coloque Jesus nos
seus favoritos e seu Natal será
o atalho para sua felicidade!

Clique agora em ok para reiniciar
e atualizar seus conteúdos!

Não tenho pais, faço do céu e da terra os meus pais;
Não tenho lar, faço do meu corpo o meu lar;
Não tenho poder divino, faço da honestidade meu poder;
Não tenho meios, faço da docilidade meus meios;
Não tenho poder mágico, faço da personalidade minha magia;
Não tenho vida nem morte, faço do tempo a minha vida e minha morte;
Não tenho corpo, faço da fortaleça meu corpo;
Não tenho olhos, faço do relâmpago meus olhos;
Não tenho ouvidos, faço da sensibilidade meus ouvidos;
Não tenho membros, faço da prontidão meus membros;
Não tenho leis, faço da autoproteção minha lei;
Não tenho estratégias, faço da liberdade de matar e ressuscitar minha estratégia;
Não tenho forma, faço da astúcia minha forma;
Não tenho milagres, faço da justiça meus milagres;
Não tenho princípios, faço da adaptabilidade meus princípios;
Não tenho táticas, faço da rapidez a minha tática;
Não tenho amigos, faço da minha mente meu amigo;
Não tenho inimigos, faço da imprudência meu inimigo;
Não tenho armadura, faço da benevolência e da retidão minha armadura;
Não tenho castelo, faço da mente indomável meu castelo;
Não tenho espada, faço do sonho da minha mente minha espada.

Foi há 1 ano que você partiu, mas em meu coração é como se tivesse sido ontem. As feridas de sua perda ainda me ardem muito, como se estivessem em carne viva. Não parece haver um remédio, um antídoto que me consiga consolar verdadeiramente. Nem o tempo, que afirmam curar tudo, tem servido para eu conseguir seguir em frente.

Ainda há uma revolta silenciosa em mim. Um sentimento de injustiça de quem foi profundamente lesado, de quem foi roubado sem ter oportunidade de se defender. A morte é o maior de nossos inimigos e nunca podemos prever sua chegada. Por onde ela passa, as flores murcham, o céu escurece e a esperança se corrói.

Só restam em mim lindas memórias de você. E se no mundo real não te posso encontrar mais, é nessas recordações que continuamos nos revendo e matando saudades. Por tudo o que significa para mim, você me faz falta, hoje e sempre. Jamais eu te esquecerei.

Às vezes a vida tem destas injustiças que tanto nos fazem sofrer, como neste momento em que você, minha querida neta, luta contra essa doença sem que eu possa fazer nada.

Alegremente e sem hesitar eu trocaria de lugar com você. Pois eu a amo muito e apenas desejo que seja feliz e possa desfrutar da sua juventude, da sua vida, dos seus sonhos.

Mas eu conheço você e sei como é forte e capaz. Com todo apoio da família e dos amigos, em breve este momento menos bom será apenas passado, do qual você sairá mais fortalecida ainda.

Minha neta linda e amada, tenha força e esperança, sempre! Confie nos desígnios de Deus e naqueles que agora cuidam pela sua saúde. Minhas preces e meus pensamentos estarão permanentemente com você.

Ficamos sempre muito ocupados em procurar respostas às perguntas que consideramos importantes para compreender o sentido da vida. É muito mais importante viver plenamente, deixar que o próprio tempo se encarregue de nos revelar os segredos de nossa existência. Se nos ocupamos demais em encontrar um sentido, não deixamos a natureza atuar, e nos tornamos incapazes de ler os sinais de Deus.

Num remoto bar da Espanha, perto de uma cidade chamada Obite, existe um cartaz escrito pelo dono:

“Justamente quando consegui encontrar todas as respostas, todas as perguntas tinham mudado”.

(Paulo Coelho)
(G1)

Não haverá razão para viver, nem termo para as nossas
misérias, se fôr mister temer tudo quanto seja temível.
Neste ponto, põe em acção a tua prudência; mercê da
animosidade de espírito, repele inclusive o temor que te
acomete de cara descoberta. Pelo menos, combate uma
fraqueza com outra: tempera o receio com a esperança.
Por certo que possa ser qualquer um dos riscos que
tememos, é ainda mais certo que os nossos temores se
apaziguam, quando as nossas esperanças nos enganam.
Estabelece equilíbrio, pois, entre a esperança e o
temor; sempre que houver completa incerteza, inclina a
balança em teu favor: crê no que te agrada. Mesmo que o
temor reuna maior número de sufrágios, inclina-a sempre
para o lado da esperança; deixa de afligir o coração, e
figura-te, sem cessar, que a maior parte dos mortais,
sem ser afectada, sem se ver seriamente ameaçada por mal
algum, vive em permanente e confusa agitação. É que
nenhum conserva o governo de si mesmo: deixa-se levar
pelos impulsos, e não mantém o seu temor dentro de
limites razoáveis. Nenhum diz: - Autoridade vã,
espírito vão: ou inventou, ou lho contaram. Flutuamos
ao mínimo sopro. De circunstâncias duvidosas, fazemos
certezas que nos aterrorizam. Como a justa medida não é
do nosso feitio, instantaneamente uma inquietude se
converte em medo.


(Lucius Annaeus Sêneca)

A vida, às vezes, parece uma corda bamba. Mas é preciso ter leveza e persistência para não se deixar cair. Quando a vida parecer ameaçadora, quando os caminhos parecerem sombrios e perigosos, dê um passo de cada vez. Olhe bem por onde pisa, e só erga o pé quando sentir-se firme.

Por mais que a vida lhe traga ventanias, mantenha-se forte, deixe-se envergar, mas não se deixe quebrar. O equilíbrio, muitas vezes, vem da flexibilidade. É preciso ter muita serenidade e sabedoria para manter-se em permanente equilíbrio, pois muitas vezes todas as forças do universo parecem conspirar para nos fazer cair.

E se por um acaso, em algum momento da vida você perder o equilíbrio, respire fundo, recupere o fôlego e a energia e erga-se. É justamente com os tombos que aprendemos a cair, a nos levantar mais rápido e a nos reequilibrar. O importante, é buscar sempre o equilíbrio.

Um homem tinha tudo o que sempre quis e imaginou ter na vida. Seus sonhos eram realizados, sua família muito grande e bonita e os seus bens não paravam de crescer. Ele possuía tudo e sua saúde também era inabalável.

Um dia, porém, como uma desgraça repentina, este homem perdeu absolutamente tudo. Ficou na miséria e ainda teve a saúde afetada por uma doença terrível. Ele ficou praticamente só, caído, desanimado e desejando até mesmo a própria morte.

Apesar da atualidade do fato, este caso ocorreu há milhares de anos com um homem chamado Jó. Esse personagem está descrito na Bíblia como uma pessoa justa e reta diante de Deus e que procurava se desviar do que manchava a sua fé (Leia Jó 1:8). No entanto, isso não foi suficiente para mantê-lo longe da tristeza que lhe abateu nem da falta de esperança que se aproximava cada vez mais forte.

Houve situações em que ele lamentava e chorava, em outras amaldiçoava o dia em que nasceu, lembrava-se do período em que era rico e feliz ao lado da família e afligiu-se tanto até que finalmente perdeu a esperança na vida, mas escolheu mantê-la.

Se ocorresse de Jó se matar, o caso dele seria mais um (como acontece em nossos dias) de pessoas que, por perderem tudo, ou por causa de traição e decepção, ou mesmo por uma falta de sentido à vida, não conseguem mais manter a fé, nem em Deus nem em si mesmas, e que por isso escolhem acabar com ela.

Jó, porém, não perdeu a fé. E, apesar de tanto sofrimento, a proclamou quando disse: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus” (Jó 19:25-26)

Qual é a situação em que você se encontra no momento? A falta de esperança tem lhe tirado o sono e lhe trazido peso? Como voltar a ter fé, mesmo em um momento de desespero e angústia?

Faça como Jó: declare a sua fé e clame ao mesmo Deus que o tirou do pó e lhe restituiu tudo o que havia perdido, principalmente, a paz.

(Jaqueline Corrêa)
(Arca Universal)

DEUS É ETERNO. Se ele tivesse tido um começo, teria saído do nada, ou, então, teria sido criado por um ser anterior. É assim que, pouco a pouco, remontamos ao infinito e à eternidade.

É IMUTÁVEL. Se Ele estivesse sujeito a mudanças as leis que regem o Universo não teriam nenhuma estabilidade.

É IMATERIAL. Quer dizer, sua natureza difere de tudo o que chamamos matéria, pois de outra forma Ele não seria imutável, estando sujeito às transformações da matéria.

É ÚNICO. Se houvesse muitos Deuses, não haveria unidade de vistas nem de poder na organização do Universo.

É TODO-PODEROSO. Porque é único. Se não tivesse o poder soberano, haveria alguma coisa mais poderosa ou tão poderosa quanto Ele, que assim não teria feito todas as coisas. E aquelas que ele não tivesse feito seriam obra de um outro Deus.

É SOBERANAMENTE JUSTO E BOM. A sabedoria providencial das leis divinas se revela nas menores como nas maiores coisas, e esta sabedoria não nos permite duvidar da sua justiça nem da sua bondade.

(Allan Kardec)

Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.

Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.

Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.

O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada aconteceu!

Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.

O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.

Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar.

(Mensagens e poemas)

Sinto saudade! Uma saudade que dói fisicamente. Uma saudade que machuca minha mente. Queria tanto ter você aqui junto de mim, meu pai!

Queria mais um abraço; precisava de mais um aperto de mão, de mais uma palavra de orientação. Você foi cedo demais, aliás, sua ida seria sempre injusta e cedo demais! Um dia estaremos juntos novamente – eu prometo! Até lá, meu pai!

Ao romper do dia, sentei-me na campina, travando conversa com a Natureza, enquanto o Homem ainda descansava sossegadamente nas dobras da sonolência. Deitei-me na relva verde e comecei a meditar sobre estas perguntas:

Será a Beleza Verdade? Será Verdade a Beleza?

E em meus pensamentos vi-me levado para longe da humanidade. Minha imaginação descerrou o véu de matéria que escondia meu íntimo. Minha alma expandiu-se e senti-me ligado à Natureza e a seus segredos. Meus ouvidos puseram-se atentos à linguagem de suas maravilhas.

Assim que me sentei e me entreguei profundamente à meditação, senti uma brisa perpassando através dos galhos das árvores e percebi um suspiro como o de um órfão perdido.

“Por que te lamentas, brisa amorosa?” perguntei.

E a brisa respondeu: “Porque vim da cidade que se escalda sob o calor do sol, e os germes das pragas e contaminações agregaram-se às minhas vestes puras. Podes culpar-me por lamentar-me?”

Mirei depois as faces de lágrimas coloridas das flores e ouvi seu terno lamento... E indaguei: “Por que chorais, minhas flores maravilhosas?”

Uma delas ergueu a cabeça graciosa e murmurou: “Choramos porque o Homem virá e nos arrancará, e nos porá à venda nos mercados da cidade.”

E outra flor acrescentou: “À noite, quando estivermos murchas, ele nos atirará no monte de lixo. Choramos porque a mão cruel do Homem nos arranca de nossas moradas nativas.”

Ouvi também um riacho lamentando-se como uma viúva que chorasse o filho morto, e o interroguei: “Por que choras meu límpido riacho?”

E o riacho retrucou: “Porque sou compelido a ir à cidade, onde o Homem me despreza e me rejeita pelas bebidas fortes, e faz de mim carregador de seu lixo, polui minha pureza e transforma minha serventia em imundície.”

Escutei, ainda, os pássaros soluçando e os interpelei: “Por que chorais meus belos pássaros?”

E um deles voou para perto, pousou na ponta de um ramo e justificou: “Daqui a pouco, os filhos de Adão virão a este campo com suas armas destruidoras e desencadearão uma guerra contra nós, como se fôssemos seus inimigos mortais. Agora estamos nos despedindo uns dos outros, pois não sabemos quais de nós escaparão à fúria do Homem. A morte nos segue, aonde quer que vamos.”

Então o sol já se levantava por trás dos picos da montanha e coloria os topos das árvores com auréolas douradas. Contemplei tão grande beleza e me perguntei:

“Por que o homem deve destruir o que a Natureza construiu?”


(Khalil Gibran)

Entregue suas preocupações ao Senhor
e Ele o susterá;
jamais permitirá que o justo venha a cair.

Salmos 55:22

Não existe maior verdade que a verdade de Deus. E é por isso que as preocupações e as dificuldades não devem ser encaradas de um modo solitário. Não é isso que Ele quer.

Você tem de dividir suas tribulações; tem de tem fé que Ele vai ajudar – porque vai mesmo. É essa fé que salva as pessoas, que salva o mundo! E as coisas vão parecer mais simples quando você acreditar que tudo vai dar certo.

Quem já descobriu que não precisa caminhar sozinho, vai dar todos os passos com o apoio do Senhor. Viver é maravilhoso e está ao seu alcance!

Não posso dizer que sei o que é perder um bebê, tampouco que imagino o que é estar na sua posição. Ninguém merece partir ainda antes de sequer existir, e também é uma grande injustiça você ter que enfrentar essa difícil experiência.

Seja muito forte, não se deixe ir abaixo por mais que custe seguir em frente. Mulheres como você são verdadeiras guerreiras, e as coisas lindas que viveu durante a gravidez jamais sairão da sua memória.