A Dádiva de Ser Mãe de um Menino

Ser mãe de um menino foi a coisa mais impressionante que a vida me proporcionou. Estou muito feliz e eternamente agradecida por essa dádiva que ostento com tanto orgulho.

Eu adoro meu filho e adoro ser sua mãe! Recordo com saudade os pontapés na barriga, a primeira vez que peguei no colo e até os primeiros passos do meu bebê. Minha vida é bem mais feliz desde o momento que meu filho chegou até mim.

Mensagens Relacionadas

Mãe não é um título, é uma dádiva. Não importa se é de sangue ou se é de sentimento. Mãe é sempre uma bênção! E você é a razão de eu existir no mundo com um sorriso de orelha a orelha. Adoro você, mamãe!

Sinto que nada está completo se você não está por perto. Sinto que todos os elogios jamais serão suficientes para reconhecer tudo que você é e tudo que faz. Eu simplesmente te amo, mamãe!

Com você, minha mãe, eu aprendi quase tudo. Você foi meu primeiro contato com o mundo e ao seu lado e sob a sua orientação tenho percorrido o caminho do Senhor.

Em seu coração paciente e carinhoso sempre encontrei o conforto de um amor infinito e incondicional. E além de mãe dedicada você se revelou uma verdadeira amiga também.

Eu amo e admiro muito você, e agradeço por tudo que sempre fez e faz por mim. Também a Deus agradeço pela sublime dádiva que é tê-la como mãe, e a Ele peço que a conserve muitos anos e lhe conceda eterna felicidade. Feliz Dia das Mães!

Feliz aniversário, querida afilhada! Ser sua madrinha foi das melhores dádivas que poderia ter recebido nesta vida.

Você é uma garota linda e especial que enche de ternura os corações daqueles que a rodeiam e que merece o que de melhor há nesta vida: amor, carinho e felicidade!

Costuma dizer-se que quando uma criança nasce, com ela nasce uma mãe. É uma ideia bonita, mas nem sempre ela encontra correspondência na vida real. Às vezes a criança nasce, e só mais tarde na vida desse rebento de luz é que vai nascer a mãe que o vai amar.

Assim é com uma mãe adotiva, que nasce quando o seu olhar se cruza com o do filho que não gerou no ventre, mas que naquele momento, e daí em diante, se planta com firmeza no seu coração. Assim é, e assim foi comigo.

Ser mãe adotiva é amar tão completamente, e mais do que a própria, a vida daquele que chegou pelas mãos da divina providência, não da biologia. É olhar o corpinho do ser onde não corre o mesmo sangue e enxergar a alma do próprio filho. É ver nele a extensão daquilo que ela é.

Ser mãe adotiva é amar, sacrificar, sofrer em silêncio, chorar de alegria... Com um coração, lágrimas ou sorrisos semelhantes aos de qualquer outra mãe, pois ser mãe adotiva é ser Mãe, ponto!

Meu amor, minha amada esposa, mulher forte e corajosa, mãe carinhosa e dedicada. Em você se concentra o verdadeiro e mais profundo significado do que é ser mãe! Pois ser mãe é ser como você, e ter no corpo todo o encanto da criação, no ventre gerar vida, no coração amor infinito.

Ser mãe é ter como você, um coração tão grande quanto todos os oceanos multiplicados até ao infinito, uma paciência do tamanho do universo, e um sorriso permanente que acalma e conforta. Ser mãe é ser como você, sublime essência de proteção, amor incondicional e carinho que nunca esgotam.

Você está sempre presente, incansável, constante. Você sabe se impor quando é necessário, dar sem nunca exigir de volta. Você é mulher de infinitos encantos e fortalezas; esposa carinhosa e dedicada; mãe maravilhosa, protetora, atenta, exemplar. Você é aquela que melhor sabe honrar todos os nomes onde cabe o seu!