Que mulher nunca teve...

Que mulher nunca teve:
Um sutiã meio furado,
Um tio meio tarado
Ou um amigo meio veado?
Que mulher nunca tomou
Um fora de querer sumir,
Um porre de cair
Ou um remédio para dormir?
Que mulher nunca sonhou
Com a sogra morta, estendida,
Em ser muito feliz na vida
Ou com uma lipo na barriga?
Que mulher nunca pensou
Em zunir uma panela,
Jogar os filhos pela janela
Ou que a culpa era toda dela?
Que mulher nunca penou
Para ter a perna depilada,
Para aturar uma empregada
Ou para trabalhar menstruada?
Que mulher nunca acordou
Com um desconhecido ao lado,
Com o cabelo desgrenhado
Ou com o travesseiro babado?
Que mulher nunca comeu
Uma caixa de bombons
Pela mais pura ansiedade,
Uma alface, no almoço,
Por vaidade ou um canalha
Por saudade?
Que mulher nunca apertou
O pé no sapato para caber,
A barriga para emagrecer
Ou um ursinho para não
Enlouquecer?
Que mulher nunca jurou
Que não estava ao telefone,
Que não pensa em silicone
Ou que "dele" não lembra
Nem o nome?

Não tenha vergonha caso
Você se identifique com tudo,
Ou quase tudo! Só mesmo
As mulheres para entenderem
O significado deste poema!

Mensagens Relacionadas

Sim... O universo teve um filho.
Como se chama? Mistério.
O que o homem, cuja sabedoria,
Nunca poderá alcançar.

Seria pecado se a Poetisa sobre
O universo ousasse pousar?
Melhor do que o homem
A Poetisa sabe analisar.
Talvez com palavras românticas,
Cujo homem nunca se atreveu a falar.

Mais do que carinha de anjo
A Poetisa sabe com seu olhar tudo
Ganhar. O mistério será desvendado
O vencedor, será aquele que ousar
Atravessar o coração da Poetisa
E dele arrancar todas as palavras
Doces que ali ousaram pousar.

Ela sobe elegante a rua da cidade
visita com o olhar as pessoas com
quem se cruza; ela não esconde
quem é de verdade, ela é mulher
mulher verdade, ela é mulher amor.

Sobe e desce a rua igual sua mãe
ou sua avó, mulher não é toda igual
nem é toda diferente, mulher amor
lutadora de igualdade, mulher amor
mulher verdade;

Sobe e desce a rua com aquele ar
desinteressado, mas com os olhos
atentos vai testando a bondade ou
medindo as ações de quem comete
a maior crueldade;

Ela desce serena a rua da cidade
encara de frente quem se cruza com
ingenuidade e passa mão no cabelo
de quem precisa ser amado, de quem
tem fé nas mulheres de verdade.

Vida da minha vida,
Vida do meu viver,
Só não te dou a minha vida porque a minha vida é você,
Na paz do meu coração sempre te encontrei,
Na minha vida de ilusão nunca te esquecerei,
Pois a minha vida te darei, e seu coração encontrarei!!!

Não desanimes por um dia triste e por uma noite de choro,
Porque a alegria vem pela manhã.
As suas lágrimas serão enxutas só por um homem,
Este homem vai te amparar em todas as suas tribulações,
É um homem que vai te ensinar todas as palavras corretas,
É aquele que te guia em todos os teus passos
E é aquele que mostra todos os caminhos.
Este homem é... DEUS
Mesmo ausente na terra,
Ele olha por nós lá de cima,
Nos mostra várias opções de vida e nos ajuda na qual nos opinou.
Nunca perca a fé e a esperança.
Nunca perca a paciência por nada neste mundo,
Nunca perca a alegria por existir
Nunca deixe de insistir pelo ideal
Que você queria em sua vida.
Nunca ignore uma pessoa desamparada e sem juízo
Tente mostrar a ela tudo aquilo que hoje você sabe
Graças à tua fé.

(Palavras ao Vento)

Mulher não mente, e sim omite os fatos. Mulher não fofoca, mas sim troca informações. Mulher não trai, se vinga. Mulher não fica bêbada, entra em estado de alegria.

Mulher nunca xinga, apenas é sincera. Mulher não grita, apenas testa as cordas vocais. Mulher nunca chora, lava as pupilas dos olhos com frequência.

Mulher nunca olha para um homem sarado com segundas intenções, apenas verifica suas formas anatômicas. Mulher sempre entende o que homem diz, só pede que explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio.

Mulher não sente preguiça, descansa a beleza. Mulher nunca sofre por amor, e sim entra em contradição com os sentimentos. Mulher nunca engana os homens, apenas pratica o que aprendeu com eles.