Mensagens de Morte

São uma tristeza e uma saudade infinitas as que ficam depois que dizemos o último adeus a uma mãe querida. A minha se foi, cedo demais, e junto com ela levou uma grande parte de mim! Comigo ficou a saudade, e um buraco no coração, um lugar vazio físico e metafísico, uma carência que companhia ou carinho alguns jamais sanarão.

As recordações do seu amor, da sua paciência, dos momentos vividos em conjunto, povoam meu pensamento, me empurrando ainda mais forte contra os braços terríveis dessa saudade incurável!

Mamãe querida, você se foi, seu corpo desistiu da sua alma maravilhosa, da sua sublime essência, mas para sempre você viverá através de mim. Eu te amo, eu para sempre te amarei! Enquanto meu corpo não desistir de mim, eu viverei para honrar você, na saudade de você, todos os dias recordando você!

Mãe é ser, essência e amor que são insubstituíveis. Mãe quando parte deixa para trás um vazio impossível de preencher, e uma saudade que eternamente será sentida.

Mas uma mãe a quem dizemos o último adeus jamais desaparece definitivamente, pois para sempre ela vai estar presente na forma viva dos seus filhos. Mãe que parte para outro mundo, fica para sempre viva no coração dos seus filhos, e é lembrada e homenageada através das suas vidas, do seu amor, da sua saudade!

Sei que está passando um momento difícil, e por isso quero oferecer a você toda minha solidariedade e lhe entregar os meus pêsames.

As palavras pouco ou nenhum alívio trazem em momentos de grande dor como esse, mas sei que existe conforto em saber que há amigos que se preocupam com você e lhe prestam total solidariedade.

Muita força e fé, pois perante tão definitivo desfecho apenas nos resta aceitar e guardar o amor, as saudades e as memórias de quem partiu, com carinho eterno.

Meu amor, essa dor que está sentindo por ter perdido um ente querido, é uma dor que não precisa sentir sozinho. Eu estou aqui ao seu lado para segurar sua mão e tentar falar as palavras certas para o seu coração.

É nestes momentos ruins que precisamos de um ombro amigo ou simplesmente alguém a quem contar nossas mágoas. Eu estarei aqui sempre presente para o que precisar. Tenha muita força!

Custa a acreditar que já se passaram dois anos desde que você partiu, minha mãe. Foram dois ciclos completos de vida se completaram nesta estrada deserta de amor que você deixou para trás.

Dizem que o tempo cura tudo, mas eu sei que não será capaz de curar a saudade de você que vive no meu peito. O meu amor será seu para sempre, e para sempre também lamentarei a sua perda, e lembrarei a mãe e mulher maravilhosas que você foi!

Algumas despedidas são chocantes e entristecem muito o coração. São momentos em que temos de dizer adeus a alguém que partiu cedo demais e de uma forma inesperada, sem que estivéssemos preparados para isso.

Não esquecerei tudo aquilo que vivemos e a amizade que nos uniu durante vários anos. Você foi um verdadeiro companheiro em todas as horas e eu sentirei muito sua falta. Descanse em paz!

São muitas as saudades, querido avô, desde que você partiu. O tempo consegue sempre ser cruel, pois ele faz com que as pessoas envelheçam para depois deixarem de viver do nosso lado.

Apenas existe algo que nunca ninguém conseguirá me tirar. São as lindas recordações que guardo de você. Seus sábios conselhos me continuarão guiando ao longo da vida e eu prometo honrar os bons princípios que você defendeu.

Sinto sua falta em toda a parte, meu amigo! As saudades andam ferindo minha vontade de viver!Você sempre foi uma pessoa cheia de vida e de alegria no coração. Ainda nem acredito que você se foi, que você partiu para outro mundo!

A vida nem sempre é justa, mas pode ter certeza que vou manter você vivo todos os dias através da minha palavra, da minha lembrança! Vou honrar seu nome a toda a hora, porque seu corpo desapareceu, mas sua existência continua junto daqueles que se cruzaram com você nesta vida. Obrigado pela sua amizade! Obrigado por tudo!

Enquanto pequenos, tudo roda em volta da nossa família mais próxima. Tudo é mãe, pai, irmãos quando existem. Todo o nosso mundo se resume a esse grupo pequeno e confortável.

Aos poucos nos vamos revoltando contra esse núcleo, e o vamos culpando por tudo que de mal começa a acontecer em nossas vidas. Os hormônios da juventude tomam conta de nós.

Mais tarde estamos mais calmos, mas a vida atira todo o tipo de obstáculos, desafios e distrações no nosso caminho, e vamos nos afastando, e esquecendo desse pequeno grupo que em tempos foi todo nosso mundo. Esquecemos de visitar, esquecemos de cuidar, esquecemos de dizer ‘te amo’!

E quando lembramos do esquecimento, quantas vezes não é já tarde de mais, e aqueles que verdadeiramente nos amaram, e que nunca deixamos de amar, apenas esquecemos de o dizer, foram chamados para junto de Deus.
Então resta apenas a saudade.

Ficam as memórias. Fica o amor que será eterno. Fica o desejo impossível de um retorno. Fica o insustentável peso da saudade, a única que nunca morrerá.

Não existe dor que se iguale, injustiça que de igual forma nos transtorne, como quando um pai e uma mãe perdem seu filho. Os meus mais sentidos pêsames pela perda do seu filho pequeno!

É impotência o que nos domina, frustração por não podermos fazer ou dizer mais, não podermos ajudar ou consolar mais, pois nem tampouco sou capaz imaginar o sofrimento que agora estão vivendo.

Minha querida mãe, gostava que soubesse como você ainda está presente em cada recanto de nossa casa. E mais importante, como você ainda vive no coração de cada membro de nossa família. Gostava que percebesse a falta que nos tem feito e que, de alguma forma, isso pudesse deixar você feliz. Seria a melhor homenagem para uma mãe que foi uma verdadeira heroína em todos os momentos de sua vida.

Sua força, que não tinha limites, parece que permaneceu entre nós e é isso que nos tem dado ânimo para continuarmos. É como se o exemplo de dedicação e esforço que você sempre demonstrou, tivesse ficado guardado em algum lugar e fosse transformado agora em palavras, que nos servem de motivação. Eu sei que você diria, se pudesse de alguma forma falar, para nunca desistirmos de nossa felicidade. E é isso o que também tentarei fazer, pelo amor que nos continuará unindo eternamente.

Dói. É uma dor física, é uma dor na alma. É uma dor que dura, é uma dor feita para durar. Dói enterrar um amor, dói como poucas coisas são capazes de doer na vida.

Um amor que morre é um amor que morre é um potencial de vida que deixa de existir. São projetos, são expectativas, são sonhos que nunca vão se realizar.

O amor tem essa estranha capacidade de nos fazer acreditar, que nos querer fazer lutar. Mas quando está destinado a acabar, a morrer, o melhor é aceitar.

No amor como na vida, não há como lutar contra a morte. Quando ela anuncia a sua chegada, é preciso respeitar. Não há mais nada a fazer, a não ser preparar o coração e alma para um período de luto e sofrimento, para os dias escuros, para a tristeza.

Mas não podemos nos entregar a dor. Um amor que morre é uma vida que renasce. Sonhos vão, mas outros vem. É preciso saber aceitar, é preciso sabedoria e força para seguir em frente, ainda que o corpo pareça pesado, e o coração pareça não mais querer bater.

Dói enterrar um amor.

Eu não estava preparada para ver você partir. Nós crescemos juntas e criamos uma relação muito especial. A cumplicidade que surgiu entre nós era única e além de irmãs, nós sempre fomos as melhores amigas.

Saber da notícia do seu falecimento foi um corte profundo na minha alma. Inicialmente não acreditei que isso fosse possível e foi doloroso perceber que sua ausência passou a ser uma realidade. Viver deixou de ter o mesmo sentido, pois perdi a pessoa com quem compartilhava as melhores coisas da vida. O mundo ficou mais escuro, cinzento e sem qualquer sabor.

Agora o tempo vai passando e as feridas vão cicatrizando. As forças vão surgindo para prosseguir meu caminho, enquanto tento encontrar motivos para ser feliz. Tenho certeza que se estivesse aqui junto de mim, me diria para eu não desistir e eu prometo que continuarei tentando. Ainda assim, por mais que consiga superar seu falecimento, nada substituirá o vazio que você deixou.

Hoje é um dia triste, talvez um dos momentos mais difíceis da minha vida. Sentir esta perda foi perceber que uma segunda mãe foi embora. Você sempre ocupará um lugar muito especial no meu coração, querida avó.

Nunca esquecerei que foi em seus braços que recebi carinho, um amor diferente de todos os outros, e que através das suas palavras aprendi muito do que sei hoje. Você será lembrada como uma pessoa maravilhosa, uma mulher dotada de um coração muito generoso. Descanse em paz!

O tempo passa mas a dor continua, a saudade permanece e um vazio toma conta da minha vida. Desde o momento que você se foi eu sinto sua falta de uma forma inexplicável.

Eu sei que nunca estamos preparados para o desaparecimento de quem amamos, mas sua despedida foi cruel demais. Desejo que esteja em paz e em descanso. E se puder me ver que sinta orgulho. Até um dia.

Eu tinha medo, eu tinha medo do escuro, eu tinha medo da solidão, tinha medo de morrer. Eu costumava ter calafrios, imaginava fantasmas e não via as tragédias no telejornal. Eu era muito supersticiosa, não passava debaixo de escadas, fugia de gatos pretos e tinha medo da lua cheia.

E andava cheia de amuletos da sorte, e tinha medo de sonhar, de desejar algo e esse desejo não se realizar. Tinha medo de ouvir a minha voz, de dizer em voz alta o que queria. Tinha medo de amar, tinha medo de sofrer. Eu vivia escondida do mundo, debaixo da minha cama. Eu tinha medo do mundo.

Mas um dia percebi que já estava vivendo o meu maior medo: a minha vida estava passando e eu não estava vivendo. Eu já estava morrendo sem ver. Eu tinha medo de "nãos", e não percebia que não lutava pelo "sims". Percebi que na verdade estava vivendo com medo da vida, em vez de ter medo da morte. Foi aí que resolvi viver!

A vida sempre nem sempre é fácil. A vida, por vezes, parece que nos vira as costas e se esquece de toda a misericórdia! Ela batalhou enquanto pode, ela foi incapaz de baixar os braços para a luta que Deus lhe ofereceu. Ela foi uma mulher com princípios fortes e com um tratamento especial para todo mundo!

Infelizmente, a doença venceu esta dura batalha e ela se foi! Seu corpo já não está mais entre nós. Nunca conheci uma pessoa tão intensa e querida quanto ela! Sinto muito por estar anunciando seu falecimento.

Sinto saudade de você! Desde a hora que seu corpo foi embora minha vida ficou mais cinzenta. Penso em você e em todas as coisas que seu coração proporcionou ao meu.

Desejo que esteja em um lugar lindo, cheio de cor e tranquilidade. Viva em paz esteja onde estiver e lembre-se que mesmo distantes nossa união irá continuar. Até um dia.

Você deixará saudades, querida avó. Saudades do carinho e do amor incondicional que sempre dava como ninguém e também das palavras sábias que se transformavam em conselhos oportunos. Deixará saudades e um grande vazio, pois você é insubstituível e esta perda é irreparável.

Todos nós nos achamos preparados para a partida dos mais velhos, mas quando ela acontece o sofrimento acaba invadindo nosso coração. Dizer adeus a quem faz parte da nossa vida, é vermos uma parte de nós mesmos desaparecer e fica difícil aceitar que algumas das pessoas que amamos já não estão mais entre nós.

Você viveu uma vida de muita felicidade. As dificuldades fizeram parte do seu caminho, mas o seu espírito guerreiro combateu todas elas. Houve tempo suficiente para amar, ser amada e, acima de tudo, construir uma linda família que nunca deixou de ter orgulho em você.

Descanse em paz!

Ainda não me sinto capaz de lidar com sua partida, meu pai! A dor que assombra meu peito teima em não fugir, não desaparece, está tatuada. Você foi sempre o homem que ansiei um dia ser, todo seu jeito inspira vontades maiores que as dos homens comuns. Você é meu ídolo, minha referência!

As saudades tem sido o pior, o mais difícil de suportar. Saber que não vou olhar mais seus olhos é dor sem fim. E seu toque não será mais sentido, seu abraço ficou por dar, nosso amor vai viver sempre em desafio, em ansiedade, em lembranças e recordações. Sua falta em minha vida é o maior vazio existente no mundo.

Sei que vou retomar minha vida. Não sei se será hoje ou amanhã, mas tenho certeza que num futuro próximo vou regressar para a estrada de minha vida, vou percorrer o trilho com os princípios que você me incutiu. Vou honrar seu nome em cada gesto, em cada conquista, em todas as lutas. Vou sempre manter você vivo através da minha palavra. Paz para você, meu pai tão amado.

Perder alguém é difícil,
a dor parece que nunca
vai embora completamente.

Até hoje sinto saudades
de pessoas que partiram.
Oro muito por elas, para
que Deus proteja suas almas.

É difícil sair do luto e seguir
em frente, mas ao mesmo
tempo, é necessário.

Vivo minha vida para
honrar os que partiram.
Não esqueço quem se foi
e só desejo que estejam em paz.

Os Samurais existiram por quase 8 séculos (século VIII ao XV), ocupando o mais alto status social porquanto existiu a ditadura militar nipônica denominada Shogunato. Pessoas treinadas desde pequenos para seguir o Bushido, o caminho do guerreiro.
O samurai era uma pessoa muito orgulhosa, tanto que se seu nome fosse desonrado ele executaria o seppuku, era preferível morrer com honra do que viver sem honra.
Seppuku, suicídio honrado de um samurai em que usa uma tanto (faca) e com ela enfia no estômago e puxa para cima cortanto tudo o que tem por dentro. Uma morte dolorosa e orgulhosa.

Inicialmente, os samurais eram apenas coletores de impostos e servidores civis do império. Era preciso homens fortes e qualificados para estabelecer a ordem e muitas vezes ir contra a vontade dos camponeses.

Posteriormente, por volta do século X, foi oficializado o termo "samurai", e este ganhou uma série de novas funções, como a militar. Nessa época, qualquer cidadão podia tornar-se um samurai, bastando para isso adestrar-se no Kobudo (artes marciais samurais), manter uma reputação e ser habilidoso o suficiente para ser contratado por um senhor feudal. Assim foi até o xogunato dos Tokugawa, iniciado em 1603, quando a classe dos samurais passou a ser uma casta. Assim, o título de "samurai" começou a ser passado de pai para filho.

Um grande samurai foi Miyamoto Musashi, um guerreiro que veio do campo, participou da batalha de Sekigahara e iniciou um longo caminho de aperfeiçoamento. Ele derrotou os Yoshioka em Kyoto e venceu o grande Sasaki Kojiro, outro grande samurai.
Pelo fim da era Tokugawa, os samurais eram burocratas aristocráticos ao serviço dos daimyo, com as suas espadas servindo para fins cerimoniais. Com as reformas da era Meiji, no final do século XIX, a classe dos samurais foi abolida e foi estabelecido um exército nacional ao estilo ocidental. O rígido código samurai, chamado bushido, ainda sobrevive, no entanto, na atual sociedade japonesa, tal como muitos outros aspectos do seu modo de vida.

Os Samurais, como classe social, deixaram de existir em 1868, com a restauração Meiji, quando o imperador retomou o poder do país.
Seu legado continua até nossos dias, influenciando não apenas a sociedade japonesa, mas também o ocidente.

(Uzukashi Ogawa)

Você estará sempre comigo, tia! Ainda não consegui aceitar que você foi embora, que partiu sem se despedir. Acredite que não conheço tristeza mais forte do que esta que meu coração está sentindo.

O sentimento que sempre nos uniu será o mesmo que nos vai ajudar a superar a distância, a saudade, o luto, o adeus. Só desejo que sua viagem seja feita com paz e amor, tal como você sempre desejou! Até um dia, querida tia!

Hoje talvez seu coração esteja muito agitado, meu amigo. Perder uma mãe é uma dor tão forte que a tristeza deixa nossa alma em sobressalto. Mas você sabe que temos de seguir em frente, por mais contrariedades que a vida nos traga.

Respire fundo, portanto, e deixe essa agitação passar. Sua mãe está agora em paz e é isso que você também precisa encontrar.

Quando alguém especial se vai,
deixa apenas um vazio no peito.
A saudade se faz presente e
nos restam apenas as boas lembranças.

Deus sempre sabe o que faz
e por isso, quando alguém parte
deste mundo, costumo rezar e
me concentro na minha fé.

Sei que o reino dos céus irá cuidar
de todos aqueles que se vão.
Que todos possam descansar
na sua eternidade ao lado de Deus.

E para os que ficam, resta a saudade,
a lembrança e a certeza de que
o que passou, valeu a pena.

Quando alguém se vai,
leva um pouco daqueles
que ficaram e deixa um
pouco de si para trás.

Ficamos com aquilo
que aprendemos e
com uma saudade que
irá durar para sempre.

Quem se foi, sempre leva
pelo menos um pouco
do nosso amor.

Tem quem acredite que
quem vai, vira um anjo,
tem quem diga que vai
descansar ao lado de Deus.

Eu não sei exatamente
no que acredito, mas
sei que levo um pouco
de todos que já se foram.

Guardo boas lembranças,
e muito amor dentro do meu peito.

Então este o fim?
O adeus eterno?
A última página do livro,
O cessar da música,
Um último suspiro.

Não quero deixar para trás
Palavras engasgadas,
Sentimentos não vividos,
Por medo do rídiculo
Feito de olhares vazios

De um coração que ainda bate
Para outro que esvai
Segure a minha mão,
Pois não houve viagem ou perigo,
Que não enfrentei contigo

Ainda que aqui em corpo,
Não mais presente.
“É permitido sofrer”
Em meios de abraços,
Que preferia dar, mas não receber.

Coloco minha máscara de força,
Postura, serenidade,
Frente ao que se espera,
A vida continua e na sua sabedoria,
Sua certeza chama saudade.

Dizem que tudo tem uma razão de ser. Dizem que o tempo cura tudo. Mas nem o tempo e nem a razão são capazes de mudar o que sinto agora, e a falta que você faz na minha vida.

Nem o tempo e nem a razão trarão de volta os seus sorrisos. O tempo não trará de volta os momentos felizes que vivemos juntos. Não há razão que um dia me convença de que há um motivo bom para eu não ter o calor dos seus braços em redor do meu corpo.

Por mais que tentem me confortar, por mais que me digam palavras bonitas e de consolo, não há lição que eu possa aprender com esta dor. Não há lado bom em ter perdido você. Não há nada e nem ninguém que me convençam que isto precisava acontecer.

O meu sentimento agora é de revolta e tristeza. Só peço a Deus que estes sentimentos venham um dia a mudar, embora não me restem dúvidas de que você é único e de que será muito difícil viver sem você.

Foi por mero acaso que nossos caminhos se cruzaram. Quando eu menos esperava o amor bateu à minha porta e me conduziu a uma família maravilhosa. Aos poucos, fui acolhido com um carinho tocante, sincero e acabei por conhecer você, querida sogra.

Nós tivemos que nos despedir cedo demais, pois você acabou por partir das nossas vidas. Apesar disso, nunca a esquecerei, minha segunda mãe, por tudo o que fez por mim. Descanse em paz!

Quando um dia eu partir,
Falem de mim como sempre falaram,
Relembrem aqueles momentos que compartilhamos
E, acima de tudo, sorriam.

Não quero ver lágrimas, nem tristeza.
Quero ver em cada rosto um sorriso,
E se tiverem coragem, uma risada,
Pelos momentos felizes que vivemos juntos.

Não sei para onde irei quando eu for.
Mas sei que se puder ver aqueles que amo,
Não vou querer ver lágrimas, nem lamúrias,
Ou irei chorar juntamente com vocês.