Poemas sobre o Tempo


Amor não se implora, não se pede
não se espera. Amor se vive ou não.
Ciúme é um sentimento inútil.
Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados,
mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que
você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros para
você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem
não explodir.
Ausência de regras é uma regra que
depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida
mal temperada.
A criatividade caminha junto com a
falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única
forma de agradar.
Amigos de verdade nunca nos abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais
bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo.
Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome
e as lembranças acerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor,
são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor.
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado,
E vive a vida mais alegremente...

(Artur da Távola)

Você completa seu primeiro
aninho de vida e sinto que
estou com meu entusiasmo
desgovernado, meu amor!

Parabéns por ser esse bebê
tão especial, dono de um
lindo e mágico sorriso do
amanhecer ao adormecer.

Parabéns por transformar
minha vida em uma nova
e incrível experiência com
mil histórias a cada dia.

Você é o neném mais bonito
por dentro e por fora, a
criança que me enche de
orgulho e plena felicidade.

Só a vida reflete o melhor do mundo
Só a vida revela o melhor de você
Só a vida é capaz de entender
a linguagem da saudade, do amor, da
verdade.
Só a vida, só a vida.

Pode a terra cair no mar, ou a
lua no sol radiante, mas só a
vida vai permitir que seus
sonho sejam constante.
E eu amo
Só a vida, só a vida.

A vida é um eterno ganhar e perder, mas tirar proveito de cada situação, só depende de nós.

Caminho do campo verde
estrada depois de estrada.
Cerca de flores, palmeiras,
serra azul, água calada.

Eu ando sozinha
no meio do vale.
Mas a tarde é minha.

Meus pés vão pisando a terra
Que é a imagem da minha vida:
tão vazia, mas tão bela,
tão certa, mas tão perdida!

Eu ando sozinha
por cima de pedras.
Mas a tarde é minha.

Os meus passos no caminho
são como os passos da lua;
vou chegando, vai fugindo,
minha alma é a sombra da tua.

Eu ando sozinha
por dentro de bosques.
Mas a fonte é minha.

De tanto olhar para longe,
não vejo o que passa perto,
meu peito é puro deserto.
Subo monte, desço monte.

Eu ando sozinha
ao longo da noite.
Mas a estrela é minha.

(Cecília Meireles)

Como é bom viver, viver sempre
amanhecer com café da manhã e
passear, voar, nadar e amar, amar
amar.

Como é bom acordar e encontrar
raios de sol, luzes que se perdem
no seio do meu coração e amar e
amar.

Como é bom querer, desejar e não
desistir até encontrar, realizar ou
concretizar meus sonhos e amar e
amar.

É tão bom viver, viver sempre e
sempre perto do que de melhor
existe neste mundo: o amor, o
amor.

Da vida só pretendo viver aproveitar cada instante amar, erguer, cair, sofrer da vida quero tudo que ela tem para me oferecer.

São caminhos de todas
as cores, de odores e
muitos sabores, com
diferentes direções. A
vida não espera, e o
mundo também não.

E quando a estrada é
escolhida não dá para
voltar, nem para desafiar
os sabores e as cores
escolhidas. A vida nem
sempre é real para você.

E surge quem conhece o
caminho, quem desvenda
a verdade.

E surge Deus em todo o
esplendor, nas nuvens de quem
não cai.

Perdi o interesse nas coisas
pequenas da vida e nem ser
forte ou riqueza possuir fará
de mim uma pessoa ainda
mais feliz.

Nem a lua ou o sol continuam
nos meus desejos mais íntimos
e só o que é grande emociona
meu coração de verdade e o faz
mais feliz.

Coisas pequenas invisíveis se
tornaram para este olhar que
no rosto carrego e que a sua
figura se encarrega de olhar.

Mais feliz.
Mais feliz.

Serei sempre mais feliz enquanto
o amor que nos une uma coisa
grande continuar a ser e nada
e nunca mais algo me interessar.

Algo pequeno.
Algo grande como o amor.

A vida exigiu muito de mim, mas eu fui forte. Não sei se foi sorte ou talento, só sei que agora, estou melhor do que nunca!

É bela a vida com paz
que se perde no tempo
das flores sem sentido.

Aquele tempo perdido
onde vivem os sonhos
quentes de vidas nuas.

De todos os ideais tão
mascarados por sorrisos
bem guardados e meus.

Sorrisos dos que voam
sem vontade de voar e
que só caem se quiserem.

Viver não é dinheiro, fama
ou outra coisa. Nenhuma
coisa é viver, traz felicidade
ou leva maldade ou vem com
verdade. Viver é amar e dar
crer e receber sem nada só
tentar ser o que não se é ou
se foi ou será. Viver é ser o
que se é sem preconceito de
viver do jeito que se quer.

Arde o peito quando a vida aperta
pensamentos e queima devagarinho
o coração sempre que vai embora
e passa bem pertinho dos sonhos
que nos perseguem que atrás deles
não estejamos ou nos percamos.

Viver é sonhar, acreditar e lutar para
não cair, mas se cair for o caminho
pois que venha quando quiser pois
estarei a postos para o abraçar tal
como a qualquer outra coisa que
me pertença ou esteja destinada.

É onde percorremos e onde
choramos; onde os mares
ganham asas e onde o céu
tem resposta para qualquer
questão. A vida é a imensidão
e é a natureza e o lugar onde
se amam as pessoas e todos
os animais. A vida é lentidão
e é amor e é paixão e é tudo
que o Homem desejar. A vida
é a luz que perdida encontra
seu lar no coração de cada um.

Sempre que um passarinho
vem cantar ao meu ouvido
eu estou a viver.

Sempre que uma onda do
mar reflete o azul do céu
eu estou a viver.

Sempre que um olhar se
perde no brilho do meu
eu estou a viver.

Sempre que o amor me
procura sem qualquer aviso
eu estou a viver.

Sempre que vivo do jeito
que quero viver
eu estou a viver.

Se cai chuva é vida
Se não cai vida é, se
o amor aparece vida
será com toda certeza
mas se escondido ele
estiver vida existirá de
qualquer jeito, vida é.

E se chega o sol e as
nuvens dissiparem só
sobra calor ou luzes
esperançosas se aqui
e neste preciso tempo
nadarem neste rio ou
neste mar que é a vida.

Revolução não precisa de arma
ou de guerra ou de grito ou de
ameaça ou de ultimato ou de
briga ou de esforço ou de dor.

Revolução é o caminho para viver.
Revolução é a estrada para conhecer
o amor, a vida, a sorte, o que se é.

Revolução é o caminho para viver.
Revolução é a estrada para conhecer
o amor, a vida, a sorte, o que se é.

É preciso uma revolução interior
para que o amor conheça outra
dor que não seja dos outros ou de
quem não tem mais que fazer.

Eu queria roubar as
palavras mais belas
aos poetas e fazer
para você um lindo
poema de amor.

Queria encontrar versos
nunca antes proferidos
para lhe mostrar que
aquilo que nos une é
único e muito especial.

Faz sentido pensar nessas
loucuras porque sou capaz
de tudo para tocar seu coração,
mas creio que amar chega,
porque esse é o sentimento
mais forte do mundo.

No momento em que vi você
minha vida mudou totalmente.
O seu olhar meigo não me
deixou indiferente e seu jeito
querido de sorrir era irresistível.

Quando me apercebi já estava
apaixonado, e conhecer realmente
quem você é foi uma surpresa
agradável que me deixou muito feliz.

O tempo vai passando, hoje
somos namorados, e eu só posso
dizer que sou alguém abençoado
por ter uma mulher assim comigo.
Obrigado por me ensinar a amar
e por ser carinhosa, leal e
compreensiva. Eu quero ficar
ao seu lado para sempre!

Não sou de baladas,
músicas eletrônicas e bebidas
Não tenho inúmeros amigos
e nem chego em casa nos
finais de semana durante o dia
Não cultivo gargalhadas por
piadas de coisas sem sentido
Não sou dessa era moderna
Desse tempo insano
de não sermos queridos
Desse desgastante tempo
de não poder, de fato,
um grande amor ter vivido
O meu nome é calmaria,
é poesia, é ler bons livros
Meu nome é arte, é
cumplicidade, é vontade de
viver um grande amor um dia
E viver um grande amor
para mim, não é papel,
não é aliança material
Viver um grande amor para
mim é compartilhar dele
de igual para igual
É poder expressar o que sinto
e sentir que é recíproco
Não quero pensar nessas
regras da sociedade
Não quero viver um amor por
vaidade e a todos poder mostrar
Não penso na minha casa e
nem sequer em ter filhos
Isso vem com o tempo, se por
acaso o tempo quiser nos preparar
Eu quero viver um grande amor
Apenas isso
Daqueles de deitar na grama
De fazer amor sem medo,
sem receio com alguém que
também me ama
Quero provocar-lhe suspiros
verdadeiros, não só com palavras,
mas com um amor sorrateiro
Manso, carinhoso, amigo
Quero ter alguém para poder
dizer como foi meu dia
Um amor para poder dedicar-lhe
minhas poesias
Para poder não voltar para
casa num chato dia
Quero viver um grande amor
De forma simples e suave
Quero expressar-lhe minhas vontades
E satisfazer qualquer uma dele
Quero sair para conhecer lugares
Marcar meu nome na árvore
Para ficar registrado que
passamos por ali
Quero viver um grande amor
Para sair dessa chata rotina
Dessa triste vida
De não se ter alguém
Quero viver um grande amor
Para amar-lhe os seus mistérios
Suas brigas, seus momentos sérios
Quero viver um grande amor
Para poder pôr em prática tanta
coisa bonita que tenho aqui dentro
Quero falar-lhe bem baixinho
daquilo que sinto
Quero olhar-lhe de um jeito tímido
Compartilhar tantas e
tantas brincadeiras
Quero viver um grande amor
Para poder andar de mãos dadas
Sair pelas estradas, sem ter
programado um destino
Quero viver um grande amor
Para dar-lhe carinho, enchê-lo de
mimos e, poder ficar feliz com tudo isso
Quero viver um grande amor
Que possa ser como uma história
Da realidade, da verdade em
tempos difíceis
Quero viver um grande amor
Para sentir a fidelidade, a reciprocidade
de sermos mais que amigos
Quero viver um grande amor
Para levantar de manhã e ter um motivo
De sair cantando e de achar
que tudo é lindo
Quero viver um grande amor
Até que a morte nos venha visitar
E para não sentirmos dor alguma
Que juntos ela possa nos levar

(Juliana Sabbatini)

O título desse texto na verdade não é meu, e sim de um poema do uruguaio Mario Benedetti. No original, chama-se "Alegría de la tristeza" e está no livro "La vida ese paréntesis" que, até onde sei, permanece inédito no Brasil.

O poema diz que a gente pode entristecer-se por vários motivos ou por nenhum motivo aparente, a tristeza pode ser por nós mesmos ou pelas dores do mundo, pode advir de uma palavra ou de um gesto, mas que ela sempre aparece e devemos nos aprontar para recebê-la, porque existe uma alegria inesperada na tristeza, que vem do fato de ainda conseguirmos senti-la.

Pode parecer confuso mas é um alento. Olhe para o lado: estamos vivendo numa era em que pessoas matam em briga de trânsito, matam por um boné, matam para se divertir. Além disso, as pessoas estão sem dinheiro. Quem tem emprego, segura. Quem não tem, procura. Os que possuem um amor desconfiam até da própria sombra, já que há muita oferta de sexo no mercado. E a gente corre pra caramba, é escravo do relógio, não consegue mais ficar deitado numa rede, lendo um livro, ouvindo música. Há tanta coisa pra fazer que resta pouco tempo pra sentir.

Por isso, qualquer sentimento é bem-vindo, mesmo que não seja uma euforia, um gozo, um entusiasmo, mesmo que seja uma melancolia. Sentir é um verbo que se conjuga para dentro, ao contrário do fazer, que é conjugado pra fora.

Sentir alimenta, sentir ensina, sentir aquieta. Fazer é muito barulhento.

Sentir é um retiro, fazer é uma festa. O sentir não pode ser escutado, apenas auscultado. Sentir e fazer, ambos são necessários, mas só o fazer rende grana, contatos, diplomas, convites, aquisições. Até parece que sentir não serve para subir na vida.

Uma pessoa triste é evitada. Não cabe no mundo da propaganda dos cremes dentais, dos pagodes, dos carnavais. Tristeza parece praga, lepra, doença contagiosa, um estacionamento proibido. Ok, tristeza não faz realmente bem pra saúde, mas a introspecção é um recuo providencial, pois é quando silenciamos que melhor conversamos com nossos botões. E dessa conversa sai luz, lições, sinais, e a tristeza acaba saindo também, dando espaço para uma alegria nova e revitalizada. Triste é não sentir nada.

(Martha Medeiros)

Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.

Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.

Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.

O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada aconteceu!

Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.

O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.

Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar.

(Mensagens e poemas)

Quando eu usar vestidos floridos, quando os meus lábios estiverem coloridos, quando o meu salto bater alto, pode saber: estou levemente apaixonada.

Quando os meus olhos brilharem até cegar, quando meu sorriso as orelhas ultrapassar, quando o meu andar for um suave saltitar, pode saber: estou seriamente apaixonada.

Quando poemas começar a recitar, e canções de amor não parar de cantarolar, pode saber: estou gravemente apaixonada.

Quando não conseguir me concentrar, quando de outra coisa não falar, quando meu coração começar a tremer, e as mão a suar, pode saber: estou loucamente apaixonada.

Quando não mais parar de chorar, quando achar que a minha vida vai acabar, e quando só lamentações eu falar, pode saber: foi paixão desenganada.

E se o tempo passar, e o sofrimento da paixão frustrada não acabar, minha miga, me leve para um bar, e depois vamos dançar até o dia clarear!

Um ano já passou e parece que foi uma vida ao seu lado. Quando estamos desfrutando plenamente de algo nem percebemos como o tempo passa. Fico muito emocionada ao ver que de dia para dia temos construído uma ligação muito especial, uma relação íntima onde existe verdadeira cumplicidade.

É muito fácil amar você. Quando temos ao nosso lado alguém presente e que sempre nos compreende plenamente o sentimento flui com naturalidade. Hoje sou uma pessoa melhor por causa de quem vive no meu coração. Você é doce, exatamente o que preciso. Nada mais importa sempre que estamos juntos.

Quero que este seja o primeiro ano de muitos, meu amor. Quero que esta seja a maior paixão que o mundo já conheceu. Não precisa ser perfeito, história de livro ou poesia em canção. Preciso de você como parte do que sou, e o que sou é alguém que lutará pela sua inteira felicidade.

Hoje eu pensei em você com saudades e meu coração se encheu de tristeza, e fez as lágrimas transbordarem pelos meus olhos. Mas não há nenhuma novidade nisso, porque eu pensei em você ontem, e anteontem, e todos os dias desde que você se foi.

Eu penso em você em silêncio, e muitas vezes chamo o seu nome. Penso que você ainda está aqui, ao meu lado. Mas infelizmente tudo que me resta são memórias, são imagens, objetos, músicas e poemas que me fazem lembrar você, e reacender o amor dentro do meu coração.

A sua lembrança continua viva, presente, latente em minha vida e em todas as partes da casa, e nunca irá desaparecer. Deus agora tem você em Seus braços, mas eu terei você eternamente em meu coração.

Em cada momento um ato
Em cada ato um pensamento
Em cada pensamento uma saudade
Em cada saudade, você
Em cada hora uma história
Em cada história uma aventura
Em cada aventura uma lembrança
Em cada lembrança, você
Em cada dia um livro
Em cada livro um porquê
Em cada porquê uma resposta
Em cada resposta, você
Em cada amor uma vida
Em cada vida um saber
Em cada saber uma certeza
Em certeza de gostar de, você
Em cada música um canto
Em cada canto uma poesia
Em cada poesia um beijo
Em cada beijo um desejo
Em cada desejo, você
Em cada pássaro um voo
Em cada voo uma paixão
Em cada paixão uma loucura
Em cada loucura, você
Em cada sorriso uma alegria
Em cada alegria uma felicidade
Em cada felicidade uma vontade
Em cada vontade uma satisfação
Em cada satisfação um prazer
Em cada prazer, você
Só você, eternamente você!

No casamento, as pequenas coisas são as grandes coisas. É jamais ser muito velho para dar-se as mãos, diz ele. É lembrar de dizer "te amo", pelo menos uma vez ao dia. É nunca ir dormir zangado. É ter valores e objetivos comuns.

É estar unidos ao enfrentar o mundo. É formar um círculo de amor como uma toda família. É proferir elogios e ter capacidade para perdoar e esquecer. É proporcionar uma atmosfera onde cada qual possa crescer na busca
recíproca do bem e do belo. É não só casar-se com a pessoa certa, mas ser o companheiro perfeito.

E para ser o companheiro perfeito é preciso ter bom humor e otimismo. Ser natural e saber agir com tato. É saber escutar com atenção, sem interromper a cada instante. É mostrar admiração e confiança, interessando-se pelos problemas e atividades do outro.

Perguntar o que o atormenta, o que o deixa feliz, por que está aborrecido. É ser discreto, sabendo o momento de deixar o companheiro a sós para que coloque em ordem seus pensamentos. É distribuir carinho e compreensão, combinando amor e poesia, sem esquecer galanteios e cortesia.

É ter sabedoria para repetir os momentos do namoro. Aqueles momentos mágicos em que a orquestra do mundo parecia tocar somente para os dois. É ser o apoio diante dos demais.

É ter cuidado no linguajar, é ser firme, leal. É ter atenção além do trivial e conseguir descobrir quando um se tiver esmerado na apresentação para o outro. Um novo corte de cabelo, uma vestimenta diferente, detalhes pequenos mas importantes.

É saber dar atenção para a família do outro, pois, ao se unir o casal, as duas famílias formam uma unidade. É cultivar o desejo constante de superação. É responder dignamente e de forma justa por todos os atos. É ser grato por tudo o que um significa na vida do outro.

O amor real, por manter as suas raízes no equilíbrio, vai se firmando dia a dia, através da convivência estreita. O amor, nascido de uma vivência progressiva e madura, não tende a acabar, mas amplia-se, uma vez que os envolvidos passam a conhecer vícios e virtudes, manias e costumes um do outro.

O equilíbrio do amor promove a prática da justiça e da bondade, da cooperação e do senso de dever, da afetividade e advertência amadurecida.

Nos seus olhos se escondem mistérios,
se revelam perfeições.
Os seus lábios são suaves e doces
almofadas onde se aninham os meus.
O seu corpo é o sonho onde o meu dorme.
Em você eu existo; em você eu me justifico.
Bom dia, amor da minha vida!

Longe de você não existe paz, sonho ou
alegria. Na privação do seu olhar mora
a escuridão infinita, o sufoco de um
moribundo, o desespero de uma alma perdida!

Longe de você não existe nada, apenas
o vazio, o mesmo que comandava a
minha vida antes de você vir preenche-la
com sua sublime existência.

Com todas as cores você veio pintar
meu sorriso, colorir meu pensamento.
Tenha um bom dia, meu bem, meu amor!
Você que tem poesia no corpo, melodia
na voz e no olhar universos de encanto.

Hoje quero falar de amor.
Quero falar do meu amor,
Quero esquecer de mim
E viver só de você.
Quero colocar o seu amor
Como um selo sobre o meu coração.
Das lágrimas que derramei,
Dos sonhos que não realizei.
Você foi o encontro entre
O meu maior desejo
E a minha maior realização.
Veio até mim tal como um passarinho
E fiz seu ninho em meu coração.
Quero que me veja em cada sonho seu,
Quero ser o ar que respire,
Quero ser sua fantasia e sua realidade,
Quero poder lhe dar
Um mundo de felicidade.
Somos um misto de poesia e canção,
Você é meu sonho, meu sorriso,
Meu ponto de chegada e partida.
Você é Meu Amor, Minha Vida!

Um dia você vai procurar no infinito e verá apenas uma estrela dizendo que fui embora. Pedirá a ela que lhe mostre o caminho, mas será inútil, pois apagarei minhas pegadas com a minha dor. Mas não quero esquecê-lo para que eu lembre que esse amor terá que morrer no passado.

Um dia a saudade ferirá seu peito, não que eu tenha sido importante para você, mas porque fui inútil na sua vida. E quando precisar de alguém nos momentos decisivos da sua vida, encontrará apenas o vazio. Certamente lembrará de mim, e seus olhos impressivos chorarão lágrimas de sangue.

Um dia buscará minha poesia no pôr do sol e no despertar da lua, mas encontrará apenas o silêncio e perguntará: onde está? E respostas não terá, porque até mesmo a natureza se negará a dizer.

Um dia quando os seus sonhos forem derrubados pela incompreensão, sentirá no peito a flecha do arrependimento por não ter amado quem muito o amou. A verdade é que um dia sentirá minha falta, mas será inútil chorar, pois suas lágrimas não me trarão de volta, porém, farei delas um rio e navegarei para longe do porto onde estiver.

Deixarei apenas a saudade para que ela o acompanhe por onde você andar. E ela lhe mostrará o quanto minha presença lhe faz falta.

AMOR...
É um conceito divino,
É dimensão sem medida,
É viagem sem destino,
É melodia da vida.
AMOR...
É um caminho sem fim,
É não ter que perdoar,
É não querer e dizer sim,
É dar tudo o que há para dar!
AMOR...
É voz da razão que cala,
É ter dor e não sentir,
É o silêncio que fala,
É ver o mundo sorrir.
AMOR...
É sopro de nostalgia,
É canção leve e suave,
É das trevas fazer dia,
É saber de quem não sabe.
AMOR...
É bem mais que sentimento,
É sussurro de magia,
É da alma o alimento,
AMOR...
É hoje aqui, feito poesia!