Mensagens de Reflexão

Agora não é o tempo de nos descuidarmos, mas de darmos nosso melhor no relacionamento. Os anos vão passando e todos os dias nos deparamos com as mesmas rotinas e os mesmos defeitos de nosso cônjuge. Apesar disso, não podemos esquecer que foi essa pessoa que escolhemos para amar e também que é ela que tem estado do nosso lado durante toda a vida.

Cada dia é uma oportunidade de provar que estamos de corpo e alma no compromisso que nos uniu. Há momentos em que o nosso dever é quebrar o gelo que por vezes persiste e assumir que podemos dar mais de nós mesmos. Pequenos gestos de carinho, palavras meigas ditas de coração, ou simplesmente darmos um pouco de atenção a quem vive debaixo do nosso teto é essencial. Eu estou disposta a demonstrar todo o meu amor e se você fizer o mesmo, tudo resultará em felicidade para a família.

A amizade é a maior ligação que duas pessoas podem possuir na vida. Felizmente, tenho em você uma grande amiga, uma pessoa totalmente confiável e uma fonte de cumplicidade sem limite. Essa é a verdadeira base de nossa união.

Sinto que você é responsável pela felicidade que nos une, sabe? Você sempre zelou por nós de forma incansável e isso não tem preço. É que uma relação baseada no respeito mútuo e no cuidado e atenção é uma relação eterna. Obrigada por tudo, amiga!

Apenas por um momento, feche os olhos.

Agora pense no seu quarto.
Veja sua cama, as paredes.
Agora abra os olhos.

Você viu seu quarto, claro.
E assim que você viu essa imagem, um feixe de fótons, luz, acendeu em seu cérebro.

Mas antes de pedir que você visse essa imagem, onde ela estava?
Onde está a memória até o momento que decidimos lembrar?

A memória não está no cérebro como tanta gente diz.

As pessoas dizem isso porque se alguém tem um derrame pode perder a memória.
Mas hoje os mais brilhantes cientistas do mundo estão afirmando que a memória não está no cérebro.

O cérebro é apenas um hardware, como um rádio.
Não há prova cientifica de que o cérebro produza pensamentos.
Ele os decodifica.

O que ensinam as grandes escolas espirituais é que o pensamento vem da alma, do verdadeiro eu.
Para além dos olhos da carne e dos olhos da mente estão os olhos da alma.

É aí que temos memória, insights, imaginação, entendimento, intenção, curiosidade, sabedoria, criatividade.

Hoje alguns cientistas começam a descrever esse domínio, que chamaremos de realidade virtual. É aí que estava o pensamento, antes de você tê-lo tido.

(Deepak Chopra)

Sabemos que existe um tempo certo para tudo, mas não sabemos quando esse tempo certo será. Por isso, foque-se nos seus objetivos e nunca deixe de lutar.

Em alguns momentos você vai querer desistir e em outros estará com motivação para enfrentar qualquer obstáculo. Não se iluda quando achar que está perto, nem abaixe os braços se tudo parecer distante demais. Lembre-se que a vitória está ao seu alcance, e ela acontecerá quando o prêmio já não poder fugir das suas mãos.

Aconteça o que acontecer, encontre as pedras que encontrar pelo caminho, não vou sentir temor nem desespero, pois sei que Deus cuida de mim.

Ele está comigo em todos os momentos, e sei que me protege quando o mal tenta me derrubar. É seu amor e minha fé que me fazem continuar.

Do acordar ao deitar Deus caminha ao meu lado, e se tropeço e por acaso caio, Ele me ajuda a levantar e subtilmente conforta meu coração.

Há um momento na aprendizagem de cada homem em que este chega à convicção de que a inveja é ignorância; que a imitação é suicídio; que ele tem que se tomar a ele próprio tanto para melhor, tanto para pior, como a sua parcela; que embora o universo esteja cheio de coisas boas, nenhuma semente de milho nutritiva chegará a ele senão através da labuta que ele ofereça nesse lote de terreno que lhe foi dado para cultivar.

O poder que reside nele é novo na natureza, e nenhum outro senão ele sabe o que é que pode fazer, e não o saberá até que o tente. Não é por nada que uma cara, um caráter, um fato, causa muito impressão nele, e outros não têm qualquer efeito. Esta escultura na memória não existe sem uma harmonia pré-estabelecida.

O olho foi colocado onde um raio deve cair, de forma a testemunhar esse raio em particular. Nós apenas nos exprimimos pela metade, e temos vergonha da ideia divina que cada um de nós representa. Podemos ser de confiança e de motivações boas e proporcionais, e darmo-nos fielmente, mas Deus não terá o seu trabalho mais manifesto feito por cobardes.

Um homem está seguro e tranquilo quando coloca todo o coração no seu trabalho ou outra atividade e faz o seu melhor de acordo consigo próprio; mas o que ele diz ou faz de outra maneira, não lhe dará nenhuma paz.

É uma entrega que não rende nada. Na tentativa o seu gênio abandona-o; nenhuma musa o ajuda; nenhuma invenção, nenhuma esperança. Confia em ti próprio: todo o coração vibra a essa corda de ferro.

(Ralph Waldo Emerson)

Não temo o mal, os problemas ou a tristeza, pois no meu coração tenho Deus e sei que Ele cuida de mim em todos os momentos.

Apenas o Senhor me compreende; Ele conhece meu coração, meus sonhos e minhas aflições, e nas suas benditas mãos eu coloco minhas esperanças.

Ele nunca me abandona e quando mais precisei Deus foi meu amigo, meu verdadeiro sustento na miséria. A Ele devo tudo e minha gratidão e amor são Seus para sempre!

Estavam ali parados. Marido e mulher.
Esperavam o carro. E foi que veio aquela da roça
tímida, humilde, sofrida.
Contou que o fogo, lá longe, tinha queimado seu rancho,
e tudo que tinha dentro.
Estava ali no comércio pedindo um auxílio para levantar
novo rancho e comprar suas pobrezinhas.

O homem ouviu. Abriu a carteira tirou uma cédula,
entregou sem palavra.
A mulher ouviu. Perguntou, indagou, especulou, aconselhou,
se comoveu e disse que Nossa Senhora havia de ajudar
E não abriu a bolsa.
Qual dos dois ajudou mais?

Donde se infere que o homem ajuda sem participar
e a mulher participa sem ajudar.
Da mesma forma aquela sentença:
"A quem te pedir um peixe, dá uma vara de pescar."
Pensando bem, não só a vara de pescar, também a linhada,
o anzol, a chumbada, a isca, apontar um poço piscoso
e ensinar a paciência do pescador.
Você faria isso, Leitor?
Antes que tudo isso se fizesse
o desvalido não morreria de fome?
Conclusão:
Na prática, a teoria é outra.

Lá ia eu, de mãos nos bolsos descosidos;
Meu paletó também tornava-se ideal;
Sob o céu, Musa! Eu fui teu súdito leal;
Puxa vida! A sonhar amores destemidos!

O meu único par de calças tinha furos.
- Pequeno Polegar do sonho ao meu redor
Rimas espalho. Albergo-me à Ursa Maior.
- Os meus astros nos céus rangem frêmitos puros.

Sentado, eu os ouvia, à beira do caminho,
Nas noites de setembro, onde senti tal vinho
O orvalho a rorejar-me as frontes em comoção;

Onde, rimando em meio à imensidões fantásticas,
Eu tomava, qual lira, as botinas elásticas
E tangia um dos pés junto ao meu coração!

(Arthur Rimbaud)

A inveja vive no coração de muita gente. Às vezes parece até natural sentir essa ponta de inveja, mas ceder-lhe à tentação será a mais terrível das ações, pois trará grande pesar ao seu coração.

A inveja corrompe o olhar e o juízo dos que a carregam todos os dias no coração. Ela impede a felicidade e impossibilita o invejoso de enxergar todas as maravilhas que existem na sua vida. Se alguma vez começar sentindo essa pontada, lute com todas as suas forças, pois os invejosos nunca serão plenamente felizes!

Última flor do Lácio, inculta e bela,
És a um tempo, esplendor e sepultura:
ouro nativo, que na ganga impura
A bruta mina entre os cascalhos vela.

Amo-te assim, desconhecida e obscura,
Tuba de alto clangor, lira singela,
Que tens o trom e o silvo da procela
E o arrolo da saudade e da ternura!

Amo o teu viço agreste e o teu aroma
De virgens selvas e de oceano largo!
Amo-te ó rude e doloroso idioma,

Em que da voz materna ouvi: "meu filho!"
E em que Camões chorou, no exílio amargo,
O gênio sem ventura e o amor sem brilho!

(Olavo Bilac)

Nenhum amor pode ser chamado de impossível, pois tudo pode acontecer quando estamos dispostos a lutar por esse sentimento que transcende nossa alma.

Impossível é apenas quando abaixamos os braços ou desistimos de o querer na nossa vida. Até lá, ele pode quebrar barreiras e vencer qualquer obstáculo. Basta acreditarmos, por mais remotas que sejam as possibilidades.

Eu estou aqui! Volte para casa e cuide de quem ama você. Honre o compromisso amoroso que temos, as promessas que fizemos há tempos atrás. Olhe com atenção e perceba que sua frieza nos afasta. Eu quero o homem que fazia meu coração despertar de paixão!

Não estou a condenar suas atitudes, mas sim a mostrar que ainda acredito no sentimento que sempre permaneceu entre nós até o dia de hoje. Tenho medo que ele vá embora para sempre. Abrace-me, meu amor, me diga que quer muito ficar ao meu lado.

Existem momentos em que todos nós acreditamos que a vida será um caminho longo, que haverá sempre um amanhã para realizar um sonho, mas a verdade é que apenas podemos ter certeza do agora.

Então agarre o momento, as oportunidades e não permita que a ilusão do tempo engane você, pois cada segundo da sua vida é precioso e irrepetível.

Viva hoje o sonho de ontem e sonhe hoje o dia de amanhã!

Este momento é difícil e a dor que está sentindo é terrível, mas deve ter fé e aguardar com esperança que Deus leve o sofrimento embora.

Pois ainda que pareça impossível, um dia você voltará a sorrir. Nada dura para sempre e tudo que está vivendo agora terá o seu fim em breve.

Seja forte e mantenha a esperança acesa no seu coração. Confie em Deus e na sua misericórdia, pois para quem acredita a felicidade nunca está longe demais.

A amizade é menos frequente entre pessoas azedas e entre os mais velhos, porque quanto pior for o feitio das pessoas, menor é o prazer que têm no convívio. Ora, o bom feitio e o convívio social são marcas de amizade e motivos criadores de amizade. Por este motivo, os jovens depressa se tornam amigos, os velhos, não. É que não podem se tornar amigos daqueles na presença dos quais não sentem prazer; de modo semelhante acontece com os que estão sempre mal dispostos. Estes também podem ser benevolentes entre si porque desejam o bem ao outro e vão ao encontro das necessidades do outro. Contudo, não são completamente amigos uma vez que não passam juntos o dia nem sentem prazer na companhia um do outro, coisas que parecem ser marcas distintivas de amizade.
Agora, parece que não é possível ser amigo de muitas pessoas, pelo menos no sentido pleno da amizade, do mesmo modo que não é possível amar ao mesmo tempo muitas pessoas (parece que isso, na realidade, seria excessivo; e o amor costuma nascer naturalmente em relação a uma única pessoa), porque não é fácil agradar de modo totalmente satisfatório a muitos ao mesmo tempo.

(Aristóteles)

Quando descobri que não era imune ao mal do amor, ainda não sabia identificar o que sentia. Sentia calor e frio ao mesmo tempo, suores nas mãos, desorientação e falta de concentração. Sentia a minha barriga revirar-se, as bochechas esquentarem e via os meus olhos brilharem. O diagnóstico não tardou muito a chegar… Eram sintomas de amor!

O amor não é transmissível, mas é possível que algumas pessoas sejam contaminadas, ao mesmo tempo, só pelo olhar ou até mesmo pela respiração. E quando isto acontece, só há um tratamento possível: viver o amor intensamente!

Dizem que o amor é daqueles males que fazem bem. Uma pessoa pode passar a vida toda sentindo amor e morrer com ele, mas nunca vai morrer por causa dele.

Eu não sei se um dia vou morrer de amor. Não duvido! Mas sou um desses doentes de amor crônico que não querem tratamento. Prefiro morrer de amor, do que viver sem ele.

Os Samurais existiram por quase 8 séculos (século VIII ao XV), ocupando o mais alto status social porquanto existiu a ditadura militar nipônica denominada Shogunato. Pessoas treinadas desde pequenos para seguir o Bushido, o caminho do guerreiro.
O samurai era uma pessoa muito orgulhosa, tanto que se seu nome fosse desonrado ele executaria o seppuku, era preferível morrer com honra do que viver sem honra.
Seppuku, suicídio honrado de um samurai em que usa uma tanto (faca) e com ela enfia no estômago e puxa para cima cortanto tudo o que tem por dentro. Uma morte dolorosa e orgulhosa.

Inicialmente, os samurais eram apenas coletores de impostos e servidores civis do império. Era preciso homens fortes e qualificados para estabelecer a ordem e muitas vezes ir contra a vontade dos camponeses.

Posteriormente, por volta do século X, foi oficializado o termo "samurai", e este ganhou uma série de novas funções, como a militar. Nessa época, qualquer cidadão podia tornar-se um samurai, bastando para isso adestrar-se no Kobudo (artes marciais samurais), manter uma reputação e ser habilidoso o suficiente para ser contratado por um senhor feudal. Assim foi até o xogunato dos Tokugawa, iniciado em 1603, quando a classe dos samurais passou a ser uma casta. Assim, o título de "samurai" começou a ser passado de pai para filho.

Um grande samurai foi Miyamoto Musashi, um guerreiro que veio do campo, participou da batalha de Sekigahara e iniciou um longo caminho de aperfeiçoamento. Ele derrotou os Yoshioka em Kyoto e venceu o grande Sasaki Kojiro, outro grande samurai.
Pelo fim da era Tokugawa, os samurais eram burocratas aristocráticos ao serviço dos daimyo, com as suas espadas servindo para fins cerimoniais. Com as reformas da era Meiji, no final do século XIX, a classe dos samurais foi abolida e foi estabelecido um exército nacional ao estilo ocidental. O rígido código samurai, chamado bushido, ainda sobrevive, no entanto, na atual sociedade japonesa, tal como muitos outros aspectos do seu modo de vida.

Os Samurais, como classe social, deixaram de existir em 1868, com a restauração Meiji, quando o imperador retomou o poder do país.
Seu legado continua até nossos dias, influenciando não apenas a sociedade japonesa, mas também o ocidente.

(Uzukashi Ogawa)

Você foi embora, e eu vi a minha felicidade ir embora e a solidão chegar. Eu disse adeus amor, adeus felicidade, e disse olá, vazio. Eu chorei, e achei que ia morrer. Eu via a chuva cair lá fora e pedia a Deus para eu desaparecer, como a água que era sugada pela terra.

Mas o tempo passou e agora começo a amar novamente. Estou apaixonada. Eu que pensei que o amor tinha acabado para mim, eu que achei que nunca iria conseguir parar de chorar. Sinto-me novamente pronta para ser feliz. Sinto-me reconstruída.

Com tudo isso aprendi, que amar é uma capacidade humana individual, o nosso amor não está no outro, está em nós. Amar é querer amar, estar apaixonada é querer estar apaixonada.

Mas para isso, antes de tudo, é preciso cultivar o amor próprio, estar bem consigo mesmo. Só assim um relacionamento pode acontecer em nossa vida, e nos trazer tranquilidade e felicidade. Hoje, me sinto em paz comigo, pronta para amar e ser feliz.


Quando penso que tudo o quanto cresce
Só prende a perfeição por um momento,
Que neste palco é sombra o que aparece
Velado pelo olhar do firmamento;

Que os homens, como as plantas que germinam,
Do céu têm o que os freie e o que os ajude;
Crescem pujantes e, depois, declinam,
Lembrando apenas sua plenitude.

Então a idéia dessa instável sina
Mais rica ainda te faz ao meu olhar;
Vendo o tempo, em debate com a ruína,

Teu jovem dia em noite transmutar.
Por teu amor com o tempo, então, guerreio,
E o que ele toma, a ti eu presenteio.

(William Shakespeare)

Conta uma antiga tradição indiana que o Senhor Shiva sempre que decide vir à Terra toma a forma humana de um iogue errante. Shiva é a divindade que, mais do que qualquer outro deus indiano, serviu de modelo aos iogues. Segundo essa mesma tradição, Shiva realmente existiu, há milhares de anos, na forma humana de um sábio iogue. No entanto, as histórias a ele relacionadas apresentam um caráter um tanto quanto mitológico. Sua imagem encontra-se constantemente associada ao monte Kailash, no Himalaia – morada das neves –, sua principal residência e alvo de inspiração dos iogues, sadhus (ascetas virtuosos) e samnyasins (renunciantes da vida mundana).

Shiva, o pai do Yoga, é uma das personalidades mais citadas nos Puranas. Acredita-se que Shiva tenha vivido um período de sua vida nu, com apenas uma fina camada de cinza recobrindo seu corpo – como vivem, ainda hoje, muitos iogues reclusos na Índia – ou como se vestiam os antigos ascetas hindus que moravam nas distantes florestas e nas cavernas do Himalaia.

Muitas vezes, Shiva é representado trajando apenas uma pele de tigre ao redor da cintura e/ou uma espécie de manta – também do mesmo material – em torno do tronco, com um de seus ombros descoberto e com algumas serpentes najas ao redor do pescoço, da cintura e dos braços, e uma lua crescente em seu longo e indisciplinado cabelo.

(Gilberto Coutinho)
(Vya Estelar)

Transforme dias difíceis em dias de vitória! Vire rostos fechados em rostos de felicidade. Conquiste alegria com abraços, ofereça seu afago sem medo, sem receio! Essa é sua arma! Essa é sua chance de brilhar!

O abraço deve ser oferecido, ele representa mudança no mundo, ele é sinónimo de calor. Ele, o abraço, é capaz de mover mundos, de jogar fora tristezas, de rasgar céus que são de ninguém. Abrace hoje! Abrace muito!

A vida é um palco; é um cenário maravilhoso, uma experiência memorável. Mas o mundo e as pessoas exigem o melhor de você, meu filho! Temos de ser guerreiros, temos de nos superar a cada instante.

É que nem tudo são flores, nem tudo é alegria. A felicidade tem de ser conquistada, e ela só acontece quando você a abraça com uma intensidade desconhecida. Força, filho! Seja sempre o meu guerreiro!

Egoísmo dói, machuca. Mata! Todo egoísta joga fora toda oportunidade de faz o bem, de mostrar gratidão à vida e a tudo que ela lhe proporciona.

É algo mesquinho, ruim e está ao alcance de todo aquele que se presta para uma vida de singularidade sem sucesso. É preciso dar, oferecer o que é nosso; dizer “sim”, não ter medo de emprestar o que é só dele. Egoísmo é pecado, pecado quase capital!

De todas as pessoas que você conhece, quem é feliz? Quem você acha que é realmente feliz? Será que as mulheres de sucesso profissional, mas que não têm tempo para ficar com os filhos são felizes?

Será que os homens dentro de seus grandes carros parados no trânsito engarrafado são realmente felizes? Será que a celebridade que fez plástica no mês passado e que vai para celebrar o seu quinto casamento é feliz?

Será que o palhaço que vende pipocas na praça é feliz? Será que a família que largou tudo para viver no campo é feliz? Será que a dona do apartamento dos sonhos é feliz? Será que o terceiro homem mais rico do país é feliz?

Será que a felicidade está nas coisas grandes ou pequenas? Será que podemos ver a felicidade ou apenas senti-la? Será que a felicidade é ter ou ser? Quem é realmente feliz?

Eu quero que seus valores e princípios sejam seu rosto, sejam sua marca pessoal. Eu quero que você entenda que o egoísmo, minha filha, é um dos sentimentos mais mesquinhos, mais fúteis e vazios que existem.

Viver é compartilhar, é dar e é receber. Não tenha medo de oferecer seu amor, seu carinho, sua verdadeira pessoa. Eu te amo, minha filha! Viva bem, e dê sem receios!

Quando alguém se apaixona realmente, isso acontece sem premeditação, sem consciência. Tudo se dá de um momento para o outro, e sem perceber como, seu coração quer pular do peito quando está junto da pessoa por quem ele bate.

E em todo esse processo o coração é cego, surdo e mudo; ele apenas sente e bate mais forte, desconhecendo o gênero, a cor, a idade, da pessoa por quem se encantou.

O coração é livre de se apaixonar por quem o conquista, mas muitas vezes a pessoa a quem pertence esse coração sofre descriminação pela sua preferência. Mas onde há amor, nada mais deveria importar!

Cada um de nós tem um coração rebelde para cuidar, e assim deveria ser, cada um cuidando do seu e respeitando o outro! Sem discriminação, sem preconceito, apenas com amor e a liberdade para viver esse amor!

O que é um dia maravilhoso se não tivermos alguém com quem compartilhar? O que são as nossas alegrias e aventuras sem ninguém para as compartilhar conosco? Compartilhar é bom, e isso é verdade para tudo.

No momento em que se descobrem as maravilhas de dar, dividir, compartilhar, uma alma se torna mais feliz e completa. O egoísmo em doses pequenas não fere ninguém, mas quando é demais ele acaba isolando a pessoa. Mas há sempre forma de lutar contra esse mal, e é compartilhando, ou ensinando a compartilhar.

Sentimentos bons sempre acabarão atraindo outros ainda melhores, e assim é com tudo. Se falta amor em sua vida, distribua amor e verá como ele retornará a você. A melhor forma de conseguir as coisas é dando sem cobrança, dando com sinceridade, e por isso o egoísmo é tão mau.

Pessoas felizes compartilham, dividem e espalham o bem, aquilo que muitas vezes lhes faltava, elas dão, e eventualmente acabam recebendo em dobro. Então dê e seja feliz!

O sol brilha lá no céu. Há dias em que o vemos, há momentos em que ele está tapado pelas nuvens, mas ele sempre cumpre sua função. E mesmo que não lhe demos nossa atenção, a verdade é que ele é essencial para nossa vida.

Assim também é o amor que temos por você, meu filho. Acredite que você sempre terá todo o carinho e atenção da nossa parte. E mesmo que não sinta isso, a nossa intenção, em todos os nossos conselhos, é ajudar você a encontrar a sua felicidade.

Hoje é um dia perfeito para uma grande limpeza, mas não daquelas às quais você se acostumou, não falo de limpar o corpo ou a casa, mas sim a alma. Porque tantas vezes é inevitável, porque tantas vezes não conseguimos deter esses sentimentos ruins, e eles se vão acumulando em nosso coração, hoje reflita sobre eles, e olhe para o seu interior.

Se conseguir identificar sentimentos desses dentro de si mesmo, como a inveja, a raiva, ou ideias preconceituosas, faça o esforço por se livrar deles, pois nada bom vem com sentimentos desses, com ideias dessas. Limpe a sua alma, o seu coração de tudo o que é ruim, de tudo o que lhe vai provocar más sensações, por você e por quem gosta de você. Eventualmente acabará se tornando um hábito como outro qualquer, e você irá se sentir muito mais leve, mais limpo, mais feliz!

Recomendados para você

O poder da gratidão: reflexão sobre a importância do agradecimento na nossa vida
O poder da gratidão: reflexão sobre a importância do agradecimento na nossa vida