Mensagens de Reflexão

Saiu o leão a fazer sua pesquisa estatística, para verificar se ainda era o Rei das Selvas. Os tempos tinham mudado muito, as condições do progresso alterado a psicologia e os métodos de combate das feras, as relações de respeito entre os animais já não eram as mesmas, de modo que seria bom indagar. Não que restasse ao Leão qualquer dúvida quanto à sua realeza. Mas assegurar-se é uma das constantes do espírito humano, e, por extensão, do espírito animal. Ouvir da boca dos outros a consagração do nosso valor, saber o sabido, quando ele nos é favorável, eis um prazer dos deuses. Assim o Leão encontrou o Macaco e perguntou: "Hei, você aí, macaco - quem é o rei dos animais?" O Macaco, surpreendido pelo rugir indagatório, deu um salto de pavor e, quando respondeu, já estava no mais alto galho da mais alta árvore da floresta: "Claro que é você, Leão, claro que é você!".

Satisfeito, o Leão continuou pela floresta e perguntou ao papagaio: "Currupaco, papagaio. Quem é, segundo seu conceito, o Senhor da Floresta, não é o Leão?" E como aos papagaios não é dado o dom de improvisar, mas apenas o de repetir, lá repetiu o papagaio: "Currupaco... não é o Leão? Não é o Leão? Currupaco, não é o Leão?".

Cheio de si, prosseguiu o Leão pela floresta em busca de novas afirmações de sua personalidade. Encontrou a coruja e perguntou: "Coruja, não sou eu o maioral da mata?" "Sim, és tu", disse a coruja. Mas disse de sábia, não de crente. E lá se foi o Leão, mais firme no passo, mais alto de cabeça. Encontrou o tigre. "Tigre, - disse em voz de estentor -eu sou o rei da floresta. Certo?" O tigre rugiu, hesitou, tentou não responder, mas sentiu o barulho do olhar do Leão fixo em si, e disse, rugindo contrafeito: "Sim". E rugiu ainda mais mal humorado e já arrependido, quando o leão se afastou.

Três quilômetros adiante, numa grande clareira, o Leão encontrou o elefante. Perguntou: "Elefante, quem manda na floresta, quem é Rei, Imperador, Presidente da República, dono e senhor de árvores e de seres, dentro da mata?" O elefante pegou-o pela tromba, deu três voltas com ele pelo ar, atirou-o contra o tronco de uma árvore e desapareceu floresta adentro. O Leão caiu no chão, tonto e ensangüentado, levantou-se lambendo uma das patas, e murmurou: "Que diabo, só porque não sabia a resposta não era preciso ficar tão zangado".

Moral: Cada um tira dos acontecimentos a conclusão que bem entende.

(Millôr Fernandes)

A vida é um percurso às vezes demasiado complicado, e muitos de nós ficamos cansados e chegamos a perder a esperança de encontrar o pedaço do caminho sem tantas dificuldades. Chega a haver quem desista do caminho, quem pare de lutar por falta de forças.

Mas por mais difícil que às vezes pareça, há algo que você deve manter bem presente em sua mente: nada dura para sempre! Apenas a morte é definitiva, apenas para ela não existe um remédio ou uma alternativa. Para tudo resto, ainda que pareça que não, existe uma solução.

Tudo eventualmente acaba por mudar, por passar. Mas para isso você precisa acreditar e batalhar, nunca desistir, pois quando há vontade, quando acreditamos realmente, tudo pode ser possível, e sonhos se tornam reais!

A persistência compensa, a sua determinação, a sua luta pela superação, trarão frutos e uma recompensa que no final, valerá por todo sofrimento.

Encare as dificuldades como aquilo que elas são: momentos difíceis mas necessários de crescimento e aprendizagem, e muitas vezes também, oportunidades para mudar o que não está bem na sua vida.

Você é bonita, não importa o que digam. Não deixe que palavras ou padrões irreais de beleza lhe coloquem para baixo ou lhe façam gostar menos de você, do seu corpo, do seu cabelo, da sua pele, dos seus olhos, dos seus quadris, de quem você é! Você é bonita de um jeito único e singular.

Não se deixe abater por imagens, palavras e gestos infantis, porque você é melhor do que isso, você é mais forte do que tudo. Não se sinta inferior, não deixe que lhe coloquem para baixo. Acredite em você!

Não importa o que digam, para qualquer lugar que você for, um novo dia vai nascer e o sol irá brilhar para você. A vida é bela e viver é maravilhoso. Não deixe que ninguém lhe coloque para baixo. Você é linda, tem uma beleza única e singular. Não importa o que digam!

Ele pode estar olhando as suas fotos neste exato momento. Porque não? Passou-se muito tempo. Detalhes se perderam. E daí ? Pode ser que ele faça todas as coisas que você faz, escondida. Sem deixar rastro nem pistas. Talvez ele passe a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram seus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você . Todos os dias. E ainda assim preferir o silêncio. Ele pode reler seus bilhetes, procurar o seu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as suas músicas, procurar a sua voz em outras vozes. Quem nos faz falta acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape! Talvez ele perceba que você faz falta. E diferença. De alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez ele volte. Ou não.

Não importa o que me digam, nem se me criticam ou julgam. Pelas decisões da minha vida, quem paga sou. Eu escolhi o meu caminho, e pago o pedágio todos os dias pelo rumo que tomei.

Eu não peço desculpas por nada, e faria tudo de novo. Eu planejei cada trecho da estrada, e cada erro de percurso me ajudou a acertar o passo.

Confesso que algumas vezes cheguei a temer e duvidar de mim, mas eu sempre soube que quem fazia a minha vida era eu, e todas as vezes que cai, precisei ter forças para me reerguer sozinho.

Por algumas vezes, eu me perdi, me perdi de amor, me iludi, chorei e ri, em alguns momentos até acreditei ter agarrado a felicidade. Mas logo percebi que a felicidade está sempre a fugir das nossas mãos, para nos fazer seguir sempre em frente, atrás dela.

É quinta-feira, mais de metade da semana já passou e estamos mais perto do final de semana. Mas não espere que ele chegue para se divertir, para desfrutar da vida, da família, dos amigos, de você mesmo.

Cada dia conta, e o que importa mesmo é o presente. É o dia que está vivendo, esse instante, esse segundo, que importam e podem fazer toda diferença, pois do amanhã ninguém pode jurar seja o que for!

A realidade virtual é imortal.
E infinitamente correlacionada.
É o software do universo.
Esse nível de realidade é silencioso.
A mente está sempre falando, mas aqui há silencio profundo.

É eterno, porque nunca morrerá porque nunca nasceu, sempre esteve lá.
Não tem energia, mas toda energia vem daí.

Esse nível de realidade não tem tempo, é a criatividade infinita, o potencial infinito. Esse nível de realidade tem um infinito poder de organização.

Esse nível de realidade é a nossa própria alma.

(Deepak Chopra)

Deus cuida de mim quando mais ninguém está por perto. Assim como um pai que senta o filho no seu colo, Ele está sempre disponível para me ouvir e eu sei que entende até os meus sentimentos mais difíceis de expressar.

Posso não ouvir respostas aos meus pedidos, mas eu as sinto na minha vida, todos os dias e em qualquer lugar. Somente Deus consegue ser um Pai perfeito e um Amigo leal ao mesmo tempo.

A felicidade é uma estrada que se constrói enquanto se caminha. A felicidade só depende de nós, precisamos estar predispostos a ser felizes, porque a felicidade não cai do céu, não é um fenômeno que vai aparecer em nossas vidas, e nem um grande evento com dia e hora marcada para acontecer. A felicidade é todos os dias um pouquinho. E para viver feliz, há alguns passos que podemos seguir:

1. Liberte o seu coração das energias negativas:
Raiva, vingança, rancor, revolta, pessimismo… Todos os sentimentos e energias negativas conspiram contra a felicidade. Criam uma aura de negatividade em torno de você que não lhe permite sentir-se bem, satisfeito, realizado, alegre e em paz. Transforme os acontecimentos ruins da vida em aprendizado.

2. Não se culpe:
Aprenda a perdoar os seus erros e os erros dos outros. Não seja demasiado duro com você. Todos cometem erros. Busque aprender com os seus erros e transformá-los em lições de vida. Você pode não saber, mas o perdão é mais benéfico para quem perdoa do que para quem é perdoado.

3. Leve uma vida simples:
Em vez de viver eternamente procurando problemas e tornando a vida complicada, busque soluções e simplifique. Faça por ter uma vida simples e leve. Muitas vezes, as grandes ambições só tornam a vida difícil.

4. Compartilhe:
Aprenda a compartilhar e a dar aquilo que você tem. Compartilhe o seu tempo com as pessoas que ama e que amam você, doe as coisas que já não usa mais, seja voluntário, conviva com a diversidade do mundo. Faça o bem e queira o bem.

5. Diminua as expectativas:
Muitas vezes, impulsionados por padrões que nem são os nossos, acabamos por criar altas expectativas para a nossa vida. Desejamos uma vida que muitas vezes não trará felicidade, apenas baseados no desejo de alcançar um certo status social. Seja sincero e honesto com os seus valores e convicções e reavalie as suas expectativas. Muitas vezes, menos é mais!

Hoje quem está no topo, um dia pode cair e bater no chão. Seja porque está bem ou porque está mal, ninguém deve achar que seu lugar, que sua situação na vida é permanente, que jamais mudará.

Isso não é verdade e qualquer vida, de um momento para o outro, pode mudar totalmente. O mundo dá muitas voltas e assim a vida de todos nós também.

Se acha que tudo está dando errado em sua vida, não se desespere, pois amanhã sua situação pode mudar e tudo fica bem.

Mas se acha que tudo está dando certo, agradeça, desfrute e cuide; espalhe bondade e positividade, pois amanhã se aparecer uma dificuldade tudo de bom que agora fizer retornará a você um dia.

Ainda correm lágrimas pelos
teus grisalhos, tristes cabelos,
na terra vã desintegrados,
em pequenas flores tornados.

Todos os dias estás viva,
na soledade pensativa,
ó simples alma grave e pura,
livre de qualquer sepultura!

E não sou mais do que a menina
que a tua antiga sorte ensina.
E caminhamos de mão dada
pelas praias da madrugada.

(Cecília Meireles)
(Citador)

Com uma vida sempre tão agitada será que temos mesmo liberdade, podemos realmente afirmar que somos livres para fazermos o que nos dá vontade? Se pensarmos mais profundamente podemos ver que nossa autonomia é bem restrita e condicionada.

Com horários estipulados para cada atividade, ainda temos que nos vestir e falar de acordo com cada ocasião, pois não queremos ser hostilizados por alguns olhares intimidantes. Em um mundo regrado pelos padrões, ficar fora deles pode às vezes custar muito caro.

Ser magro, acordar cedo, fazer hora extra, comprar aquela roupa, fazer dieta. Estamos rodeados de convenções que nem sempre se encaixam em todo o mundo.

Mais importante que seguir o que muitas vezes está imposto, é perceber a melhor maneira de se inserir sem ser prejudicado. Olhar intimamente para dentro e conhecer o que de fato nos faz felizes pode ajudar a perceber qual o melhor caminho que se deve seguir.

Obviamente vivemos em sociedade onde muita coisa deve ser respeitada, mas sua vontade tem que ser devidamente considerada. Até que provem o contrário, só temos uma vida para ser vivida. Deixarmos de ser o que realmente somos porque pode entrar em choque com a sociedade, é a maior prova do bloqueio da nossa liberdade.

Devemos escolher sempre a felicidade. E mesmo que possa parecer um pouco fora da nossa realidade, fique ao lado da sua verdadeira liberdade!

Muitas pessoas estão sempre tão ocupadas em reclamar da vida que não se dão conta da sorte que têm. Ter saúde, ter uma família que acolhe, apoia, ama e cuida, ter amigos, ter inteligência, ter algum talento, viver com conforto e tranquilidade financeira, não ter sofrido nenhum trauma grave na vida, não ter perdido nenhum ente amado… tudo isso conjugado é muita sorte!

A sorte é uma combinação de acontecimentos na vida, que pode trazer felicidade. Mas para isso, é preciso enxergar a sorte que se tem, e saber aproveitá-la e dar valor e agradecer. Dar valor à saúde, aos familiares, aos amigos, e às oportunidades.

Foque nos pontos positivos da sua vida e agradeça a sorte de ter a vida que tem. Se você acha a sua vida difícil, saiba que há milhares de pessoas em situações muito mais complicadas que você, que não têm as mesmas chances, mas que nem por um minuto deixam de lutar.

A gratidão é uma dádiva! Reconhecer e saber aproveitar a sorte que tem é a melhor maneira de agradecer pelo que a vida lhe dá.

A vida é uma estrada longa, talvez infinita, onde percorrem os guerreiros sobreviventes – nós! A cada novo passo que damos, vamos ganhando experiência, maturidade.

Vamos crescendo, evoluindo! Nada neste mundo é dado, tudo tem um preço a pagar, e só o tempo – a cada novo passo, vai ensinar isso para você, para cada um de nós. A vida é uma escola sem professor!

Como no palco o ator que é imperfeito
Faz mal o seu papel só por temor,
Ou quem, por ter repleto de ódio o peito
Vê o coração quebrar-se num tremor,

Em mim, por timidez, fica omitido
O rito mais solene da paixão;
E o meu amor eu vejo enfraquecido,
Vergado pela própria dimensão.

Seja meu livro então minha eloqüência,
Arauto mudo do que diz meu peito,
Que implora amor e busca recompensa

Mais que a língua que mais o tenha feito.
Saiba ler o que escreve o amor calado:
Ouvir com os olhos é do amor o fado.


(William Shakespeare)

A tirania do egoísmo é o principal desafio que temos para construir uma civilização à altura da real humanidade que representamos.

Nesse sentido, o assunto consiste em encontrar o lugar certo para o egoísmo, pois há uma utilidade para esse no esquema universal, assim como também há o problema decorrente do seu abuso.

Somos entidades cósmicas criativas, emanamos faíscas de Vida e as projetamos consciente e inconscientemente na realidade para moldá-la ao nosso bel prazer.

Esta é a utilidade do egoísmo. A inutilidade do egoísmo consiste em nos apegarmos tanto a esse processo e o identificarmos como próprio que perdemos de vista o vínculo com o Universo.

Afinal, a Vida não começa nem termina com nossas presenças, ressuscita, se preserva e autodestrói através de todos e de cada um.

(Arauto do Futuro)

Ó Tu, Provedor! Ajuda esses nobres amigos a conquistarem Teu beneplácito. Torna-os igualmente benévolos para com estranhos e amigos. Faze-os entrarem no mundo que perdura para todo o sempre; concede-lhes um quinhão da graça celestial; faze com que sejam verdadeiros bahá’is, sinceramente de Deus; protege-os de aparências exteriores e estabelece-os firmemente na verdade. Torna-os sinais e emblemas do Reino, estrelas luminosas acima dos horizontes desta vida inferior. Que sejam conforto e consolo para a humanidade e promotores da paz do mundo. Extasia-os com o vinho de Teu desígnio e permite que todos eles trilhem o caminho de Teus mandamentos.

(Abdu’l-Bahá)

As escolhas da minha vida, eu tomo de acordo com o meu coração. Não deixo as minhas decisões serem influenciadas pelo que querem os outros, ou pelo que esperam que eu faça. Eu sou dono do meu nariz, ando com as minhas próprias pernas e eu decido a direção. A minha casa é onde eu estou, é onde eu quero estar. As minhas fases vão durar o tempo que durar. É a minha vida, é a minha história, sou eu!

O destino pode vir definido nas linhas da minha mão. Mas eu posso desenhar em cima delas e mudar o meu futuro. Sou eu, e é a minha vida. Ninguém pode decidir nada por mim. E o preço das minhas escolhas quem paga sou! Porque a vida é minha e ninguém vai sofrer as minhas dores por mim.

O homem honroso dá atenção especial a nove coisas. Se dedica a ver bem o que olha, a ouvir bem o que escuta; cuida para ter uma aparência afável, para ter uma atitude deferente, para ser sincero nas suas palavras, para ser diligente nas suas ações; no meio das suas dúvidas, tem o cuidado de interrogar; quando está descontente, pensa nas consequências desastrosas da cólera; frente a um bem a obter, ele se lembra da justiça.
(...) Buscar o bem, como se temêssemos não conseguir alcançá-lo; evitar o mal, como se tivéssemos enfiado a mão na água fervente; é um princípio que eu vi ser posto em prática e que aprendi. Viver isolado na busca do seu ideal, praticar a justiça, a fim de realizar a sua Via, é um princípio que aprendi, mas ainda não vi ninguém segui-lo.

(Confúcio)
(Citador)


Geralmente, em toda parte,
No ângulo mais sombrio
Dos recantos desprezados,
Vem a aranha e tece o fio.

Escura, silenciosa,
Atendendo ao próprio instinto,
Seja dia, seja noite,
Vai fazendo o labirinto.

Por manter o enorme enredo,
Insiste e nunca esmorece,
Condenar-se por si mesma
É seu único interesse.

Desdobrando movimentos
Nos impulsos insensatos,
Pratica perseguições,
Multiplica assassinatos.

Insetos despreocupados,
Na ilusão cariciosa,
Transformam-se em prisioneiros
Da pequena criminosa.

Satisfeita, a aranha escura.
Prossegue na horrenda lida,
Nos venenos que segrega
Traz a morte e suga a vida.

Mas um dia, o espanador,
Na luta material,
Vem e arranca essa infeliz
Das teias de horror do mal.

A aranha, porém, não cede,
Com teimosia e com arte,
Foge ao bem que se lhe fez,
E vai tecer noutra parte.

Quem medita na conduta
Dessa aranha renitente,
Encontra a cópia fiel
Da vida de muita gente.

A muitos presos do engano,
Deus envia a dor e as provas;
Mas, depois de liberdade,
Vão prender-se em redes novas.

A amizade é um dos sentimentos mais fortes que existem. É um relacionamento raro e incondicional. Acontece que nem sempre as coisas são tão puras quanto parecem; e aí vem a desilusão.

São compartilhadas confidências, conversas, e tudo acaba desaparecendo. É que em uma amizade, quando alguém erra, é difícil existir espaço para segundas oportunidade!

Todos os sonhos teimam em terminar e a esperança insiste em desaparecer, nesta vida difícil que tenho pela frente. Diariamente remo contra a maré e ultrapasso diversos obstáculos, mas eles parecem não ter fim.

Não sei por quanto tempo terei forças para lutar. O que me consola é apenas saber que ainda estou de pé. Talvez seja melhor esperar que o tempo me dê as respostas. Por enquanto serei apenas alguém perdido, procurando um abrigo que me proteja contra a chuva que não para de cair.

Não vou mais pedir que demonstre seu carinho, nem que prove de alguma forma seu amor. Essas expressões de afeto devem ser dadas livremente, de forma espontânea e sobretudo de coração.

Quem implora por atenção da outra parte, acaba sentindo humilhação e isso jamais deveria acontecer em um relacionamento. Todos temos o dever de refletir sobre quem temos do nosso lado e deixar o egoísmo de parte para cuidar dos seus sentimentos.

O aprendiz buscou o orientador e clamou, agoniado:

- Amigo querido, por que a contradição em que me vejo? Vivia tranquilo, quando adquiria fé. Depois de instalar a fé no coração, o sofrimento apareceu em minha vida. Se acumulei tanta confiança na Divina Providência, qual a razão pela qual tantas tribulações me acompanham? Momentos surgem, nos quais me sinto em doloroso desespero. Por que tamanho contra-senso?

O interpelado, entretanto, respondeu sem hesitar:

- Filho, não te revoltes. A Lei do Senhor é justiça e misericórdia. O Pai Todo-Sábio não podia livrar-te da provação, mas não podes negar que a Infinita Bondade te amparou com o apoio oportuno, a fim de que atravesses as tempestades de hoje com o agasalho preciso.

Eu tinha medo, eu tinha medo do escuro, eu tinha medo da solidão, tinha medo de morrer. Eu costumava ter calafrios, imaginava fantasmas e não via as tragédias no telejornal. Eu era muito supersticiosa, não passava debaixo de escadas, fugia de gatos pretos e tinha medo da lua cheia.

E andava cheia de amuletos da sorte, e tinha medo de sonhar, de desejar algo e esse desejo não se realizar. Tinha medo de ouvir a minha voz, de dizer em voz alta o que queria. Tinha medo de amar, tinha medo de sofrer. Eu vivia escondida do mundo, debaixo da minha cama. Eu tinha medo do mundo.

Mas um dia percebi que já estava vivendo o meu maior medo: a minha vida estava passando e eu não estava vivendo. Eu já estava morrendo sem ver. Eu tinha medo de "nãos", e não percebia que não lutava pelo "sims". Percebi que na verdade estava vivendo com medo da vida, em vez de ter medo da morte. Foi aí que resolvi viver!

Há dias melhores, e há outros tantos que são piores. Há momentos em que tudo parece ter encaixado nos seus devidos lugares, e outros tantos em que parece que tudo está fora do lugar.

É assim a vida, minha querida amiga, uma caminhada nunca em linha reta, mas antes preenchida de curvas e contracurvas. Mas essa é também uma das muitas razões pelas quais a vida é tão maravilhosa, surpreendente, excitante.

O mais importante é, e durante as curvas e contracurvas que experimentarmos, darmos o nosso melhor; que em momento algum afrouxemos a determinação e a luta pela concretização de um sonho.

A vida é uma dádiva, a mais esplêndida das bênçãos, pelo que a ela você se deve entregar diariamente com todo o coração, querida amiga. Por você, pela vida que lhe foi dada para que a viva, você deve todo o dia, a cada instante, dar seu melhor e dela esperar sempre o melhor!

Sinto uma grande tristeza quando penso nos problemas que vocês estão enfrentando no relacionamento. Vocês são um casal maravilhoso, com o qual tenho o prazer de partilhar uma boa amizade. Não podem de maneira alguma deixar que as coisas se compliquem, nem desistir de encontrar uma solução que traga verdadeira paz.

O amor vence tudo e eu não duvido que ele exista entre vocês. Foi com esse amor que vocês se aproximaram e construíram a linda história que viveram até agora. E esse sentimento pode também ser a base de qualquer entendimento. Portanto, não pensem que nada dará certo, nem se precipitem em pensar que colocar um ponto final na relação é o ideal.

Tirem tempo para conversar e acima de tudo escutar o que cada um está sentindo. Façam um esforço em deixar os interesses pessoais de lado e lutem verdadeiramente pela felicidade. Juntos vocês vão conseguir superar essa fase mais difícil.

Não tem como caminhar na estrada da vida sem errar, sem cometer injustiça, sem falhar! Todo mundo conhece o fracasso de suas ações, de suas atitudes.

Acontece que algumas pessoas aprendem a não repetir suas falhas e melhoram seus defeitos a cada dia que passa. E essa é a verdadeira essência de viver, de melhorar, de crescer! Ninguém é perfeito, mas todos podemos alcançar nossa própria perfeição!

Sermos seres pensantes tem suas vantagens, imagine como seria o mundo se não duvidássemos de nada, se não houvesse questionamentos, se aceitássemos tudo que nos é dado.

Se há dúvida sobre o melhor caminho que deveria ser escolhido, pode ser um sinal de que alguns deles têm benefícios para serem oferecidos. Caso contrário, não teria motivo para haver questionamentos.

A dúvida tem a finalidade de nos mostrar que temos mais de uma possibilidade, que em cada uma delas há chances de dar tudo certo ou tudo errado. Mas que pelo menos o sucesso pode vir como uma das alternativas.

Mas se por um acaso, todas as possibilidades aparecerem como erradas, coloque a dúvida de lado e deixe-as passar, e com certeza após algum tempo depois, outra virá!

Você pode preferir ficar esperando sentado durante oitenta dias em vez percorrer o mundo inteiro. Mas se você pensa que o tempo irá lhe dar todas as respostas e lhe mostrar todos os caminhos, então espere sentado.

Talvez você tenha ainda muito a aprender, e muitas vezes é preciso perder tudo para depois conseguir se encontrar. Mas faça alguma coisa, não entregue tudo nas mãos do tempo.

Aproveite as oportunidades, faça a sua parte. Apaixone-se, entregue-se ao amor, declare-se, mesmo que seja para um dia chorar um mar de lágrimas.

Quando o dia virar noite e apenas a luz de uma vela iluminar a sua vida, quem você estará amando? Se você espera que o tempo faça tudo por você, então espere deitado!

Pode ser que chova, pode ser que faça sol. Pode ser que o amor aconteça por acaso mesmo que você fique parado. Mas pode ser que ele passe por você e vá embora, como uma chuva de verão. Mas se você pensa que o tempo irá tratar de tudo por você, é melhor desistir.

Agarre a sua chance, faça a sua parte. Viva o seu romance, mesmo que seja para sair com o coração partido. Quem não ama e não sofre, nada aprende. Mas não espere muito tempo!

Recomendados para você

O poder da gratidão: reflexão sobre a importância do agradecimento na nossa vida
O poder da gratidão: reflexão sobre a importância do agradecimento na nossa vida