Mensagens de Verdadeiras Amizades


Na vida não existe coisa melhor que amizade verdadeira, principalmente quando é compartilhada com uma amiga maravilhosa como você.

Hoje é seu aniversário e eu sinto muita alegria e gratidão por você existir, e por estar completando mais um ano de vida. Parabéns amiga!

Desejo que esta data se repita por muitos anos, e que você esteja sempre perto de mim. Que hoje se acenda no seu coração a luz da alegria, e ela brilhe a vida toda.

Feliz aniversário, amiga! Te adoro!

Minha amiga, é por existirem pessoas como você que a vida vale a pena. Você é uma pessoa maravilhosa, uma mulher com muito valor e uma amiga verdadeira.

Sei que posso contar com você e com sua amizade, e isso me dá um conforto e uma alegria sem igual.

Além de amiga, você é uma mulher que eu admiro e amo muito, e que quero ter para sempre ao meu lado!

Nem as maiores amizades são perfeitas. Todos nós cometemos erros que por vezes afastam aqueles que mais gostamos. Aquilo que prova que duas pessoas são verdadeiramente amigas, é a sua capacidade de superarem algumas fases negativas.

No nosso caso, nem sempre agi bem com você e sei que algumas vezes magoei seu coração, mas não consigo estar mais afastada de uma pessoa que é tão especial para mim. Peço desculpa por alguma palavra ou atitude menos própria. Sua amizade é muito importante para mim!

Todos a buscam, todos a querem, mas a verdade é que poucos a encontram, pois muito poucos sabem onde se encontra a felicidade. E quem, ou o que é, essa felicidade?

Todos têm palpites, uns mais corretos que outros, certamente, mas nunca há um consenso. E por quê? Porque a felicidade não se define, ela se sente e vive no coração de cada um de nós de forma diferente.

Muitos acham que felicidade é igual a dinheiro, fama, sucesso ou objetos caros. Mas será? Talvez uma minoria seja capaz de se sentir realizada e completa apenas com bens materiais, e se assim é, ninguém é ninguém para julgar.

Mas na maioria dos casos a verdadeira felicidade vive em coisas mais abstratas, simples e baratas como o amor, a amizade, um momento de relaxamento, um sorriso sincero, um abraço apertado, um beijo sentido.

Não importa onde vive a felicidade para você, o que importa é que você a procure, a saiba identificar e a viva intensamente. Seja feliz!

1. Eu não te amo pelo que tu és, mas pelo que eu sou quando estou contigo.

2. Ninguém merece as tuas lágrimas, e se alguém as merecer não te fará certamente chorar.

3. Se alguém não te amar com tu desejas, isso não quer dizer que esta pessoa não te ama com todo seu coração.

4. O verdadeiro amigo é aquele que segura tua mão e toca o teu coração.

5. A pior maneira de sentires a falta de alguém é sentares ao teu lado e saberes que ele/a nunca estará do teu lado.

6. Nunca deixes de sorrir mesmo que estejas triste, porque tiu não sabes quem poderá apaixonar-se pelo teu sorriso.

7. Talvez, para a generalidade das pessoas, tu não seja senão mais um, mas para certas pessoas tu és todo o mundo.

8. Não percas tempo com quem não está disponível para passar algum tempo contigo.

9. Talvez Deus queira que tu conheças muitas pessoas mas antes de conheceres a pessoa boa, a fim de que tu possas ficar grato quando, enfim, a tiveres encontrado.

10. Não chores porque alguma coisa terminou, mas sorria porque ela aconteceu.

11. Haverá sempre alguém que te critica, mas continua a manter-te confiante, prestando atenção àqueles em que tu duplamente confias.

12. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és.

13. Não corras demasiado: as melhores coisas chegam quando menos se esperam.

Peço perdão, perdão pela minha confusão.
Confesso que por um momento
achei que teria seu coração,
mas quando dei por mim,
vi que era tudo uma ilusão.
Nossa amizade era tão verdadeira e real,
quando vejo que ela acabou me sinto mal.
Na verdade a culpa foi minha,
ou talvez do sentimento que eu tinha.
Acho que sua foi a culpa.
Quem mandou ser tão culta?
Quem mandou ser tão bela,
e ao mesmo tempo sincera?
Quem mandou ser tão responsável
e ao mesmo tempo tão amável?
Quem mandou me dar tanta atenção,
isso cativou meu coração.
Hoje quase não nos falamos.
Sinto saudade,
saudade do meu celular tocar,
que sempre era você a me acordar.
Saudade ouvir suas críticas
por mais que eu não gostasse,
mas que para mim eram preocupação
de quem talvez me amasse.
Não podemos colocar
quem queremos em nosso coração,
mas também não podemos evitar gostar
de quem nos trata apenas como irmão.
É, a vida é mesmo uma comédia.
Gostamos de quem gosta da gente,
mas que não gosta
como queremos que gostasse realmente.

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas o percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo.

Há muitos tipos de amigos. Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles. O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe. Mostram o que é ter vida. Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem. Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, do coração. São sinceros, são verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

Às vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas. Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais felizes é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos enquanto cruzavam com o nosso caminho.

Desejo a você, folha da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade... Hoje e Sempre... simplesmente porque: Cada pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

Compreendi que viver é ser livre. Que ter amigos é necessário. Que lutar é manter-se vivo. Que para ser feliz basta querer.

Aprendi que o tempo cura. Que mágoa passa. Que decepção não mata. Que hoje é reflexo de ontem. Compreendi que podemos chorar sem derramar lágrimas. Que um verdadeiro amigo permanece. Que dor fortalece. Que vencer engrandece.

Aprendi que sonhar não é fantasiar. Que para sorrir tem que se fazer alguém sorrir. Que a beleza não está no que vemos, e sim no que sentimos. Que o valor está na força da conquista.

Compreendi que as palavras têm força. Que fazer é melhor que falar. Que o olhar não mente. Que viver é aprender com os erros. Aprendi que tudo depende da vontade. Que o melhor é ser nós mesmos. Que o segredo da vida é viver!

E uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi criadora de minha própria vida.

(Clarice Lispector)

Todos dizem que amigos são a família que podemos escolher, e ainda que essa afirmação possa ter alguma verdade, eu acredito que é Deus quem coloca essa ‘família’ no nosso caminho. Comigo Deus foi divinamente generoso, pois só colocou pessoas maravilhosas em minha vida. Obrigada, meu Deus!

Amigos qualquer um pode ter, mas amigos tão extraordinários quanto os meus, só eu mesmo. Amo cada um deles, e por cada um Te agradeço, meu Deus, meu Pai, meu primeiro e verdadeiro Amigo!

Todas as amizade são diferentes, e
Cada laço é feito de uma cor especial.
Mas o que realmente importa
É que a amizade seja real e sincera,
Pois quando é verdadeira
Ela se torna eterna.
Com uma amizade assim,
Nunca mais nos sentiremos sós
Ou perdidos, pois sempre haverá
Alguém para nos dar a mão,
E compartilhar as alegrias e
Dividir as dores do nosso coração!

Por vezes custa muito aceitarmos a realidade da vida. Lutamos para que tudo seja perfeito e acabamos percebendo que poucas coisas são como esperamos. A verdadeira sabedoria está em sabermos lidar com tudo o que o dia a dia nos reserva e tirarmos proveito daquilo que realmente vale a pena.

As pessoas que nos rodeiam, por mais que nos amem, acabam sempre por nos magoar. Até a melhor das amizades em algum momento nos decepciona. Aprendermos a perdoar o que os outros nos fazem é o primeiro passo para vivermos em paz com nós mesmos.

Sentiremos ao longo do tempo que tudo muda e que aqueles que nos são importantes também. Percebermos a imprevisibilidade da nossa existência fará de nós humanos mais estáveis. Nada estranharemos à medida que formos crescendo e acumulando mais experiência. Por mais dolorosos que sejam certos acontecimentos, eles sempre nos ensinarão algo e nunca serão em vão.

Aprendi que se aprende errando
Que crescer não significa fazer aniversário.
Que o silêncio é a melhor resposta,
quando se ouve uma bobagem.
Que trabalhar significa
não só ganhar dinheiro.
Que amigos a gente conquista
mostrando o que somos.
Que os verdadeiros amigos
sempre ficam com você até o fim.
Que a maldade se esconde
atrás de uma bela face.
Que não se espera a felicidade chegar,
mas se procura por ela.
Que quando penso saber de tudo
ainda não aprendi nada.
Que a Natureza é a coisa mais bela na Vida.
Que amar significa se dar por inteiro.
Que um só dia pode ser
mais importante que muitos anos.
Que se pode conversar com estrelas.
Que se pode confessar com a Lua.
Que se pode viajar além do infinito.
Que ouvir uma palavra de carinho
faz bem à saúde.
Que dar um carinho também faz.
Que sonhar é preciso.
Que se deve ser criança a vida toda.
Que nosso ser é livre.
Que Deus não proíbe nada
em nome do amor.
Que o julgamento alheio não é importante
Que o que realmente importa é a Paz interior.

“Não podemos viver apenas para nós mesmos. Mil fibras nos conectam com outras pessoas; E por essas fibras nossas ações vão como causas e voltam para nós como efeitos.”

No nosso primeiro dia dos namorados juntos, quero resgatar todos os sentimentos que invadiram o meu coração desde o início do nosso relacionamento.

No meio de tantas descobertas senti pela primeira vez um amor verdadeiro, onde não importa nada além da interação dos nossos sentimentos.

Com você soube como era me sentir cuidada e amada, ainda com o privilégio de ganhar uma bela amizade. Você trouxe clareza para a minha vida, e despertou em mim sentimentos que eu nem sabia que existiam.

Aprendi o valor da sinceridade e como minha vida é muito mais alegre com toda a sua cumplicidade. Nunca imaginei ter um namorado tão dedicado e apaixonado quanto você.

Espero que os nossos laços jamais sejam desfeitos, pois você desperta tudo de melhor que há em mim, e hoje já não imagino minha vida sem você ao meu lado. Vamos fazer deste o melhor de todos os dias dos namorados.

Minha amiga, hoje pensava em você e de repente bateu uma certeza: de que você é um anjo e que foi Deus que a colocou na minha vida.

Pois quem ficou do meu lado quando eu mais precisei? Quem me ajudou a levantar quando eu caí? Quem me fez sorrir quando lágrimas percorriam meu rosto? Você, minha adorada amiga!

Amo você de um jeito que apenas a verdadeira amizade pode explicar, a mais pura, a mais sincera, a mais desinteressada das amizades. Você é o meu anjo e eu amo você!

Amigo é este que divide e compartilha visões
diferentes de ser,
agir, amar, pensar e apesar de todas as
diferenças adotam um
ponto em comum: a humildade e a
simplicidade que no final de
tudo nos permitem crer que as diferenças
são o "tudo" de melhor
que podemos ter, pois é através delas q
o ser percebe quão lindo
é o sentido da vida...aquele resumido
no encontro de
pessoas que
têm muito a aprender uma com
a outra sobre o verdadeiro
valor da
vida e da simples virtude e mágica
guardada em um sorriso...

Feliz aniversário, minha querida amiga! Hoje celebraremos em grande estilo, com tudo que você tem direito.

Pois não existe no mundo amiga mais atenciosa, carinhosa e presente que você. Eu não me lembro de passar um dia inteiro sem a sua companhia, por pouco tempo que fosse.

Eu lhe desejo a mesma felicidade que sonho para mim. Que você complete mais anos de vida, e que por todos eles saibamos manter esta nossa linda amizade, sempre constante e verdadeira como até hoje!

Amor possessivo não é amor, como todo mundo sabe e estão cansados de ouvir que: “Ninguém é de ninguém neste mundo”. Nem nossos filhos são nossos, o que dirá um homem ou uma mulher. As pessoas são livres; livres para amar e escolherem quem querem amar.

O amor que exige exclusão e posse não é amor. O amor possessivo amarra, impede o crescimento, enquanto que o amor verdadeiro é a força, é o impulso que faz o outro crescer. Amar alguém é comprometer-se.

O amor é uma soma para que cada um possa ser mais ele mesmo, ele não existe para aliviar a dor e nem tampouco para resolver necessidades, carências e interesses do outro.

O amor verdadeiro, maduro, é livre, é incondicional, sabe ceder e perder com serenidade para o bem da pessoa amada; sabe viver quando tem o bem e também quando não tem; sabe dialogar e chegar a conclusões maduras e sensatas.

O amor não nasce pronto, de uma vez. Tem que haver vibração, tem que ser harmônico. Como um amigo, companheiro nas horas felizes e tristes, é ser honesto, sincero, confiante, verdadeiro em palavras e atitudes.

O amor é como uma rosa, mas para que essa rosa exista, é preciso que existam também espinhos. Mas mesmo assim, o amor ainda é a maior força que existe em nós, e é só o amor que nos transforma, que nos amadurece.

Se não aceitarmos de coração aberto a dinâmica transformadora do amor estaremos definitivamente nos negando a crescer e para sempre permaneceremos num estado infantil.

Não importa quem você ama. Como diz Hermann Hesse: "Não é felicidade ser amado; todos amam a si mesmos, amar aos outros, sim, é que é felicidade!"

O mundo de hoje precisa de amigos
De amigos como você

Amigos que não enxugam uma lágrima
Mas amigos que não as deixam cair

De amigos que riem e choram com você
Que ajudam quando é preciso
Que brigam e consolam

Amigos de horas difíceis
Amigos de todas as horas
Amigos Verdadeiros, Amigos como Você!

Conta-se que em Monomotapa viviam dois amigos, dois grandes amigos, tais como é muito raro de se encontrar por este mundo fora. Em uma noite, já bem tarde, aproveitando a ausência do Sol e quando todos dormiam, um deles acordou sobressaltado e acorreu à casa do outro. Acordou os criados e o amigo, que já estavam entregues a Morfeu que reinava em seu palácio. O amigo levantou-se de um salto, agarrou a espada, segurou a bolsa de moedas, apresentou-se a ele e disse:

"Raras vezes te vi correr quando todos dormem. Conheço-te como homem que emprega melhor as horas destinadas ao sono; se perdeste no jogo, aqui te entrego a minha bolsa; se foste agredido, aqui está a minha espada para te auxiliar. Vamos, estou pronto para te acompanhar. Mas o que te aconteceu, afinal?"

"Em primeiro lugar te agradeço o que me ofereces. Não aconteceu nem uma coisa nem outra do que julgas, mas tive um sonho, no qual te vi muito triste e por isso corri para aqui imediatamente. Foi um maldito sonho a causa de tudo."

Qual dos dois era mais amigo? Vale a pena propor este problema. Como é sublime um amigo verdadeiro! Como é raro haver um que, ao perceber em nosso rosto uma simples expressão de tristeza, se preocupe por nós e que até um sonho o faça correr para o nosso lado. É que uma pequena coisa, o que julgamos um nada até, desperta-nos receio, quando se trata da pessoa que amamos.

Agora é sempre a hora certa. Não existe na nossa vida um momento mais importante que o agora. O imediato é sempre a bonança. É só fazer para acontecer. Você vai se dar bem nesse grande desafio que se cruzou em seu caminho, meu amigo. Você é capaz! E mais importante que tudo: você é mais forte do que imagina.

Tenho certeza que num futuro muito próximo a gente vai estar rindo desta batalha que você está travando. Desta luta que você vai vencer. Porque a vida é feita de doce e salgado. Quem nunca conheceu os dois sabores, então é porque nunca viveu verdadeiramente. Nunca conheceu todas as cores da vida. Nunca foi completo. Você é um guerreiro. Um guerreiro daqueles que viram ícones, modelos. Daqueles que são exemplo para outros, sabe? Você é feito dessa matéria. Você é fantástico e tem o mundo torcendo por você.

Conte comigo para tudo, agora e após a sua vitória.
Força!

Há coisas na nossa vida que nos deixam felizes. Há outras que com o tempo se revelam e só nos causam sofrimento. Há outras ainda que aos poucos nos decepcionam, até ao ponto que o entusiasmo morre e aí já não sentimos mais emoção. Os relacionamentos são assim, às vezes.

No início nos transmitem tanta coisa boa, tudo é perfeito, o tratamento, o jeito de falar, de andar, de sorrir... o coração bate mais forte, as pernas tremem. Com o tempo, com a visão do dia a dia, com a intimidade, as pessoas já não parecem mais tão perfeitas para nós.

As amizades acabam, os namoros, os noivados, os casamentos acabam, os encantos são quebrados, a mágica é descoberta e não conseguimos mais enxergar as coisas boas que a outra pessoa tem.

Analisamos tudo por um prisma implacável que nos diz a pura verdade: aquele sentimento profundo, a percepção e a intuição de que aquela pessoa não tem mais lugar nas nossas vidas.

A vida é assim, encantamentos e decepções, amores e ilusões, alegrias e tristezas, saudade e indiferença, satisfações e frustrações. A única coisa que fica é a lembrança de momentos bons, de palavras de carinho, de um olhar, de um sorriso, do toque da pele, do cheiro, do sentimento que se foi.

A única sobrevivente é a esperança de um dia encontrarmos tudo isso novamente, e que dessa vez o encantamento dure muito, muito tempo em nossas vidas.

Todos nós precisamos amar e ser amados, todos precisamos de alguém que nos dê carinho. Que goste de nós verdadeiramente, sem querer nada em troca, sem interesses escusos ou conveniências momentâneas.

Alguém que nos ame pelo que nós somos, com todos os defeitos, com todas as virtudes. Pois todos nós precisamos ser felizes!

Numa pequena vila, de uma pequena cidade, alguns homens trabalhando; cada um em sua tarefa. Naquele lugarejo não se tinha muitas opções de trabalho, quase todos os seus moradores se dedicavam ao plantio ou a criação de gado, e o cultivo de hortifrutigranjeiros.

Eram todos simples, porém muito tradicionais em suas crendices, supersticiosos e respeitadores das datas, principalmente as religiosas. Era véspera de sexta-feira santa. Naquela quinta-feira, todos procuravam adiantar o máximo seus afazeres, para que no dia seguinte, pudessem respeitar e guardar a paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.

- É! Amanhã não vou tirar leite não, Joaquim.
- Eu também não, Mané.

(Conversavam os compadres), porém entre eles, havia um amigo incrédulo, que não obedecia nem respeitava nenhuma data.

- Ah! Eu não estou nem aí... Amanhã é um dia como um outro qualquer uai, eu num quero nem saber. Vou é cuidar do meu animal e ordenhar a Malhada, tirar aquele leitinho gostoso que só ela tem... e num acontece nada...
- Juca... Você não teima não.
- É isso mesmo Juca, o Mané tem razão. Com essas coisas num se brinca gente!
- Que nada, depois eu conto.

Os amigos se separavam ali. Cada um se dirigira ao seu lar, já eram quase seis horas. Chegando em casa, o Joaquim solta os arreios do animal, dando-lhe um leve tapinha no lombo, de forma carinhosa lhe diz: - Vai meu amigo, amanhã você está de folga. (Joaquim era muito carinhoso e zeloso com seus animais e era dia santo, merecia soltar o animal).

Na casa do Manuel, o Mané como o chamavam, também estavam todos aguardando com muito respeito a chegada da sexta-feira santa. A esposa, Dona Genoveva, já estava a catar o milho para o preparo da tradicional canjica, enquanto as duas filhas, Inês e Graça, preparavam a limpeza da casa com muito carinho, já que no dia santo, era por tradição nem se pegar na vassoura, varrer a casa poderia ser interpretado como um gesto de desrespeito àquele dia.

- Mané, cadê a sua roupa suja, homem? Me dê logo, quero lavar tudo hoje, pois amanhã eu não lavo roupa, você sabe disso!
- Já vai Genoveva, vou só me lavar e já lhe dou a roupa suja, é só um instante.
- Mané, você pegou os peixes que o Sr. Geraldo ficou de guardar assim que chegasse? Olha lá hein, depois acaba e nós vamos comer o quê amanhã??? Carne não!
- Esquenta não sô, já deixei até pago, depois é só Inês ir buscar, uai!
- Então vá logo filha, do jeito que tem tanta gente à procura de peixes, é arriscado até vender o nosso.
- Sim mãe, já vou.

Enquanto isso o Juca, que não estava nem um pouco se importando se amanhã seria dia santo ou não, bebia mais uma branquinha em companhia de sua mulher, a Diva, essa até que era mais temente, já tinha preparado algumas coisas para o dia seguinte, ela era religiosa e temia praticar certas descrenças como o marido, muitas vezes lhe aconselhara à que não praticasse certos atos, que respeitasse mais as coisas de Deus, mas era inútil, o Juca sempre fora descrente, porque não dizer - Ateu.

Todos dormiram. Pela madrugada, por volta das 3 horas da manhã, o Juca levantou-se como de costume, dirigiu-se ao curral e chamou por Malhada, sua vaca mais produtiva; chamou uma, duas, três ou mais vezes, porém a Malhada naquele dia parecia não ouvir seu dono, ela não queria atendê-lo. Juca fora ficando indignado com a pirraça da malhada, e começou a agredi-la, à princípio com palavrões e depois com um chicote; quanto mais ele ficava furioso, mais a vaca se evadia dele.

Começou-se então uma verdadeira batalha - HOMEM X ANIMAL. Quem venceria? Era difícil saber e prever. Mas, porquê aquela reação? Aquele animal era sempre tão dócil, nunca se mostrara rebelde. Juca, não queria nem saber. Num gesto animalesco, possesso de fúria ordenhou a vaca, de uma forma brutal, amarrada sem poder defender-se. Mesmo assim, ele manipulava suas tetas com brutalidade, queria o seu leite, não importava se para isso tivesse até mesmo que matá-la. O líquido começou a sair das tetas de Malhada, ainda era escuro, a lua era nova, a claridade era pouca e Juca continuava a ordenhar...

Ordenhar, até então que finalmente enchera um balde e quando retirava o balde para já então substituí-lo por um outro, foi tomado por um grande pavor, seu rosto enrubesceu, ficou atônito, parecia transtornado, seus olhos esbugalhados parecendo querer saltar-se para fora, não podia acreditar no que estava vendo. No balde... no lugar do costumeiro e delicioso leite, havia sim...sangue... sangue... e muito sangue. Não podia acreditar, porque a Malhada ao invés de lhe dar o leite, lhe dera sim sangue??? Eram perguntas e mais perguntas. Tentou recompor-se do susto e a ignorância mais uma vez tomou conta daquele homem, que sacou uma peixeira que sempre trazia atada ao cinturão e desfechou vários golpes no lado peito daquela que era até então uma grande amiga e que lhe garantira bons lucros durante muito tempo, afinal era sagrado, diariamente lhe proporcionava uma média de 40 litros de leite de boa qualidade.

E agora... Malhada ainda agonizando, deu uma olhada aquele homem, possuidor de tanta ignorância. Viu ainda o seu pequeno bebê... Um lindo bezerrinho, apelidado de Totinho, não podia mais resistir, seu sangue lavava todo o curral, rodeando inclusive o balde que poucos instantes antes, servira para colher o que seria o seu leite. Era sangue no balde e fora. O homem ficara ainda mais aturdido vendo que o pobre e inocente Totinho, o filhinho de Malhada lhe cheirava como se dissesse: - Levanta mamãe. Era demais, saiu correndo pelo pasto sem destino, não havia ninguém. Todos estavam em seus lares, somente ele houvera desrespeitado aquele dia.

Sentou-se debaixo de uma frondosa árvore, acendeu um grande cigarro de palha, e sentiu que um vento lhe soprara os ouvidos, sentiu um forte arrepio, olhou, não havia ninguém, sentou, deitou-se e terminou por cochilar. Logo pegou no sono e começou a sonhar... Estava caminhando por um lugar muito bonito, era todo alvo, branco como a neve, pessoas com os rostos serenos, suaves passavam por ele, só que ele era ignorado, era como se ele não estivesse entre eles e ia andando, sempre aquela beleza... tudo muito suave, até que chegou finalmente à entrada de uma bela casa, toda branca, porém folhada de um brilho extasiante, parecia ouro.

Um Senhor, de barbas longas e brancas aproximou-se dele com um cajado apoiava-se, deveria ter 100, 200, quantos anos??? Não sabia, era idoso; com carinho, ele estendeu-lhe a mão e lhe disse:

- Meu filho... O que você te feito? Por que age assim? Por que é tão descrente? Não deveria ter feito o que fez ainda pouco! (Aquele homem não sabia o que responder...)
- Quem é o senhor?
- Não importa meu filho. Quero salvar você. Ainda é tempo, basta que se arrependa e passe a praticar daqui para a frente boas ações, não vou puni-lo pelo que diz sobre essa data. Quero apenas lhe dizer... Você matou sua Malhada, aquela sua vaquinha que tantas alegrias e lucros já lhe deu. Daqui a um ano, com certeza estará se lembrando desta data. E hoje, exatamente hoje, todos lembram que o meu filho também morreu. Há muitos anos, a humanidade toda se recorda com respeito e dor essa data. E você... porque não respeita também; o leite virou sangue, eu queria apenas alertá-lo, mas você não compreendeu, pensou que foi a pobre malhada. Ela não faria isso. Morreria como morreu, sempre fiel a você, mas vou lhe dar uma outra chance!
- Quem é o Senhor? Será que é quem eu estou pensando??? Se for me perdoe, me dê outra chance. Daqui para frente eu vou mudar... Eu prometo!!!
- Tenho certeza que sim. Você vai agora acordar e vai passar a respeitar aquele que morreu na cruz um dia por você e por todos e que é o MEU FILHO.

O homem acordou... Daquele dia em diante mudara completamente seu comportamento. Hoje respeita os animais, as pessoas, as datas religiosas, sexta feira santa, então... Seu animalzinho companheiro de todos os dias é o TOTINHO, os dois estão à correr pelo pasto, pois este fato ocorreu no ano passado!

Este texto foi escrito por Rita de Cássia Oliveira em 1° de Abril de 1994.

E chega enfim o grande dia, aquele em que pretendo relembrar os melhores momentos preservados durante todo esse tempo que estive na empresa, pois hoje é meu último dia aqui e quero guardar em minha memória sempre os melhores sentimentos.

Desde o dia da minha entrevista fui muito bem recebida e me senti realmente como se já fizesse parte desta família. Logo no primeiro dia de trabalho tive a certeza que fariam parte da minha vida para sempre. Aqui pude encontrar amigos verdadeiros, e sei que independente de qualquer coisa nunca mais nos largaremos.

Vocês me ensinaram tantas coisas que hoje posso afirmar que saio com muito mais competências e conhecimentos. Sigo o meu caminho sempre em frente e chegou a hora de ultrapassar mais um etapa, que infelizmente não me permitiu continuar nesse trabalho.

Quero agradecer pela paciência que sempre tiveram comigo, por toda informação que me foi dada e principalmente por serem os maiores responsáveis pelo meu crescimento profissional.

Nunca vou esquecer minhas raízes e certamente vocês formam uma base extremamente importante da minha vida. Vou sentir bastante saudade e com certeza vou manter sempre contato! Agradeço a todos por tudo!

Conta uma lenda dos índios Sioux que, certa vez, Touro Bravo e Nuvem Azul chegaram de mãos dadas à tenda do velho feiticeiro da tribo e pediram:

- Nós nos amamos e vamos nos casar. Mas nos amamos tanto que queremos um conselho que nos garanta ficar sempre juntos, que nos assegure estar um ao lado do outro até à morte. Há algo que possamos fazer?

E o velho, emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse:

- Há uma coisa a fazer, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada. Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte da aldeia com apenas uma rede, caçar o falcão mais vigoroso e trazê-lo aqui, com vida, até o terceiro dia da lua cheia. E tu, Touro Bravo, deves escalar a montanha do trono; lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias. Somente com uma rede deverás apanhá-la, trazendo-a para mim viva!

Os jovens abraçaram-se com ternura e logo partiram para cumprir a missão. No dia estabelecido, na frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves. O velho tirou-as do saco e constatou que eram verdadeiramente os formosos exemplares dos animais que ele tinha pedido.

- E agora, o que faremos? Os jovens perguntaram.

- Peguem as aves e amarrem uma à outra pelos pés com essas fitas de couro. Quando estiverem amarradas, soltem-nas para que voem livres.

Eles fizeram o que lhes foi ordenado e soltaram os pássaros. A águia e o falcão tentaram voar, mas conseguiram apenas saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela impossibilidade de voo, as aves arremessaram-se uma contra a outra, bicando-se até se machucarem. Então o velho disse:

- Jamais esqueçam o que estão vendo, esse é o meu conselho. Vocês são como a águia e o falcão. Se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se como também, cedo ou tarde, começarão a se machucar um ao outro. Se quiserem que o amor entre vocês perdure, voem juntos, mas jamais amarrados.

Libere a pessoa que você ama para que ela possa voar com as próprias asas. Essa é uma verdade no casamento e também nas relações familiares, de amizade e profissionais. Respeite o direito das pessoas de voar rumo ao sonho delas.

A lição principal é saber que somente as pessoas livres serão capazes de amá-lo como você quer e merece. Respeite também as suas vontades e voe em direção às realizações da sua vida. Tenho certeza que, ao ser livre, você encontrará pessoas felizes que adorarão voar ao seu lado.

Há lugares que me fazem lembrar momentos especiais com amigos, e há lugares que me fazem lembrar você. Toda a minha vida, eu tentei mudar, eu tentei ser melhor. Mas nem sempre eu consegui. Eu não consegui ser melhor para você, e agora o que me restou foi apenas a lembrança. Você não está mais comigo, mas a minha mente e o meu coração continuam chamando por você.

Nada de bom que possa acontecer em minha vida, pode se comparar a maneira como eu me sentia quando tinha você comigo. Nem os amigos, nem os novos amores. Eu sei que o tempo vai passar e eu vou me conformar, e sei que ainda posso até ser feliz, e muito feliz, mas nunca vou deixar de pensar que você foi o grande amor da minha vida.

Eu sei que sempre que falarem de amor verdadeiro, amor eterno, eu vou me lembrar de você. Mas espero me lembrar com alegria. Você estará para sempre na minha memória, o nosso amor será sempre um linda recordação, o motor que manterá o meu coração batendo nos momentos de tristeza.

1 - Viva as emoções

Antes de botar um fim definitivo no namoro, tenham uma boa e velha DR. Conversem sobre tudo que se passou entre o casal, sem acusações, mas com argumentos que incentivarão a evolução de cada um. Bote para fora tudo o que sente e deixe bem claro o motivo do fim. Caso tenha tomado um fora, explique como se sente e não tenha vergonha de se expressar. É melhor chorar tudo de uma vez do que chorar aos poucos.

2 - Fique sem ver o ex por um tempo

Entenda de uma vez por todas que a regra número 2 para quem quer dar um fim em uma história de amor, sem dores de cabeça, é ficar um tempo sem ver o ex. Assim será possível desintoxicar dos anos vividos e guardá-los como boas lembranças. Ver o ex com frequência, além de criar esperanças para ambos os lados, desenvolve um vínculo não agradável e situações – como o ciúmes – que serão corriqueiras e futuramente incontroláveis.

3 - Se puder, dê um tempo nas redes socais

Uma pesquisa feita pela Western University (Canadá) revelou que 88% dos usuários do Facebook acessam o perfil de seus respectivos ex-namorados e 52% assumiram que ficam com ciúmes das fotos publicadas no mural dos antigos namorados. Por isso o Facebook, Twitter e até o saudoso Orkut são um prato cheio para cair em um bad romance. Para não se tornar uma stalker profissional, determine um prazo longe das redes, por exemplo, um mês e cultive o outro lado da vida.

4 - Leia um livro

Já percebeu que o pior inimigo de quem precisa ficar longe do ex é a mente? Por isso, ocupe-a da melhor maneira possível. Não troque a vontade de vê-lo por um hábito novo, mas sim, ocupe a mente com outros interesses seus. A leitura é uma ótima medida, afinal, dá para desencanar do roteiro real e viver outra história e até mesmo entender melhor o que se passa na própria vida, baseada nas histórias lidas.

5 - Ligue para uma amiga

Quando a saudade for forte e a vontade de ver o ex for maior ainda, ligue para uma amiga. Prefira aquela que acompanhou o relacionamento por mais tempo e que vai entender sem julgamentos o que se passa no momento. Desabafe mesmo, ela vai entender perfeitamente seu lado. Só não vale ligar todos os dias, afinal ela não é sua psicóloga, mas sim, sua amiga.

6 – Segure-se antes do próximo relacionamento

Com o tempo, após o fim do namoro, todo mundo sabe que bate uma carência. É aí que mora o perigo. Nada de trocar uma paixão antiga, por uma nova paixão. Às vezes, aparece aquele amigo legal que de repente nem se sente atraída, mas por estar fragilizada acaba se envolvendo demais. Depois do fim de um namoro é normal ficar frágil e assim se apaixonar facilmente também. O ruim disso é substituir as emoções e até comparar as atitudes do atual com o ex. Não é saudável, seja verdadeira consigo mesma.

7 - Trabalhe a autoestima

Ficar triste por dentro, transparece por fora. Por isso, dê um trato no visual! Se estiver insatisfeita com o peso é hora de investir em uma nova dieta, mude o look, invista naquele esporte que sempre teve vontade, compre uma roupa nova, etc. Nenhuma mulher resiste a mimos, não há humor que não melhore!

8 - Desacredite nas falsas esperanças

Ninguém quer deixar o posto de ex, para ser step de ninguém, certo? Portanto, aquela ligação de madrugada, a mensagem no celular que o ex mandou só para saber se está tudo bem, pode ser até fofo, mas deve acabar ali, sem resposta. Isso vale também para você, mocinha! Nada de ficar pedindo ajuda para ele, ou ligando quando bater a saudade. Enquanto os dois lados não estiverem prontos para se ver, qualquer olhar 43 é uma bomba relógio.

9 - Faça uma reavaliação do namoro

Depois de um tempo reflita os momentos vividos a dois e faça uma autoavaliação sua perante o namoro acabado. Veja quais foram os pontos mais frágeis e como agiria se fosse atualmente. Lembre-se que não é para cair na tristeza, ou nostalgia. A autoavaliação está longe de ser um túnel do tempo ao antigo namoro! É um exercício para evoluir seus atos e ver fora da situação o namoro como um todo.

10 – De quem é a culpa?

Tentar remoer o que já aconteceu só piora as coisas. No namoro, só o casal realmente sabe o que aconteceu durante o período juntos. Se existiu alguma coisa que magoou você, supere e continue a vida para frente. Não adianta ficar tentando saber quem errou e esclarecer mais ainda o que já acabou. A vida continua!

(Corpo a Corpo)

Não sou de baladas,
músicas eletrônicas e bebidas
Não tenho inúmeros amigos
e nem chego em casa nos
finais de semana durante o dia
Não cultivo gargalhadas por
piadas de coisas sem sentido
Não sou dessa era moderna
Desse tempo insano
de não sermos queridos
Desse desgastante tempo
de não poder, de fato,
um grande amor ter vivido
O meu nome é calmaria,
é poesia, é ler bons livros
Meu nome é arte, é
cumplicidade, é vontade de
viver um grande amor um dia
E viver um grande amor
para mim, não é papel,
não é aliança material
Viver um grande amor para
mim é compartilhar dele
de igual para igual
É poder expressar o que sinto
e sentir que é recíproco
Não quero pensar nessas
regras da sociedade
Não quero viver um amor por
vaidade e a todos poder mostrar
Não penso na minha casa e
nem sequer em ter filhos
Isso vem com o tempo, se por
acaso o tempo quiser nos preparar
Eu quero viver um grande amor
Apenas isso
Daqueles de deitar na grama
De fazer amor sem medo,
sem receio com alguém que
também me ama
Quero provocar-lhe suspiros
verdadeiros, não só com palavras,
mas com um amor sorrateiro
Manso, carinhoso, amigo
Quero ter alguém para poder
dizer como foi meu dia
Um amor para poder dedicar-lhe
minhas poesias
Para poder não voltar para
casa num chato dia
Quero viver um grande amor
De forma simples e suave
Quero expressar-lhe minhas vontades
E satisfazer qualquer uma dele
Quero sair para conhecer lugares
Marcar meu nome na árvore
Para ficar registrado que
passamos por ali
Quero viver um grande amor
Para sair dessa chata rotina
Dessa triste vida
De não se ter alguém
Quero viver um grande amor
Para amar-lhe os seus mistérios
Suas brigas, seus momentos sérios
Quero viver um grande amor
Para poder pôr em prática tanta
coisa bonita que tenho aqui dentro
Quero falar-lhe bem baixinho
daquilo que sinto
Quero olhar-lhe de um jeito tímido
Compartilhar tantas e
tantas brincadeiras
Quero viver um grande amor
Para poder andar de mãos dadas
Sair pelas estradas, sem ter
programado um destino
Quero viver um grande amor
Para dar-lhe carinho, enchê-lo de
mimos e, poder ficar feliz com tudo isso
Quero viver um grande amor
Que possa ser como uma história
Da realidade, da verdade em
tempos difíceis
Quero viver um grande amor
Para sentir a fidelidade, a reciprocidade
de sermos mais que amigos
Quero viver um grande amor
Para levantar de manhã e ter um motivo
De sair cantando e de achar
que tudo é lindo
Quero viver um grande amor
Até que a morte nos venha visitar
E para não sentirmos dor alguma
Que juntos ela possa nos levar

(Juliana Sabbatini)

Às vezes, é onde menos esperamos que vamos encontrar um ombro verdadeiramente amigo. Assim foi com você, querida sogra, pois em você eu fui achar o carinho e o apoio necessários em um momento que tanto precisei.

Obrigada, minha sogra! Você é e sempre será muito especial para mim. Uma segunda mãe, uma amiga de verdade, alguém a quem sei poder recorrer quando precisar, e em quem confio plenamente.

Nós temos conversado dia após dia. Ainda que seja apenas pela internet, nós compartilhamos nossos sonhos e medos e confidenciamos segredos um ao outro sem qualquer receio. Parece estranho eu dizer isto para alguém com quem nunca estive pessoalmente, mas sua companhia tem sido muito importante para me dar verdadeira alegria e felicidade.

Você é tão essencial para mim como outros amigos e familiares com quem vivo diariamente. Quando estou triste você me faz sorrir e quando passa algum tempo sem falarmos, sinto muito sua falta. Você se tornou um amigo que cuida como ninguém dos meus sentimentos. Obrigado por estar do meu lado, meu amigo virtual!

Que nesta data sejamos não só verdadeiros amigos, mas também os melhores irmãos. Feliz Natal!