Mensagens de Ex-amor


É tão difícil compreender as emoções quando se rompe uma relação. Às vezes temos certeza que tudo passou e de repente tudo volta. Como definir se o que sentimos é amor ou não? Se é saudade ou solidão? Tristeza ou decepção? Posse ou desejo?

Perda. Quando se perde um grande amor, muitas dúvidas emergem sob o fundo do sofrimento. Para alguns é um momento de intenso crescimento. Muito se pode aprender, uma aprendizagem que nos faz humildes diante da própria fragilidade.

Deparamo-nos com o que é a dor, a impotência diante dos sentimentos, a paciência necessária para esperar passar, pois a dor de amor não passa na velocidade da net, do gigas, dos chips, e o tempo que isso leva é indeterminado, é pessoal e singular.

Aceitar os altos e baixos, os enganos, os tropeços, as dúvidas, a falta de controle. Aceitar a não certeza, o não acesso ao que o outro sente e pensa, a incoerência do humano, a fraqueza, o medo, a culpa, o erro que não tem concerto, a marca da mentira e o que fazer com tudo isso?

O tempo não volta e as coisas não se apagam, mas nada vai permanecer do jeito que está. A incerteza do futuro corrói, o medo do que virá, a ansiedade pelo novo e desconhecido, a prisão do passado, do familiar, que falta faz, será abstinência? Temos sim abstinência do outro a quem amamos e perdemos, somos forçados a esquecer quando ainda não estávamos preparados.

O choro que insiste em voltar, a vida que segue, e o tempo que insiste em passar, a confusão que não consegue chegar ao fim, tempos distintos, tempos diversos, tempo de cada um. Amor perdido, amor doído, amor esquecido, quando? Quando você estiver preparado para correr o risco de passar por tudo isso de novo e lembrar da abundância de felicidade num coração que ama, e é também amado.

(Priscila Lima e Melissa Coutinho)

Palavra que na alma cala...
Quando a ausência de quem se ama
Mais alto, dentro de nós, fala!
É sentimento dorido,
Pois não tem aquele
Que já não o tenha sofrido.
Pela dor de um amor já findo.
Adeus é despedida sem volta
É sentimento profundo doído.
Uma saudades que nunca acaba
Que a gente nunca esquece.
O tempo apenas esmorece.
Mas na alma fica reservado
No coração resguardado
Num cantinho do ser, escondido!
A vida passa e com ela a dor
Dilacera todo o sofrimento contido.
E quem dera a vida sem ela,
Seria tão mais linda! Mais bela!
Se essa palavra fosse de nós abolida!
E com ela o sentimento tão triste,
Que nessas cinco letras, se revela.

Você será sempre o homem da minha vida! Por mais que as brigas machuquem nossa relação, nosso casamento, a verdade é que sempre fico desejando fazer as pazes com você. Nos últimos tempos, parece que andamos debaixo de tempestades constantes. Sempre discutindo, sempre passando mal, sempre brigando!

Não é isso que pretendo para nós. Amo muito você, meu bem, para andar perdendo tempo com amarguras. Vamos ser felizes e continuar nosso caminho de mãos dadas! Por favor!

Mais um ano se passou e você não está aqui. Mais um aniversário, mais um natal, mais um ano novo, mais um dia dos pais.

Todos os dias me lembro de você. Quase sempre a sua imagem é a primeira coisa que vem à minha mente quando acordo e, não sei se você ouve, mas eu lhe desejo "bom dia".

A sua ausência ainda é muito difícil. Apesar da dor aguda ter se transformado aos poucos em uma tristeza mais calma e em saudade, ainda sinto muito a sua falta. Principalmente em datas especiais, quando a sua presença era tão importante e trazia tanta alegria.

A sua partida, tão prematura, mudou a nossa vida. Mas ainda assim, você deixou muito em nós. Eu vejo em mim o seu sorriso, e nos meu atos enxergo muito do que aprendi com você.

Eu sou o que sou graças a você, meu pai. Meu eterno pai. Eu sinto a sua presença e o seu amor perto de mim. Você estará sempre orientando a minha vida.

Tudo vai melhorar! A vida tem destas coisas, meu amor. Ela nos prega partidas, muitas vezes partidas bem ferozes que jogam nossa esperança no chão. Essa doença que atingiu você não veio para ficar, tenho certeza, porque juntos vamos tornar você mais forte e mais capaz de dar a volta por cima!

Você é uma pessoa muito especial, um namorado lindo de que muito me orgulho, mas acima de tudo você é forte, um autêntico guerreiro – eu sei! Por favor, meu bem, tenha fé e acredite que em breve você vai estar bem de saúde e seu sorriso vai continuar a contagiar meu coração.

Hoje, do nosso namoro restam memórias, tantas e afinal tão poucas. Hoje, do nosso amor resta uma história que em breve será esquecida.

Pois eu sei que até mesmo nós deixaremos de a contar, e como quase tudo na vida, acabará caindo no esquecimento do tempo. Mas há algo que nunca vai morrer completamente, que é o meu amor por você!

Com o tempo ficou claro que nosso relacionamento se tornou impossível. Não soubemos contornar as diferenças e tantos outros obstáculos. Não fomos mais fortes que as contrariedades e ambos sabíamos que o definitivo final era apenas uma questão de tempo.

Mas o final chegou e foi embora, nós nos separamos e o tempo varreu as mágoas, e ficou a certeza de que a nossa é uma história de amor impossível. Eu continuo amando você, eu sei que vou amar a vida toda, mas também sei que jamais poderemos ficar juntos.

Meu querido filho,

A coisa mais dolorosa que pode acontecer para uma mãe, é sentir que alguma coisa não está bem com o seu filho. E tem sido duro para mim, ver que você está um pouco abatido.

Quero que saiba que você é a coisa mais importante da minha vida e que quero lutar muito pela sua felicidade, até mais do que pela minha. Estou aqui do seu lado para tudo o que você precisar e vou ajudar você a superar esse momento difícil.

Não há palavra na nossa língua
Que cale tão fundo em qualquer alma
Assim como faz a palavra saudade!

Pois ela fala de um sentimento
Que se sente na ausência,
Na falta daqueles que amamos
E contra isso não há remédio
A não ser a tristeza e a dor de alma.

Mas a saudade é também
A lembrança de um belo passado
A certeza de que vivemos
Lindos momentos que deixam
Vontade de os viver novamente.

Então na saudade se cruza alegria
Tristeza e certa melancolia,
E ela só é possível porque existem
Amor, amizade e boas lembranças.

Choro porque um dia tive você,
porque tenho esperanças que volte
Choro porque em meu peito
só há lugar para você,
e porque a saudade é imensa.
Choro porque não são mais
seus lábios que me beijam,
suas mãos que me acariciam.
Choro porque ainda te amo... Muito!

Sonho sonhando, sonho acordada. Já pouco importa se durmo, se os olhos estão abertos. O coração comanda todos os demais sentidos e sob as suas ordens eles sofrem em conjunto a sua ausência... Quero você de volta! Meu peito dói, meu coração grita, pois preciso voltar a chamar você de 'meu namorado'!

Ainda te amo! Eu nunca deixei de amar!

Por vezes nos deixamos levar por ventos que nos afastam daqueles a quem mais amamos, mas agora tudo ficou claro e eu preciso ter seu sorriso de volta. Preciso que seu olhar se fixe no meu e nossos corações voltem a bater de forma sincronizada. Preciso de você de volta à minha vida, pois sua ausência dói mais que a mais intensa das dores físicas. Esta ataca o coração, a alma, o peito, e lentamente mata por dentro sem que seja detectável pelo exterior!

É triste amar alguém e guardar esse sentimento tão lindo para nós. É ruim sentir que estamos apaixonados e não poder falar isso olhando nos olhos da pessoa que é especial para nós.

Muitas vezes, estar em silêncio dói mais que estar doente, mas não vale a pena arriscar tudo por alguém que parece nem saber da nossa existência.

Seria bom se em momentos como este conseguíssemos ignorar nosso coração. E simplesmente tudo isto fosse passageiro...

Hoje recordo com o coração apertado todo o tempo que vivemos juntos. Fomos felizes enquanto namorados. Eu nunca tinha sido tão feliz, mas de repente tudo acabou, como um sonho que vira pesadelo, e ficou uma sensação desagradável no final.

Mas agora que as nuvens desapareceram eu voltei a enxergar com claridade, e ainda que quase tudo tenha mudado, meu sentimento por você mantém-se inalterado.

Eu ainda te amo! E hoje morro um pouco a cada dia por ter você longe de mim... Será que você ainda me ama? Será que você quer dar mais uma chance ao nosso amor?

Em nome de uma amizade que deve ser preservada, as brigas e a incompatibilidade geradas no nosso relacionamento acabaram no momento em que ele terminou. Cada um seguirá seu caminho, mas por tudo o que vivemos juntos, eu estarei sempre presente para o que você precisar.

Fico triste por as coisas não terem dado certo entre nós, mas talvez o tempo nos prove que o ideal é sermos apenas amigos.

Quando o amor aparece em nossa vida, tudo se transforma. Os dias se tornam mais leves, mais coloridos, mais animados. As expectativas nos dão ânimo e força. Sonhamos com o momento de encontrar o nosso amor e estar ao seu lado por alguns instantes.

O amor faz bater mais forte o peito, faz o corpo todo se sentir mais vivo e mais feliz. Mas quando o amor acaba, quando não há mais nenhuma saída para o amor além da separação. Essa agitação do coração torna-se uma dor imensa. Em vez de bater, o coração parece parar. O corpo quer se mexer, mas o coração não deixa. O coração é que parece comandar o corpo, em vez do cérebro.

Quando um grande amor se vai, tudo na vida perde o sentido. Tudo fica sépia e sem sabor. A dor incomoda, faz o sono nos abandonar, faz a respiração pesar. É um período de luto, um amor morreu, um projeto de vida em comum acabou, um desejo de felicidade ficou parado no ar. Mas a dor passa, a ferida vai sarar, ainda que as cicatrizes fiquem para sempre. O importante é pensar nas cicatrizes como histórias para contar e não marcas de dor.

Ninguém está preparado para a perda. Ela causa acidez no peito e angústia no coração. Ela machuca partes do corpo que a gente nem conhecia! A perda é a maior dor do ser humano. Acontece que no amor a situação é a mesma. Ninguém está a salvo.

Todo o mundo passa o tempo à deriva, porque num momento tudo está perfeito, noutro momento tudo pode terminar. E essa dor, a da perda de um amor, ela muda a pessoa, ela transforma a vida de qualquer um. Na verdade, em tudo na vida, o tempo ajuda e novos horizontes acabam surgindo em nosso pensamento.