Coração Partido


O amor deve falar uma linguagem que eu não entendo. As pessoas falam em felicidade e exibem os seus sorrisos de cumplicidade. Os livros guardam histórias de paixões que mudaram a vida dos seus intervenientes. Mas a mim, o amor apenas trouxe tristeza e decepção.

Eu não acredito mais que a minha hora acabará por chegar e o meu coração fechou as portas a sentimentos românticos. Talvez o tempo prove que estou errada, mas por agora prefiro a paz da minha solidão.

O amor não é aquela história perfeita que os livros e os filmes querem fazer parecer. Para o conseguirmos alcançar verdadeiramente é necessário esforço. E, pior que tudo, muitas vezes entregamos nossa alma e nosso coração por alguém que pensamos ser a pessoa ideal e acabamos decepcionados e magoados.

Assim como quem não tem carta de condução não pode conduzir, quem não tem capacidade de amar não deveria poder conquistar outra pessoa. Dessa forma, pouparíamos lágrimas e evitaríamos grandes tristezas.

Eu sei, eu sei, o eterno clichê “isso passa”. Passa sim e, quando passar, algo muito mais triste vai acontecer: eu não vou mais te amar.

É triste saber que um dia vou ver você passar e não sentir cada milímetro do meu corpo arder e enjoar. É triste saber que um dia vou ouvir sua voz ou olhar seu rosto e o resto do mundo não vai desaparecer.

O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto, mas eu não quero outro canto, eu quero insistir no nosso canto.

Eu me agarro à beiradinha do meu amor, eu imploro pra que ele fique, ainda que doa mais do que cabe em mim, eu imploro pra que pelo menos esse amor que eu sinto por você não me deixe, pelo menos ele, ainda que insuportável, não desista.

(Tati Bernardi)

Em você eu depositei toda a minha confiança, o meu amor e a você me entreguei sem qualquer condicionamento. Você era o meu namorado, o meu homem de sonho a quem eu confiei os meu sonhos. Eu amava você, eu acreditava em você, e por isso dói tanto, por isso pesa tanto esta tristeza.

É decepção o que eu sinto!

Estou profundamente decepcionada, triste e sem vontade de voltar a acreditar. É este o resultado das suas ações! Você me roubou a ilusão, a inocência de um sonho, a confiança que estava cega de amor. Meu estômago fica pequenino e apertado, em meu peito parece que se afunda um punhal e minha garganta fica seca quando agora penso em você. Você era o maior amor da minha vida, e agora é a maior decepção!

Quando era mais jovem e escutava dizerem que ‘as pessoas que mais amamos são as que mais nos decepcionam’, eu não entendia como isso podia ser possível. Pois como pode uma pessoa ferir alguém que a ama?

Mas com o tempo compreendi que há sempre várias versões de uma mesma história, e que sofrer por amor é algo inevitável e até necessário ao crescimento. É claro que dói, muito, dói o corpo, a alma e até a natureza à nossa volta parece sofrer conosco.

O mundo parece que vai acabar e já não há razão para continuar vivendo. Seja qual for o motivo da decepção amorosa, esta abala o corpo e a alma como nenhuma outra coisa. Mas passa. De repente tudo muda e o que quase matou acaba fortalecendo.

Não pense que é o final do mundo, eu sei que custa muito, mas pense como eu: se acabou mal, se não deu certo, é porque não era para ser. É porque Deus, o universo, têm outros planos para e alguém muito melhor para que você ame, e que amará você também!

Eu já amei profundamente uma pessoa. Já cuidei dela com todo meu coração e me entreguei sem medos nem preconceitos. Já sonhei e compartilhei meus sonhos, meu passado, minha vida. Hoje, não estamos mais juntos.

Este é o lado triste de um sentimento tão bonito como o amor. Aprendi que só o agora interessa, o amanhã ou até o minuto a seguir não existe sequer. Ainda choro por dentro quando penso no que vivemos, mas imediatamente penso que até um grande amor pode ter um final.

Se a cada tristeza lembro do seu sorriso?
Se a cada solidão sinto a sua presença?
Se a cada lágrima lembro do seu silêncio?
Se a cada palavra lembro de você?
Você está em cada ausência.
Você está em cada gesto.
Em cada amanhecer da vida.
No silêncio do meu pensamento.
Lembro que foi bom conhecer você
E sentir que foi o bastante
Para encontrar você em cada alvorecer.
Gosto de você, com qualidades e defeitos
Quero que me aceite apenas como sou.
Pense em alguém no silêncio da noite
Alguém que não precisa nem do silêncio da noite
Para pensar em você.
Algum dia serei algo que passou na sua vida.
Mas para mim, você sempre será alguém
Que vou lembrar com muito amor...
Te amo e sempre vou amar!

Pode passar o tempo – pode até voar! Pode a vida separar nossos mundos; pode o céu cair e o mar desaparecer. Não existe possibilidade de deixar de te amar!

Você é importante demais para mim, aliás minha vida sem você não tem graça, é triste. Tenho certeza que você ainda sente algo forte por mim. É que nosso namoro sempre foi uma linda história de amor. Por favor! Eu ainda te amo!

Por vezes me tenho questiono porque motivo amo tanto você. A dor que seu jeito inflige me tem mantido presa a você. Sinto até que estou cativa da tristeza. Só que na balança, o amor que sinto por você pesa mais que minha angústia por ter um marido tão rebelde, e muitas vezes tão ruim. Esta será a última chance para você, meu bem. Será a última chance para nosso casamento.

Você é um sedutor inveterado. Talvez por isso me sinta sempre conquistada por seu feitiço. A questão é que você anda usando isso fora da porta de nossa casa. Você é tão mulherengo. Quero muito acreditar que a mudança será a palavra de ordem em sua vida daqui para a frente. Preciso que você me prove que não estou fazendo figura de parva, sabe? Dói muito amar alguém, partilhar a cama e as refeições com uma pessoa que está enganado a gente. Dói demais porque quando a gente acredita numa relação, num casamento, a insegurança e a dúvida são inimigas da prosperidade.

Ninguém ama tanto você como eu amo.
Não deite tudo a perder, por favor.

Estou sentindo uma aterradora tristeza em mim! Dói tanto... tanto. Depositava em você toda a confiança do mundo e já viu no que deu? Me entreguei a você porque acreditava ter encontrado meu namorado para a vida.

E agora aqui estou eu, cabisbaixa e com feridas no coração. Estou tão desiludida. Nunca julguei me decepcionar tanto em minha vida, muito menos com você.

Sinto que fui uma idiota, aliás, sinto que sou uma idiota porque ainda amo você. Mas porque o amor dói tanto para quem ama realmente? Por quê? Ninguém merece sofrer tanto na vida, ninguém!

E logo eu, acabei por cair nas teias do desapontamento. Fico perguntando para o espelho o que fiz de errado para você cometer essa maldade comigo. Fui sempre uma namorada honesta e que tudo fez para a felicidade andar junto conosco.

Eu fiz tudo e tudo perdi, tudo me caiu das mãos como se de cinza se tratasse. Vou sempre lembrar você como o amor da minha vida. E nada mais...

Não adianta chorar! De nada vale você ficar se lamentando, irmã. As histórias de amor são mesmo assim. Tem vezes que terminam sem lógica, outras vezes até se compreende as razões, mas fica sempre uma mágoa, uma tristeza.

O que você está sentindo é uma tremenda decepção amorosa e nada mais. Por favor, não desespere! Você é muito mais que isso. Dê mais uma chance para felicidade. Volte a sorrir; volte a amar sem medo de perder! Beijo.

Minhas palavras vão diretamente para nossa relação. Nossa união sempre foi bonita, sempre nos deu muitas coisas bonitas e verdadeiras. Foi um namoro construído com amor real. Acontece que você estragou tudo, você jogou nossa ligação para o lixo como se fosse um pedaço de papel de rascunho. Nunca imaginei que fosse possível você me trair, mas foi isso que você me fez.

Acredite que não me sinto magoada, não sinto uma tristeza profunda. Neste momento sinto raiva, ódio por você me ter enganado, por ter conseguido destruir todos os sonhos que a gente tinha por concretizar, por ter envergonhado nossa história de amor. Você é a maior desilusão de toda a minha vida!

Sempre procurei agradar você, creio que fui uma namorada muito atenciosa, muito carinhosa e parti sempre em busca de melhorar nossa vida! É por isso que me sinto profundamente decepcionada! Não tenho interesse em continuar junto com você, agora quero cuidar mais de mim e encontrar um novo rumo para a felicidade. Faça o mesmo, parta em busca de uma vida boa e verdadeira. Adeus!

Querida amiga, sei que está triste porque ainda não encontrou o amor que espera e procura, e eu entendo a sua tristeza. Mas nela não quero que demore o seu coração, pois eu tenho a certeza que muito brevemente o que procura será encontrado.

Basta olhar você, escutá-la falar, para perceber que você é uma pessoa maravilhosa e que merece toda a felicidade do mundo. Você merece amar e ser amada na mesma intensidade.

Você merece ser tratada como uma princesa, com todo o carinho e dedicação! E talvez por isso esse amor que tanto deseja esteja demorando, porque essa pessoa que vai chegar está aperfeiçoando a maneira de ser para poder estar à sua altura.

O amor vai chegar, meu bem, mas enquanto espera não se desespere e vá desfrutando do que a vida lhe vai oferecendo; de outros tipos de amor, como a amizade ou o amor da família.

O amor é um sentimento muito estranho. É lindo – é verdade, mas como todos os relacionamentos é preciso confiança, respeito e entrega. Acontece que nem sempre as histórias de amor terminam do melhor jeito.

Quando sentimos que aquela pessoa vai ser nossa companhia para toda vida. E quando isso não acontece ficamos desiludidos, com a decepção a tomar conta do nosso tempo. Amar é preciso, mas também é preciso saber amar!

Por vezes, quando pensamos que o amor tem tudo para nos fazer felizes, ele acaba se tornando na nossa maior decepção. É triste ver sonhos serem desfeitos de um dia para o outro, mas não podemos permitir que acontecimentos assim nos deixem paralisados.

No lugar de alguém especial que escolheu abandonar nossa vida, podem nascer sonhos, aventuras e novos sentimentos para descobrir. Você não pode desistir da luta pela sua felicidade, principalmente por culpa de alguém que nem merece seu amor.

O amor é felicidade. Sempre acreditei que o amor é e traz felicidade. Mas agora descobri que isso não passa de uma grande mentira. Amar é bom mas pode não durar eternamente. E isso dói; e isso é triste.

Não vou desistir de me sentir alegre e em paz com o mundo e as pessoas. Mas confesso que não acredito no amor como um dia acreditei. E assim serei feliz do meu jeito.

Para o amor resultar é necessário o esforço de duas pessoas. Quando um se desmazela, deixa de valorizar o outro, se esquece que um relacionamento requer uma conquista diária, a paixão simplesmente desaparece e a cumplicidade vai desvanecendo até que tudo vira uma mera rotina.

É inevitável o fim quando o interesse não é mútuo, tudo começa cambaleando, mas acaba sempre por quebrar. E o sofrimento surge por entre feridas e mágoas que ficam por curar. É triste quando o amor dá lugar a uma profunda e dolorosa decepção.

O amor nem sempre é belo como nos filmes ou novelas. Às vezes ele pode nos machucar, ele nos deixa no chão, sem esperança. Eu estou sofrendo muito por amor, parece que nada poderá melhorar na minha vida!

Este é o lado triste do amor, aquele que ninguém fala, que é difícil revelar. Quando amamos alguém podemos conhecer a desilusão, o fracasso e quem vai sofrer é o coração; é sempre o coração.

Quero acreditar que a minha sorte não chegou ainda. Não vou ceder à vontade de desistir, de baixar os braços e esquecer o amor que a vida tem reservado para mim. Quero voltar a amar, mas agora um amor maior, verdadeiro, do bem.

Meu querido pai, embora você já não esteja mais entre nós, ainda penso muito em você. São lembranças de como ficava do meu lado, escutando pacientemente minhas preocupações de criança. São memórias dos conselhos sempre importantes que me deu, ao longo de minha juventude. De todos os momentos que passamos juntos, guardo as melhores memórias. Foram tantas as alegrias que você me proporcionou que eu me considero um afortunado pela vida que tive. A mesma vida que deixou de fazer sentido, quando você partiu.

Hoje meu mundo é mais triste pela falta que você me faz. Nossa família não é mais a mesma, pois todos estamos inconformados com esta perda. No entanto, prometi a mim mesmo que tentaria honrar sua morte, por praticar os valores que você me inculcou. Poderei eu um dia, ser um pouco do grande homem que você foi? Que eu possa honrar sua história de vida que nunca terá fim. Meu amor por você é eterno, querido pai.

Pior que terminar um relacionamento é saber que a pessoa que amamos tem atitudes propositadas para nos magoar. Me pergunto se o amor que sempre dei para você não merecia um outro comportamento da sua parte. Me questiono se não existe o mínimo de gratidão pelo esforço que fiz em fazer você feliz.

Sei que são em vão estas minhas interrogações, porque a cada dia que passa você se torna em uma maior decepção.

Triste é a hora em que um grande amor se transforma em esquecimento. Pois um amor vive apenas dentro do coração dos apaixonados, e quando eles param de bater por esse sentimento tudo se perde no tempo.

Triste é esta hora em que eu sei que este amor que vivemos irá virar pouco mais que nada. Quem irá se lembrar do que sentimos? Quem irá alimentar a memória quando ela faz apenas sofrer.

Não, o destino deste amor será também o esquecimento!

Custa muito perceber que meu sentimento se transformou em decepção. Eu acreditei que tudo em nós era perfeito, que os planos que definimos para nosso futuro eram reais, mas na verdade apenas existiu amor no meu coração.

Tenho certeza que um dia você perceberá que errou, que lamentará este fim que provocou, mas aí já será tarde demais. Lutarei pela minha felicidade até à exaustão, e acredite que eu a conseguirei alcançar, mesmo que o faça sozinha.

Você não deve desistir do amor e lutar para que esse sentimento não entre mais no seu coração. É preciso perceber que são as pessoas que nos decepcionam, são suas atitudes que nos magoam e fazem, por vezes, um relacionamento se tornar em uma experiência dolorosa.

Continue acreditando nele, mesmo que não tenha encontrado ainda alguém verdadeiramente especial. O amor continua a ser o mestre capaz de nos ensinar a compartilhar os melhores momentos da vida. Pode ser que no futuro ele se torne uma agradável surpresa e você seja feliz em não ter renunciado a esse maravilhoso sentimento.

O amor tem tudo para ser uma linda história, mas nem sempre todos os seus intervenientes contribuem para um final feliz. Alguns insistem em querer mudar sua forma de estar e viver o sentimento a cada novo capítulo; e o resultado acaba sendo sofrimento e lágrimas de decepção.

Quem não tem capacidade para cuidar da pessoa que tem ao lado, nem deveria ter aberto os braços para a agarrar. Há feridas que não desaparecem, e corações que se quebram para sempre, por culpa de mágoas profundas que podiam ser evitadas.

Nós nos perdemos de nós sem aviso. Desaparecemos sem nos despedir, matamos o nosso amor sem dar-lhe direito a um último pedido, e ainda abafamos o último suspiro.

Podíamos ter feito tantas coisas boas. Podíamos ter vivido os sonhos sonhados.
Podíamos ter escolhido um caminho mais fácil e carregado bagagens mais leves.

Mas não, preferimos complicar as banalidades do cotidiano e fazer tudo que era simples se tornar difícil. Preferimos o silêncio solitário, preferimos nos fechar com nossas razões do que dialogar.

Agora estamos separados, cada um para o seu lado, com um amor que morreu sem motivo e que agora está entre nós, não como uma ponte que nos liga, mas como um muro que nos separa.

De tudo que vivemos, o que sobrou foi um amor é perdido, desperdiçado, despedaçado. E agora é tarde, agora é longe, agora é triste.

Quando uma decepção amorosa acontece na sua vida, o pior que pode fazer é continuar alimentando sentimentos românticos no seu coração. Se você já concluiu que a solução é seguir em frente, não permita que esperanças de reconciliação surjam no seu pensamento.

Se alguém esteve do seu lado e não lhe trouxe felicidade, também não será agora que as coisas irão mudar. O melhor para você talvez seja procurar novos caminhos e boas aventuras longe do amor. E quando menos esperar, ele acontecerá novamente na sua vida.

Você foi como uma lição que guardarei para toda vida. Serviu para eu aprender que não posso confiar demasiado nas pessoas e que não devo entregar meu coração para alguém que desconhece o significado de amar verdadeiramente.

Algumas feridas deixam cicatrizes quando são causadas por grandes decepções, mas no final saímos mais experientes e com sabedoria suficientes para fazermos melhores escolhas no futuro.

O problema não está em querermos que a pessoa certa entre na nossa vida, mas sim em não permitirmos que a errada vá embora definitivamente do nosso coração.

Só conseguimos superar uma decepção amorosa se estivermos dispostos a abrir mão de verdade de quem não mereceu nosso amor. A felicidade apenas acontecerá quando nos colocarmos como prioridade em nossa própria vida.

O meu coração não para de chorar e de se lamentar por ter amado quem um dia não me amou. Não é arrependimento nem raiva ou mágoa, mas sim tristeza; um tristeza profunda e sem luz.

O amor deveria conter paz, alegria e muita emoção positiva. Mas a vida não é assim. Às vezes choramos, outras sorrimos. E agora estou chorando com a esperança de um dia voltar a sorrir.

Você disse que gostava de mim, que cuidaria e ficaria do meu lado como meu namorado. Você disse e eu acreditei...

Acreditei em você, acreditei nos seus sentimentos e genuinamente a eles me entreguei e agora me arrependo, como nunca antes, pois tão grande é a decepção que agora sinto!

Pesa no peito a dor, a certeza de ter sido ingênua, a impossibilidade de recuperar o tempo que perdi acreditando no engano do seu amor, e desperdiçando o meu com você!