Mensagens de Ex-amor

Amor possessivo não é amor, como todo mundo sabe e estão cansados de ouvir que: “Ninguém é de ninguém neste mundo”. Nem nossos filhos são nossos, o que dirá um homem ou uma mulher. As pessoas são livres; livres para amar e escolherem quem querem amar.

O amor que exige exclusão e posse não é amor. O amor possessivo amarra, impede o crescimento, enquanto que o amor verdadeiro é a força, é o impulso que faz o outro crescer. Amar alguém é comprometer-se.

O amor é uma soma para que cada um possa ser mais ele mesmo, ele não existe para aliviar a dor e nem tampouco para resolver necessidades, carências e interesses do outro.

O amor verdadeiro, maduro, é livre, é incondicional, sabe ceder e perder com serenidade para o bem da pessoa amada; sabe viver quando tem o bem e também quando não tem; sabe dialogar e chegar a conclusões maduras e sensatas.

O amor não nasce pronto, de uma vez. Tem que haver vibração, tem que ser harmônico. Como um amigo, companheiro nas horas felizes e tristes, é ser honesto, sincero, confiante, verdadeiro em palavras e atitudes.

O amor é como uma rosa, mas para que essa rosa exista, é preciso que existam também espinhos. Mas mesmo assim, o amor ainda é a maior força que existe em nós, e é só o amor que nos transforma, que nos amadurece.

Se não aceitarmos de coração aberto a dinâmica transformadora do amor estaremos definitivamente nos negando a crescer e para sempre permaneceremos num estado infantil.

Não importa quem você ama. Como diz Hermann Hesse: "Não é felicidade ser amado; todos amam a si mesmos, amar aos outros, sim, é que é felicidade!"

Não precisei muito tempo do seu lado para descobrir que sorriso igual ao seu não existe no mundo. Que alegria mais contagiante que a sua é impossível de encontrar. E que quando tenho o privilégio da sua companhia, não existe tristeza. Feliz aniversário, minha amiga mais divertida!

Você sabe melhor do que ninguém curar uma dor da alma, amparar uma lágrima, aquecer o frio da solidão que às vezes é inevitável. Você é amiga e certeza de sorriso e conforto, pois do seu lado parece que sentimentos abaixo da alegria, entusiasmo, esperança, amor ou semelhantes, são impossíveis de serem sentidos.

Talvez você tenha nascido com o dom da perpétua alegria, ou talvez você seja assim para fazer os outros felizes, mas seja como for você é simplesmente a melhor! A melhor amiga, a melhor pessoa que eu já conheci, e merece toda felicidade do mundo e mais ainda.

Parabéns para hoje, e felicidades eternas para você que tanta felicidade dá aos outros!

A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente amado ter que partir. A dor que sentimos é imensurável. Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações. Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.

A única coisa que nós, amigos e familiares, podemos fazer é nos colocarmos à disposição para ouvir no momento em que quiserem falar, e oferecer os nossos ombros e coração amigo para apoiar vocês.

Não há nada capaz de reparar uma perda como esta, mas em nome da amizade e amor de quem fica, e em honra da memória de quem se foi, é preciso continuar vivendo. É preciso transformar o luto em uma luta pela vida e pela felicidade, e transformar a dor em saudade e serenidade. Os meus mais sinceros pêsames!

Amor não se implora, não se pede
não se espera. Amor se vive ou não.
Ciúme é um sentimento inútil.
Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados,
mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que
você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros para
você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem
não explodir.
Ausência de regras é uma regra que
depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida
mal temperada.
A criatividade caminha junto com a
falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única
forma de agradar.
Amigos de verdade nunca nos abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais
bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo.
Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome
e as lembranças acerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor,
são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor.
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado,
E vive a vida mais alegremente...

(Artur da Távola)

Não mais estamos juntos, não mais desfruto do seu amor, da sua companhia, mas amo você como antigamente.

Sinto saudades de tudo que juntos vivemos e que se tornou intenso, deu frutos, mas hoje apenas eu cultivo um grande e solitário amor, mas com prazer de ter vivido uma grande história de amor com você.

Amar é bom quando somos amados, quando sabemos que a troca existe, e infelizmente isso não acontece mais comigo.

Mas me agarro às lembranças do que fomos um dia, e independentemente de ser ou não amada continuo amando e desejando você, e não tenho porque cobrar uma reação sua.

Eu te amo e continuarei amando até quem sabe quando. E sinto grande saudade de um amor que ainda não acabou. Ainda Te Amo!

Amiga querida, este é o primeiro Natal sem o seu papai Noel, sem o seu papai de todos os dias, sem o seu herói.

Imagino a tristeza e a saudade que você irá sentir, afinal Natal é tempo de família. Mas saiba, minha amiga, que o seu pai estará sempre com você e sua família.

Não se renda à tristeza. Neste Natal, comemore a vida, alegre-se por estar viva e poder celebrar com honra a memória daqueles que você ama e que já não estão aqui.

Nós todos sentimos muito pela sua perda, mas pense no Natal como tempo de renovação, de renascimento. Guarde o amor no seu peito, e deixe a dor sair.

Desejo que este primeiro Natal sem o seu pai, possa ser sereno, de paz e muita luz. Que o amor esteja sempre no seu coração.

Um grande beijo!

Querida sogra, foi com muita tristeza que lhe dissemos o último adeus, pois você partiu cedo demais das nossas vidas.

Para trás você deixou corações despedaçados, muita saudade e em mim uma sensação de que quando houve oportunidade não lhe disse quão grata eu sou pelo meu amor. De não lhe ter dito quanto a admiro, de não lhe ter dito vezes suficientes quanto gosto de você.

Hoje resta a esperança que lá no céu você ouça minhas preces e sinta todo o meu carinho. Adeus, querida sogra, adeus para sempre!

Chegou a hora do último adeus, da despedida sem voz, do beijo sem calor. As leis da vida não têm lógica ou explicação. E só podemos tentar entender e fazer o luto!

Devemos procurar aceitar a realidade e conviver com a saudade, a falta e o vazio. Quem sabe amanhã não reencontramos aqueles que partiram?

Eu acredito que a vida é igual à intensidade que vivemos o amor, por isso dê tudo, aproveite os momentos junto de quem ama e desfrute das pessoas enquanto não se tornam simples lembranças.

Hoje é um dos dias mais tristes da minha vida, talvez o mais triste. Hoje, e em uma mesma pessoa, eu vi partirem meu avô e meu pai...

Enquanto vivemos é fácil ignorar a nossa própria mortalidade, que fará a dos que nos rodeiam. Estupidamente pensei que meu querido avô, meu pai de coração, fosse eterno, imortal.

Agora sinto que não lhe disse vezes suficientes o quanto o amava. Agora sinto que não lhe prestei as homenagens que ele merecia. Agora sinto que não lhe demonstrei tudo o que ele significa para mim... Mas agora é tarde.

Seu corpo não era afinal imortal, mas ainda assim, seu espírito e sua memória serão, pois eu tudo vou fazer para o manter vivo enquanto meu corpo respirar também ele vida. Meu amor e minha saudade serão eternas e levarão a memória do meu querido avô-pai até à eternidade!

Dizer-lhe adeus foi muito difícil, foi o momento mais terrível da minha vida. Meu coração se quebrou em mil pedaços e ainda hoje tento juntá-los.

Mas com o tempo a revolta e a tristeza se transformaram em uma saudade serena. Hoje recordo você e sorrio de gratidão por ter podido fazer parte da sua vida.

Quem realmente amamos jamais morre, e assim sua memória viverá sempre através de mim, do meu amor e da minha eterna saudade.

Que neste Natal eu possa lembrar
dos que vivem em guerra,
e fazer por eles uma prece de paz.
Que eu possa lembrar
dos que odeiam e fazer por eles
uma prece de amor.
Que eu possa perdoar a todos
que me magoaram e fazer por eles
uma prece de perdão.
Que eu lembre dos desesperados,
e faça por eles
uma prece de esperança.
Que eu esqueça as tristezas
do ano que termina e faça
uma prece de alegria.
Que eu possa acreditar
que o mundo ainda pode ser melhor
e faça por ele uma prece de fé.
Obrigada Senhor por ter alimento,
quando tantos passam
o ano com fome.
Por ter saúde quando tantos sofrem
neste momento.
Por ter um lar quando tantos
dormem nas ruas.
Por ser feliz quando tantos
choram na solidão.
Por ter amor quantos tantos
vivem no ódio.
Pela minha paz quando tantos
vivem o horror da guerra.
Que você tenha um Natal maravilhoso
e um Ano Novo abençoado.
Boas festas para você!

A morte é o destino de todos. Ninguém lhe pode escapar, e na hora do adeus final todos somos iguais. Ela causa profunda dor, desespero, lágrimas e eternas saudades.

A morte provoca perdas irreparáveis e quebra corações, mas há algo que ela não pode, que é apagar das mentes e dos corações a lembrança e o amor daqueles que ela nos rouba.

Assim, quem realmente é amado jamais morre, jamais desaparece completamente. Sua memória prevalece na nossa saudade e pode atravessar gerações mesmo depois de ter falecido.

Essa é a melhor homenagem que podemos dar a quem vemos partir antes de nós. Lembrar sempre com carinho. Contar suas histórias. Recordar as datas importantes.

Dói muito ficar sem aqueles que amamos, mas o sofrimento é menor se pensarmos que é um adeus temporário, que apenas partiram primeiro, e se mantivermos sua memória viva.

1 - Viva as emoções

Antes de botar um fim definitivo no namoro, tenham uma boa e velha DR. Conversem sobre tudo que se passou entre o casal, sem acusações, mas com argumentos que incentivarão a evolução de cada um. Bote para fora tudo o que sente e deixe bem claro o motivo do fim. Caso tenha tomado um fora, explique como se sente e não tenha vergonha de se expressar. É melhor chorar tudo de uma vez do que chorar aos poucos.

2 - Fique sem ver o ex por um tempo

Entenda de uma vez por todas que a regra número 2 para quem quer dar um fim em uma história de amor, sem dores de cabeça, é ficar um tempo sem ver o ex. Assim será possível desintoxicar dos anos vividos e guardá-los como boas lembranças. Ver o ex com frequência, além de criar esperanças para ambos os lados, desenvolve um vínculo não agradável e situações – como o ciúmes – que serão corriqueiras e futuramente incontroláveis.

3 - Se puder, dê um tempo nas redes socais

Uma pesquisa feita pela Western University (Canadá) revelou que 88% dos usuários do Facebook acessam o perfil de seus respectivos ex-namorados e 52% assumiram que ficam com ciúmes das fotos publicadas no mural dos antigos namorados. Por isso o Facebook, Twitter e até o saudoso Orkut são um prato cheio para cair em um bad romance. Para não se tornar uma stalker profissional, determine um prazo longe das redes, por exemplo, um mês e cultive o outro lado da vida.

4 - Leia um livro

Já percebeu que o pior inimigo de quem precisa ficar longe do ex é a mente? Por isso, ocupe-a da melhor maneira possível. Não troque a vontade de vê-lo por um hábito novo, mas sim, ocupe a mente com outros interesses seus. A leitura é uma ótima medida, afinal, dá para desencanar do roteiro real e viver outra história e até mesmo entender melhor o que se passa na própria vida, baseada nas histórias lidas.

5 - Ligue para uma amiga

Quando a saudade for forte e a vontade de ver o ex for maior ainda, ligue para uma amiga. Prefira aquela que acompanhou o relacionamento por mais tempo e que vai entender sem julgamentos o que se passa no momento. Desabafe mesmo, ela vai entender perfeitamente seu lado. Só não vale ligar todos os dias, afinal ela não é sua psicóloga, mas sim, sua amiga.

6 – Segure-se antes do próximo relacionamento

Com o tempo, após o fim do namoro, todo mundo sabe que bate uma carência. É aí que mora o perigo. Nada de trocar uma paixão antiga, por uma nova paixão. Às vezes, aparece aquele amigo legal que de repente nem se sente atraída, mas por estar fragilizada acaba se envolvendo demais. Depois do fim de um namoro é normal ficar frágil e assim se apaixonar facilmente também. O ruim disso é substituir as emoções e até comparar as atitudes do atual com o ex. Não é saudável, seja verdadeira consigo mesma.

7 - Trabalhe a autoestima

Ficar triste por dentro, transparece por fora. Por isso, dê um trato no visual! Se estiver insatisfeita com o peso é hora de investir em uma nova dieta, mude o look, invista naquele esporte que sempre teve vontade, compre uma roupa nova, etc. Nenhuma mulher resiste a mimos, não há humor que não melhore!

8 - Desacredite nas falsas esperanças

Ninguém quer deixar o posto de ex, para ser step de ninguém, certo? Portanto, aquela ligação de madrugada, a mensagem no celular que o ex mandou só para saber se está tudo bem, pode ser até fofo, mas deve acabar ali, sem resposta. Isso vale também para você, mocinha! Nada de ficar pedindo ajuda para ele, ou ligando quando bater a saudade. Enquanto os dois lados não estiverem prontos para se ver, qualquer olhar 43 é uma bomba relógio.

9 - Faça uma reavaliação do namoro

Depois de um tempo reflita os momentos vividos a dois e faça uma autoavaliação sua perante o namoro acabado. Veja quais foram os pontos mais frágeis e como agiria se fosse atualmente. Lembre-se que não é para cair na tristeza, ou nostalgia. A autoavaliação está longe de ser um túnel do tempo ao antigo namoro! É um exercício para evoluir seus atos e ver fora da situação o namoro como um todo.

10 – De quem é a culpa?

Tentar remoer o que já aconteceu só piora as coisas. No namoro, só o casal realmente sabe o que aconteceu durante o período juntos. Se existiu alguma coisa que magoou você, supere e continue a vida para frente. Não adianta ficar tentando saber quem errou e esclarecer mais ainda o que já acabou. A vida continua!

(Corpo a Corpo)

Se você não tem mesmo certeza se é amor o que está sentindo, não se preocupe. A melhor coisa sobre o amor é sua constante incerteza. Um dia você está seguro, sabe exatamente o que está se passando com você, então em uma semana inteira de angústia, sua certeza desaparece por completo.

Um dos grandes mitos que nos engana muito, é como saber quando o amor verdadeiro chega; outro é, se não sentimos aquela descarga elétrica que nos tira a respiração, então não é amor; e um terceiro é a existência da "pessoa certa". Quando nada disso é verdade...

Namorar é muito divertido e romântico, mas eu descobri que para muitos casais o namoro é uma fonte de angústia, por causa do medo da rejeição e da solidão.

O mito do "amor romântico" é o que causa mais sofrimento, pois hoje em dia ninguém demonstra o romantismo que tem dentro de si, para não se tornar uma pessoa "careta", e é essa expectativa do amor romântico que deixa as pessoas solitárias e inseguras.

E o mais interessante é que somos nós mesmos os responsáveis pela manutenção desse mito, somos nós que damos a expectativa que o mesmo terá. E ninguém me tinha dito que eu passaria o tempo avaliando as diferenças que me separavam da pessoa que talvez eu estivesse amando.

Ficamos todo o tempo tentando descobrir qual é a natureza do amor verdadeiro, e isso machuca as pessoas e aumenta as dúvidas a respeito dos sentimentos dedicados a ela. Muitas pessoas pensam: "se tivesse encontrado a pessoa realmente certa, não estaria em conflito com ela o tempo todo..."

É uma certeza que nasce com todos nós, a de que um dia partiremos desta vida rumo ao desconhecido. É o final inevitável que todos conhecem.

Mas pouco importa quanto sabemos, quanto esperamos e tememos esse adeus definitivo. Pois quando ele bate na porta de forma inesperada e leva uma pessoa que nos é querida, o choque é tremendo, horrível; como agora que minha amiga se foi, sem aviso, sem tempo para preparar o coração.

É terrível dizer adeus, é triste e doloroso, e multiplicado até ao infinito quando esse adeus é eterno. Pois dói muito tomar consciência que jamais voltaremos a encontrar essa pessoa; não neste plano da existência.

Minha querida amiga se foi, partiu para sempre, e junto com a saudade que deixou no coração daqueles que a amam, ficou a sensação de impotência, e um luto carregado de saudade e confusão.

Até sempre, minha amiga, com amor, com saudade…

Será que é amor
esse sentimento que
acelera meu coração?
O que é amor?
Ficar acordada
pensando na pessoa amada,
pensando como será o amanhã.
Imaginando se aquele alguém
está com fome, sede ou frio.
Imaginando como seria
se a distância não existisse.
Querer a todo momento
sentir o sabor do beijo,
o beijo apaixonado
que é aprovado pelo amor.
Não parar de escrever
poesias apaixonadas
que falam de sonhos a dois.
Sentir a saudade apertar
e chorar, chorar de saudade.
Desejo de estar ao lado
daquela pessoa especial.
Se tudo isso tem alguma
coisa com o amor,
acho que posso declarar:
eu Amo Você!

Era uma vez uma menina que tinha um pássaro como seu melhor amigo. Ele era um pássaro diferente de todos os demais: Era encantado. Os pássaros comuns, se a porta da gaiola estiver aberta, vão embora para nunca mais voltar. Mas o pássaro da menina voava livre e vinha quando sentia saudades...

Suas penas também eram diferentes. Mudavam de cor. Eram sempre pintadas pelas cores dos lugares estranhos e longínquos por onde voava.
Certa vez, voltou totalmente branco, cauda enorme de plumas fofas como o algodão.

"- Menina, eu venho de montanhas frias e cobertas de neve, tudo maravilhosamente branco e puro, brilhando sob a luz da lua, nada se ouvindo a não ser o barulho do vento que faz estalar o gelo que cobre os galhos das árvores. Trouxe, nas minhas penas, um pouco de encanto que eu vi, como presente para você...".

E assim ele começava a cantar as canções e as estórias daquele mundo que a menina nunca vira. Até que ela adormecia, e sonhava que voava nas asas do pássaro. Outra vez voltou vermelho como fogo, penacho dourado na cabeça.

"... Venho de uma terra queimada pela seca, terra quente e sem água, onde os grandes, os pequenos e os bichos sofrem a tristeza do sol que não se apaga. Minhas penas ficaram como aquele sol e eu trago canções tristes daqueles que gostariam de ouvir o barulho das cachoeiras e ver a beleza dos campos verdes."

E de novo começavam as estórias. A menina amava aquele pássaro e podia ouvi-lo sem parar, dia após dia. E o pássaro amava a menina, e por isso voltava sempre.

Mas chegava sempre uma hora de tristeza.

"- Tenho que ir", ele dizia.

"- Por favor não vá, fico tão triste, terei saudades e vou chorar....".

"- Eu também terei saudades", dizia o pássaro.
- Eu também vou chorar. Mas eu vou lhe contar um segredo: As plantas precisam da água, nós precisamos do ar, os peixes precisam dos rios... E o meu encanto precisa da saudade. É aquela tristeza, na espera da volta, que faz com que minhas penas fiquem bonitas. Se eu não for, não haverá saudades. Eu deixarei de ser um pássaro encantado e você deixará de me amar."

Assim ele partiu. A menina sozinha, chorava de tristeza à noite. Imaginando se o pássaro voltaria. E foi numa destas noites que ela teve uma idéia malvada.
"- Se eu o prender numa gaiola, ele nunca mais partirá; será meu para sempre. Nunca mais terei saudades, e ficarei feliz".

Com estes pensamentos comprou uma linda gaiola, própria para um pássaro que se ama muito. E ficou à espera.

Finalmente ele chegou, maravilhoso, com suas novas cores, com estórias diferentes para contar. Cansado da viagem, adormeceu.

Foi então que a menina, cuidadosamente, para que ele não acordasse, o prendeu na gaiola para que ele nunca mais a abandonasse. E adormeceu feliz.

Foi acordar de madrugada, com um gemido triste do pássaro.

"- Ah! Menina... Que é que você fez? Quebrou-se o encanto. Minhas penas ficarão feias e eu me esquecerei das estórias... Sem a saudade, o amor irá embora..."

A menina não acreditou. Pensou que ele acabaria por se acostumar. Mas isto não aconteceu. O tempo ia passando, e o pássaro ia ficando diferente.

Caíram suas plumas, os vermelhos, os verdes e os azuis das penas transformaram-se num cinzento triste. E veio o silêncio; deixou de cantar. Também a menina se entristeceu. Não, aquele não era o pássaro que ela amava.

E de noite ela chorava pensando naquilo que havia feito ao seu amigo...
Até que não mais agüentou. Abriu a porta da gaiola.

"- Pode ir, pássaro, volte quando quiser...".

"- Obrigado, menina. É, eu tenho que partir. É preciso partir para que a saudade chegue e eu tenha vontade de voltar. Longe, na saudade, muitas coisas boas começam a crescer dentro da gente. Sempre que você ficar com saudades, eu ficarei mais bonito. Sempre que eu ficar com saudades, você ficará mais bonita. E você se enfeitará para me esperar...".

E partiu. Voou que voou para lugares distantes. A menina contava os dias, e cada dia que passava a saudade crescia.

"- Que bom, pensava ela, meu pássaro está ficando encantado de novo...".

E ela ia ao guarda-roupa, escolher os vestidos; e penteava seus cabelos, colocava flores nos vasos...

"- Nunca se sabe. Pode ser que ele volte hoje..."

Sem que ela percebesse, o mundo inteiro foi ficando encantado como o pássaro. Porque em algum lugar ele deveria estar voando. De algum lugar ele haveria de voltar.

Ah! Mundo maravilhoso, que guarda em algum lugar secreto o pássaro encantado que se ama...

E foi assim que ela, cada noite ia para a cama, triste de saudade, mas feliz com o pensamento:
"- Quem sabe ele voltará amanhã..."

E assim dormia e sonhava com a alegria do reencontro.

Já passou algum tempo desde que você partiu. No início a dor era tão aguda que era difícil pensar em outra coisa, mas era triste lembrar de você com dor, com a dor do luto.

Hoje, penso todos os dias em você, mas aquela dor virou saudade, a dor já não é aguda, mas continua latente. Eu espero pelo dia que a sua lembrança virá acompanhada apenas de um sopro morno de saudade e do amor que se mantém vivo em meu peito.

Você é e sempre será parte de mim, e estará sempre dentro do meu coração. Quando penso em você tento afastar a dor com o seu sorriso que me vem à mente.

Quero lembrar de você feliz, e quero que a sua lembrança me traga também a felicidade dos tempos que eu tinha você ao meu lado. Espero que você esteja bem voando entre as estrelas!

Meus queridos amigos, mais um ano se passou, e já está chegando o Natal. O tempo passa e o Natal chega.

Muitos não se alegram, outros radiantes não veem a hora de chegar este dia. Mas na maioria das vezes isso acontece com as crianças, pois esperam ansiosamente seu presente de Natal.

Já os adultos, enxergam esta data como um dia triste, pois sentem saudades dos entes queridos que já se foram. Afinal, como devemos ver o Natal?

O Natal significa alegria, pois é neste dia que comemoramos o nascimento de Cristo. O Natal é paz e união, pois neste dia reunimos nossos parentes e participamos juntos da ceia.

O Natal é fé e também esperança; esperança no nascimento de dias melhores. O Natal é brilho, luzes piscando, emoção, amor, carinho e afeto.

Neste Natal não esqueça de deixar sua luz brilhar para aqueles que vivem na escuridão. Feliz Natal para todos!

Meu amor, nossa distância está virando tormento para nossos corações. A saudade tem sido a palavra de ordem junto do amor que une a gente. Nenhum namorado no mundo merece estar passando por toda essa tristeza que anda machucando você. Ninguém merece. Acredite que não está sendo fácil para mim também. Sinto muito a sua falta.

Nosso amor vai superar quaisquer sentimentos que a gente esteja vivendo agora. Essa é uma prova de fogo para nós, mas tenho certeza que nossa união ficará ainda mais fortificada, aliás não tem como ser de outro jeito. Eu adoro você e a gente se ama. Tudo que a gente construiu serve agora de base para ultrapassar esta etapa de muita saudade. Não vejo a hora de voltar para junto de você. Preciso muito de seu apoio e acredite que meus pensamentos estão aí a toda a hora. Me aguarde, porque em breve estarei em seus braços e daí não sairei mais.
Beijo com muito amor!

Nesta tarde que temos pela frente, eu vou querer estar com você, meu amor. Já sinto saudades de te ter por perto, presenciar suas brincadeiras e rir do seu jeito engraçado. Não há possibilidades de eu ficar triste do seu lado, porque você sempre acha um jeito de me confortar e fazer sorrir. Uma boa tarde para você, com todo o amor que eu tenho para te dar!

Sabe, senhor, ainda não entendi, viemos à praça, pensei ser um passeio, estranhei, ele não tinha esse hábito, mas fui, feliz. Lá chegando, me deu as costas, entrou no carro e nem me disse adeus. Olhei para os lados, nem sabia o que fazer. Ainda tentei segui-lo, quase fui atropelado.

Que teria feito eu de tão mau? À noite, quando ele chegava, abanava o rabo, feliz mesmo que ele nunca viesse no quintal me ver. Às vezes, eu latia, mas tinha estranhos no portão, não poderia deixá-los entrar sem avisar meu dono.

Quem sabe foi minha dona que mandou, devia estar dando trabalho. Mas não as crianças, elas me adoravam. Como sinto saudades! Puxavam-me a cauda às vezes eu ficava uma fera, mas logo éramos amigos novamente. Creio que elas nem sabem, devem ter dito que fugi.

Estou faminto, só bebo água suja, meus pelos caíram quase todos, nossa, como estou magro! Sabe, Pai, aqui nesse canto que arrumei para passar a noite, faz muito frio, o chão está molhado. Creio que, hoje, vou me encontrar contigo, aí no céu meu sofrimento vai terminar, mesmo em espírito vou ter permissão para ver as crianças.

Peço-vos, então, não mais por mim, mas pelos meus irmãozinhos:

Mandem-lhes pessoas que deles tenha compaixão, como eu, sozinhos não viverão mais que alguns meses na terra do homem. Amenize-lhes o frio, igual o que agora sinto, com o calor de atos de pessoas abençoadas. Diminua-lhes a fome, tal qual a eu sinto, com o alimento do amor que me foi negado. Mata-lhes a sede, com a água pura de seus ensinamentos transmitidos ao homem.

Elimine a dor das doenças, estripando a ignorância da terra. Tire o sofrimento dos que estão sendo sacrificados em atos apregoados como religiosos, laboratórios e tudo mais. Tirando das mãos humanas o gosto pelo sangue. Ampare as cachorrinhas prenhas eu verão suas crias morrerem de fome, frio e pestes sem nada poderem fazer.

Abrande a tristeza dos que, como eu, foram abandonados, pois, entre todos os males o que mais me doeu foi esse. Receba, Pai, nesta noite gélida, a minha alma, pois não mais será meu sofrimento, mas dos que ficarem e por eles vos peço.

Nota: Ouço essa oração dos cães moribundos que vejo pelas ruas.
Fonte: Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis.

Pai, mãe,

Eu só conheço a felicidade. Às vezes acordo com fome, outras com sede, mas nunca me senti triste até ao dia de hoje. Sou bebê, sou feliz, nasci no berço que todos os bebês deveriam nascer: no berço do amor.

Sei que jamais conhecerei a solidão. Tenho ao meu lado as pessoas que me deram vida e me acompanharão ao longo da minha caminhada que tem tudo para ser grandiosa. Com pais assim como poderia não ser confiante?

Não se inibam de me dar presentes, beijos e de me embalar com entusiasmo e dedicação. Façam tudo do jeito com sabem, com amor e emoção. Quando eu crescer irei reconhecer todo esforço que hoje fazem por mim.

Meus lençóis estão frios, nesta noite gélida. Os ponteiros do relógio entoam em meus ouvidos, uma canção triste de amor e saudade. É você quem mais eu queria, meu amor, agora e sempre. Ter você do meu lado e ser feliz em seu abraço, sem mais motivos para temer.

Esta distância que nos separa, não tira você do meu pensamento. Dentro de mim, uma imagem do seu rosto e do seu corpo, que me preenche e ao mesmo tempo me deixa tão vazia. Quanto mais te recordo, mais aumenta esta saudade, esta tristeza de querer você e ter só dor de sua falta.

Por isso, me refugío em doce esperança e profundas expectativas. Em ver você chegar e entrar por esta casa, dizendo que me ama vezes sem fim. Sentir você, mais perto do que nunca, mais próximo do que antes. E na dança desses pensamentos, ser feliz em saber o quanto te quero amar.

Como eu posso dizer ao meu coração que você partiu? Não posso acreditar que você se foi. Sinto-me triste, sinto-me só. Todos me dizem que eu preciso ficar forte, que eu preciso lhe libertar para que você encontre a paz. Eu sei que o meu sofrimento não lhe faz bem, mas ninguém entende o que estou sentindo.

Há pouco tempo, eu era feliz. De repente o meu mundo partiu-se ao meio. Eu preciso viver este luto, e preciso fazer isto do meu jeito. Preciso ficar só, preciso chorar e preciso pensar em você. Agora, a única forma que tenho para sentir o seu amor é ficando só e em silêncio para escutar as batidas do meu coração.

Eu sei que serão dias difíceis, sei que sofrerei por um longo tempo, e sempre que eu me lembrar de você, vou sentir novamente o meu coração lacrimejar sangue. Mas sei que um dia essa dor vai passar. Eu não quero prender a dor. Quando sentir que é o momento de voltar a viver, deixarei a dor e a tristeza irem embora e guardarei apenas a saudade.

Este é o meu jeito de viver o meu luto e de reaprender a viver sem você aqui. E não importa o que os outros vêem por fora, importa o que sinto em meu peito.

Até já, meu amor! Já sinto o coração carregado de saudades de você e ainda só vamos na despedida. Mas sei que esta é uma oportunidade muito importante para você, e por isso lhe desejo todo sucesso do mundo e que aproveite ao máximo cada momento, cada nova experiência, cada nova vivência.

Que agora que vai estudar longe você saiba encarar todas as situações e até as dificuldades como oportunidades para aprender, para evoluir. Mas peço também que não se esqueça que junto com você vai um pedaço grande de mim. Esse pedaço que em mim vai ficar vazio de você e preenchido por uma saudade profunda.

Até já, meu amor, um até já que eu espero breve, mas que seja de grande proveito para você!

Às vezes só percebemos como algo ou alguém é realmente importante e fundamental para nossa vida quando estamos distantes.

Eu sempre soube que minha família era importante para mim, mas assim que a distância se colocou entre nós eu descobri que é muito mais do que imaginava.

E assim, com estes quilômetros nos separando, eu quero desejar um bom dia com amor e carregado de saudades, muitas muitas saudades, para todos vocês, família amada!

Já fizemos juras de amor, promessas de uma união eterna, projetos para toda vida. Mas não deu certo! Nossa relação chegou ao final e nossos corações conheceram a infelicidade da separação, da saudade, da tristeza.

Acontece que não tenho conseguido viver sem você do meu lado. E tenho certeza que você também sente minha falta. Quero tentar seu feliz novamente, meu bem! Por favor, aceita namorar comigo?

Em você encontrei apoio quando precisei;
carinho e amor quando meu coração
sofria de tristeza; companhia quando
senti solidão. Devo muito a você e quero
que saiba que sua amizade significa tudo
para mim. Agradeço por tudo!

Ainda pior que a convicção do não, a incerteza do talvez é a desilusão de um "quase". É o quase que incomoda, que entristece, que mata, trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou, não amou.

Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que se perdem por medo, nas ideias que nunca sairão do papel por essa maldita mania de viver no outono do quase.

Pergunto então, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou melhor, não pergunto, contesto. A resposta sei de cor, está estampada na distância e frieza dos sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos "Bom dia", quase que sussurrados.

Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz. A paixão queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.

Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os dias seriam nublados e o arco-íris teria somente tons de cinza. O nada não ilumina, não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz dentro de si.

Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance, para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência, porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a oportunidade de merecer.

Para os erros, há perdão; para os fracassos, chance; para os amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance.

Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive, já morreu!

Recomendados para você

100 frases de aniversário para filha para homenageá-la e celebrar seu dia com amor e alegria
100 frases de aniversário para filha para homenageá-la e celebrar seu dia com amor e alegria
100 frases de amor para filha amada carregadas de sentimento que vão derreter seu coração
100 frases de amor para filha amada carregadas de sentimento que vão derreter seu coração
35 frases de amor para namorada chorar de emoção
35 frases de amor para namorada chorar de emoção
Declaração de amor: dicas de como se declarar à pessoa que você gosta
Declaração de amor: dicas de como se declarar à pessoa que você gosta
35 declarações de amor apaixonantes para você se inspirar
35 declarações de amor apaixonantes para você se inspirar
40 frases para casais apaixonados se inspirarem e declararem seu amor
40 frases para casais apaixonados se inspirarem e declararem seu amor
75 frases para deixar o seu Potinho do Amor muito especial
75 frases para deixar o seu Potinho do Amor muito especial
9 maneiras diferentes de dizer “bom dia, amor”
9 maneiras diferentes de dizer “bom dia, amor”